Segunda-feira, 27.02.12
Sugestões low-cost para entreter crianças em dias de sol  Ler mais: http://aeiou.expresso.pt/sugestoes-ilow-costi-para-entreter-criancas-em-dias-de-sol=f706764#ixzz1nWX0y4AN

Tal como indicava o anúncio a uma conhecida bebida gaseificada, em Portugal por cada dia que chove há não sei quantos outros em que faz sol. Diria que neste inverno em particular esta estatística não poderia estar mais certa. Se já não me recordo do último dia em que choveu (alguém me dizia há dias a brincar que deve ter sido em 1991) e se tudo isto me parece altamente prejudicial para a agricultura, para a pecuária e afins, já não me parece tão prejudicial para quem, como eu, odeia dias cinzentos.

 

Sim, oficialmente odeio dias cinzentos. O argumento "é tão bom estar em casa enrolada na mantinha enquanto chove lá fora" para mim não cola. Se eu tivesse de fugir para um país qualquer seria certamente para um onde houvesse mais sol que em Lisboa (e sim, eu sei que Londres é espetacular mas é ainda melhor quando faz sol).

 

Mas acalmem-se almas desassossegadas que a crónica desta semana não é sobre o Sol mas sim sobre uma panóplia de ofertas que temos na capital para aproveitar dias frios e cheios de sol onde, não dando para ir à praia, dá pelo menos para sair de casa. E a situação torna-se particularmente sensível para quem tem crianças e precisa de urgentemente as retirar da frente do iPad, do televisor ou da cozinha cheia de bolos.

 

As desculpas como "temos pouco dinheiro" ou "eu nem sequer vivo em Lisboa" terão de ficar em casa. Algumas das sugestões são grátis ou a custo reduzido e Lisboa fica no máximo a 300 quilómetros de distância de onde está (uma viagem de comboio pode saber a férias numa temática "Viagens pela minha terra"), em alternativa, poderá sempre encontrar programas semelhantes perto da sua casa. Inspire-se e saia com as crianças para aproveitar o sol de inverno português.

 

Alerta: crianças para entreter!

Planetário de Lisboa - Tenho-o no coração e planeio regressar lá em breve (mesmo sem crianças). Aos domingos de manhã há sessões infantis até aos 12 anos. Entrada grátis.

 

Monumentos - O que não falta são monumentos em Lisboa para explorar com as suas crianças. Reveja as aulas de História com eles, faça pequenos passatempos e adivinhas para estimular a aprendizagem. Se acabou de sair do Planetário tem ali mesmo ao lado o Mosteiro dos Jerónimos. Num dia de sol, suba ao Padrão dos Descobrimentos (grátis para crianças até aos 12 anos) ou leve-os ao Cristo-Rei (2 euros por criança até aos 8 anos).

 

Jardins - Há uma infinidade de jardins em Lisboa onde se pode divertir com eles. Corram, dancem, cantem, façam jogos. Os jardins urbanos são um grande recreio para eles no meio do betão. Dependendo de onde mora, até poderá fazer o caminho a pé ou de transportes públicos: O da Gulbenkian (um mundo inteiro para descobrir com pequenos recantos, lagos e animais como patos, rãs e peixes),o Jardim da Estrela (com um relvado muito agradável e uma aranha que os vai fazer sentir autênticos super-heróis e queimar a energia), o do Campo Pequeno (um clássico renovado com espaço e instrumentos para mil brincadeiras), o Parque das Conchas (no Lumiar, para correrem à vontade)... A verdade é que são tantos que seria impossível nomeá-los todos aqui. Procure e descubra!

Para a família toda


Castelo de São Jorge: Visitas em Família: Trata-se de uma visita de exploração do castelo e do núcleo arqueológico, para maiores de 5 anos. Uma descoberta completa da História, das personagens e do património português. Próxima visita: amanhã, domingo, dia 26 de fevereiro às 11 horas. Valor: 3,5 euros. Para mais informações: castelodesaojorge@egeac.pt 

 

 

Centro Cultural de Belém: Mercadinho dos Talentos. A realizar-se no próximo 17 de março entre as 11h e as 17h no Jardim das Oliveiras. É um palco onde qualquer criança pode mostrar o seu talento! Podem apresentar projetos de dança, música, poesia, teatro... a imaginação é o limite! A entrada é livre! Para mais informações: www.ccb.pt 

 

Espaço Monsanto - Tesouros da Floresta: Para crianças entre os 3 e os 5 anos. Várias atividades que incluem a exploração do ambiente natural e recolha de material. Uma ótima forma de estimular a imaginação na natureza, respirar ar puro e ainda terminar o dia com (porque não?) um piquenique. A realizar-se sábados e domingos. Para mais informações: lisboaverde.cm-lisboa.pt/

Teatro, cinema e cultura: torne o programa inesquecível

As Aventuras de João Sem Medo: Para maiores de 6 anos, até 29 de fevereiro no Teatro Nacional D. Maria II . Um imaginário de gigantes, princesas, príncipes e fadas que não os vai deixar indiferentes. Mais informações em www.teatro-dmaria.pt

 

Cinemateca Júnior: Aqui poderá assistir a um sem número de filmes infantis, especialmente de animação, que eles irão adorar. Sugiro "Alice no País das Fadas", mas poderá encontrar muitos e muitos outros, para os gostos de qualquer criança. Os bilhetes variam entre os 3,2€ (adultos ) e os 1,10€ (até 16 anos). Para mais informações visite a Cinemateca Júnior no Palácio Foz nos Restauradores.

 

Marioneta Chinesas - Convento das Bernardas: aqui esconde-se um museu que vai fazer as delícias dos seus pequenos. O Museu das Marionetas. Assista a uma pequena peça de teatro de sombras chinesas com marionetas. Explique-lhes que as sombras chinesas são provavelmente uma das tradições de marionetas mais antigas do mundo e a sua origem deverá remontar o século III D.C.

 

Aproveito para lhe lembrar outro artigo que publicámos aqui, no blogue A Vida de Saltos Altos, com uma lista de sugestões para brincadeiras com crianças, também com a poupança como prioridade: Como entreter os filhos de borla? Digo-vos aqui e agora .


Agora diga lá: se até eu, que não tenho crianças, consegui encontrar todas estas atividades, quantas você (que é a especialista) consegue encontrar? Garanto-lhe que muitas mais. Aproveite o fim de semana, o sol e divirta-se com eles. Olhe que crescem num instantinho!

 

Via A Vida de Saltos Altos



publicado por olhar para o mundo às 08:56 | link do post | comentar

Sexta-feira, 25.06.10

15 sugestões para se divertir com os seus pequenotes

 

Sugestão 1: toca a pedalar

Ande de bicicleta juntos em locais saudáveis e lindos que o nosso país tem. Alguns exemplos: Monsanto, Sintra ou o Guincho (Lisboa); Foz ou Matosinhos (Porto); Gerês (Braga). Aproveite e leve o bebé num atrelado próprio para bicicletas, não é caro e dura uma vida, além disso, pode sempre ficar para transportar os vossos netos daqui a uns anos. Se estiver a chuviscar, acondicione-se e feche o atrelado. O bebé vai adorar ver as pingas da chuva a cair ou ver a paisagem à sua volta. Quanto ao pai e à mãe, até fazem exercício e ficam mais saudáveis.

Sugestão 2: toca a adivinhar

Brinquem ao adivinha com as crianças. Tentem adivinhar o que o outro está a pensar. O tema pode ser sobre música, animais, comida, etc. É divertido. Podem ser feito em qualquer lado e, mais importante, exercita o cérebro.

 

Sugestão 3: toca a lançar os dados

Joguem um jogo de tabuleiro juntos. Há imensos jogos para pais e filhos, certamente que os seus miúdos já receberam no Natal ou nos anos jogos de tabuleiro como, por exemplo, o jogo da Glória. As crianças adoram esses jogos, mas só se jogar com elas. Por isso, toca a lançarem os dados. Aproveite e recorde a infância, quando o fazia com amigos ou com os seus próprios pais. Conte às crianças enquanto joga e elas vão adorar, pois os mais novos adoram histórias.

Sugestão 4: toca a construir

Ajude o seu filho a construir com legos . Misturem as peças todas em cima de uma manta macia ou de um lençol, deitem fora as instruções de cada colecção. Agora inventem veículos, casas, naves, etc. A criança ficará em delírio se a desafiar (e ajudar) a tentar reproduzir coisas do quotidiano que lhe são familiares, tão simples como o vosso carro, a mesa onde come. Experimente e verá. Os legos são talvez dos brinquedos mais didácticos que existem. Ajudam a exercitar a criatividade e o génio.

Sugestão 5: toca a fazer de focas

Aproveite um dia de domingo à tarde em que esteja frio, ou a chover, e vá para uma piscina municipal coberta ebrinque com os seus filhos dentro de água . Em seguida, depois do banho do balneário, vá para casa e mostre-lhes curiosidades (em livro ou recorrendo à Internet) sobre a relação do Homem com a água, por exemplo, no desporto: nomes e recordes de campeões de natação, fatos próprios para nadar, mergulhos para a água, etc.

 

Sugestão 6: toca a cozinhar

Faça uma sessão de culinária com as crianças. Elas adoram. Cozinhe brigadeiros, bolos , ou mesmo legumes. Ponha os meninos a mexer na massa de bolos ou a lavar os legumes ao mesmo tempo que lhes explica que legumes são. Esta brincadeira pode tornar-se altamente pedagógica, basta que aproveite para lhes explicar, por exemplo, os perigos que existem quando se cozinha e como fazê-lo com segurança; a importância dos alimentos; a necessidade de saberem cozinhar para não dependerem de ninguém quando adultos; a alegria de cozinhar para receber amigos e família.

Sugestão 7: toca a caçar o tesouro

Organize uma caça ao tesouro . Pode ser mesmo no seu quintal, num parque público, ou até numa praia. Prepare um tesouro com coisas que eles adorem. Esconda-o muito bem e faça um mapa com pistas indicadoras. Acompanhe-os nesta caça. Quanto mais criativo for, mais todos se divertirão. Seja o orientador do jogo. Faça como se estivesse a contar uma história. Enfatize ao máximo. Crie um ambiente de aventura e fantástico só com o que vai dizendo. Se fizer o jogo com mais de uma criança, do início ao fim do jogo, não se esqueça de dizer que foi um trabalho de equipa e não apenas de um jogador.

Sugestão 8: toca a mudar os móveis

Troquem de lugar alguns móveis do quarto deles. Renovem a decoração com imaginação. Podem mesmo pintar juntos um quadro novo ou encaixilhar alguns desenhos feitos por eles e pendurá-los.

Sugestão 9: toca a ser botânicos

Visite com os seus filhos uma horta ou uma estufa de flores e plantas. Há algumas lojas de plantas que têm um espaço ao ar livre com flora riquíssima. Ensine-os o nome de muitas dessas flores e plantas . Escusado será dizer a importância do conhecimento que se pode retirar desta brincadeira, bem como da sensibilização para o ambiente.

 

Sugestão 10: toca a ir à biblioteca

Visite uma biblioteca com as crianças. Elas vão adorar. Esolham juntos alguns livros. Leiam ali mesmo na biblioteca ou tragam para casa. Não esqueça que também existe a bedeteca , como a de Lisbo, onde as prateleiras estão repletas de livros de banda desenhada para todas as idades e o ambiente é menos formal do que o de uma biblioteca convencional. Aí, pode encontrar os livros com os heróis favoritos dos seus filhos (estão lá todos) e lê-los ali mesmo, confortavelmente sentados.

Sugestão 11: toca a ir a passear pelo pinhal

Dê um passeio por um pinhal. Mostre-lhes cogumelos, caruma, musgo, bolotas, pinhas, folhas diferentes das árvores, etc. Um passeio ecológico destes é muito rico culturalmente .

Sugestão 12: toca a pintar um lençol

Pintem um lençol velho branco no chão com guache . Introduza você um tema. Eles pintam e vão adorar. Pode pendurar a "obra-prima" algures durante uns dias, ou colocá-la num sítio visível. Aumenta a auto-estima das crianças, dá-lhes uma boa memória para referência no futuro e cria-lhes vontade de voltar às actividades simples, mas divertidas.

Sugestão 13: toca a saber quem é quem na família

Façam uma árvore geneológica . Assim eles começam a perceber as gerações passadas e as suas origens. Esta diversão pode durar um fim-de-semana. Arranje tantas fotos quanto consiga dos avós, tios, primos, etc. Tudo serve para escolher uma e recortar. Deixe-os fazer a árvore, começando por uma foto deles próprios, de cima para baixo. Escolha uma superfície grande. No final, se conseguir e puder, emoldure, nem que seja numa moldura de um quadro que já não use. Eles vão gostar de pendurar na parede um quadro com todos os membros da família e vão querer mostrar às visitas.

Sugestão 14: toca a montar o pónei

Andar de pónei ou mesmo cuidar de ponéis é outra actividade muito apreciada pelas crianças. Vá à poneilândia e divirta-se com eles. Sim, eu sei que esta actividade não é de borla, mas tem preços para várias carteiras e pode sempre pô-la na lista de actividades com custos.

Sugestão 15: toca a cantar

Karaoke com pontuação. É muito divertido e não é preciso ter uma consola tipo playstation ou uma wii. Basta ligar-se à Internet . Cantar sempre fez bem à alma, se o fizer com os miúdos eles vão adorar e você também vai sentir a diversão.

 

 

Via A Vida de Saltos Altos



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Quinta-feira, 24.06.10

Bilhetes esgotados, não há festinhas de anos, está a chover. Cenários de pânico para quem faltam ideias para entreter os filhos num dia de folga. Siga as minhas 15 sugestões e passehoras divertidas com a criançada, sem sequer gastar dinheiro.

 

 

Muitos pais nem sempre sabem o que fazer para entreter os filhos, sobretudo quando as alternativas mais comuns falham (cinema, espectáculos, etc) ou quando os programas já se repetiram tantas vezes que deixaram de ter piada (zoológico, oceanário, etc).

A ideia de que é preciso gastar dinheiro, enfrentar trânsito e stress para as crianças se divertirem não podia estar mais errada. Tudo o que pequenotes querem é passar umas horas divertidas, especialmente com os pais, em jogos e gargalhadas que, se forem bem programadas, normalmente não custam um cêntimo e dão prazer a toda a família.

Portugal no seu melhor

 

Não vale a pena apontar muito o dedo a quem escolhe salas de cinema em shoppings apinhados de gente para enfiar os miúdos. Simplesmente porque o nosso país também não ajuda nada no que toca ao funcionamento de espaços como museus, bibliotecas ou locais onde se realizem workshops para as crianças. Escandalosamente, aos fins de semana muitos dos locais onde seria interessante levar as crianças encontram-se enecerrados. O melhor exemplo destas medidas perfeitamente descabidas são os museus: encerram aos domingos e feriados. Palavras para quê? Esta é de facto uma das principais queixas de muitos pais. Têm parte da razão, mas não toda. Mas sobre isso, já falamos mais à frente.

Os restaurantes são mais um local onde não existe tradição de pensar nas crianças. Não têm nem horários livres nem um cantinho próprio para os mais pequenos se entreterem enquanto os pais almoçam ou jantam calmamente. O único local que ainda pensa nas crianças, e sem aplicar os tradicionais horários rígidos das cozinhas, é o McDonalds.

Os miúdos divertem-se com actividades simples, desde que sintam o envolvimento genuíno dos pais
Os miúdos divertem-se com actividades simples, desde que sintam o envolvimento genuíno dos pais

Mas será que estaremos condenados a comer fast food quando queremos começar um programa de uma tarde bem passada com uma refeição calma, onde as crianças estejam entretidas? Infelizmente, acho que em Portugal ainda não é possível.

Embora não seja o tema principal deste texto, o exemplo das salas de espera nos consultórios médicos também vem ajudar a este cenário pouco favorável ao entretenimento que qualquer criança precisa e merece. Refiro-me ao facto de ainda serem poucos os  consultórios médicos que têm imaginação para receber os seus pacientes mais novos.

Em países mais evoluídos, as crianças são as primeiras a quererem voltar ao consultório médico onde levaram uma "pica" qua até doeu. É que em troca receberam uma surpresa ou, enquanto esperavam não ficaram ansiososos, pois puderam usufruir de brinquedos divertidos e diferentes.

Mas tudo isto parece ainda não ter chegado a Portugal. Pelo menos por enquanto, a mentalidade neste aspecto tem muito que evoluir.

A chuva e frio não atrapalham nada

 

Esqueça o shopping num domingo à tarde só porque está a chover. Aliás,esqueça o shopping de todo. Deve haver poucos sítios além das grandes superfícies comerciais que consigam provocar com tanto sucesso uma tamanha carga de stress numa família inteira.

teatro ou o cinema são de facto boas alternativas, mas não é para todos os bolsos - sobretudo em crise - e nem sempre há bilhetes ou sessões interessantes.

Procure soluões ao ar livre. Mesmo que esteja a chover (aguaceiros, naturalmente, não em caso de trombas de água), sair com um traje acondicionado é muito saudável para todos, acredite. Lembre-se que começa logo pelo facto de os miúdos adorarem chapinhar com galochas em poças de água.

Eu passei a infância na Alemanha e recordo-me que além de chover e nevar imenso, fazendo sempre muito frio, passava a vida na rua a brincar. Sempre agasalhadíssima, tal como os muitos outros meninos com quem brincava e com os pais a acompanharem-nos. O resultado destes passeios "frescos" eram: um regresso a casa com asbochechas rosadas e geladas, mas com serenidade, satisfação e felicidade. No final destes dias, o resultado era favorável para toda a família: um sono tranquilo e relaxado.

 

Uma ajudinha para pais com menos imaginação

Não acha que cinco idas ao zoo por ano é muito? Por outro lado, já pensou que o tubarão do oceanário é capaz de já ter decorado a cara do seu filho, de tantas foram as vezes que já ali foi? Claro que estou a brincar, ambos os locais são interessantes e recomendam-se, mas também são caros e há mais vida para além da bicharada.

 

Via Expresso



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Sugestões baratas para en...

15 sugestões para se dive...

Como entreter os filhos ...

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

Related Posts with Thumbnails
blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...