Segunda-feira, 04.04.11
As fantasias sexuais dos Portugueses

Dominação, sexo com desconhecidos, ou em público, ou na Igreja: há fantasias sexuais para todos os gostos. Que o diga a autora que reuniu os testemunhos eróticos de 100 portuguesas.

 

Engana-se quem pensa que a típica fantasia sexual feminina se fica por idílicas noites de amor em areais desertos à luz do luar. Aliás: não existe típica fantasia sexual feminina. Há quem fantasie com sexo forçado, quem goste de dominar o parceiro ou de sexo em grupo.

O universo erótico feminino é tão complexo e multifacetado que chega a espantar. Estas foram as conclusões a que chegou a jornalista e escritoraIsabel Freire, autora de ‘Fantasias Eróticas - Segredos das Mulheres Portuguesas' (Esfera dos Livros) um livro que tenta desvendar os segredos do universo erótico feminino.

 

"Os sexólogos dão muita importância às fantasias sexuais", observa. "Sabemos que mesmo as paixões avassaladoras não mantêm a mesma intensidade para sempre. Por isso, ou a mulher opta por viver paixões umas atrás das outras ou arranja ferramentas, como recorrer à fantasia, que podem produzir o mesmo efeito em relações longas. Este livro serve para mostrar que as fantasias sexuais não são uma coisa feia, má ou medíocre."

 

"Não queria fazer uma caderneta de cromos"

"Entendi este trabalho como uma grande reportagem", explica Isabel, que já tinha investigado o mundo das orgias nos ‘quartos escuros' clandestinos das saunas masculinas. O desafio foi lançado por e-mail e no blog que Isabel criou, o ‘Sexualidade Feminina', no qual pedia que lhe respondessem a um questionário de 60 perguntas. Dezoito testemunhos foram recolhidos por entrevista, frente a frente.

 

"Eu própria respondi ao questionário e percebi que era duro", confessa.

 

No final, tinha mais de mil páginas de material. A mais velha das entrevistadas tinha 58 anos; a mais nova, 16. "Sabia que não queria fazer apenas uma caderneta de cromos. Interessa também saber o que há atrás da fantasia." Por isso, pediu a colaboração de especialistas em sexologia, que explicaram práticas, fantasias e termos técnicos. "No livro há mulheres virgens, outras com uma sexualidade muito exuberante, outras que confessam ter muito pouca libido. O que as liga é uma vontade de se conhecerem a si próprias. Maioritariamente, têm formação superior e uma boa relação com as novas tecnologias e computadores. Mas há quem tenha respondido por carta escrita à mão, em pequenas localidades."

 

"Gostaria de experimentar um ménage à trois"

Isabel constatou que o número de mulheres bissexuais no seu livro chegava aos 15%, enquanto que as homossexuais ficavam pelos 10%. "Espantou-me. A bissexualidade é maior entre as mulheres. Mas ainda há muitas heterossexuais que me dizem ‘sou heterossexual até à data, mas concebo que outra mulher me seduza para uma relação erótica ou afectiva'", diz Isabel. Exemplo disso é a quantidade de entrevistadas que dizem fantasiar com uma situação de sexo a três, com um homem e outra mulher - ou até com dois homens. "Os especialistas dizem que as mulheres têm muita facilidade de erotizar as relações porque não centram tanto as relações na genitalidade. Para as mulheres o erotismo não passa só pelo corpo bonito e sedutor", observa Isabel.

Dominadoras e dominadas

Um clássico do imaginário sexual, e que merece o seu próprio capítulo no livro de Isabel, são as fantasias sadomasoquistas, em que várias mulheres referem excitar-se com a ideia de serem usadas como mulher-objecto ou, pelo contrário, dominarem sexualmente o parceiro. Mas pode fantasiar-se à vontade sem que nunca se tenha vontade de usar o chicote ou ser açoitada pelo namorado, como realça a psicóloga clínica Patrícia Pascoal, citada no livro.

Quem passa à acção sabe que o deve fazer com alguém de confiança e, normalmente, opta por práticas mais ligeiras, como ser algemada, vendada, beliscada, mordiscada ou por usar linguagem obscena. "Podemos perguntar como é possível que uma mulher que se diz independente e defensora dos direitos das mulheres, tenha a fantasia de ser mulher-objecto", observa Isabel. "Mas a fantasia é o espaço de liberdade maior e de possibilidade de transgressão absoluta.

O desejo também nasce da transgressão." Neste capítulo pode ler-se o testemunho de uma dominadora confessa. "Uma mulher contou-me que não se deixa penetrar, só penetra, e que gosta de usar um strap on dildo [pénis artificial preso a um cinturão] para penetrar homens e mulheres. E, por acaso, tem uma sexualidade mais bem resolvida. Tem um parceiro que até gosta daquela circunstância."

"Gostaria de ter sexo em público"

Neste caso a excitação é desencadeada pelo stress de ser apanhado em flagrante ou pela ideia de que outras pessoas - alguns dos testemunhos mencionam mesmo a palavra ‘multidão' - observem os actos sexuais praticados. Isabel cita um estudo levado a cabo em 20 países por uma editora, a Cora Publishing House, onde se concluiu que os maiores adeptos eram os noruegueses: 66% diziam ter sexo em locais públicos. As suas entrevistadas também relatam fantasiar com esta situação... e pô-la em prática em vários locais: no cinema, no chão de um bar depois da hora de fecho, na casa de banho do dentista, no escritório do companheiro, no campismo ou na praia, dentro de água.

"A minha fantasia é adormecer nos braços de alguém..."

Isabel Freire afirma que o capítulo consagrado às fantasias românticas é o que custa mais a ler. "Foi aquele em que mais situações traumáticas foram relatadas: anorexia, bulimia, violações consumadas, tentativas de violação, abuso sexual na infância."

Aqui, as mulheres idealizam romances em ilhas tropicais, sexo terno na praia, dentro de uma piscina. "São fantasias idílicas, pouco elaboradas ou transgressivas, nalguns casos vividas com muita excitação. Nestas fantasias o filme é romântico, o envolvimento é sentimental, os corpos são belos, sensuais e tudo é quente como no paraíso", escreve Isabel Freire no seu livro. São primeiros passos tímidos na imaginação erótica, onde nada é perverso ou penalizante.

Particularmente tocante é o relato de uma seropositiva com mais de 40 anos, que relata uma vida sexual bem recheada e cheia de alegrias. Hoje, luta contra a sida e as fantasias mudaram. "Actualmente, do que sinto mais falta é do afecto, da ternura, do carinho. A minha fantasia adormecer nos braços de alguém. Ter um homem que me beije e me acaricie. Dançar encostada ao som da música. Tudo se tornou mais básico", pode ler-se.

Por tudo isto, ‘Fantasias Eróticas' tem o efeito quase terapêutico de pôr as leitoras a pensar na sua sexualidade e vida afectiva. Isabel continua a receber testemunhos, mesmo depois do livro estar editado e sem projectos para um novo volume. Para já, corre o risco de ter o maior acervo nacional sobre o imaginário erótico feminino.

 



publicado por olhar para o mundo às 21:16 | link do post | comentar

Segunda-feira, 17.01.11

Sexo, sonhos eróticos

 

Desde simples romances a las escenas más calientes, todo el mundo tiene sueños eróticos, pero muy pocos lo reconocen. Y sin embargo, dicen mucho de nosotros y de nuestra sexualidad.

 

El sueño se divide en ciclos de aproximadamente 90 minutos, y cada uno comporta uno una fase de sueño lento y paradójico. Es en el transcurso de la última donde aparecen los sueños. Los sueños eróticos forman parte de nuestra intimidad, desde la edad más joven y sobre todo a la adolescencia. La pubertad, propicia a los sueños más picantes, también está relacionada con las primeras emociones amorosas... Se trata, por lo tanto, de un aprendizaje de la sexualidad que se perpetuará a largo de la vida adulta.

 

¿De dónde vienen?
En cuanto al origen de los sueños eróticos, los psicoanalistas son formales: lossueños eróticos no aparecen por casualidad y serían el fruto de deseos vividos durante el día. Por ejemplo, si un hombre te ha impactado durante día, es muy posible que sueñes con abrazos ardientes con él.

 

¿Para qué sirven?
Hacer el amor en un sueño muestra que la imaginación de la soñadora está estimulada o, tal como lo analizó Freud, que es capaz de formarse una historia deseada o incluso de satisfacer pulsiones inconscientes. Objeto verdadero de liberación, el sueño erótico permite al individuo cumplir necesidades sexuales pasadas y, por lo tanto, moverse mejor en la vida diaria. 
Lejos de las presiones morales, la soñadora puede mostrar su energía de la líbido y expresar todos sus deseos sexuales, hasta los más extravagantes. ¿Sueñas con ser una comehombres mientras que en realidad mantienes tu honor siendo fiel? ¿O incluso te revuelcas en la fotocopiadora con tu compañero, pero te intimida muchísimo? ¿Y qué? En los sueños, los tabúes, la represión y otros bloqueos no tienen cabida. 
Mejor todavía, los sueños eróticos permiten detectar ciertos bloqueos, e incluso ayudan a liberarlos. Por ejemplo, una joven frígida que sueña a menudo con relaciones sexuales con orgasmos, podría darse cuenta de su problema y decidir consultar a un especialista para solucionarlo.

 

¿Hay que tener miedo?
¡Por supuesto que no! Estos sueños no son signo de problemas, sino al contrario, de una buena salud psíquica. Tus sueños, aunque son la traducción de deseos carnales o sexuales inhibidos y de los que no eres responsable, no deben confundirse con la realidad. Así pues, ni te sientas culpable ni pienses que sufres algún tipo de perversidad.

 

¿Cómo se interpretan?
Puede ser bueno, incluso preguntarse el significado de los sueños eróticos para mejorar la vida diaria y, particularmente, la vida amorosa y la sexualidad.
En primer lugar, los psicoanalistas consideran que el sueño erótico se muestra de dos formas: la que implica un acto sexual con penetración, que puede significar una falta en la realidad, con una líbido no plena; y la carnal (besos, caricias), que significa simplemente un bienestar general.
Tanto a las mujeres como a los hombres, se nos imponen ciertos símbolos universales.

 

En el caso de encuentros amorosos, las historias son bastante parecidas entre una persona y otra. A esto se añade las vivencias de cada una, su situación depareja y su relación con la sociedad en general. Así pues, estos detalles suplementarios son los que permiten interpretar con precisión. Otros símbolos son universales, como el fuego, la tierra, el agua, el día, la noche, los trenes...
En cuanto al análisis, los sueños de un encuentro amoroso no traducen el estilo de persona con quien la soñadora querría estar, sino que muestran una cara oculta suya. Así, una persona que sueña con su nuevo jefe de carácter fuerte y con movimiento no significa forzosamente que sienta deseo por él, sino que le gustaría ser así o incluso tener su vida, ya que la suya le parece muy monótona.

 

Haciendo referencia a objetos o lugares: si una persona sueña que hace el amor en un tren con su compañero, puede significar que su relación va por buen camino. Si el tren descarrila, puede que la pareja esté en peligro...
Si sueñas que haces el amor con tu pareja al lado del fuego, puede significar que es una relación apasionada y completa... pero en ningún caso pasiva y molesta. Tu líbido está llena de energía...
¿Sueñas que te diviertes en el agua, a bordo de una barca, por ejemplo? Felicidades, esto significa que estás en perfecta armonía sexual con tu pareja.
Si sueñas con contactos sexuales en los que siempre llevas el cabello recogido, puede significar que tu sexualidad te asusta. Si, por el contrario, llevas el cabellosuelto, indica que no tienes ningún problema con tu sexualidad.

 

Hacer el amor en presencia de animales: los gatos son símbolo de ternura, de dulzura, pero también de pasión e independencia cuando sacan sus uñas... Lo te gustaría sentir con tu pareja si iniciaras una relación. 
Por su parte, los perros hablan de tu relación de pareja. Si un perro mueve la cola y parece feliz, indica que la fidelidad reina en el seno de la pareja. En cambio, si enseña los colmillos, puede que exista traición por parte de uno de los miembros de la pareja...

 

Y por último, la desnudez, en una situación donde deberías estar vestida, significa que tienes un cierto deseo de exhibicionismo o que sueñas con liberar tu sexualidad.

 

Via EmFemenino



publicado por olhar para o mundo às 03:03 | link do post | comentar

Sábado, 11.12.10

Sexo, os desejos secretos das mulheres

 

Sexo sem fantasia é normal, mas será que é bom? Variar de vez em quanto, ainda mais em relacionamentos longos, é mais do que gostoso: é necessário. As mulheres costumam ser mais tímidas do que os homens na hora de revelar seus desejos mais secretos. Por isso, o iG Estilo pediu que elas contassem as suas taras mais comunos. Quem sabe, você não se anima a tentá-las com a sua parceira.

Dominação
Sem muita violência, Bruna, de 26 anos, diz que gostaria de ser dominada pelo namorado, mas não tem coragem de pedir isso. “Ele é muito certinho na cama. Tenho vergonha de dizer, mas gostaria que ele me amarrasse e me ‘obrigasse’ a fazer o que ele quisesse, mas sem me machucar.” 

A três
Camila, de 28, não tem certeza se colocará em prática essa fantasia, mas morre de vontade. “Talvez com um casinho, não um namorado. Mas o difícil é propor isso a uma pessoa”. Ela explica que quando é um relacionamento sério, tem medo de tocar no assunto e estragar a relação. Quando não é, não tem liberdade para tocar no assunto. “Podia ser com dois homens ou com mais uma mulher. Não tenho coragem de convidar, mas se me propuser, eu topo.”

Traição

Sexo a três é um pouco demais para Carolina, de 33 anos. Mas ela gosta de imaginar-se transando com outro parceiro ou sendo traída. “Fico imaginando eu o traindo ou ele a mim (inclusive diante do outro)”. Mas ela deixa claro que é uma fantasia. “Não quero colocar em prática”. Nem Carolina entende, mas pensar em traição, para ela, é excitante. “Quando eu desconfio do meu marido ou vejo ele olhando para alguma mulher, fico brava, pois sou ciumenta. Por outro lado, isso me excita. Estranho, não é?”

Muito romantismo
Karina, de 25 anos, diz que a fantasia perfeita para ela é apenas ser tratada como uma princesa. “Eu adoraria que um homem preparasse um quarto cheio de pétalas de rosas, velas, essências, incensos, foundue de chocolate, vinho e música suave...”, resume. Por mais que pareça simples, ela diz ser difícil de realizar. “Os homens não se preocupam com isso. Meu namorado já acendeu umas velinhas e abriu um vinho, mas, depois, falou que acha isso brega”, reclama. 

Na casa de outra pessoa
Sempre que vai a uma festinha na casa de amigos ou comer uma pizza com parentes, Luciana, 31 anos, pensa que seria ótimo invadir um quarto ou o banheiro para uma rapidinha. “Tenho receio de ser pega, por isso nunca rolou. Mas várias vezes eu já deixei o clima esquentar bem nessas situações. Fiquei passando a mão e falando besteiras no ouvido do meu namorado.”

Em público
Uma vez, Flávia, de 29 anos, transou com o namorado no estacionamento de uma boate. “Ninguém estava vendo, mas algumas pessoas passavam e percebiam. Isso me deixou excitada e despertou uma vontade de transar com as pessoas olhando de verdade”. Mas uma casa de swing não é uma boa ideia, segundo ela. “Não quero que ninguém me toque ou no meu namorado. Quero apenas que vejam.”

Com outro
Uma que procura realizar as fantasias que tem é Mariana, de 31 anos. “Sempre falo para o meu namorado de caras que eu acho interessantes. Isso não significa que eu queira outro homem. Sou fiel e não o trairia”, explica. Porém, na hora da transa, ela provoca o namorado falando que fica imaginando se fosse outro naquela situação. “Falo de amigos dele, do porteiro do prédio, um colega de trabalho. Até troco o nome dele... Ele adora e eu também.”

Fonte: Vladimir Maluf - iG Estilo

 

Retirado de aqui



publicado por olhar para o mundo às 21:03 | link do post | comentar

Domingo, 05.12.10

Desejo e fantasia

 

Boa parte da população mundial já teve ou tem uma fantasia sexual. O que seria fantasia sexual? É o desejo que o individuo tem, às vezes ele precisa ver a parceira (o) vestida de uma forma diferente ou fazer algo diferente na relação sexual. Muitos já realizaram suas fantasias e demonstraram satisfação.

O desejo oculto de uma pessoa pode variar consideravelmente, ou seja, as fantasias são infinitas. No caso dos homens, muitos tem vontade de transar com uma enfermeira, aluna, professora, empregada domestica, entre outras. Já as mulheres tem o desejo de ter relações com um bombeiro, marinheiro.

Além dessas fantasias normais há também aquelas em que o desejo da pessoa e de transar no elevador, na piscina, na cozinha, de transar em situação de perigo. Uma fantasia masculina muito conhecida é a de transar com duas mulheres ao mesmo tempo, ou de ver e transar com lésbicas.

Há diversos tipos de fantasias, umas condenáveis, já outras dominantes em nosso meio. Atualmente este recurso de prazer é visto de uma forma mais amigável, pois a sociedade não está tão conservadora como há alguns anos atrás. Mas deve-se levar em conta de que talvez casamentos cheguem ao fim devido à rotina, e a fantasia está ai para tirar o casal da monotonia.

 

Via Netsaber e sexualidade



publicado por olhar para o mundo às 21:03 | link do post | comentar

Quarta-feira, 03.11.10

sexo, swing e strip


"Estamos a precisar de coisas novas, inovadoras, sofisticadas para quebrar tabus", explicou Joana Magalhães, da organização do evento, que começou na tarde de ontem, sexta-feira.

O sexo, diz, "não é um bicho papão", e a Festa do Sexo tem assim, como objectivo, "começar a fazer com que alguns tabus se dissipem um bocadinho".

Para esse efeito, a festa conta com espetáculos eróticos, shows lésbicos e hetero, striptease masculino e feminino, bandas, espaços para prática sexo e de swing, filmes pornográficos, em suma "um bocadinho de tudo" e "para todos os gostos", salientou a responsável.

Os objectivos passam ainda pela promoção de artistas e entretenimento para adultos, divulgação da arte erótica e da prática de sexo seguro.

Quanto a expectativas, Joana Magalhães acredita que a festa receba, durante os dois dias, "entre cinco mil a seis mil participantes" e garante que o evento "é para repetir".

Durante as primeiras horas da noite de ontem, sexta-feira, os visitantes foram chegando, pouco a pouco, maioritariamente do sexo masculino.

Mais ou menos reservados, move-os a curiosidade e a vontade de participar numa "experiência nova" e de poder entrar, sem medos ou críticas, "num mundo completamente à parte".

Nos palcos montados, as 'bailarinas' vão rodopiando em redor dos varões - quais acrobatas - e despem-se de pudores enquanto são seguidas, bem de perto, pelos muitos olhares curiosos dos presentes.

Nos corredores passeiam-se travestis e transexuais: bem arranjadas, vestidas, mas pouco, a preceito e sem preconceito.

As horas avançam e com elas chegam os corpos despidos, os primeiros chicotes, as saias às pregas e outras fantasias que prometem durar e preencher, noite dentro, a imaginação de cada um.

 

Via JN



publicado por olhar para o mundo às 21:03 | link do post | comentar

Quinta-feira, 21.10.10

“Prolongue a tortura vestindo roupas de baixo finas e transparentes: ele pode ver as partes boas através do tecido, mas ainda há uma barreira entre ele e sua pele”.

NÃO HÁ NADA MAIS ESTIMULANTE QUE A EXPECTATIVA.

Uma relação sexual sem preliminares é incompleta. Desejo, afeição e amor criam um duradouro estado de espírito em virtude do qual o homem e a mulher, atiçados por carícias e beijos, se abandonam de todo o coração ao ato amoroso. O dar-e-receber erótico mais demorado, sem meta de orgasmo, ampliam e multiplicam os níveis de excitação sexual.

É bom saber...
• Atormente. As preliminares não precisam acontecer minutos antes da relação, elas podem acontecer durante todo o dia... Leve-o para escolher lingeries, deixe-o ver passar óleo ou hidratante após banho;
• Excite. Façam uma prévia do que querem fazer logo mais pelo telefone, ou mande mensagens do que está morrendo de vontade de fazer, ou receber;
• Coma sugestivamente na frente dele. Os médicos não recomendam saladas? Por que não comer um pepino ou uma cenoura inteira pensando em repetir o gesto com ele?;
• Brinque de ser desastrada: como aconteceu de você deixar derramar o sorvete ou a cervejinha justo no decote?

 

DICAS E PRESENTES DA MULHER SEXPERT

A mulher Sexpert é aquela que se ama, e se assume de como ela é, que passa o seu amor próprio com muita segurança para todas as pessoas a sua volta e sempre é a vitoriosa na arte da conquista e da sedução.

A melhor amante do mundo já teve sêmen no olho, pelos púbicos na boca, falta de ar no pior momento possível porque a calcinha estava enroscada nos tornozelos e acordou parecendo um panda que tomou prozac. Assustada? Você ainda não ouviu as novidades? Existe uma nova safra de mulheres por aí e elas são um bando de “imorais e desavergonhadas”. Escravas da ideologia “primeiro eu”, inibições zero e libido que giram mais depressa que uma Ferrari. Por isso elas são o diabo! Não é simplesmente o máximo ser uma mulher no séc XXI? Por que os homens simplesmente não conseguem esquecer uma mulher sexpert quando ela entra em sua vida? Qual seu segredo? Seus truques? O que há de tão especial, misterioso e inesquecível nela? Quer ser sexpert? Você tem que...

• Vestir-se a caráter: o sexo é um ritual, um evento que deve ser planejado com dedicação. Prepare um enxoval sexy mapa esses momentos: espartilhos, saltos finos, lenços de amarrar, meias arrastão e 3/4, lingeries sensuais, boas de penas, coleiras, algemas, fantasias e looks. Com um enxoval “básico” desses, você pode montar dezenas de situações diferentes, nada de pijamas infantis, ou camisões enormes, ou ainda, e pior ainda: calcinha furada, bege, velha e sem nenhum charme.
• Falar de acordo: o que excita em palavras sujas é que as mulheres não são explícitas a respeito de sexo o tempo todo. O apelo volta àquela velha história de ser “uma dama na sala e uma puta na cama”, então provocações, elogios, palavrões, sacanagens são mais que bem-vindos, até porque os homens piram com essa desenvoltura. Eles odeiam mulher que não abre a boca para nada;

tecnicas de seducao
• Assumir o controle: mulher tem mania e doutorado em querer mandar e controlar tudo, mas na hora primordial... não sabe o que fazer, fica inerte, esperando que o coitado adivinhe e acerte tudo. Não é justo. Diga abertamente o que quer, ou apenas sugira, manobrando os movimentos e dando sinais do funciona bem. Leve a praticidade do dia-a-dia, tão característico da mulher moderna, para cama. Ninguém recebe o manual de instruções, portanto, ensine, conduza, mande, controle...;
• Não ter vergonha: ouse, pare de se preocupar em parecer “vagabunda” e comece a se preocupar em ser chata. Não sejamos hipócritas: homens adoooram sacanagem, ousadia, obscenidade, mulher insaciável... e infelizmente(ou felizmente) vive a procura disso tudo, por que não encontrar em casa?;
• Ter uma assinatura, uma marca registrada: você tem que ser boa em tudo, mas decida em que você é melhor. Experimente algumas técnicas diferentes antes de se decidir por uma em que se concentrar;
• Rir das adversidades: sexo às vezes é malcheiroso, suado e desajeitado. E se você nunca fez nada na cama que lhe tenha caudado constrangimento, você ganha o premio de amante mais maçante do mundo. Curta cada momento e tire partido de situações engraçadas e constrangedoras. Humor também pode ser sexy;
• Separar sexo de amor: admire a praticidade dos homens, as duas coisas existem e podem caminhar juntas ou separadas com qualidade. É claro que uma noite romântica com todo àquele ritual e preliminares é o sonho da maioria das mulheres, fazendo aquele amor perfeitinho, mas comece a dar valor ao sexo despudorado, prazer pelo prazer, as rapidinhas, seja uma mulher completa;
• Colecionar brinquedos – eróticos: eles existem, tem as mais variadas formas e objetivos, estão ao nosso alcance e não existe razão para você não experimentá-los;
• Ser segura: o bastante para dizer não ao que não quer e assumir com responsabilidade o que quer e o que gosta, nada de agradar sem se sentir bem ou confortável.

O homem sortudo de uma sexpert é contemplado com:

O melhor presente erótico: você! Nada de roupas, canetas jogo de escritório, sapatos, livros como opções de presentes – isso ele pode ganhar da mãe, irmã, avó... da mulher sexpert ele ganha a dedicação e o cuidado de preparar surpresas únicas, originais e inesquecíveis. Vale a pena o investimento e o tempo gastos para elaborar um momento especial. Confira algumas dicas:

 - Festim de Afrodite: com os quatro sentidos em alerta, poderão saborear um banquete inesquecível. Prepare-se para uma festa gastronômica e sensual... Inspiração Italiana, Ritual Japonês, Comidinhas Brasileiras e Noite Francesa.
 - Cestas eróticas: dentro de cada uma há muito mais que objetos curiosos, há ingredientes para atiçar os cinco sentidos dele. Escolha a noite de fantasia que mais combina com vocês e divirtam-se. 
 - Spa Sexy: Nós sabemos o que uma semana de spa é capaz de levantar o astral de qualquer mulher, entendemos dos serviços e sabemos como funciona. Então, por que não fazer uma releitura para o lado sexual? Prepare um Spa Sex Day para seu amado: vale esfoliação (ele não sabe o que é isso, mas vai adorar), massagens (provocantes, claro!), banheira de espuma, alimentos super afrodisíacos por perto, e o mais importante: muita ginástica. Sabe como, não é? Ele vai adorar esses cuidados com muito tempero e vai pedir bis em outra ocasião. Quer apostar?
 - Seqüestro relâmpago: o mundo não vai acabar se ele for seqüestrado por uma tarde, ou manhã para “pecar”. Simule uma situação de emergência, prepare o local para uma rapidinha, ou não, deixe-o perplexo com sua iniciativa e colha os frutos: ele vai passar o resto do dia lembrando desse momento. De forma bem sutil, descubra um dia em que não haverá prejuízo profissional ou algum compromisso importante, senão o resultado será um desastre.

Tecnicas de sedução
 - Prepare um fim de semana inesquecível para os dois, melhor que seja num hotel, e capriche na programação: massagens, striptease, uma fantasia a combinar, acessórios, jantar romântico ou erótico, e lance um desafio: uma maratona sexual, quem cansar primeiro paga toda a conta. Ele vai se superar só para não perder, mesmo que pague a conta depois, com todo gosto.
 - Que tal montar um álbum de fotografia personalizado (scrapbook) só da história de vocês? Com dedicação, antecedência, paciência e criatividade você pode deixá-lo emocionado relembrando momentos lindos, engraçados, de tesão etc. Vale decorar com imagens sensuais, lembranças de viagens, textos e mensagens, e muitos recursos para deixá-lo sem palavras na próxima data comemorativa.

PEQUENOS DETALHES, GRANDES RESULTADOS.

Existem uma infinidade de pequenos gestos, atitudes e ações que farão de você uma mulher inesquecível para seu amado. Mas cuidado: não vale interpretar uma pessoa que você não é, o que realmente faz a diferença é agir com naturalidade, segurança e prazer. Ponha amor em tudo o que fizer, ele nota quando você está apenas tentando ser autêntica e fatal.

• Besunte seu corpo inteiro de delícias e veja o que acontece;
• Escolha, com cuidado, lugares públicos para masturbação mútua;
• Deixe que ele a veja se masturbando, ele vai adorar;
• Deixe bilhetes picantes em vários locais em casa, trabalho e celular;
• Compre calcinhas descartáveis só para ele ter o prazer de rasgá-las;
• Ponha um pedaço de Batom Garoto Branco dentro da vagina antes do sexo ral;
• Puxe os testículos dele de leve, retarda o orgasmo e o deixa louco;
• Experimente sair sem calcinha e deixe-o descobrir;
• Desenhe em seu corpo uma trilha a ser seguida: com dedos e língua;
• Façam amor de olhos vendados, aguça a sensibilidade ao toque;
• Monte em cima dele e desenhe um oito imaginário;
• Atenda o telefonema dele como se fosse uma garota do Disk-Sexo;
• Deixe-o gozar em seu rosto;
• Experimente fazer uma depilação artística, ou total;
• Para variar o sexo ral, sente-se sobre a boca dele;
• Passe um pouco de Vick no pênis antes da penetração;
• Mande para ele uma calcinha sua após você ter gozado e ainda molhada;
• Se o celular dele tocar em hora imprópria, faça sexo ral nele;
• Em uma festa ou jantar, diga-lhe no ouvido que precisa transar agora mesmo;
• Depois de se masturbar, passe a secreção vaginal pelo corpo todo e chame-o.
• Tire a cueca dele com a boca, brincando antes com o pênis dele;
• Mesmo viajando, não o deixe sem sexo – por telefone!;
• Brinquem com os dadinhos sensuais. Parecem bobos, mas como funcionam...;
• Mande bilhetes-surpresas do tipo “Eu adoro quando você...”;
• Faça uma tattoo de henna com o nome dele em um lugar sexy. Ele vai se sentir honrado.

 

Via 45 Graus



publicado por olhar para o mundo às 21:03 | link do post | comentar

Sábado, 17.04.10

Jogos sexuais

Jogos Sexuais
A maioria de nós deu os seus primeiros passos no sexo a brincar.
Primeiro brincámos aos médicos e enfermeiras e depois evoluímos para brincadeiras mais complexas como o strip-poker. Como é possível que este elemento da brincadeira, da diversão e da ligeireza, até da própria estupidez, tenha desaparecido do mundo da nossa sexualidade? Por que não fazer amor simplesmente jogando?

Jogos caseiros
Provavelmente, os melhores jogos sexuais são os que você inventa em casa. Jogos de fantasia. A realização de uma fantasia com um amante é, provavelmente, o melhor jogo do mundo. Ténis erótico. Pode acrescentar um elemento sensual praticamente a todos os jogos ou desportos: ténis, xadrez, monopólio, o que quer que seja. Por vezes pode ser divertido escolher um jogo em que os dois sejam especialiastas e apostar que o vencedor dará as ordens durante a noite.

Jogos comprados
Se não lhe ocorre nada para oferecer no dia do aniversário dela, poderá sempre comprar um jogo de mesa erótico. Embora a maior parte destes jogos, segundo pudemos comprovar, baseiam-se mais na escatologia que na sensualidade, pelo que podem ser extremamente grosseiros. Contudo, há alguns interessantes. Dê um passeio à sex-shop mais próxima.

Brinquedos eróticos
O que há na caixa de brinquedos do amor? Os homens que compram e utilizam este tipo de artefactos não são os obesos solitários apreciadores de bonecas insufláveis de tamanho natural, mas pessoas muito interessadas em sexo e sexualmente activas. O seu perfil ajusta-se a um indivíduo com muitas parceiras de cama, um enorme apetite sexual e uma mentalidade aberta a todo o tipo de práticas sexuais.

Vibradores
Os vibradores começaram a ser utilizados nos finais do século XIX como tratamento contra a histeria feminina. Os médicos descobriram que se tratava de uma terapia muito eficaz, já que desencadeava o que então era conhecido como paroxismo histérico, isto é, um orgasmo.
Um vibrador não é necessariamente um consolador. Por acaso, alguns vibradores têm forma de pénis e destinam-se a ser introduzidos na vagina; mas outros prendem-se à mão e servem para massajar o corpo.

Semans e Winks sustêm que, embora os vibradores costumem estar relacionados com a masturbação feminina, também alguns homens fazem uso deles e daí retiram prazer, e podendo transformar-se num companheiro perfeito para o sexo a dois.

Via 180 Graus



publicado por olhar para o mundo às 22:05 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Conheça as fantasias sexu...

Sexo, los sueños eróticos

Sexo, os desejos secretos...

Sexo, desejo e fantasia

Sexo, strip, swing e fant...

Sexo: Técnicas de Sedução

Jogos sexuais

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

Related Posts with Thumbnails
blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...