Terça-feira, 01.03.11
Sexo na ponta da língua

Carolina Diniz

 

Ela tem apenas 23 anos e um tema fácil na ponta da língua: sexo. Carolina Diniz é uma dessas apaixonadas pelo que faz que transformou o desejo de escrever em profissão.

 

Literalmente. Além de blogueira, à frente do site "Sexo na ponta da língua", ela dá cursos, workshops e palestras sobre relacionamento, conquista, traição
 

Em conversa com o Vila Dois, essa paulistana contou que criou o blog para unir o útil ao agradável, juntando a paixão pelo texto à possibilidade de discutir temas que todo mundo quer saber e muitas vezes não tem coragem de falar ou perguntar.

, sedução, auto-estima... e por aí vai.

Para escrever sobre esses assuntos quentes e delicados, ela lê, estuda, conversa. Tudo para produzir o melhor conteúdo para os leitores. E a fórmula está funcionando. Tanto que o blog vai de vento em polpa e os comentários provam que Carol está mesmo no caminho certo.

Ela dá dicas sobre relacionamentos - mas é uma dessas solteiras convictas. E, como é estudante de psicologia, o aconselhamento é parte da rotina, independente do estado civil dela. "Sou super a favor dos relacionamentos. Acho muito bom conhecer pessoas novas. Sou do tipo que sonha em um dia casar, ter filhos, morar em uma casa bem grande e ter muitos cachorros, mas não faço disso um objetivo. A hora que tiver que ser, será", afirma. Tanto acredita no relacionamento que, além do site sobre o assunto, Carol mantém outro blog, o "Eu sou pra casar", que já está no ar com o objetivo de unir pessoas solteiras.

A mesma sensatez com que (não) planeja os dias que ainda estão por vir pode ser encontrada nos posts que Carol escreve no site. Ela trata de assuntos velados, como sexo oral e masturbação, com a mesma facilidade com que cuida dos cachorros que adora. Mas como nem toda mulher é assim, ela diz que percebe um enorme tabu envolvendo (ainda) a sensualidade feminina. "Isso tem mudado nos últimos anos, a procura por cursos voltados para a sensualidade e a sexualidade tem crescido muito, mas ainda vejo muita mulher infeliz sexualmente", comenta.

Considerada uma celebridade virtual, seguida no Twitter (@carolinadiniz) e, claro, no blog, ela acha que a Internet abriu um pouco mais as portas para esse tipo de discussão, virando um canal aberto. Isso porque, anonimamente, parece que fica mais fácil perguntar e procurar informação sobre sexo.

Modesta, a menina que fala sobre assunto de gente grande acha que as pessoas gostam do que escreve porque ela faz com muito amor. "Dedico muito do meu tempo a esse tipo de coisa. O sucesso vem como uma consequência".

E essa dedicação toda pode até virar livro. Ela pensa em publicar as dicas que já escreve no blog, mas agora está se dedicando a um projeto sobre os homens e as mulheres, como um vê o outro. "Esse livro é sobre o porquê dos conflitos nos relacionamentos e as razões de sempre procurarem no outro aquilo que não encontram em si".

 

A gente fica esperando ele chegar às livrarias. Ficou com vontade de saber mais sobre o que Carol tem a dizer? É só clicar www.sexonapontadalingua.com

 

Via Vila Dois



publicado por olhar para o mundo às 21:01 | link do post | comentar

Sábado, 04.12.10

Os segredos da sedução

 

Toda a gente diz que a arte da sedução, tal como a bolsa de Tóquio, está em queda. Que agora já nem sequer há tempo para isso. Nem material que valha a pena atacar. Que os menores de 23 anos (e sabe-se lá se não mesmo os menores de 49) acham que se resume a um SMS de paixão directamente proporcional à ausência de vogais.

Mas a verdade é que eles andam aí. Os sedutores e sedutoras. Nem sequer tem que ser uma Nicole Kidman. Não, são os que andam aí ao pé de nós. A nossa melhor amiga. O carteiro. A prima Joana, que é horrorosa mas que tem admiradores a cair-lhe na caixa do correio como a nós cartas do banco. A gente olha e olha e não consegue descobrir onde está o segredo. Parece que têm íman incorporado A gente quer copiar mas connosco, não se sabe porquê, não funciona. Elas falam das férias na Carrapateira e batem a pestana e o gajo cai. A gente fala nas férias na Carrapateira e bate igualmente a pestana e o gajo desata a perseguir o empregado dos petit-fours. Porquê?

Decidimos tomar uma atitude e seguir a máxima: se não sabe, pergunte.Fizemos entrevistas exaustivas a algumas cobaias cuidadosamente selecionadas, que responderam prestimosamente na condição de se manterem anónimas (não se sabe porquê, talvez porque uma sedutora ainda tem laivos de bruxaria?) e aqui vos apresentamos os segredos de toda essa gente que anda por aí a arrancar corações como quem arranca a azeitona do vermute.

Passo-a-passo do ataque

Entrámos logo a matar: imagine que eu não dou uma para a caixa com os homens e quero ser sedutora. Que conselhos é que me daria? Há sempre desmancha-prazeres. "Nenhuns. Quando não se dá uma para a caixa com homens não adianta fazer nada a não ser esperar que apareça algum que ache graça a uma tipa que não dá uma para a caixa com os homens..." Eh...Pois... E se eu não quiser esperar?

Sair de casa é o primeiro passo, foi logo o primeiro conselho. Olha, obrigadinha. Mas admitamos que já estou em pleno bar numa sexta feira à noite farta de bater a pestana a torto e a direito à espera de um gajo que ache graça a uma tipa que (como é que era?) e nada. E então? Primeiro conselho: "Ser sedutor é uma característica, por isso dificilmente se pode ensinar alguém a sê-lo. Ou se é ou não se é." Ai que bom. Mal abri a loja vou já fechá-la.

Passo a outra cobaia: "Sê tu própria e naturalmente seduzirás alguém." Ah sim? Então por que é que até agora a coisa tem corrido tão mal? "O segredo está em gostares de ti própria, penso. É cliché, mas é verdade."

Fim da psicanálise. Conselhos concretos, não há? "Ter cabelo comprido e se possível louro. Eles são muito básicos e não resistem a uma loura." Estou a ficar um bocado desanimada com a perspectiva de obrigar as minhas sobrancelhas a enlourarem, mas enfim."Usar óculos escuros porque dá um ar misterioso, não rir histericamente em público, não parecer mais inteligente do que eles, desprezá-los: não telefonar no dia seguinte, nunca dar o primeiro passo, dizer que se vai ‘sair com uns amigos', mostrar um ar blasé mas também não demasiado blasé, porque senão a caça pode fugir."

Ai meu Deus. A caça? Não ser mais inteligente? Loira? Mas afinal estamos em que século? "Cavernas", respondeu-me logo uma. "Eles ainda não sairam das cavernas."

Mas não há ninguém que me diga qualquer coisa que não inclua prantar-me dez horas no cabeleireiro e sair um clone da Marisa Cruz (com sorte)?"Primeiro tens de gostar deles. Dos homens. Eles não significa eles todos. Tens de gostar do género masculino."

Estou a ver. De facto, eu é mais espinafres. Mas subitamente, começa a fazer sentido. "Não é evidente que a maioria das mulheres gostem do género masculino. A maioria quer um namorado ou um marido, mas não tem paciência para as coisas tipicamente masculinas. Gostar do género é gostar do que eles são: voz grossa, pêlos, músculos."

Pois. Cavernícolas. "O passo indispensável: olhá-los nos olhos. A maioria das pessoas baixa os olhos - apaga a magia - e termina ali o que poderia ser o começo de qualquer coisa muito divertida. Se sentires impacto, sorri. Com os olhos. Deixa que ele veja, porque o jogo da sedução é acima de tudo linguagem não verbal. É necessária empatia e química. Por outro lado, não se consegue seduzir sempre que se quer. Acontece."

Ó meu Deus, obrigada! Uma profissional! Adeus loirice! Adeus Marisa Cruz! Afinal tudo está dependente de meus magníficos olhos! (Pena não serem azuis...)

A primeira estocada

Agora que estou devidamente endoutrinada, aproxima-se o primeiro passo.Que emoção. Imaginem que vejo o loiro e o loiro já me viu, e mercê do meu olhar magnético e da minha subtil adoração de pêlos e músculos, consegui que não fujisse atrás do senhor dos petit-fours. E agora?

"Sobretudo, há que perceber que género de pessoa é a ‘vítima'. É do tipo que aprecia uma graça? - se bem que a experiência me diz que não há um homem que não aprecie uma mulher com humor - é do tipo que aprecia o mistério? É do tipo que aprecia a mulher discreta? Dependendo dele, eu assumo o papel e depois é só lançar charme."

Assumir o papel? Então e se ele for do estilo de apreciar pegas de caras e eu for vegetariana? Isto é mais complicado do que eu estava à espera.

"Acima de tudo, não começar a imaginar que bom seria ter um marido assim e se os filhos vão sair ao pai ou à mãe. Não compliques, não penses, não hesites. Pensa só no agora." Não sei se consigo. Não pensar é muito complicado, já dizia o Fernando Pessoa.

"Ele voltou a reparar em ti? Olha-te?" Não! Ameaça voltar-se e perguir o homem dos petit-fours! "Aproxima-te mais ainda." Mais só se lhe saltar para o colo... "Diverte-te". Não sei se consigo. "Diverte-o", Porquê? Não sou o Circo Chen...

"O olhar nos olhos é fatal mas geralmente dá asneira: ou se atrai um homem igualmente forte com quem se choca ou um xoninhas que precisa de uma rocha a quem se agarrar." Ai. Então? Já não sei se hei-de olhar para o loiro ou para o canapé de caviar. "Queres um conselho?" Sim, mas depressa que vem lá o carrinho dos doces. "Des-sexualiza a sedução. Queres mais sedutora que o sorriso do bebé para a mãe?" Descaio-me e faço beicinho. O loiro imaginário lança-me olhar horrorizado e foge entre a multidão.

Antes de escolher outro alvo, vamos ouvir o resto da dissertação que eu interrompi. Dizíamos então que a sedução não é necessariamente sexual. "Não te esqueças que fazemos isso diariamente com os nossos pais, amigos, chefes, com o homem do talho, o desconhecido ao telefone. É uma questão de sobrevivência social, afectiva, profissional, política. A sedução é apenas uma competência social que se adquire." Pois, então porque é que toda a gente me ama, os meus amigos são dedicados, o meu chefe me adora, o homem do talho escolhe para mim os melhores bifes mesmo sendo eu vegetariana, e o loiro me foge?

Aprender com Sherezade

Vamos voltar atrás. Tragam-me lá o loiro outra vez. Tragam também a cobaia experiente de há bocado, lembram-se, a dos espinaferes? O que ela diz é o seguinte: "Quando te sentes atraída, o jogo deve ser muito subtil. Não entres no território dele. A sensação de ameaça é tremendamente assustadora para eles." Ai coitadinhos. "Tu não queres casar, ter filhos, arruinar a conta bancárai dele." Só se não puder. "Tu estás ali a dizer com o olhar que ele é o homem mais atraente do mundo". Se conseguir esquecer-me do george Clooney e do Brad Pitt e daquele, como é que ele se chama, o do ‘Titanic'. "Mas não vais entrar no território dele. Estás ali e ele vai poder conquistar-te e tu brincando foges. Nada pode ser sério. Deve-se despertar o instinto de caçador dele, dar espaço ao sonho e à imaginação."

Pronto, despertei a imaginação. E agora? "Tu dás o teu telefone. Mas dizes que amanhã não estás em casa. Tu não lhe telefonas. Vais-te embora logo que a coisa comece a tornar-se interessante. Aprende com Sherezade, a mais sedutora de todas as mulheres: parava a história na parte mais interessante."

Não sei porquê, mas no que toca à Sherezade acho que devia ter mais a ver com os véus. Quanto a nós, a técnica, pelo menos, já cá canta: "Quando começares a sentir que estás tão interessada nele que vais começar a fazer disparates, imagina que tens outro de quem gostas e a quem estás a trair." Eu, a trair o George Clooney? Era lá capaz... "Garanto-te que ele vai sentir essa incerteza e isso é mesmo muito sedutor. O pai da Jackie O dizia-lhe que o segredo para ser sedutora era: porta-te sempre como quem tem um segredo." Ai Meu Deus. Parece que a minha avó regressou do Além de braço dado com o Senhor O. Avancemos uma casa, de qualquer maneira, para ver no que dá.

Ser ou não ser loira

Se calhar é qualquer coisa no meu aspecto. Já lá dizia Alexandre Frota que "quem gosta de beleza interior é decorador." Afinal, para ser sedutora é preciso ser bela? "Não. É preciso ser loira." Pronto. Voltamos à vaca fria. "Eles querem todos um troféu para exibir aos amigos, porque odeiam serem passados para trás. Só escolhem uma mulher feia quando são muito inseguros, porque preferem uma feia a não terem ninguém, ou então quando gostam verdadeiramente dela, mas para isso é preciso que a conheçam desde os três anos."

Estou a ficar cada vez mais deprimida. Mas vem lá pior. "Uma relação assemelha-se muito a uma ida às compras. Quando entras numa loja, eliminas logo o que nunca te iria interessar e deixas em mente aquilo que talvez sim. Geralmente, se já tiveste muita roupa já sabes o que te ica bem e o que não te favorece, o que te aperta debaixo dos braços e o que te faz parecer mal. A vantagem está em escolher qualquer coisa que te favoreça, que seja uma mais valia, e que eventualmente dê para conjugar com outras..."

Ai eu não acredito nisto. É melhor passar a outra área. Quem se deve evitar seduzir? "Uma mulher deve saber reconhecer aquilo a que eu chamo ‘homem com cara de quem bate nas mulheres'. São homens que, não sendo homossexuais, não gostam de mulheres. Também devem evitar os mulherengos, os viciados em shots hormonais ou que precisam intensamente de atenção."

E um melga. "Um melga não percebe porque é que não seduz, porque não está atento à linguagem não-verbal, ao desviar do olhar, ao sorriso amarelo, à impaciência... O engatatão que tenta caçar quem quer que seja, é um desesperado, e ninguém quer um tipo que quer qualquer pessoa. Também se deve evitar os indisponíveis, os carentes, os que estão à procura de uma mãezinha, o nosso melhor amigo e definitivamente, os que têm mau hálito."

E o retrato-robot do sedutor? "Confiança. Atitude. Uma voz firme e pausada. Um convite para jantar. Um ‘não tenho pressa' quando lhe perguntei se não era tarde. O olhar directo. Não ter de lhe explicar tudo. A inteligência. A cultura."

E que é dele?

Pensávam que nos estávamos a esquecer deles? Pois não esquecemos. Deixámos para o fim os heróis da fita. Sim, são eles, em pessoa, os sedutores-homens. Pormenor: tivemos muito mais sedutoras confessas do que sedutores. Por que será? Porque eles odeiam falar sobre isso? Porque são supersticiosos? Porque não entregam as armas? Em todo o caso, ainda encontrámos algumas cobaias masculinas que nos contaram alguns truques.

"Em primeiro lugar, não acredito que existam truques de sedução. Acho que é nos pequenos gestos que está a verdadeira essência."

Pois, mas mais detalhado, se faz favor. "Na maior parte das vezes, uma mulher desinibida deixa um homem pronto a fazer xixi pelas pernas abaixo. Eu pessoalmente gosto, mas a maioria dos homens prefere ser ele a apalpar terreno."

E não só. Pois, mas o que é que acontece quando eles não se mexem de onde estão? "A pedido de muitas famílias, aqui ficam algumas dicas aos candidatos a sedutores: observar a presa com um olhar fixo mas desinteressado (onde é que nós já ouvimos isto). As primeiras palavras são fundamentais. Convém levar uma primeira frase ensaiada, mas com o tempo pode viver-se da imaginação. Mais fácil será pedir  um amigo comum que os apresente, embora retire um certo charme À coisa. No caso da troca de números de telefone, esperar pelo menos três dias até fazer a chamada."

Ahhhh! Socorro! Npor favor, não façam isto em casa! Estão a ver por que é que os sexos não se entendem? Porque nós ao segundo dia já lhes perdemos o respeito todo e já estamos a achar que eles não têm tomates, e eles acham que três dias é um prazo perfeitamente aceitável para marcar um reles número de telefone!

Enfim. E mais tácticas? "Como dizer o grande Mister Mourinho (já cá faltava) temos de pensar sempre em nós próprios mas adequar a estratégia ao adversário. Jogar contra o real Madrid não será o mesmo que atacar o Carcavelinhos..."

Há quem discorde: "O verdadeiro sedutor não transforma o ritual num safari! O sedutor usa de sinceridade exagerada para atingir os fins. Ataca, mas com um fim honesto.". Ai se a minha avozinha e o senhor O estivessem aqui para ouvir isto... Nota: se alguém estiver interessada, esqueça. O rapaz é casado e bem casado.

Futebol e poesia

Ser bonita ajuda? "Claro. Mas para mim o verdadeiramente importante é que beba um gin tonic enquanto fala apaixonadamente da filmografia do Tim Burton; que tenha uma voz tão sexy como o corpo da Beyoncé; e que me convide para jantar e prepare uma lasagna de camarão. Com direito a sobremesa..."

Eh... Só isso? E porque é que a maioria dos homens não faz ideia de como se seduz uma mulher? É porque se sentem ridículos, porque estão genuinamente a leste ou porque não precisam?

"Porque partem do pressuposto errado de que o objectivo do jogo é levá-la para a cama. O homem precisa de seduzir porque está na sua natureza, mas está cansado das exigências das mulheres que são funsamentadas pelos anos de repressão que viveram."

Eh lá. E que dizm os outros? "A maior parte dos homens fala de carros, futebol ou trabalho, as mulheres querem que os homens lhes recitem poesia, escrevam linhas apaixonadas e lhes falem de mundos e sonhos paralelos. Há por aí muitos homens que não têm noção nenhuma disto, mas estes arranjam uma cachopa de aldeia e casam cedo, ou morrem solteiros gastando fortunas em call-girls."

Conclusão? Como dizia uma cobaia feminina, "eu acho que a sedução mais eficaz aparece sempre como uma surpresa. É quando uma pessoa é apanhada desprevenida que as histórias de amor acontecem. E aí, não tem nada  a ver com ser loira ou morena, esperta ou burra, alta ou baixa. É um susto, um ataque de coração. Acontece. Cada vez acho mais que temos é que estar na altura certa no lugar certo."

E se nesse dia pudermos estar sem borbulhas, melhor.

 

Via Activa



publicado por olhar para o mundo às 21:03 | link do post | comentar

Segunda-feira, 19.07.10

As 10 primeiras coisas em que eles reparam

 

Claro que nem todos os homens são iguais e nem todos são atraídos pelo mesmo tipo de mulher, mas em geral podemos dizer que a primeira coisa para onde eles olham é:

- Seios - Se achavam que eles olhavam primeiro para os vossos lindos olhos para vos prescrutar o íntimo e avaliar a subconsciente e procurar indícios de alma gémea, estão a apontar demasiado lá para cima. Eles até podem passar pelos olhos, mas escorregam à velocidade da luz e só páram (quando páram) no decote. Em havendo decote, não precisa de ler o resto do artigo. Em não havendo decote, ou em não havendo decote suficientemente vertiginoso para lhes reter a atenção durante mais de dois segundos, então talvez subam (com um pequeno suspiro) em direcção aos olhos. Mas atenção: seios grandes só funcionam se a cintura for fina, se toda ela for grande, nada feito.

2 - Pernas - Há quem diga que deviam ter o primeiro lugar. Se calhar deviam. Se calhar têm. Palavras para quê.

3 - Roupa feminina - Tudo depende do que eles acham que é feminino. Basicamente, em termos de moda eles encalharam todos nos anos 80. Adoram uma mulher vestida de vermelho-fogo, com saia justa, maquilhagem à matadora, e saltos altos. E cabelo comprido, evidentemente. E loiro, evidentemente. Botas bicudas, nós amamos porque nos dão umas pernas mais compridas, mas eles odeiam, acham que vamos dar-lhes pontapés das canelas.

4 - Cabelo - Para já, odeiam cabelo curto. Desperta os fantasmas homossexuais que há neles. Gostam mais de alguma coisa onde se possam agarrar. Nós achamos que estamos despenteadas, eles acham que estamos agradavelmente selváticas. Então se se for loura, passa automaticamente para característica reparável nº1. Se não for loura, passa para nº 10 porque eles só notam que não é loura, a não ser que esteja de férias na Dinamarca. Se for loura, não interessa que seja falsa ou verdadeira, porque eles não dão por isso (não lhes interessa nada como é que o conseguimos, isso é lá connosco, só lhes interessa o facto de se ser loura). Também são incapazes de perceber se estamos ou não maquilhadas, só reparam se estamos mais giras ou menos giras. Não se sabe muito bem de onde vem este fascínio pelas louras, parece que são mais luminosas e eles sofrem todos de imensas dioptrias e dá-lhes menos trabalho assim de repente descobrir onde é que está uma loura.

5 - Altura - As baixinhas podem ser engraçadinhas mas têm logo menos poder de sedução, para já porque dão menos nas vistas, têm menos território por onde espalhar as suas qualidades, e além disso os homens são preguiçososo e não lhes apetece mexer o pescoço para olhar muito para baixo.

6 - Boca - Os homens são bastante mais pré-históricos do que nós (embora eles gostem de pensar que não) e uma boca polpuda é sinal de que se é uma boa reprodutora. Claro que isso é a última coisa que lhes passa pela cabeça (pelo menos conscientemente, e pelo menos à maioria deles que não querem ser patriarcas, ou pelo menos não neste momento). O que eles verdadeiramente apreciam é uma boca que lhes apeteça beijar. Convém que não esteja coberta de baton com um ar demasiado peganhento, que lhes desperta fantasmas de plantas carnívoras. Também convém que seja sorridente. Os homens adoram mulheres ‘divertidas', quer dizer, que não compliquem nem façam ondas quando ele quiser ficar a ver o Benfica num sábado à tarde em vez de vir passear ao Guincho.

7 - Cintura fina - Mas se for tudo fino tipo tábua de lavar, vai passar por eles como um holograma, nem vão reparar que entrou alguém na sala. Mesmo que simpatize consigo, vai tratá-la sempre como o seu irmão mais novo, dizer que é uma tipa porreira, dar-lhe palmadões nas costas, convidá-la para jogar hóquei com ele ao sábado de manhã, enganar-se no seu nome até ao fim da temporada, e gritar "remata, Zé Manel, remata!" sem quaisquer segundas intenções.

8 - Rabo - Tal como nos seios, um rabo grande só conta como qualidade se vier acoplado a uma cintura fina, coisa que para nossa desgraça raramente acontece. Se tudo for grande, vão achar que é um clone da mãezinha deles, ou da ‘mulher' do Botero que está no Parque Eduardo VII. Outra desgraça é que nós passamos o tempo a tentar diminuir a parte de trás de maneira a que caiba nas calças de ganga, e eles adoram que se tenha qualquer coisa para mostrar.

9 - Olhos - Pronto, já cá estamos. Aliás, em vez de ‘olhos' devia constar ‘pestanas'. Mas eles não olham para nós e mergulham lá dentro, como nós fazemos, não, permanecem a dar braçadas à superfície. Como são bastante básicos, não conseguem distinguir pelos seus olhos se você é uma boa alma ou uma desgraçada vingativa que lhe vai fugir com o multibanco e com o MP3 quando ele for ao bar buscar-lhe um cafezinho. Só conseguem ver se são azuis ou castanhos, grandes ou pequenos, mas basicamente nem é que reparem muito nisso, só notam vagamente se são ‘giros'. O resto das características dos olhos eles nem sabem as palavras para os descrever, o que também não interessa nada.

10 - Voz - De cama. O que se entende por voz de cama: baixa e rouca. Quem tem voz de cama geralmente fuma três maços de cigarros por dia e tem uma pele de pergaminho, mas eles não ligam muito à pele de pergaminho, desde que não se pareça que se tem 100 anos. Também não ligam muito ao facto de irmos morrer de ataque de coração antes dos 40. Do que eles gostam é de uma boa voz de cama. O que eles odeiam: uma voz estridente e alguém a rir muito alto e a contar anedotas que eles não percebem.

3 coisas a que nós ligamos...

... mas eles não.

1 - O nosso trabalho - Até podemos trabalhar num talho, se formos talhantes altas e louras, vão achar lindo, mesmo que sejam condes. Só começam a preocupar-se um bocado depois de terem ido para a cama connosco 5 vezes.

2 - Alguns quilos a mais - Claro que, se formos baleias, eles vão achar exactamente isso, que somos baleias, e aí nada feito. Mas o conceito de baleia para eles é bastante mais realista: é preciso mesmo que se seja uma baleia. Se formos apenas um bocadinho rechonchudas, vão achar lindo. Aliás, nem vão achar nada, nem dão por isso.

3 - Perfume - Nós achamos absolutamente imprescindível, passamos horas na perfumaria a tentar escolher o mais sexy, sentimo-nos nuas quando saímos de casa sem ele. Os homens só notam se tivermos despejado o frasco em cima. E estivermos nuas.

 

Via Activa



publicado por olhar para o mundo às 21:00 | link do post | comentar

Sábado, 08.05.10

George Clooney já foi considerado o homem mais sexy do mundo, mas continua a encantar com o charme da sua voz

Não é preciso um sussurro no ouvido, basta o tom certo para nos levar às nuvens. O aparelho vocal pode ser a verdadeira arma da sedução, saiba porquê.

 

Lembro-me da minha avô durante anos estar apaixonada pela voz de um lucotor de rádio, mas assim que o viu na TV caiu na desilusão. Por norma, quando alguém escuta uma voz pela rádio ou televisão, projecta logo uma imagem da pessoa - consegue imaginar o físico, a idade e até o nível cultural. E a decepção vem muitas vezes.

Também no jogo da sedução a voz tem um papel vital, mas pode haver o reverso da medalha. Vários estudos revelam que pessoas com voz atraente são mais activas sexualmente. Já as mulheres interessam-se sobretudo por homens de voz grave que têm um maior nível de testosterona. Elas podem até não saber, mas o timbre grave aumenta a probabilidade de uma bem sucedida reprodução genética.

Vozes monocórdicas captam também a atenção dos saltos altos. Segundo um estudo das Universidades da Califórnia e da Pensilvânia, citado pelo Telegraph , o timbre monótono masculino é valorizado pelas mulheres pelos valores que lhe são associados, como a independência, o poder e a confiança. Daí vozes como as de George Clooney ou Clint Eastwood serem consideradas irresistíveis.

Das 150 vozes analisadas, aquelas que foram consideradas mais sensuais pertenciam a homens que foram mais precoces a iniciar a sua vida sexual e que eram mais infiéis. Por isso, para escolher o pai dos seus filhos, pense duas vezes antes de ouvir a voz que a leva ao céu...ou não.

 

Via A vida de saltos altos



publicado por olhar para o mundo às 21:00 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Sexo na ponta da língua

Sexo, Os segredos da sedu...

As 10 primeiras coisas qu...

Sedução: Vozes que fazem ...

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...