Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um olhar sobre o Mundo

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Um olhar sobre o Mundo

05
Jan11

Música Portuguesa do dia : Entre Aspas - Criatura da noite

olhar para o mundo

 

 

 

 

Letra
CRIATURA DA NOITE

Entre Aspas

Esta noite eu quero cantar,
Dançar e voar, 
Uô, uô
E..
Quero ver luzes, muitas 
Quero ser um pássaro, 
Uô, uô, uô, uã,

Quero ver os peixes a bailar 
E as ideias a gritar
Quero voar para, até ver,
O mar pegar fogo
E tipo, incendiar, 
Até a luz, a luz me cercar
E eu voltar pró meu lugar.

Esta noite eu quero cantar 
Dançar e voar 
Uô, uô
E...
Quero ver luzes muitas 
Quero ser um pássaro 
Uô, uô, uô, uã,

Quero ver os peixes a bailar 
E as ideias a gritar
Quero voar para, até ver, 
O mar pegar fogo
E tipo, incendiar, 
Até a luz, a luz me cercar
E eu voltar pró meu lugar.

(vocalizos)

Quero ver os peixes a bailar 
e as ideias a gritar,
Quero voar para, até ver, 
o mar pegar fogo
E tipo, incendiar, 
até a luz, a luz me cercar
E eu voltar pro meu lugar.

 

 

 

18
Nov10

Música Portuguesa do dia : Entre Aspas - Perfume

olhar para o mundo

 

 

Letra

 

Esse perfume me persegue... quente, forte e subtil
Passeia por mim livremente... como se fosse gentil
Oh ah ah... ah ah... ah ah...
Ah ah... ah ah... ah ah...

Se me aparece de repente... inspiro-o profundamente
Para desvendá-lo, para decifrá-lo, queria agarrá-lo...

Queria agarrá-lo, metê-lo no meu frasco, fechá-lo bem p'ra não fugir... 
P'ra não fugir... p'ra não fugir...
P'ra não fugir... p'ra não fugir... oh ah ah ah...

Mas ele insiste, ele insiste... brinca comigo devagar
Leva-me à minha memória... convida-me a divagar

Oohhh... oohhh... oohhh... ah ah...

Queria agarrá-lo, metê-lo no meu frasco, fechá-lo bem p'ra não fugir... 
P'ra não fugir... p'ra não fugir...
P'ra não fugir... p'ra não fugir...

Queria agarrá-lo, metê-lo no meu frasco, fechá-lo bem p'ra não fugir...

 

16
Nov10

Música Portuguesa do dia :Entre aspas - Voltas

olhar para o mundo

 

 

Letra

 

São voltas e voltas sem parar
Em sonhos nocturnos
Em sonhos de encantar
Muitos enredos histórias reais
Que envolvem mas acordam sem avisar.

Fico à toa mas onde é que eu estou
Já de madrugada 
E o silêncio reinou
De olhos abertos só vejo sombras 
Já sinto o regressar de novo ao sono...

Então agora o que é que eu faço
Com o meu sonho inacabado
Vou deixá-lo ou abandona-lo
Ao meu imaginário
Ao meu desejo de desejo.
E digo sim ao meu desejo
Aquela doce sensação
De estar noutro lugar 
Onde o tempo que passa 
Já não importa.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D