Sexta-feira, 02.07.10

LISBOA E SUL

 

Palácio Foz
Praça dos Restauradores, s/n, Lisboa
Tel. 213 462 157 e 213 476 129
Cinema Sábados em Família, o programa de sessões de cinema da Cinemateca Júnior, exibe o filme de animação "As Aventuras de Wallace e Gromit". O filme reúne as três primeiras aventuras dos impagáveis Wallace, grande apreciador de queijo, e o seu cão Gromit, verdadeiro 'cão de guarda' que salva o dono de alguns disparates. Destaque especial para a última aventura em que os nossos heróis enfrentam um pinguim ladrão. No dia 3 de julho às 15h. Ver mais informações em www.cinemateca.pt/programacao.asp .

 

Museu do Oriente
Avenida de Brasília, s/n, Lisboa
Tel. 213 585 299 e 213 585 200
Oficinas O museu, através do conjunto de atividades Férias de Verão, propõe diversas oficinas aos mais novos. Duas delas estão incluídas no programa Oficinas de Longa Duração. "Patuá Di Macau, Unde Ta Vai?" sobre o patuá macaense, o crioulo português de Macau, salienta a mistura de diferentes culturas existentes na cidade. De 12 a 14 de julho das 10h às 13h e das 14h30 às 18h (é necessário fazer marcação prévia até ao dia 5 de julho). E "Viagem de Sabores: do Sushi ao Kimshi" conduz a uma viagem ao Oriente onde será possível saborear exóticas iguarias. Nos dias 15 a 16 de julho das 10h às 13h e das 14h30 às 18h (é necessário fazer marcação prévia até ao dia 8 de julho). A outra atividade está incluída no programa Sábados em Oficinas. "Os Segredos dos Brinquedos" aborda o mundo dos brinquedos do Japão e depois, através de diversas técnicas, os participantes vão construir um com as próprias mãos que poderá levar para casa. No dia 10 de julho das 11h às 13h (é necessário fazer marcação prévia até ao dia 5 de julho). Ver mais informações em www.museudooriente.pt .

 

Oceanário de Lisboa
Esplanada D. Carlos I, s/n, Lisboa
Tel. 218 917 002 e 218 917 006
Dormir A promessa é irresistível: as crianças dos 4 aos 12 anos podem passar as suas férias debaixo de água. Dez dias temáticos inspirados nos oceanos deixam nas mãos dos petizes os ofícios de pintores e atores, cientistas e historiadores, sem falar nos 'brindes', que incluem aulas de canoagem no Centro Náutico e passeios de teleférico. Até ao dia 10 de setembro, de segunda a sexta das 9h às 18h. Além disso, todas as sextas o programa pode ser prolongado com o interessante ciclo "Dormindo com os Tubarões", com atividades à hora de jantar e uma bizarra noite de sono. Só é preciso ter mais de 6 anos, uma escova de dentes, roupa confortável para dormir e um saco-cama. Ver mais informações em www.oceanario.pt .

 

Jardim Botânico da Ajuda
Calçada da Ajuda, s/n, Lisboa
Tel. 214 531 277 e 917 616 954
Heidi O Grupo de Teatro Infantil AnimArte apresenta a peça "Heidi", baseada na obra homónima de Johanna Spyri, um espetáculo cheio de música danças e travessuras. Heidi é uma menina que vai viver para o campo com o avô, que não conhecia, e aquilo que ao início parecia bastante assustador irá revelar-se como uma aventura fantástica para a jovem. Ela conhece Pedro, o pastor, a quem ensina a ler e este, em troca, revela a Heidi os segredos da vida no campo: a medicina natural, como fazer queijo ou ter uma alimentação equilibrada. Mais tarde, é obrigada a voltar para a cidade para fazer companhia a uma menina doente e convence a família da jovem a adotar os saudáveis hábitos campestres. Até ao dia 18 de julho, aos sábados, domingos e feriados às 16h (para escolas, de segunda a sexta, mediante marcação prévia). Ver mais informações em www.grupoanimarte.com .

 

Jardim Zoológico de Lisboa
Estrada de Benfica, 160, Lisboa
Tel. 217 232 960
Chitas O Zoo celebrou os seus 126 anos de existência com a inauguração de uma das únicas instalações de exibição e reprodução de chitas da Europa, com cerca de 100 metros de comprimento, visando a preservação de uma das espécies mais ameaçadas do planeta. A chita é o único felino diurno e o animal terrestre mais rápido do mundo, chegando a atingir os 120km por hora em curtas distâncias. O Zoo procurou respeitar as características do habitat natural da espécie e adequou a topografia e o substrato da instalação aos animais, com zonas mais elevadas, plantas, rochas e locais de sombra. Exibição permanente, todos os dias das 10h às 20h. Ver mais informações em www.zoo.pt .

 

Teatro Bocage
Rua Manuel Soares Guedes, 13-A, Lisboa
Tel. 912 449 909
Férias O Teatro Bocage propõe aos jovens o programa Férias no Teatro - ATL Verão 2010 que inclui uma semana de aprendizagem das noções básicas e dos instrumentos necessários à representação (o corpo, a voz, o movimento), exercícios de desinibição, concentração, memorização e relaxamento, desenvolvimento de trabalho de grupo e finalmente a criação de uma peça de teatro e seus personagens, encenação e apresentação à família e amigos no último dia de atividades. Até ao dia 17 de setembro, de segunda a sexta das 9h às 18h. Ver mais informações em www.teatrobocage.com .

 

Auditório do Espaço Monsanto
Parque Florestal de Monsanto, Lisbo
Tel. 218 460 738 e 967 525 460
Espetáculo A companhia Trupilariante de teatro-circo apresenta "Odisseia pelos Astros". O herói da peça, Fernão de Magalhães, numa aventura audaz, à semelhança da sua famosa viagem, decide acompanhar a velocidade da luz e desbravar o espaço profundo do Universo, atravessando buracos negros, desviando-se de meteoros e meteoritos e fugindo de nuvens de gases primordiais. Até ao dia 31 de julho, aos sábados e domingos às 16h. Ver mais informações em www.trupilariante.com .

 

Centro Cultural Malaposta
Rua Angola, s/n, Olival Basto, Odivelas
Tel. 219 383 100
Gato A peça de teatro infantil "O Gato das Botas" inspirada no conto de Charles Perrault, conta a história de um jovem que herdou da mãe um gato, que o convence a comprar-lhe um belo chapéu e umas lindas botas. Com um cenário mágico, um guarda-roupa fantasioso e bonitas canções, o divertido Gato das Botas vai mostrar que é possível ser bem-sucedido desde que se encare a vida com confiança. Até 25 de julho, aos sábados às 16h e aos domingos às 11h (para escolas, de terça a sexta às 10h30 e 15h, mediante marcação prévia). Ver mais informações em www.malaposta.pt .

 

Núcleo Arqueológico do Millennium bcp
Rua Augusta, 84, Lisboa
Tel. 211 131 004
Ossos A Fundação Millennium bcp oferece "Ossos que Contam História", uma mostra de vestígios arqueológicos de animais vertebrados que coexistiram e coexistem ainda com a espécie humana. A exposição apresenta, de forma pedagógica, fragmentos da história do Homem e dos animais 'contada' através dos ossos de animais recuperados no decurso das escavações realizadas no espaço atualmente ocupado pelo Núcleo Arqueológico, próximo do Arco da Rua Augusta. A entrada é gratuita e a mostra vai estar patente até setembro, de segunda a sábado das 10h às 13h e das 14h às 17h, exceto às quintas em que o período de abertura só vai das 15h às 17h. Ver mais informações em www.millenniumbcp.pt .

 

Museu do Brinquedo
Rua Visconde de Monserrate, 26, Sintra
Tel. 219 242 171
Transportes O museu apresenta a exposição "Meios de Transporte", composta por objetos em condições de reserva e por peças de coleções privadas que primam pela sua antiguidade, representatividade e raridade. A mostra revela como o Homem, para o seu próprio transporte e para o transporte de bens e mercadorias, melhorou técnicas, inventou materiais e construiu mecanismos capazes de se moverem pelos seus próprios meios na terra, no mar e no ar. Até 31 de outubro, de terça a domingo, das 10h às 18h. Ver mais informações em www.museu-do-brinquedo.pt .

 

Jardim Zoológico de Lisboa
Estrada de Benfica, 160, Lisboa
Tel. 217 232 960
Animais O Centro Pedagógico do Zoo oferece, até ao mês de novembro, três novidades na área dos programas de animação para os mais novos. Um deles, "Sábados Selvagens", para famílias (crianças a partir dos 4 anos acompanhadas por adultos), permite aprender in loco, pela mão dos tratadores, treinadores e profissionais do Zoo um pouco mais sobre a vida animal (todos os sábados a partir das 10h). Um outro é o ateliê "Quando os Animais Saem dos Contos..." para crianças entre os 4 e os 10 anos, onde será contada uma história em que as personagens principais são espécies de animais que os pequenos poderão conhecer ao vivo no Zoo (todos os sábados e domingos das 10h às 13h). Quanto a "Safari no Zoo!", para crianças dos 6 aos 12 anos, inclui várias atividades como a ajuda na manutenção de alguns animais, o auxílio aos treinadores na preparação da apresentação de aves em voo livre e a visita aos bastidores da Baía dos Golfinhos (todos os sábados das 10h às 18h). Estas atividades exigem marcação prévia. Ver mais informações em www.zoo.pt .

 

Museu de Ciência da Universidade de Lisboa
Rua da Escola Politécnica, 56, Lisboa
Tel. 213 921 808 e 213 921 679
Céus O museu, em colaboração com a Sociedade Portuguesa de Matemática, apresenta a exposição "Medir os Céus para Dominar a Terra: a Astronomia na Escola Politécnica de Lisboa (1837-1911)". Esta mostra pretende não só dar a conhecer o ensino e a prática da Astronomia na Escola Politécnica durante o século XIX como também sensibilizar o público escolar para a relação estreita entre a Matemática e a Astronomia. Até ao dia 31 de agosto de 2010, de terça a sexta das 10h às 17h e aos sábados e domingos das 11h às 18h (encerra às segundas e feriados). Ver mais informações em www.mc.ul.pt .

 

Museu Nacional de História Natural da Universidade de Lisboa
Rua da Escola Politécnica, 58, Lisboa
Tel. 213 921 808 / 213 921 883 / 213 921 679
Terra O museu apresenta a exposição "A Aventura da Terra: um Planeta em Evolução". A mostra interativa começa pela origem do próprio Universo e acompanha a evolução do planeta ao longo dos últimos 4.600 milhões de anos, com relevo para os primeiros sinais de vida na Terra e a sua posterior diversificação. Até dezembro de 2011, de terça a sexta das 10h às 17h e aos sábados e domingos das 11h às 18h (encerra às segundas e feriados). Ver mais informações em www.mnhn.ul.pt .

 

Museu Nacional de História Natural da Universidade de Lisboa
Rua da Escola Politécnica, 56/58, Lisboa
Tel. 213 921 808 / 213 921 883 / 213 921 679
Dinossáurio O museu apresenta "Allosaurus: Um Dinossáurio, Dois Continentes?", uma mostra que percorre os passos de uma investigação científica em curso até à descoberta de fósseis de Allosaurus fragilis em Portugal, com painéis informativos, fotografias, ilustrações científicas e 16 réplicas de esqueletos ou crânios de diversas espécies de dinossáurios. A exposição está patente até fevereiro de 2011, de terça a sexta das 10h às 17h e sábados e domingos das 11h às 18h (encerra às segundas e feriados). Ver mais informações em www.mnhn.ul.pt .

 

Chapitô
Costa do Castelo, 1/7, Lisboa
Tel. 218 855 550
Ateliês O Chapitô oferece dois tipos de ateliês para crianças entre os 4 e os 12 anos. Um deles é o "Mundo da Fantasia e do Circo", onde poderão praticar diversos exercícios ligados ao mundo circense, às segundas-feiras, das 17h30 às 18h30. E o outro é "Capoeira", onde poderão juntar-se à roda viva da dança-luta brasileira, às quintas-feiras, das 17h30 às 18h30. Ver mais informações em www.chapito.org .


Via Expresso



publicado por olhar para o mundo às 10:00 | link do post | comentar

Fundação de Serralves
Rua D. João de Castro, 210, Porto
Tel. 226 156 500
Verão Com a chegada do verão, o Serviço Educativo de Serralves convida crianças e famílias a participarem num vasto conjunto de atividades como oficinas, visitas e conversas, que mudam todas as semanas. Estas atividades estão divididas em dois tipos de programas. Um deles, Serralves em Família, oferece a oficina "Investigar", onde os participantes vão conhecer a Estação Meteorológica do Parque de Serralves, dar o seu contributo para a plataforma europeia de Monitorização da Qualidade do Ar e terminar a sessão com experiências lúdicas para os mais novos. No dia 4 de julho das 10h às 13h (acesso gratuito e funcionamento contínuo: levantar bilhete na receção do museu). O outro programa, Férias de Verão em Serralves, propõe atividades que variam segundo as idades das crianças, todas elas a decorrer dos dias 5 a 9 de julho. Para crianças dos 4 aos 6 anos, "Bio... diversão" leva a semear plantas e descobrir cores, cheiros e surpresas, das 9h30 às 12h30, enquanto "Mãos na Massa" investiga alimentos e ensina a apurar o paladar e criar doces, das 14h às 17h. Para crianças dos 6 aos 9 anos, "Cidades Flexíveis" visa criar uma cidade mágica que nasce de uma construção coletiva, das 9h30 às 12h30 e das 14h às 17h. Para crianças dos 6 aos 12 anos, "Ecociência" conduz à descoberta e exploração de curiosidades da natureza, das 9h30 às 12h30, e "Criações Científicas" desafia cada um a mostrar o cientista que há em si, das 14h às 17h. Ver mais informações em www.serralves.pt .

 

Museu Nacional da Imprensa
Estrada Nacional 108, nº 206, Porto
Tel. 225 304 966 e 225 300 648
Oficinas O museu oferece aos mais novos várias oficinas permanentes e outras atividades, das quais destacamos duas que decorrem no mesmo horário. Uma delas é "Viagem ao Mundo do Papel", para crianças a partir dos 4 anos, onde os participantes reciclam manualmente papel velho, adicionando-lhe pétalas, folhas secas e outros materiais, transformando-o de novo em papel utilizável, sendo aconselhável, para uma produção personalizada, que cada um traga de casa desperdícios reutilizáveis. A outra são as "Oficinas Gutenberg", para crianças dos 4 aos 12 anos, onde os participantes são levados a fazer uma viagem no tempo até à Europa do século XV, onde terão a oportunidade de escolher entre a construção de um livro, através das antigas técnicas de impressão e encadernação, ou a construção de um tipo móvel, reinventando a imprensa. Até 31 de dezembro, todos os dias à tarde (inclusive domingos e feriados) das 15h às 20h, e pela manhã de terça a sexta das 10h30 às 12h30. Estas atividades exigem marcação prévia. Ver mais informações em www.museudaimprensa.pt .

 

Zoo Santo Inácio
Rua 5 de Outubro, 4503, Avintes, Vila Nova de Gaia
Tel. 227 878 500
Natureza Passar as férias em contacto direto com a Natureza não é coisa comum. O Zoo Santo Inácio propõe um campo de férias de verão para crianças dos 6 aos 13 anos de idade que permite um contacto privilegiado com a natureza e os animais, além de inúmeras atividades educativas e lúdicas. Entre as atividades, destacam-se a alimentação e contacto próximo com vários animais, demonstração de animais mista com exibição de aves, répteis e mamíferos, ateliês de pintura e construção, histórias contadas no meio do bosque, horas de cinema e aulas de culinária. Até ao dia 13 de agosto, de segunda a sexta das 8h30 às 19h. Ver mais informações emwww.zoosantoinacio.com .

 

Centro Multimeios de Espinho
Avenida 24, 800, Espinho
Tel. 227 331 190
Planetário O Planetário de Espinho propõe quatro interessantes sessões às crianças e às suas famílias até ao mês de dezembro (nos meses de julho e agosto este programa passará a ser diário). "O Mistério da Bola de Fogo", aos sábados, domingos e feriados às 15h, para maiores de 4 anos. "Viagem a um Buraco Negro", aos sábados, domingos e feriados às 16h, para maiores de 12 anos. "Acampar com as Estrelas", aos sábados às 17h, para maiores de 10 anos. E "Dois Pequenos Pedaços de Vidro", aos domingos e feriados às 17h, para maiores de 10 anos. E o Observatório Astronómico oferece a sessão "Observação do Sol", aos sábados às 15h30 e 16h30, sempre que as condições atmosféricas existentes não sejam adversas. Ver mais informações sobre as sessões em www.multimeios.pt .

 

Parque Temático Molinológico
Ponte da Igreja, Ul, Oliveira de Azeméis
Tel. 256 664 043 e 256 683 170
Moinhos Ao visitar o parque, as crianças poderão assistir à moagem de diferentes tipos de cereais em moinhos de água e à confeção do pão tradicional de Ul e ver os materiais expostos no Núcleo Museológico do Moinho e do Pão. De terça a sexta, das 10h às 12h30 e das 14h às 17h30, e aos sábados e domingos, das 15h às 19h (encerrado às segundas e feriados). Para visitar todos os núcleos, é aconselhável fazer marcação prévia. Ver mais informações em www.moinhosdeazemeis.com .

 

Museu da Ciência - Laboratório Chimico
Largo Marquês de Pombal, s/n, Coimbra
Tel. 239 854 350
Férias O museu oferece aos mais novos diversos programas de ocupação dos tempos livres durante as férias de verão. Um deles é "4 Dias, 4 Temas", e os temas vão ser 'Cor' (sobre tintas e as suas misturas), 'Ótica' (sobre objetos que orientam a luz), 'Sol' (sobre a estrela que nos ilumina) e 'Visão' (sobre o funcionamento deste sentido). De 6 a 9 de julho, das 10h às 13h para crianças dos 5 aos 7 anos e das 14h30 às 17h30 para crianças dos 8 aos 12 anos. Outro programa proposto é "Trilhos", onde em certos domingos de cada mês as crianças e suas famílias são convidadas a fazer um passeio à volta do Museu da Ciência e da Universidade de Coimbra. Desta vez o tema é "Passeio com a Botânica" e os participantes vão andar à procura desta surpreendente ciência nas ruas e nos jardins. No dia 4 de julho das 11h às 12h. E com o programa Aniversário no Chimico, o museu convida-o a vir fazer a festa de anos, durante três horas, nas suas instalações, aos sábados, das 10h às 13h, ou aos domingos, das 10h às 13h e das 15h às 18h. Estas atividades exigem marcação prévia. Ver mais informações emwww.museudaciencia.pt .

 

Via Expresso



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Terça-feira, 28.07.09

Os 10 melhores trilhos para caminhadas na natureza

 

Se o seu ideal de férias em Agosto não é passar o dia deitado na toalha a torrar ao sol numa praia repleta de pessoas, suspire de alívio. Há alternativas bem mais silenciosas e menos preguiçosas. As caminhadas fazem bem à saúde e recomendam-se. De norte a sul, de este a oeste, há um país inteiro por descobrir. E haverá melhor maneira de o fazer do que a caminhar? 

Escolhemos dez trilhos para todos os gostos. Para aqueles cuja escalada mais recente foi a subida até ao 3º andar, quando o elevador avariou e para os mais experientes, já na posse do último modelo de botas de montanhismo.

Sinta-se um descobridor e ponha uma bandeira no topo da serra, ou no sopé, dependendo da meta. Ganhe forças com o sorriso dos caminhantes que encontra quando sobe com a língua de fora um monte sem fim e não desanime mesmo depois da terceira queda.
 Não temos o Evereste, mas a Serra da Estrela custa a subir. À falta do Machu Pichu desça os trilhos dos Açores ou da Serra de Sintra e divirta-se no meio da Natureza.

1- Parque Nacional da Peneda Gerês

Mais difícil do que percorrer os trilhos do Parque Nacional da Peneda Gerês é optar por um.  Nós escolhemos um dos mais complicados. De Lamas de Mouro até Soaja, o percurso pedestre de 30 km puxa pelas pernas. No caminho resfresque-se numa das muitas  cascatas e aprecie a paisagem verde enquanto recupera o fôlego. Se não aguentar oito horas a andar, passe uma noite no parque de campismo de Lamas de Mouro ou nas casas abrigo de Bico de Pássaro.

2- Caça aos Gambuzinos (Ribeira da Cabrela-Odrinhas)

Caçar animais inexistentes é pretexto mais do que suficiente para uma boa passeata de 9 km pela Ribeira da Cabrela, em Sintra. A Equinócio propõe uma caminhada nocturna, onde se não encontrar gambuzinos, pelo menos ficará a conhecer Broas, a aldeia fantasma. E no final, uma visita a um museu à luz de archotes.
Quando: 15 de Agosto

3- Levadas da Madeira

Sinta o mesmo que Gonçalves Zarco e Tristão Vaz Teixeira quando pisaram o solo vulcânico da Madeira. A paisagem da ilha não é só bananas. Há 15 mil hectares de floresta laurissilva para explorar e 1400 km de levadas para seguir. Os cursos de água centenários recortam os vales e as encostas da ilha, mas acompanhá-los não é fácil e pode durar vários dias. A Rotas do Vento pode orientá-lo nessa tarefa.
Quando: Todo o ano

4- Da Adraga ao Cabo da Roca

Embora curto, o percurso de 7 km por entre as falésias que unem a praia da Adraga ao Cabo da Roca pode tornar-se complicado. Os trilhos têm um declive acentuado e não são recomendáveis a quem tem vertigens. O mar acompanha-nos sempre na viagem e há paragens obrigatórias, como o Tritão do Fojo e o Calhau do Corvo, que justificam as longas descidas.
Quando: 8 de Agosto

Mais informações no site da Equinócio

5- Rota do Sado

As margens do Sado são ideais para um percurso pedestre durante o dia: planas com canaviais e arrozais e a companhia de cegonhas, garças e patos. Na Comporta há um trilho por canais de rega até Cachopos (20 km) com excelente vista para o rio. Depois do passeio, experimente fazer canoagem nocturna. A Papa-Léguas organiza tudo.
Quando: 22 de Agosto

6- Cabo Espichel

Da Praia das Bicas são 12 km até ao Cabo Espichel. Guarde o passeio para o fim da tarde e ponha-se em marcha depois de um mergulho, sem esquecer um casaco e uma lanterna na mochila. Quando sol desliza para o mar, a luz rareia, o ar arrefece e as estrelas aparecem aos poucos. O percurso não é difícil e termina no farol do cabo.
Quando: 1 de Agosto
Mais informações no site da Papa-Léguas

7-Caldeira de Santo Cristo, Açores

Um dos sítios mais bonitos dos Açores é a fajã da Caldeira de Santo Cristo, em São Jorge. Para lá chegar desce-se a Serra do Topo num sinuoso caminho entre nevoeiro, chuva miudinha, vacas e hortenses. O cenário compõe-se quando o sol descobre e a vista é deslumbrante. Depois de 17 km a pé sabe bem um mergulho na caldeira.
Quando: Todo o ano
Mais informações no site da Aventour

8- Via Algarviana

Desde Maio que o Algarve se orgulha de ter o maior percurso pedestre do país. A Via Algarviana tem 240 km e percorre o sul de uma ponta à outra. De Alcoutim ao Cabo de São Vicente, há muitos trilhos para descobrir, em plena serra algarvia. A provar que o Algarve é muito mais do que praias, a via passa por 21 freguesias no interior. Percorrê-la pode durar tempo, mas aconselha-se a fazer 30 km por dia e a dormir pelo caminho, em casas de turismo rural.

9- Serra da Estrela

Quando a neve derrete a paisagem na Serra da Estrela é outra. Um calor muitas vezes insuportável e dezenas de trilhos que se enchem de caminhantes de mochila às costas. Na Mata do Desterro há vários percursos pedestres. O melhor deles é o do Cabeço dos Corvos, uma escalada de três horas até ao ponto mais elevado da mata (1061 metros). Há outros trilhos menos exigentes, como os do Vale do Alva. O declive é pouco acentuado, o passeio dura 45 minutos e é ideal para as pernas mais enferrujadas.

10- Caminhada nocturna na Serra de Sintra

 Não é suicídio. Se é um habitué das caminhadas ou um grande aventureiro subimos a fasquia. À noite a Serra de Sintra pode ser um bom cenário para um filme de terror, mas também uma viagem inesquecível. A descer é sempre mais fácil e na escuridão convém seguir para oeste. A empresa Papa-Léguas acende-lhe a lanterna com um passeio que termina com o nascer do sol no mar. 
Quando: 8 de Agosto

 

Via Ionline

 



publicado por olhar para o mundo às 08:06 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Onde levar as suas crianç...

Onde levar as suas crianç...

Os dez melhores trilhos p...

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...