Segunda-feira, 03.05.10

himenoplastia - ou reconstrução do hímen - não é só uma cirurgia plástica para salvar a vida de mulheres submetidas a culturas machistas, é uma cirurgia plástica para esconder a falta de honestidade das mulheres e aperfeiçoar a estupidez masculina.

Quando penso que já nada me choca nas diferenças constantes entre homens e mulheres, eis que me surge sempre mais um tema. E o tema é ainda mais relevante quando são as próprias mulheres que se sujeitam voluntariamente a essa discriminação alegando as razões mais absurdas do planeta. Talvez seja eu que tenha os meus conceitos trocados. Talvez.

 

O tema foi-me inicialmente apresentado como uma cirurgia que salvava vidas. A abordagem foi qualquer coisa como "realmente ao que se têm de sujeitar as mulheres muçulmanas por terem nascido numa sociedade tão retrógrada! Há mulheres que são mortas ou rejeitadas da própria família por já não serem virgens e que são obrigadas a submeterem-se a cirurgias para recuperar a dignidade". Por uns momentos apeteceu-me voltar a escrever sobre estas sociedades machistas que tratam as mulheres de forma indigna, mas confesso que essa vontade me passou logo a seguir. Quando descobri que na nossa própria cultura "ocidental e evoluída" acontecem coisas bem piores.

A himenoplastia - ou reconstrução do hímen - não é só uma cirurgia plástica para salvar a vida de mulheres submetidas a culturas machistas, é uma cirurgia plástica para esconder a falta de honestidade das mulheres e aperfeiçoar a estupidez masculina.

O ritual do sangramento da virgem

O hímen não é nada mais do que uma pequena membrana que se encontra no interior da vagina das mulheres e que, supostamente, qualquer mulher que não tenha tido relações sexuais com penetração deverá ter intacta. Digo supostamente porque há uma dezena de outras razões para uma mulher não ter hímen, como a prática desportiva desde criança ou mesmo ter simplesmente nascido sem a membrana. Acontece que, culturalmente, foi associado que quando a "desfloração" ocorre, esta deverá ser acompanhada pelo derramamento de sangue (oriundo obviamente do rompimento da membrana) e que deixa o macho satisfeito por ter sido o primeiro a possuir aquela fêmea. Acontece também que, segundo os médicos, mesmo mulheres que são virgens e que mantém o hímen intacto podem não sangrar (se a membrana for muito fina) ou sangrar tão pouco que o acto passará despercebido. Ora temos a confusão armada! É que macho que é macho tem de ter uma virgem para desflorar na noite de núpcias. E então como é que vai mostrar o lençol manchado de sangue aos amigos?

Virgindade, conceito do século passado? Talvez não!

Estou certa que, tal como eu, muitas pessoas devem pensar que hoje em dia, esta questão da virgindade já não é sequer tema. As mulheres iniciam a vida sexual cedo, tal como os homens, e está tudo mais preocupado com as doenças sexualmente transmissíveis ou com a gravidez em adolescentes do que com o facto da pobre noiva ser virgem ou não. Até as Noivas de Santo António já não precisam de ser virgens (sim, parece que as coitadas eram sujeitas a um exame médico)! Mas afinal, parece que isto não é bem assim.

Segundo alguns artigos que li, inclusive um recentemente publicado pela BBC, as mulheres que procuram este tipo de cirurgia não são só as muçulmanas que temem pela vida, depois de um pequeno "momento apaixonado". Muitas mulheres sujeitam-se a esta cirurgia pois não são capazes de admitir que, "sim senhora já tiveram parceiros sexuais e fazem com o seu corpo o que bem entenderem e quem não gostar pode seguir o seu caminho". São uma espécie de "boazinhas encapotadas", uma espécie de "bulímicas sexuais" que não têm coragem de admitir que comeram o bolo de chocolate e que agora o tentam vomitar à força toda para se manterem magras.

Surgem comentários (e desculpas) como "eu tive 10 vezes relações sexuais com o meu antigo namorado, mas sei que foi um erro e gostava muito de voltar a ser virgem" ou "tive relações sexuais com o meu namorado mas agora descobri que gosto de outro e não tenho coragem de lhe dizer que já não sou virgem" ou pior ainda "eu e o meu namorado decidimos ser virgens até ao casamento, mas eu estive de férias na República Dominicana e já não voltei virgem". Tudo isto é só desonesto e completamente idiota.

Infelizmente parece que ainda existem muitas mulheres que não sabem fazer uso da liberdade que têm e se agrilhoam a si próprias. A virgindade não está no corpo! Está na cabeça, no coração - e até na consciência - de cada uma.

Via A vida de Saltos Altos



publicado por olhar para o mundo às 21:00 | link do post | comentar

Terça-feira, 23.03.10

Os médicos deixam o aviso: os mais novos têm mais comportamentos de risco e estão mais expostos às doenças sexualmente transmissíveis.

"Uma relação sexual implica cuidados preventivos e segurança na partilha dos afectos. Coisa que nesta faixa etária, até aos 15 anos, é difícil, pois existe grande imaturidade emocional", realça o psicólogo clínico Tiago Lopes Lino.

"O início da actividade sexual precoce traz maiores riscos para a saúde", concorda Patrícia Gouveia, do Instituto Superior de Psicologia Aplicada (ISPA), que desenvolveu um estudo sobre "O comportamento sexual e a virgindade na adolescência em Portugal".

Uma das conclusões a que chegou é que os rapazes correm riscos porque têm mais sexo ocasional e as raparigas porque iniciam a sua vida sexual com rapazes mais velhos.

No entanto, os especialistas admitem que os comportamentos de risco ainda estão muito relacionados com a falta de informação. "O maior perigo está no facto de os adolescentes acreditarem que a virgindade só se perde pela penetração. Por isso, continuam a manter comportamentos sexuais que continuam a colocá-los em risco, seja pelo sexo anal, sexo oral ou práticas masturbatórias", explica Patrícia Gouveia.

"A primeira experiência sexual não ocorre somente na primeira relação sexual, mas sim nas primeiras manifestações da sexualidade (desejo sexual, masturbação e orgasmo) que muitos adolescentes iniciam aquando da puberdade, sozinhos ou em grupo", completa Tiago Lopes Lino.

"Chamamos-lhes 'tecnicamente virgens', porque praticam actividades sexuais que não o coito, pensando que não estão a fazer sexo", classifica ainda Patrícia Gouveia, que espera que esta investigação possa servir para a criação de programas que alertem pais, professores e os próprios jovens para esta realidade. "Eles preocupam-se com a gravidez indesejada, mas não se lembram das doenças sexualmente transmissíveis".

Tiago Lino lembra ainda que a perda precoce da virgindade pode gerar confusões em termos de orientação sexual. "Em termos de psicologia do desenvolvimento, uma das características desta fase é a homossociabilidade (rapazes acompanham rapazes e raparigas acompanham raparigas). Só por volta dos 15 anos é que os grupos se tornam heterogéneos (rapazes e raparigas acompanham-se mutuamente)", defende.

 

Via DN



publicado por olhar para o mundo às 23:39 | link do post | comentar

Quarta-feira, 21.10.09

Os pais e o sexo

 

 Vários amigos de ambos os sexos, portanto neste caso tanto pais como mães, dizem-me que os filhos também de ambos os sexos lhes contaram quando perderam a virgindade.

Embora cá em casa o sexo esteja longe de ser pecado ou tabu, nunca imaginei essa cena da/o filha/o a vir ter connosco para celebrar a primeira queca...
Eu própria nunca fiz a participação aos meus pais da minha estreia sexual, pois por muita intimidade e abertura que haja, os pais são sempre pais e não propriamente camaradas de café.
Embora falar de sexo com os filhos seja saudável, também não lhes quero violar a privacidade. Há uma linha divisória entre a familiaridade e a privacidade que não deve ser forçada, acho eu. É um direito dos próprios filhos e uma questão de respeito da parte dos pais.
Portanto, fiquei parva com essa onda de confidências em que os pitos e pitas contam logo numa nice aos pais que estiveram no truca-truca, sem recear o habitual questionário pedagógico que compete aos pais sobre se foram responsáveis, se foi sexo seguro, se não se precipitaram, se agora vai ser sempre a bombar.
Agora esclareçam-me se vocês foram a correr contar aos vossos pais a 1ª vez que tiveram sexo e se os vossos filhos, sobrinhos ou filhos dos amigos acham assim tão cool partilhar com os pais as suas cenas de marmelada!

 

Via Intervalo para café



publicado por olhar para o mundo às 13:23 | link do post | comentar

Terça-feira, 06.10.09

o himem em pacotinhos... made in China

 

Os deputados egípcios conservadores estão em cólera contra a importação de produtos chineses. No centro do debate que agita o parlamento egípcio está um pequeno kit - made in China - que permite às mulheres "reaver" a sua virgindade, graças a um falso hímen. 

O produto vende-se em grandes quantidade em certos países muçulmanos, onde as relações sexuais antes do casamento são consideradas crime. 
Enquanto que os mais conservadores, dizem que este kit encoraja as relações sexuais ilícitas, as feministas falam em “hipocrisia masculina”, porque os homens não estão submetidos a nenhuma restrição. 

 

Via ionline

 

E achava eu que já tinha visto tudo o que havia para ver......



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

Domingo, 09.08.09

 Clube das Virgens (ou das trongas mongas)?!!!

Programa "5 para a Meia Noite", com Luís Filipe Borges!

Convidada: Margarida Menezes, presidente do Clube das Virgens

 

 

Até há pouco tempo nunca tinha ido à ginecologista porque só de pensar estar de pernas abertas numa cadeira ficava doente! (Claro ... desculpa válida! Mais vale deixar desenvolver um cancro no colo do útero que tratar da saúde! deus nos livre e guarde de nos sentarmos numa cadeira de perna aberta com o pensamento único de cuidar da saúde! Margarida lá sabe  que tipo de devaneios lhe passam pela cabeça nesse momento, para resistir a tanto custo!!)

 

Imagina o seu primeiro homem simpático, honesto, com sentido de humor e que mostre gostar muito dela!!! (sim, porque a maioria das mulheres entrega-se a um gajo com tiques de besta, pilantra, que cheire a cavalo e que, de preferência, dê uma sova por dia!)

 

Quer perder a virgindade num ambiente das Arábias, porque gosta muito das histórias das mil e uma noites! (ok ... deixa ver se percebi: afinal a Margarida até gosta de homens com turbantes, que desposam não sei quantas mulheres ao longo da vida e que, de quando em vez, organizam bacanais e orgias, estilo "tudo ao molho e fé em deus"!! Ok, linda! Já comecei a perceber! És daquelas que diz que «não», quando o que te apetece mesmo é «sim», certo?!)

 

É muito romântica, adora música portuguesa acima de tudo e, desta forma, não se importava mesmo nada que a sua primeira vez fosse ao som de Tony Carreira! (pois ... nem sei bem que dizer em relação à preferência musical demonstrada! A confirmar-se, Margarida ganhava o céu, mas o parceiro perdia a tesão!)

 

Ai Margarida, quando um dia ganhares consciência do ridículo que são os teus devaneios, vais desejar mesmo emigrar para as Arábias! Lá! Longe! Onde ninguém te conheça ...

 

Suspeita

 

Só uma mulher como a Suspeita para colocar por palavras o que todos achamos desta senhora

 



publicado por olhar para o mundo às 21:18 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Segunda-feira, 25.05.09

Venderam a virgindade na net

 

A teenager romena Alina Percea vendeu, esta semana, a sua virgindade por 10 mil euros. Na semana anterior tinha sido a americana Natalie Dylan a fazer o mesmo, mas por 1,7 milhões de euros.O objectivo das jovens, dizem, era pagar os estudos.

A moda pegou e o  Craigslist, o maior site mundial de anúncios classificados, anunciou  que vai retirar das suas páginas os anúncios que possam remeter para a venda de "serviços sexuais". 
A polícia americana usa, desde Junho do ano passado, este site para apanhar quem vende e quem compra sexo online. Em Portugal e no resto da Europa, contudo, a empresa irá manter os anúnicios de caracter erótico.

Via Ionline

É ideia minha ou isto não passa de uma forma de prostituição um bocadinho mais elaborada?

 



publicado por olhar para o mundo às 08:51 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Em busca da virgindade pe...

Os Jovens, a virgindade e...

MÃE, PAI, JÁ NÃO SOU VIRG...

A virgindade que vem da C...

Clube das Virgens (ou das...

Elas venderam a virgindad...

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

Related Posts with Thumbnails
blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...
Posts mais comentados