Sexta-feira, 19.11.10

8 vantagens de se ter bom sexo

 

Que o sexo te faz bem, isso você já notou. O orgasmo, por exemplo, é uma das sensações mais íntimas e deliciosas para homens e mulheres e é muito mais do que sinal do sucesso de uma relação sexual. A cada dia, os cientistas descobrem novos efeitos desta reação orgânica que, além de melhorar as emoções, faz muito pela sua saúde. “O orgasmo contribui para que homens e mulheres vivam com mais qualidade, trata-se de um momento de prazer que reverbera por vários dias”, afirma o ginecologista Neucenir Gallani, da clínica SYMCO.

Porém, apesar de proporcionar prazer e qualidade de vida, uma pesquisa feita pela Universidade de São Paulo (USP) revelou que 70 % dos brasileiros fazem menos sexo do que declaram em conversas e pesquisas públicas. Por isso, o Minha Vida estimula você a melhorar essa situação trazendo o que a ciência e os especialistas andam dizendo por aí sobre os benefícios que uma vida sexual ativa trazem ao corpo. Confira:

1. Alivia as crises de enxaquecas

Quando seu parceiro reclamar, dizendo que não quer sexo porque está com dor de cabeça, reverta a desculpa a favor da saúde dele. Segundo o médico Neucenir Gallani, o orgasmo libera substâncias, como as endorfinas, que atuam no sistema nervoso. “Elas diminuem a sensibilidade à dor, relaxando a musculatura e melhorando o humor”, afirma.

2. Melhora o aspecto da pele

Fazer sexo, principalmente no período da manhã, é um poderoso aliado da beleza para manter a juventude. Essa foi a conclusão de um estudo, realizado por cientistas da Universidade Queens (Reino Unido). De acordo com os pesquisadores, atingir o orgasmo aumenta os níveis de estrogênio, testosterona e de outros hormônios ligados ao brilho e a textura da pele e dos cabelos. Além disso, quando há o orgasmo, ocorre uma vasodilatação superficial dos vasos, até aumentando a temperatura em algumas pessoas. Com isso, a pele ganha uma aparência mais viçosa, e o brilho natural dela fica em destaque.

3. Alivia as cólicas da TPM

O ginecologista Neucenir Gallani faz questão de reforçar que isso não é uma regra, mas acontece com algumas mulheres. Os movimentos realizados durante o sexo estimulam os órgãos internos, que ficam mais relaxados e, com isso, há diminuição das dores que incomodam seu bem-estar nos dias antes da menstruação. “Mas há mulheres que, na fase pré-menstrual, não têm disposição para o sexo e forçar a barra pode ser pior”, diz o ginecologista.

4. Melhora o sono

O relaxamento que o orgasmo traz contribui para que você durma melhor, e não apenas no dias em que houver sexo. A reação tem efeito prolongado, devido a ação dos neurotransmissores que passam a agir no seu organismo com mais regularidade e numa quantidade maior.

5. Diminui o estresse

O médico faz questão de ressaltar que o orgasmo não deve ser encarado como um remédio calmante, mas como parte de uma relação afetiva que traz prazer. Quando isso acontece, os níveis de estresse tendem a diminuir não só pela estabilidade emocional, mas também porque os chamados hormônios do estresse, como o cortisol, apresentam atividade reduzida. Quem trouxe essa novidade foi um estudo escocês recém-publicado na revista Biological Psychology.

6. Diminui os riscos de infarto

Um estudo da Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha, realizado com mais de 3 mil homens de 45 a 59 anos, concluiu, após 20 anos, que o sexo frequente pode reduzir o risco de infartos fatais e de derrames. De acordo com as conclusões da pesquisa, a morte súbita causada por problemas de coração é mais comum entre homens que afirmam ter níveis baixos ou moderados de atividade sexual. Saiba Mais

 

Queima calorias

Segundo a Associação Americana de Educadores e Terapeutas Sexuais, a atividade sexual pode ser um ótimo exercício para o corpo. Isso porque meia hora de sexo queimam, em média, 85 calorias. Portanto, se você está sem paciência para ir à academia, que tal optar pelo plano B? 8. Aumenta a imunidade Um estudo feito pela Wilkes University, nos Estados Unidos, mostrou que uma vida sexual ativa aumenta os níveis de um anticorpo conhecido como IgA , responsável pela proteção do organismo de infecções, gripes e resfriados.

 

Via Portal Midia



publicado por olhar para o mundo às 21:03 | link do post | comentar

Quarta-feira, 13.01.10

Mais de 400 mil portugueses com diabetes sem o saberem

 

Se é uma pessoa sedentária, com excesso de peso, um grande perímetro abdominal ou se a sua alimentação é descontrolada e hipercalórica, fique a saber que reúne uma quantidade significativa de ingredientes para estar entre os mais de 400 mil portugueses que não sabem que têm diabetes. Um perfil que é agravado se já tiver casos na família, se tiver nascido com mais de quatro quilos ou, no caso das mulheres, se tiver desenvolvido diabetes durante a gravidez.

 

 Os números, a que o PÚBLICO teve acesso, fazem parte do relatório anual do Observatório Nacional da Diabetes, que será hoje apresentado no Museu da Electricidade, em Lisboa, e que estima que o país tenha quase um milhão de pessoas entre os 20 e os 79 anos com esta patologia. Uma doença que já representa para o Estado, só em custos directos, mil milhões de euros, o que corresponde a sete por cento do total da despesa em Saúde em 2008 e a 0,7 por cento do PIB português. 


Isto quando o principal problema da diabetes está nas complicações que traz se não for detectada precocemente, lembra ao PÚBLICO o coordenador do estudo e presidente da Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal, Luís Gardete Correia. “Já atingimos uma prevalência que só estava prevista para 2015”, alerta. O que significa que é provável que, em 2025, se ultrapassem as piores expectativas: milhão e meio de doentes. 

E este é um dado que se reflecte nos gastos: em 2008 saíram dos cofres do Estado 535 milhões só para medicamentos, testes de glicemia e hospitalização — tendo mais de metade deste valor ficado para esta última categoria. Em 2020, estima-se que seja precisa uma verba de 480 milhões de euros só para fármacos. 

Luís Gardete Correia lembra, ainda, que a diabetes é a principal causa de enfartes do miocárdio em pessoas com menos de 40 anos, a primeira causa de cegueira, insuficiência renal e amputações não traumáticas de membros e um dos principais factores de risco para enfartes e acidentes vasculares cerebrais na população em geral. Segundo o relatório, 25 por cento dos doentes com insuficiência renal crónica que estão a fazer hemodiálise têm diabetes e mais de 11 por cento das pessoas com esta doença desenvolvem retinopatia (uma lesão não inflamatória da retina que custa por ano 195 milhões de euros). 

Apesar disso, os centros de saúde raramente têm consultas da especialidade e o prometido rastreio de retinopatia a nível nacional continua por se fazer. “A aposta deve ser na prevenção e em colaborar com as autarquias e os centros de saúde onde os enfermeiros podem ser um bom pivot, ao serem quem tem mais contacto com a população. Precisamos de uma aposta politicamente assumida e da parte da comunicação social continuam a faltar programas sobre estilos de vida saudáveis”, acrescenta o médico, em referência sobretudo à diabetes tipo 2 (antes conhecida como não insulinodependente), o género mais frequente, que está associado a factores ambientais e que tem vindo a ganhar expressão nos jovens, apesar de os idosos continuarem a ser os mais afectados. 

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 12:08 | link do post | comentar

Sábado, 10.10.09

Mulheres e o periodo

 

 "O meu período não é sujo, é sagrado. E o seu?". Rowena Davis termina assim o seu texto para a edição online do jornal britânico "Guardian". Em causa está a relação das mulheres com a sua menstruação e a promoção de uma campanha contra o uso de tampões. A jornalista refere que nunca teve uma boa relação com esta época do mês de todas as mulheres. Durante a sua vida escolar, esta fase nunca foi bem recebida, sobretudo porque afastava Rowena da piscina. A situação começou a mudar, diz ela, quando entrou para a universidade. O silêncio começou a ser quebrado e a menstruação deixou de ser um assunto tabu nas conversas entre colegas. Houve mesmo uma amiga que assumiu gostar de ter relações sexuais nesta altura do mês. E se o parceiro não gostasse da situação, era despachado.

De anti-natural, assunto privado e sujo, a menstruação começou a ser banalizada, pública e até celebrada. "Afinal, quem não pode lidar com períodos, não pode lidar com mulheres", afirma Rowena Davis no "Guardian". Foi então que a autora foi apresentada às "Moon Cups", um pequeno funil de borracha que a mulher introduz no seu corpo durante o período e que visa recolher o sangramento. Depois de retirado, deve ser fervido e esterilizado. O objectivo é evitar o consumo de 11.400 tampões que cada mulher usa em média durante a vida. Ou seja, uma campanha para contribuir para a preservação do planeta!

Actualmente, Rowena diz que aproveita a fase da menstruação para tornar o seu ritmo mais lento, descansar e pensar. "O que o meu corpo está a tentar dizer-me "é uma das perguntas recorrentes que diz se fazer nesta altura do mês. Até porque, já terá comprovado que quando o nível de tensão é mais elevado, o período é mais doloroso e abundante". "É um sinal de que não ouvi as minhas necessidades", afirma a jornalista.

 

Via Expresso



publicado por olhar para o mundo às 10:17 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Oito benefícios do sexo p...

Cuide da sua saúde, veja ...

Eu e a minha menstruação

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

Related Posts with Thumbnails
blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...