Sábado, 18.09.10

 

Mulheres são mais infiéis no dia a seguir ao dia dos namorados

Claudio R. S. Pucci

 

Não deu atenção à sua mulher no Dia das Mães? Esqueceu de comprar um presente bonito para ela e a única coisa que ela ganhou foi um desenho que filhinho fez na escola e a obrigação de fazer o almoço de família? Pois bem, nas imortais palavras do personagem Patolino: "isso significa guerra".


Pelo menos foi o que constatou o Ashleymadison.com, um site de relacionamentos americano para pessoas casadas (sim, você leu certo, ele promove encontros extraconjugais).

Segundo o site Momlogic, na segunda-feira após o Dia das Mães, 31.427 mulheres se cadastraram em busca de alguém que lhe a atenção necessária (a média são de 2,5 a 3 mil por dia). É o segundo dia mais procurado por mulheres infelizes, perdendo apenas para o dia seguinte ao Dia dos Namorados. E mais, 67% dessas moças fica em casa e não trabalha, a idade média é de 36 anos e 1/3 delas já considerava pular a cerca antes da data festiva.

Segundo o fundador do Ashley Madison, Noel Biderman, o fenômeno ocorre já que essas mulheres esperam ser celebradas no Dia das Mães e acabam negligenciadas pelos maridos. E todos sabem que enquanto homens buscam relacionamentos fora do casamento por sexo, a maioria das garotas o faz para ter a atenção de alguém.

Noel diz que administrar um site que lida com traição acabou mudando sua vida, pois como marido e pai sabe o quanto é importante fazer a mulher feliz. "Eu sempre vejo o Dia das Mães como uma oportunidade incrível para celebrar a dinâmica familiar, a dedicação da minha mulher e nosso relacionamento interpessoal. Eu me esforço para fazer minha mulher sorrir do momento em que ela acorda mais tarde que nos outros dias, aliás à hora em que ela vai para a cama comigo!", complementou o bom marido. E você achando que não se faziam mais homens como antigamente, não é.

 

 

Via Mulher



publicado por olhar para o mundo às 21:00 | link do post | comentar

Sexta-feira, 30.04.10

Os melhores presentes para o dia da mãe

 

1. Airfork One

À primeira vista isto pode parecer um presente para os filhos, e não para as mães, mas este garfo em forma de aviãozinho foi feito a pensar em todas as progenitoras que perdem anos de vida a tentar alimentar os seus rebentos. Sim, aquela cena típica da papa na cara, no babete, no cabelo da mãe, no chão, nas paredes da cozinha. Em todos os lugares menos na boca da criancinha. Recorra ao velho truque do "um aviãozinho pela mãe, agora outro pela titi, outro pelo cão", e pode ser que tenha mais sucesso.
À venda em www.irritante.pt, 16,90€

2. Tablete Hussell

Obrigue a sua mãe a esquecer-se das dietas e dos adelgaçamentos, e partilhem uma tablete da Hussell (3,50€) enquanto recordam episódios bonitos da sua infância, como aquela vez em que achou giro lançar o gato pela janela. Se quiser oferecer chocolates de forma mais dissimulada, opte pelos copinhos de chocolate belga com recheio de creme de mirtilo, frutos silvestres, limão e laranja (8,95€).
Lojas Hussell, nos principais centros comerciais do país

3. Flowerbox

Um ramo de rosas é bonito, as mães comovem-se sempre, mas está na altura de inovar. Assim, este ano ofereça um pequeno jardim vertical. Um quê? Nós explicamos: são plantas que vêm em caixas de papel, cerâmica ou tubos de alumínio, e que se penduram na parede, qual obra de arte viva. Há mais de 70 variedades de plantas e, maravilha das maravilhas, requerem pouca manutenção. Algumas só precisam de ser regadas uma vez por mês.
Flowerbox, Av. da República, 37A, Lisboa. 217 932 562. Plantas a partir de 15€

4. B Beautiful

Uma massagem fará sucesso junto de qualquer mãe. Leve a sua mãe até ao B Spa, no Altis Belém, e surpreenda-a com um tratamento B Beautiful, especialmente pensado para este dia. Inclui um tratamento facial Lift Vita C (que estimula as funções cutâneas vitais, repara, reestrutura e devolve vitalidade e firmeza à pele), uma massagem localizada de relaxamento e o acesso ao Thermo Garden, com piscina interior, tanque de tonificação, cascatas e jactos de massagem, hammam e sauna.
Altis Belém Hotel&Spa, Doca do Bom Sucesso, Lisboa. 210 400 200. Preço: 100€

5. Nokia 7230

Se a sua mãe é daquelas que ligam, em média, 14 vezes por dia, só para perguntar "então?", talvez não seja grande ideia dar-lhe um telemóvel. Mas se passa a vida a queixar-se que tem um aparelho pré- -histórico, como que a dar a dica para que alguém se chegue à frente, tome a iniciativa e ofereça-lhe o Nokia 7230. É cor-de--rosa, como se quer, permite o acesso a rede sociais e, porque é Dia da Mãe, vem acompanhado de uma pequena mala térmica Gourmet Getaway da Built.
Lojas Vodafone, 109,90€

6. Brigadeiros personalizados

É o presente ideal para mães que têm pouco amor à linha e para filhos igualmente dedicados à nobre arte de alargar o abdómen. A Dolce Paradiso é uma daquelas empresas pecaminosas que acharam boa ideia fazer brigadeiros e levá-los direitinhos a casa dos clientes. Há os clássicos, com chocolate de leite, há os de amêndoas caramelizadas, há os de chocolate branco, e há ainda os de coco. Todos podem ser personalizados com frases e mensagens.
Dolce Paradiso, www.dolceparadiso.com, 925 457 646. Preço: caixas a partir de 8€ (seis unidades)

7. Tróia Design Hotel

Longe de nós estar para aqui a insinuar que quer ver a sua mãe pelas costas, mas desconfiamos que ela vai ficar bastante agradecida se lhe oferecer um fim-de- -semana diferente. E longe de casa. O Tróia Design Hotel tem um programa especial que inclui uma noite de alojamento, um presente, almoço ou jantar para duas pessoas com "Mimos da Mãe", e o tratamento "Melhor Mãe do Mundo", um spa facial personalizado.
Tróia Design Hotel, Tróia, 289 320 820. Preço por pessoa: 240€

8. Hotel Lusitano

Mais uma sugestão fora de casa. O Hotel Lusitano, na Golegã, sugere dois dias de puro descanso com um workshop de maquilhagem com a marca Bobbi Brown, um lanche, 15% de desconto no spa e acesso livre ao circuito de água do Puro Spa. No final ainda leva para casa um livro com dicas de maquilhagem.
Hotel Lusitano, Rua Gil Vicente, 4, Golegã, 249 979 170. Preço para duas pessoas: a partir de 300€

9. Just Woman

É um evento a pensar não só nas mães mas em todas as mulheres. Durante uma tarde inteira vão poder estar completamente centradas em si mesmas, sem pensarem em trabalho ou papas para preparar. Todas as visitantes vão poder maquilhar-se, receber uma massagem, degustar chás, fazer um tratamento especial de mãos, assistir a um workshop de Psicologia Positiva, fazer uma avaliação nutricional e receber conselhos de nutrição.
Hotel NH Liberdade, Av. da Liberdade, 180, Lisboa. Dia 2 de Maio, das 15h30 às 19h00. Reservas através do 214 456 283

10. Almoço na Brasserie  Gourmet Rossio

Esqueça a crise e o PEC, e abra os cordões à bolsa. Que é como quem diz, pague o almoço à família inteira, e não só à mãe. O almoço especial da Brasserie Gourmet Rossio apresenta-lhe sabores de inspiração francesa. Comece por um amuse bouche, passe para uma entrada de morangos cremosos, prove um papillote de peixe-galo com espargos verdes e acabe com uns medalhões de vitela com gratin dauphinois. Para sobremesa, e se ainda lhe sobrar espaço, atreva-se na tarte tatin com gelado de ananás.
Brasserie Gourmet Rossio, Altis Avenida, Rua 1.º Dezembro, 120, Lisboa. 210 440 000. Preço por pessoa: 45€

 

Via Ionline



publicado por olhar para o mundo às 08:27 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Domingo, 03.05.09

Uma rosa para as mães 

 

No mais fundo de ti, 
eu sei que traí, mãe 

Tudo porque já não sou 
o retrato adormecido 
no fundo dos teus olhos. 

Tudo porque tu ignoras 
que há leitos onde o frio não se demora 
e noites rumorosas de águas matinais. 

Por isso, às vezes, as palavras que te digo 
são duras, mãe, 
e o nosso amor é infeliz. 

Tudo porque perdi as rosas brancas 
que apertava junto ao coração 
no retrato da moldura. 

Se soubesses como ainda amo as rosas, 
talvez não enchesses as horas de pesadelos. 

Mas tu esqueceste muita coisa; 
esqueceste que as minhas pernas cresceram, 
que todo o meu corpo cresceu, 
e até o meu coração 
ficou enorme, mãe! 

Olha — queres ouvir-me? — 
às vezes ainda sou o menino 
que adormeceu nos teus olhos; 

ainda aperto contra o coração 
rosas tão brancas 
como as que tens na moldura; 

ainda oiço a tua voz: 
          Era uma vez uma princesa 
          no meio de um laranjal...
 

Mas — tu sabes — a noite é enorme, 
e todo o meu corpo cresceu. 
Eu saí da moldura, 
dei às aves os meus olhos a beber, 

Não me esqueci de nada, mãe. 
Guardo a tua voz dentro de mim. 
E deixo-te as rosas. 

Boa noite. Eu vou com as aves. 

Eugénio de Andrade, in "Os Amantes Sem Dinheiro"



publicado por olhar para o mundo às 22:09 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Mulheres são mais infiéis...

Os melhores presentes par...

Para todas as mães no seu...

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...
Posts mais comentados