Sábado, 15.12.12
Sexo a três relatos de um casal

Foto: Eyecandy Images/Corbis

 

Conforme a intimidade aumenta, mais forte fica nos parceiros a vontade de realizar aquelasfantasias guardadas a sete chaves. Com jeitinho e muita conversa, é possível concretizar os mais variados fetiches e torná-los até mais prazerosos do que a nossa mente podia imaginar.

 

E um dos desejos que povoa a mente de alguns casais é o sexo a três. A ideia de dividir a parceira ou o parceiro com um desconhecido pode parecer inconcebível para uns, mas não para Fernando, 48 anos, e Fátima de 42, conhecidos como Casal Pimenta. Casados há 14 anos, sem filhos, eles provaram o ménage depois de uma conversa que durou quase um ano. O resultado foi bom e agora eles tornam prática corriqueira.

 

"Era uma fantasia minha. Queria vê-la com outro homem, ver tudo o que não conseguia quando estava com ela, afinal ninguém transa de olhos totalmente abertos ou vê as reações do parceiro cem por cento", conta Fernando. Ele lembra que o anúncio do desejo causou muita estranheza e surpresa em Fátima, mas, com o tempo, ele foi percebendo que esse passou a ser da esposa também.

 

"Conversávamos sobre o assunto enquanto fazíamos sexo, normalmente imaginando a presença de outro homem conosco e o que poderia acontecer. Percebia que ela se excitava muito e ia se soltando em relação ao meu pedido", lembra. Após procurar uma terceira pessoa pela internet, o ato se consumou e o casal saiu muito satisfeito. Fernando garante que a relação na cama melhorou e muito com a experiência. A rotina não existe mais e as partes se conhecem melhor sexualmente.

 

Depois disso, Fernando e Fátima foram conhecer um clube de swing e gostaram. Passaram a frequentá-lo mensalmente, depois quinzenalmente e logo semanalmente. Em menos de um ano participaram e ganharam um concurso de festas liberais. Atualmente promovem festas em alguns clubes liberais do Rio. "Fazemos festas semanalmente no Pimentas Clube e mensalmente um encontro privê no Motel Shalimar", divulga o marido.

 

Fernando pensa que o sexo a três foi praticado sem traumas posteriores porque ele e Fátima desfrutam de um relacionamento bem estável. "Swing e ménage não combinam com casais em crise. Tem que haver uma segurança muito grande por trás disso para não se correr o risco de o casamento arruinar depois", afirma. "Nós nos amávamos acima de tudo e estávamos cientes de que haveria um caminho de volta, caso a experiência fosse desastrosa.", completa.

 

Quando o assunto é traição, Fernando declara: com essa abertura no casamento dele com Fátima não há necessidade disso, uma vez que eles podem sempre fazer juntos o que grande parte dos casais fazem escondidos dos parceiros. "Se você e seu companheiro têm a liberdade de variar de vez em quando com o outro sabendo, porque fazer escondido? Não há razões para ser infiel", afirma, "Mas é preciso muita cumplicidade e confiança entre o casal, para a fantasia não virar neurose ou motivo de perseguição."

 

Fernando comenta ainda que a prática do sexo a três envolve três etapas: a curiosidade, a vontade e a coragem. A vontade dá e passa e transformá-la em realidade requer diálogo para estabelecer confiança e limites do que pode ou não ser feito. "A coragem surgirá quando o casal tiver bem claro que isso é apenas uma ‘pimenta’ na relação, que não dependem disso para serem felizes ou se amarem", lembra. E finaliza: "Se entenderem que a questão não é ter mais prazer, mas sim de dar mais prazer para seu parceiro, aí então será perfeito."

 

Retirado de Terra



publicado por olhar para o mundo às 22:46 | link do post | comentar

Quinta-feira, 26.07.12

Fantasias: elas querem romance, eles querem sexo em grupo

 

Independente de serem colocadas em prática ou não, as fantasias sexuais são comuns, seja para homens ou mulheres. De acordo com experiência vividas em seus consultórios e divãs, especialistas já sabiam que elas são diferentes para eles e para elas. A novidade agora é que um estudo realizado na Universidade de Granada, na Espanha, confirmou que há mesmo diferença entre as fantasias sexuais de homens e mulheres. Segundo a pesquisa, enquanto elas fantasiam poucas vezes ao mês com um encontro agradável com uma pessoa específica, os homens fantasiam com muito mais frequência e possuem desejos de experimentação como sexo em grupo e relações promíscuas. 

O estudo foi com 2.250 pessoas com idade entre 18 e 73 anos, que tiveram relações heterossexuais nos últimos seis meses. Quase todos os entrevistados disseram fantasiar com experiências agradáveis. Mas 80 deles relataram já ter tido fantasias desagradáveis. 

O estudo revela que a fantasia desagradável mais comum entre elas foi "ser forçada a ter relações sexuais". Esta fantasia tinha ocorrido ao menos uma vez na maioria da vida das entrevistadas. Para os homens, a fantasia sexual mais desagradável seria manter relações sexuais com outras pessoas do mesmo sexo. 

"O nosso cérebro é o melhor estimulador sexual", diz a sexologista americana Logan Levkoff. "Nós temos que usá-los. Devemos ter uma vida cheia de fantasias. Ter fantasias sexuais não nos faz promíscuos. Nem sugerem que temos dificuldade em nosso relacionamento atual. Fantasias nos tornam seres sexuais saudáveis", afirma. As informações são Huffington Post.

 

Retirado de Band



publicado por olhar para o mundo às 09:40 | link do post | comentar

Domingo, 03.06.12

Conheça as principais fantasias sexuais femininas / Shutterstock

Algumas mulheres têm desejos que os homens nem imaginam

Quando o assunto é fantasia sexual, as mulheres deixam a imaginação ir longe, mesmo que não tenham coragem de colocar tudo em prática. Tem curiosidade sobre o que se passa na cabeça delas? Então, confira a seguir as 10 principais fantasias sexuais femininas, listadas pelo site americano "Ask Men":

Dança particular


Elas sonham em fazer strip-tease, porque se sentem atraentes com a situação e a ereção dos parceiros mostra que estão no controle.

Exibicionismo


As mulheres podem não fazer um filme pronográfico caseiro, mas provavelmente já fantasiaram com isso.m Algumas também sonham em transar em lugares públicos com pessoas assistindo.}

Fantasias de força


São muito populares entre as mulheres e a maioria dos psicólogos acredita que seja porque permitem que elas tenham o sexo selvagem que desejam, sem sentir a culpa que pode aparecer depois. Essa fantasia geralmente envolve um homem lindo levando-a para o quarto. Rapidamente, ele arranca sua roupa e desperta seu corpo.

Voyeurismo


Mulheres também gostam de assistir pessoar transando. Podem fantasiar sobre espiar a janela do vizinho, um casal em um local escondido de um parque ou até uma orgia.

Uma mulher com dois homens


Nessa fantasia, os homens tipicamente são heterossexuais e toda a atenção deles é para ela.

Duas mulheres e um homem


A fantasia raramente envolve o homem tocando a segunda mulher. O que ela quer é que o homem assista às duas e, depois, dê atenção somente a ela. Assim, afasta a preocupação com inveja e ciúme.

Sexo com um estranho


A maioria não colocaria essa fantasia em prática por conta de sentimentos como culpa, mas gosta de pensar nisso. A ideia de um homem lindo se aproximar dela em um bar e levá-la direto para a cama mexe com a libido feminina. 

Professor/aluna


Acredite, elas gostam de se fantasiar de colegiais para que os “professores” mostrem o caminho.

Homem domina mulher


Mulheres fantasiam com homens que tenham pegada, que segurem seus cabelos puxando a cabeça para trás, que as coloque contra a parede e as joguem na cama. Elas querem ser dominadas na cama.

Mulher domina o homem


As mulheres também gostam de sentir que estão no controle. O cenário gira em torno de o homem adorar o seu corpo e implorar por sua atenção.

 

Retirado de Band



publicado por olhar para o mundo às 21:54 | link do post | comentar

Terça-feira, 03.05.11

sexo e fantasias

 

São desejos ou impulsos exteriorizados inicialmente através da imaginação onde muita coisa é permitida e pouquíssima censura faz parte desse enredo. Algumas até não poderiam passar pelas fronteiras da imaginação pois seria quase um absurdo e um abuso colocá-las em prática. Quem sabe a medida normalmente é o dono de tal fantasia e o senso crítico consigo e com o outro em experimentar nova alternativa. 

Assim, muitas delas são transformadas em realidade e outras tantas servem de estimulo para o relacionamento sexual ou porque a relação está morna ou porque tem-se vontade de incrementar um pouquinho mais. 

Dessa forma, sua função principal nada mais é do que permitir que certos desejos sexuais de difícil satisfação para a realidade, possam se realizar. 

Muitas das fantasias são ousadas do jeito que são pois ignora os limites que ela encontraria do outro lado de qualquer cabeça: a aids e seu risco, a mulher do melhor amigo, normas, moral, censuras... Tudo isso vai pro espaço! 

Por isso mesmo, talvez seja tão perigoso e arriscado colocar todas as fantasias em prática. Querer nem sempre é poder e às vezes mais saudável é quem percebe essa barreira e não se machuca ultrapassando os limites do que acha que seja válido dentro de uma relação. 

Ou seja, pense antes de agir. Use o senso crítico e avalie as conseqüências. Caso surja sinais de alerta, contenha-se pois pode ser melhor que a fantasia continue no imaginário pessoal. Se o sinal estiver verde, pode seguir em frente e libere-se para por em prática o que antes fazia parte do virtual. 

Imaginação e responsabilidade, duas palavras que combinam perfeitamente em qualquer contexto.

Retirado de Spiner



publicado por olhar para o mundo às 18:55 | link do post | comentar

Quarta-feira, 06.04.11

Fantasias são saudáveis e apimentam a vida sexual

 

Qual mulher nunca sonhou em ser conduzida a uma noite inesquecível de amor e desejo por seu príncipe encantado? E não é preciso parar por aí. Dá para aproveitar e pensar no vestido vermelho que estaríamos usando, o jantar à luz de velas, a sacada com vista para o mar, e por que não, ir à loucura em uma noite de núpcias sob o luar. Fantasias revelam vontades e é preciso sonhar para poder realizar. 

A psicoterapeuta e sexóloga Magda Gazzi é uma incentivadora da criatividade sexual feminina. "Estudos tem nos mostrado que, quanto maior a capacidade de fantasiar das mulheres, maiores serão suas sensações eróticas e melhores seus orgasmos. As fantasias liberam as pessoas, e, no caso as mulheres, dos antigos preconceitos e armaduras protetoras e repressoras que sempre afligiram a sexualidade feminina", diz a especialista. 

Magda afirma que apesar de ter se acreditado muito tempo que as mulheres reduziam seu universo erótico a sonhos caseiros, agora sabe-se que 71% das mulheres têm fantasias eróticas durante a relação sexual. A masturbação seria um momento propício para descobrir novos  cenários e brincar com o imaginário. "Quando se sonha acordada, as fantasias geralmente são mais elaboradas, com maior número de elementos para compor ambiente, lugares exóticos e enredos diversos", explica a especialista. 

No entanto, segundo o terapeuta e médico vibracional Eduardo Navarro, as fantasias sexuais seriam naturais em pessoas que estejam sozinhas e que anseiam por uma companhia. "Fantasiar estando com outra pessoa ao lado pode demonstrar insatisfação", diz. Mais do que isso: fantasiar excessivamente também pode ser um sintoma da compulsão sexual. 

Magda alerta: "a compulsão sexual costuma se manifestar com fantasias que invadem a cabeça da pessoa, dos quais ela não consegue se livrar. Essas pessoas vivem uma grande ansiedade, demonstrada por esses pensamentos, que acabam se transformando em excitação sexual". Mas para que a compulsão sexual seja comprovada em um diagnóstico é necessário no mínimo um prazo de seis meses com a permanência desse comportamento. 

A diferença entre o saudável e o nocivo mora sempre no equilíbrio. As melhores fantasias são as que podem ser compartilhadas sem magoar seu companheiro. São as fantasias que devem servir a você e não o contrário. "O bom da fantasia é exatamente essa possibilidade de transgredir, ou seja, ela dá liberdade para experimentar várias situações sexuais, além dos limites da realidade", complementa a especialista. (Fonte: Minha Vida, Saúde Alimentação e Bem-estar) 

 

Via Bonde



publicado por olhar para o mundo às 21:01 | link do post | comentar

Quarta-feira, 16.03.11

as melhores fantasias sexuais

 

O site canadense de encontros online lavalife.com fez uma pesquisa com seus usuários e listou as 10 fantasias sexuais masculinas e femininas mais comuns. Será que seria muito diferente no Brasil. O que acham?

O que eles mais desejam
1- Menáge
2- Transar no trabalho
3- Transar com mulheres fantasiadas
4- Transar com uma desconhecida
5- Sexo proibido (com a esposa do chefe, com a cunhada e por aí vai…)
6- Ver a parceira com outro homem
7- Participar de uma orgia
8- Transar com mulheres mais jovens e mais velhas
9- Transar com várias mulheres
10 – Dominação e submissão

O que elas mais desejam
1- Serem seduzidas por um estranho
2- Fazer sexo sendo pagas
3- Transar com outra mulher
4- Fazer do homem um escravo sexual
5- Seduzir um homem mais jovem
6- Transar com dois ou mais homens
7- Transar em um lugar público
8- Serem dominadas e forçadas a transar
9- Exibicionismo (transar enquanto outras pessoas assistem)
10- Voyeurismo (assistir a outras pessoas transando) 

 

Via 180 Graus



publicado por olhar para o mundo às 21:01 | link do post | comentar

Quarta-feira, 09.03.11

Fantasias sexuais

 

Tenho fantasias sexuais e me excito quando penso nelas. Também já sonhei que estava transando com meu namorado e cheguei ao orgasmo. No entanto, quando estamos na cama de verdade, não fico excitada, nem tenho um orgasmo. O que pode estar acontecendo comigo? - Carla Aghengui, São Paulo

 

Nosso estímulo ao sexo passa basicamente por três fases: a do desejo que vem quando pensamos na possibilidade de uma relação sexual, a do o preparo do ambiente e/ou dos acessórios que serão usados, e a de imaginar as fantasias sexuais sobre o ato que será vivenciado. Geralmente, aprendemos que as fantasias sexuais são secretas e servem apenas para estimular a atividade sexual, sem necessariamente ser essa atividade em si. Falar sobre elas ainda é um tabu social. O que devemos entender é que ela pode, sim, ser utilizada na hora do sexo, ajudando mais facilmente na manutenção do desejo e na chegada ao orgasmo.

 

 

 

Uma explicação possível para seu caso seria a de quevocê não acredita que suas fantasias possam ser vivenciadas junto de seu parceiro. Você já tentou levar para a cama suas fantasias? Existe alguma possibilidade de conversar com seu parceiro sobre suas necessidades? Muitas vezes basta este pedido para que a fantasia passe a fazer parte da vida sexual de vocês, sendo um facilitador do seu orgasmo.


Há um livro muito bom sobre isso chamado “No Jardim do Desejo”, dos autores americanos Wendy Maltz e Suzie Boss. A história fala sobre as diversas possibilidades de pensarmos e fantasiarmos sobre nossos desejos sexuais, com o objetivo de buscar e obter o máximo de prazer possível na hora da relação. É uma boa leitura sobre o assunto.

 

Diferentemente do que a sociedade, em geral, nos leva a pensar, a fantasia sexual não é uma espécie de traição a seu parceiro, mas sim uma maneira de nos reconhecermos enquanto mulheres e aprendermos sobre nossas necessidades. Cuide das suas e traga para sua relação a dois. Se acreditar que seu parceiro pode ouvir, conte a ele. Se achar que ele não pode ou não deve ouvir, guarde para você. O que passa e acontece dentro da sua cabeça ninguém poderá controlar, é um mundo apenas seu. Lembre-se que vale a pena ser feliz sexualmente e buscar qualidade de vida sexual junto do seu parceiro.

 

Via Marie Claire



publicado por olhar para o mundo às 21:02 | link do post | comentar

Quinta-feira, 24.02.11

Tenho fantasias sexuais e me excito quando penso nelas. Também já sonhei que estava transando com meu namorado e cheguei ao orgasmo. No entanto, quando estamos na cama de verdade, não fico excitada, nem tenho um orgasmo. O que pode estar acontecendo comigo? - Carla Aghengui, São Paulo

 

Nosso estímulo ao sexo passa basicamente por três fases: a do desejo que vem quando pensamos na possibilidade de uma relação sexual, a do o preparo do ambiente e/ou dos acessórios que serão usados, e a de imaginar as fantasias sexuais sobre o ato que será vivenciado.

 

Fantasias sexuais

 

 

 

Geralmente, aprendemos que as fantasias sexuais são secretas e servem apenas para estimular a atividade sexual, sem necessariamente ser essa atividade em si. Falar sobre elas ainda é um tabu social. O que devemos entender é que ela pode, sim, ser utilizada na hora do sexo, ajudando mais facilmente na manutenção do desejo e na chegada ao orgasmo.

 

Uma explicação possível para seu caso seria a de que você não acredita que suas fantasias possam ser vivenciadas junto de seu parceiro. Você já tentou levar para a cama suas fantasias? Existe alguma possibilidade de conversar com seu parceiro sobre suas necessidades? Muitas vezes basta este pedido para que a fantasia passe a fazer parte da vida sexual de vocês, sendo um facilitador do seu orgasmo.

 

Há um livro muito bom sobre isso chamado “No Jardim do Desejo”, dos autores americanos Wendy Maltz e Suzie Boss. A história fala sobre as diversas possibilidades de pensarmos e fantasiarmos sobre nossos desejos sexuais, com o objetivo de buscar e obter o máximo de prazer possível na hora da relação. É uma boa leitura sobre o assunto.

 

Diferentemente do que a sociedade, em geral, nos leva a pensar, a fantasia sexual não é uma espécie de traição a seu parceiro, mas sim uma maneira de nos reconhecermos enquanto mulheres e aprendermos sobre nossas necessidades. Cuide das suas e traga para sua relação a dois. Se acreditar que seu parceiro pode ouvir, conte a ele. Se achar que ele não pode ou não deve ouvir, guarde para você. O que passa e acontece dentro da sua cabeça ninguém poderá controlar, é um mundo apenas seu. Lembre-se que vale a pena ser feliz sexualmente e buscar qualidade de vida sexual junto do seu parceiro.

 

Via Marie Claire



publicado por olhar para o mundo às 21:01 | link do post | comentar

Segunda-feira, 11.10.10

Elas gostam de brinquedos sexuais

 

No que diz respeito ao sexo e a relacionamentos amorosos, a pesquisa realizada pelo instituto Tendências Digitales, mostra que os latino-americanos entendem do assunto.

O Brasil é o país em que homens e mulheres mais trocam de parceiros sexuais ao longo da vida, em uma média de 12 contra 10 da América Latina.

O sexo geralmente é associado ao amor e ao prazer , mas segundo informações tiradas do O Globo, apenas 35,6% associam a relação sexual ao prazer carnal, nos demais países, a média é de 27,6%. 

Segundo a sexóloga Carla Cecarello , presidente da Associação Brasileira de Sexualidade,os brasileiros são mais livres para se aproximar, conquistar. O latino, em geral, é machista, a mulher é mais submissa, a questão do pecado é muito forte.

Se levarmos em conta o machismo dos homens veremos que a posição sexual preferida do brasilerios ainda evidencia isso. A posição ideal para 29,1% da população é aquela em que a mulher fica ajoelhada e o homem fica por trás. Em segundo lugar na preferência nacional, com 22,7%, vem o tradicional papai-mamãe. 

A pesquisa ainda revela que  as brasileiras são as que mais usam vibradores para se masturbar (13,5%) e as que mais chegam ao orgasmo pelo sexo ral (33,9%). Embora muitas ainda finjam gozar, uma parcela considerável diz ter orgasmos múltiplos regularmente (19,3%) e às vezes (54,3%).

 

Via SRZD



publicado por olhar para o mundo às 21:03 | link do post | comentar

Quinta-feira, 07.10.10

Brinquedos eróticos são um vicio?

 

Nós, mulheres aprendemos a gostar dos mimos vendidos em sex shops, não é? Pois esses brinquedinhos não têm substâncias químicas que causem dependência, mas podem "viciar" tanto que as relações sexuais nunca mais serão as mesmas se eles não estiverem presentes.

É fato que os acessórios podem sim apimentar o sexo e satisfazer quem segue carreira solo.

 

 

Mas, segundo lembra a sexóloga Carla Cecarello, eles são saudáveis apenas até o momento em que o uso torna a relação mais excitante e divertida, mas sem extrema necessidade. A ideia é encará-los apenas como coadjuvantes - e não protagonistas da transa. "Há muitas pessoas que apresentam dificuldades no relacionamento e na aproximação de pessoas. Por isso, acabam por preferir o uso de acessórios, seguido pela internet para se satisfazerem sexualmente", afirma Carla, que é consultora da empresa de produtos eróticos e sensuais de venda direta Rede Mel.

 

É bem verdade que os brinquedos podem suprir carências e vontades, mas até isso tem tempo de vida útil. Uma hora a insatisfação frente à vida sexual passa a ser insuportável. Mas isso não é culpa dos acessórios! "A responsável por tal situação é a própria pessoa que, muito provavelmente, desde a infância cresceu em ambiente difícil de contato com o sexo", aponta Carla. "Os brinquedos ajudam as pessoas sem parceria a conhecerem melhor suas sensações, seu corpo, a se divertir mais em relação ao sexo e, perceber que o sexo é algo saudável e divertido".

O temido vício em brinquedos eróticos é identificado principalmente quando eles são obrigatoriamente necessários em todas as relações sexuais. Ou, ainda, quando a pessoa gasta muito dinheiro com eles ou perde muito tempo em sua busca, de maneira inconsequente.

Carla alerta que se você perceber que está passando por isso, deve buscar a ajuda profissional psicológica, pois a tendência a depressão, a compulsão sexual e ao isolamento são inevitáveis. "É perigoso justamente por levar a pessoa a situações de grande dificuldade em se expressar naturalmente ao outro", explica.

Entre os acessórios vendidos em sex shops, o que mais pode criar certo grau de dependência é o vibrador - tanto para mulheres quanto homens. Outros estimulantes e massageadores também entram na listinha "perigosa". Não precisa deixar de comprá-los, mas vale a dica de tentar observar se tem exagerado no uso deles. Num bate-papo rápido com o Vila Dois, Carla respondeu três perguntas básicas sobre os brinquedos e o "vício" que eles podem causar. Confira:

Quando um casal tem a necessidade de sempre ter os brinquedos e acessórios para transar, isso é sinal de que algo pode não estar indo bem na relação?


Exactamente. Colocar em todas as relações algum tipo de acessório ou brinquedo pode significar que a relação apenas com os dois, e com o que cada um proporciona ao outro, pode não estar agradando mais. Neste caso, vale a pena o casal trocar algumas ideias e, se mesmo assim persistir a necessidade de acessórios em todas as relações, buscar ajuda psicológica.

E quando é que o uso desses produtos é considerado "normal" e até saudável para o casal?
É saudável quando o casal utiliza os acessórios para brincar, descontrair a relação ou até mesmo torná-la mais picante e com mais sacanagem. Não há um número adequado de vezes para isso. O próprio casal deverá perceber até que ponto os acessórios estão sendo os protagonistas na história.

 

Quais os possíveis benefícios do uso de brinquedinhos e produtos eróticos numa relação?
Eles ajudam o casal a criar mais intimidade, a brincarem mais, perderem a timidez e vergonha. Isso já é uma coisa excelente!

 

Por Sabrina Passos (MBPress)

 

 

Via Vila dois

 



publicado por olhar para o mundo às 21:01 | link do post | comentar

Sábado, 28.08.10

Como introduzir fantasias sexuais?

 

Podem começar por discutir as fantasias sexuais que apreciam, aquelas acerca das quais são partilham o gosto e as fantasias sexuaisque não gostam. Isso ajuda a estabelecer as regras básicas dos jogos de sexo.

Sejam absolutamente honestos nos vossos jogos de sexo: se uma determinada fantasia sexual não lhes agradar, digam-no, mas com o cuidado de não parecer um juízo de valor, de forma que o outro não se sinta criticado. E tenham tacto na escolha do alvo das vossas fantasias sexuais, caso não se trate do vosso parceiro.

Comecem por escolher uma das vossas fantasias sexuais favoritas e desempenhem-na vestindo-se adequadamente e utilizando adereços, esta é a melhor forma de iniciar os jogos de sexo. Em alternativa, podem escrever o nome de diferentes personagens em bocados de papel, por exemplo: escrava, dominadora, professor, virgem, aluna, actriz porno ou prisioneiro. Misturem os papelinhos e tirem um à sorte. Terão então de se comportar ambos como se fossem essa personagem.

Á medida que você e a sua companheira se vão ambientando aos vossos jogos de sexo, podem ir alargando as vossas fantasias sexuais.

 

Via tudo sobre sexo



publicado por olhar para o mundo às 21:00 | link do post | comentar

Quinta-feira, 22.10.09

 Essa dica é para o mulheril que busca melhorar o desempenho a dois. Para a maioria dos homens a mulher “Perfeita” é aquela que conhece todos os aspectos da vida emocional e sexual dele, além do companheirismo a mulher tem que entender o sexo para o homem, deixar acontecer quando for necessário e deixá-lo confortável, mas nem todos homens são iguais, então vai dez dicas que se encaixam ao seu homem.

1. Espontaneidade
O que ele quer é que você saiba compreendê-lo, que quando ele quiser transar você o acompanhe no jogo, quando algo não lhe agradar que você simplesmente não o faça e quando você tiver desejos de fazer algo não fique calada e proponha sem pudores. O que ele deseja é que você não se iniba na frente dele na hora do sexo.

2. Frases quentes
Na cama não pode existir vergonha nem pudores. Sendo assim, ele espera que você diga tudo o que tiver vontade, que você o guie com palavras ou com as mãos, que você se solte e que não tenha problemas em gritar ou dizer muitas coisas eróticas. Para eles, ver a mulher se retorcendo de prazer e excitando-o só com palavras é um cenário perfeito.

3. Ser surpreendido
Não há coisa de que eles gostem mais do que uma mulher que seja capaz de tomar iniciativa de vez em quando. Para eles, você tomar a decisão de alguma situação é muitas vezes um alívio e faz com que você pareça mais atraente. Surpreenda-o ao chegar do trabalho ou então no lugar que ele menos esperar. Com certeza ele não negará um momento de prazer.

4. Cumpra as fantasias dele
Você ser capaz de escutar as fantasias dele, entendê-las e ao menos pensar em realizá-las é importante. Mas se você as realiza sem que ele tenha que insistir muito é o céu. Busque uma fantasia que seja cômoda para você, mas que ao mesmo tempo irá surpreendê-lo na cama.

5. A “rapidinha”
O sexo rápido, sem estímulos e que acontece pela simples vontade, é algo que eles adoram e necessitam de vez em quando. Não se coloque na defensiva quando ele quiser surpreendê-la e entre no jogo dele. Uma escapadinha rápida de vez em quando não faz mal a ninguém e a questão de às vezes não existir um jogo de sedução antes do sexo não quer dizer que ele não a ame ou que não pense em você e sim o contrário, é porque ele te deseja muito e gosta de você.

6. Dar a ele um bom início de dia
Este é um dos pré-requisitos que todos os homens, sem distinção, elegem quase como o número um. Acordar de uma maneira agradável e enchê-los de vitalidade e energia para o resto do dia é algo que eles agradecem de verdade. Muitas vezes, ao chegar do trabalho ele está cansado e só quer dormir, por isso aproveitar as energias da manhã é para ele uma boa opção para começar o dia. Programe o despertador para um pouquinho mais cedo e surpreenda-o.

7. Assuma o comando
Não espere que ele tome a iniciativa em tudo o que vocês forem fazer na hora do sexo. É verdade que eles gostam de dominar, mas, muitas vezes, preferem ser submissos diante de uma mulher decidida que os domina e os seduz e, mais ainda, que mesmo que a mulher não seja assim, que na hora do sexo ela saiba ter, sobretudo, uma questão de atitude.

8. Somente sexo
Querer que tudo seja perfeito, romântico e sensual pode ser algo desgastante para algumas pessoas. Por isso, muitas vezes, os homens desfrutam do sexo só pelo sexo, sem preparações românticas.

9. Carinho após o sexo
Uma das coisas que os homens mais odeiam é que logo depois de uma transa espetacular a mulher saia apressada para tomar banho. Os homens, mesmo que isso pareça coisa só de mulher, também gostam de receber carinho depois do sexo. Muitos deles preferem que você fique ao menos uns instantes ao lado deles, descansando após tanta agitação e compartilhando beijos, carinhos e comentários sobre o prazer que vocês sentiram.

10. Que você aprecie o sexo
Que os homens desfrutam ou necessitam mais de sexo pode ser uma realidade, mas para eles é incrível que uma mulher não se intimide ao reconhecer que ela gosta de sexo tanto quanto ele. As mulheres tendem a ocultar que também pensam em sexo e que o desejam continuamente. Sendo assim, uma mulher que reconheça isso sem pudores é quase como ganhar na loteria. Por isso, não tenha vergonha de querer fazer sexo sem que ele tenha proposto ou em qualquer lugar. Ele te amará por isso

 

Via Lindas e sensuais

 



publicado por olhar para o mundo às 22:45 | link do post | comentar | ver comentários (6)

mais sobre mim
posts recentes

Sexo a três

Fantasias: elas querem ro...

As 10 principais fantasia...

Fantasiar com o sexo

Fantasias são saudáveis e...

As melhores fantasias sex...

Sexo, então e as fantasia...

Como colocar em prática a...

Sexo: Elas gostam de brin...

Sexo: Brinquedos eróticos...

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...
Posts mais comentados