Sexta-feira, 11.12.09

Vem aí o frio

 

As temperaturas devem descer até aos zero graus este fim-de-semana.

A informação é confirmada pelo Instituto de Meteorologia, que aponta as Penhas Douradas como a primeira região a ser afectada pelo frio e que pode registar temperaturas negativas logo no sábado ao final do dia. A região deve ser seguida por Bragança e Braga na madrugada de domingo, e na segunda-feira deve alastrar-se a todo o território.
Não se prevê queda de neve, nem de qualquer tipo de precipitação, mas existirá um aumento da intensidade do vento. 
Instituto de Meteorologia esclarece que devem ser emitidos avisos no início da semana, que poderão posteriormente ser transformados em alertas pela Protecção Civil.

 

A protecção civil aconselha:

- Precauções com a condução de veículos, nomeadamente nas vias onde se pode formar gelo, o que aumenta o perigo de acidentes rodoviários;

- Usar várias camadas de roupa, em vez de uma só, e evitar o uso de roupas justas e que fazem transpirar;

- Cuidados com actividades físicas intensas que obrigam o coração a um maior esforço e podem conduzir a problemas cardíacos;

- Prestar particular atenção aos sinais de hipotermia (corpo frio com tremuras, pele roxa e falta de reacção), principalmente com os idosos. 

Via ionline



publicado por olhar para o mundo às 20:54 | link do post | comentar

Quarta-feira, 07.10.09

Quanto tempo é suposto durar a coisa?

 

 Já sabemos que, no que diz respeito a sexo e à duração do acto sexual, as ‘médias' são territórios difíceis. Quanto tempo é ‘normal' durar uma relação sexual? E a partir de que altura passa de 'curta' a 'longa'?

 

 

Segundo um estudo da Universidade de Penn State, nos Estados-Unidos, e divulgado pela BBC, para ser considerada ‘satisfatória', deve durar entre três a 13 minutos; menos do que isso é considerado demasiado curta, enquanto que, para ser considerada ‘longa', terá de durar entre os 10 e os 30 minutos.

 

 

Uma das mais-valia deste estudo é, sem dúvida, quebrar muitos dos mitos que rodeiam esta questão, como a opinião generalizada que o acto sexual apenas é 'satisfatório' quando é muito prolongado no tempo.

 

Via Activa



publicado por olhar para o mundo às 21:24 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Terça-feira, 23.06.09

 Tempo é dinheiro

 

O avanço tecnológico deveria aumentar a produtividade e reduzir o tempo de trabalho. Porém, na prática isso não se verifica: as estatísticas oficiais dizem que quase um milhão de portugueses trabalha mais de 40 horas por semana e que a média nacional é superior à europeia. Em 2008, a carga semanal até aumentou. "Somos conhecidos por trabalhar até mais tarde (não necessariamente com a correspondente produtividade - aliás, a nossa maior fraqueza, sobejamente conhecida), tendo como consequência o facto de dispormos de menos tempo para a família, os amigos e o lazer", lembra Pedro Oliveira, director da Albenture, uma empresa que oferece serviços de ajuda para conciliar a vida laboral com a vida pessoal. Uma investigação da Eurofound, o braço da União Europeia que estuda as condições de trabalho, concluiu que um em cada quatro portugueses trabalha seis ou sete dias por semana.


Embora algumas vezes seja por necessidade, é frequente as pessoas trabalharem mais apenas pelo dinheiro. "Há efectivamente uma tendência para as pessoas orientarem as suas vidas em função do dinheiro. Contudo, a vasta investigação nesta área sugere que a felicidade não é conquistada através do dinheiro - a partir de um nível médio socioeconómico, não existe uma diferença significativa em termos de felicidade, no Ocidente", avisa Catarina Rivero, psicóloga e terapeuta familiar. O objectivo de ganhar mais dinheiro em detrimento de ter mais tempo longe do trabalho acaba por provocar um desequilíbrio familiar. Em 2006, numa investigação do International Research Institute, 57% dos portugueses admitiu não ter equilíbrio entre trabalho e vida pessoal. "Pode dizer-se que aqueles que procuram felicidade na acumulação de dinheiro e riqueza não estão necessariamente a assegurá-la: o materialismo provou estar negativamente associado a muitas das medidas de qualidade de vida estudadas", lembra Gabriela de Abreu, fundadora da Associação Portuguesa de Estudos e Intervenção em Psicologia Positiva.

O dinheiro é importante, mas não se deve fazer tudo por ele. "O foco de cada pessoa deveria estar em colocar o dinheiro a trabalhar para ela e não estar a trabalhar para ganhar dinheiro", aconselha Pedro Queiroga Carrilho, autor do livro "O Seu Primeiro Milhão". "Colocar o dinheiro a trabalhar para nós significa, por exemplo, poupar e investir regularmente de modo a uma parte dos nossos rendimentos provir de juros e retorno de investimentos que fazemos", concretiza.

Se é um dos muitos portugueses que pensam que as 24 horas do dia não são suficientes para o trabalho e para a família, está na hora de sair do ciclo vicioso. Comece já hoje a ser mais produtivo, a trabalhar menos e a gozar mais com a família.

 

Via ionline



publicado por olhar para o mundo às 08:03 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Vem aí o frio

Sexo: quanto tempo é 'nor...

Saiba utilizar o seu temp...

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...
Posts mais comentados