Quarta-feira, 15.09.10

925 milhões de pessoas com fome no mundo

 

O número global de pessoas com fome crónica ascende a 925 milhões, segundo estimativas do FAO, que responsabiliza as boas colheitas e a descida do preço dos alimentos pela redução da marca dos mil milhões de famintos, ou seja, o número de pessoas subnutridas no mundo teve a primeira queda em 15 anos, no ano passado.

Segundo dados do Fundo das Nações Unidas para a Agricultura (FAO), divulgados hoje em Roma, o número estimado de subnutridos em todo o mundo passou num ano de 1.02 mil milhões de pessoas para 925 milhões, localizados maioritariamente na Ásia e na África.

Ainda assim, o número é considerado "inaceitavelmente alto" e muito acima dos objetivos dasNações Unidas, de reduzir "dramaticamente" o número de pessoas com fome no planeta, segundo o FAO.

Segundo a FAO, a estimativa mais baixa deste ano reflete principalmente os efeitos de progressos feitos pela China e pela Índia para alimentar as respetivas populações.

Mais de 40 por cento dos subnutridos do mundo vivem na China e na Índia. Globalmente, dois terços dos famintos crónicos vivem naqueles dois países, no Bangladesh, Indonésia, Paquistão, República Democrática do Congo e Etiópia, revela o relatório.

O relatório concluiu também que estas pessoas continuam subnutridas, apesar dos objetivos estipulados pelas Nações Unidas nos encontros de doadores, que revelam "um profundo problema estrutural que ameaça a capacidade de atingir acordos internacionais sobre os objetivos de redução da fome".

Responsáveis das Nações Unidas tentam mobilizar os países para atingir um maior progresso no cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio de reduzir a proporção de pessoas com fome nos países em desenvolvimento de 20 por cento, em 1990-92 para 10 por cento, em 2015.

Se as estimativas de 2010 se mantiverem, a proporção de famintos em 2015 será de 16 por cento.

O crescimento económico nos países em vias de desenvolvimento está a contribuir para melhorar o número de pessoas com fome, refere o relatório, que destaca ainda a ajuda da natureza.

"O preço interno e externo dos cereais caiu dos picos atingidos em 2008, refletindo dois anos consecutivos de produções recorde", refere o relatório.

"Apesar da produção estimada para 2010 ser mais baixa, a situação global é considerada adequada", acrescenta o texto.

No início do mês, um perito das Nações Unidas em direitos humanos apelou aos governos para que cortem no preço dos alimentos, evitando a todo o custo a especulação.

O FAO, baseado em Roma, marcou uma reunião para 24 de setembro para discutir o aumento do preço dos alimentos.

 

Via ionline



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Sexta-feira, 01.05.09

 

Por vezes esquecemos que para além da nossa realidade há muitas outras, algumas delas são muito tristes. Por vezes é necessário olhar para o mundo para ver como ele é.

View this movie at cultureunplugged.com


publicado por olhar para o mundo às 12:52 | link do post | comentar

Quinta-feira, 16.04.09

Um casal francês foi preso e vai responder em Tribunal por ter maltratado oito dos seus nove filhos, deixando-os sem comer. Os pais justificaram o estranho costume afirmando que o pai,  francês de origem marroquina e muçulmano fervoroso, defendia que "a magreza extrema era prova de boa educação" e de purificação corporal. Isto é, quando mais se jejuar, mas se afasda o organismo das necessidades mundanas.

O caso está a abalar a localidade turística de Banyuls-sur-Mer, muito perto de Perpignan e a apenas três quilómetros da fronteira espanhola. As vítimas, com idades entre 7 a 17 anos, foram encontradas  absolutamente desnutridas.

Algumas das crianças estavam mortas à fome, num estado tão deplorável que precisaram de ser hospitalizadas de urgência. A começar por duas meninas de 13 e 15 anos, com 22 quilos cada, cujos corpos esqueléticos são a prova da loucura dos pais.

A polícia só descobriu o escândalo por ter flagrado uma das crianças - 13 anos, 1,65m e pesando apenas 32 quilos - a remexer nas lixeiras para se alimentar, às escondidas, não por vergonha mas sim por temer a apertada vigilância do pai.

O caso é ainda mais escabroso. Os pais não apenas privavam os filhos de comer como lhes aplicavam toda a sorte de castigos corporais. 

Ninguém podia ter acesso às chaves da cozinha sem permissão paterna. "Meus filho precisavam purificar-se. Esta é a razão pela qual decidimos privá-los de alimentação", confessou o pai, de 50 anos.

As razões pelas quais somente um dos noves filhos escapou à macabra história já estão explicadas: o rapaz é maior de idade e já não vive na casa dos pais.  

 

Via Expresso



publicado por olhar para o mundo às 09:14 | link do post | comentar | ver comentários (3)

mais sobre mim
posts recentes

Fome: 925 milhões de pess...

Porque há mais mundos.......

Há pessoas que só a tiro

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

Related Posts with Thumbnails
blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...
Posts mais comentados