Domingo, 23.01.11

5 dicas masculinas para arrasar na cama

 

Intimidade é bom mas nem sempre tudo corre as mil maravilhas. A visão masculina do sexo é menos afetiva do que a feminina. E é aí que as coisas se complicam: o desentendimento e a insegurança surgem e podem prejudicar o encontro amoroso. 

Como existem diferenças entre as expectativas da mulher e do homem em relação ao sexo, o melhor é cada um tentar compreender as necessidades do parceiro. Nesta hora, o melhor é conversar mesmo que apesar de anos de relacionamento haja uma barreira quando o assunto é sexo. 

"Homens têm mais facilidade em separar sexo de afetividade. Isso não é um defeito e não deveria ser visto como um problema. Pelo contrário, a objetividade pode ser a peça-chave para uma relação mais prazerosa", explica Aílton Amélio da Silva, professor de comunicação não-verbal e relacionamento amoroso da Universidade de São Paulo (USP) e autor do livro Relacionamento Amoroso (Ed. Publifolha). 

Veja a seguir a seleção de cinco atitudes masculinas que podem ajudar os casais a se darem bem na cama. As dicas foram selecionadas com a ajuda do profissional e da psicóloga Arlete Gavranic, especialista em educação e terapia sexual (SP). 

1 - Ele não liga para as imperfeições do corpo

A ideia de que uma ruga, uma gordurinha a mais ou mesmo uma estria vão interferir no desejo ou performance sexual deles é um verdadeiro mito. Eles não foram educados para se prender a detalhes. De acordo com Aílton, "o homem vê a mulher como um conjunto: rosto, seios, pernas, bumbum. Por isso não repara em pequenos defeitos". 

Aprendizado: o certo é abstrair defeitos e focar a atenção no prazer do casal. "Para isso é preciso gostar de si. Não é o corpo que chama a atenção do parceiro, mas a sensualidade da fêmea", diz Arlete. "Enquanto a beleza é sinônimo de capacidade reprodutiva para a mulher, ao homem importa apenas o sexo", conclui. Feche os olhos, sinta as mãos dele em sua pele e concentre-se (apenas!) nas sensações que esse toque lhe proporciona. Quanto mais segura você estiver, maior o prazer. 

2 - Ele quer transar, mesmo após uma briga

Que mulher nunca recebeu um convite de ir para a cama após uma briga por uma bobagem? Isto acontece porque o homem tem grande facilidade em separar a relação afetiva da sexual e ponto. "Os homens guardam menos rancor, seus desejos têm mais importância do que o desentendimento em si", afirma Aílton. 

Aprendizado: a mulher deve aprender a ser mais objetiva. "Ela deve saber dizer ‘não gostei, não concordo, vamos conversar e fazer diferente daqui pra frente’. Resolvido o problema, por que não o sexo, que é um ótimo jeito de fazer as pazes?" 

3 - Ele espera atingir o orgasmo em todas as transas

Ao contrário das mulheres, homens querem atingir o orgasmo em todas as relações. "A mulher dá mais valor ao durante do que o homem, por isso muitas vezes não se incomoda se o orgasmo não vem", diz Arlete. A ejaculação, na opinião de Aílton da Silva, é mais do que sensação de plenitude para o homem - a capacidade de chegar ao orgasmo é sinônimo de masculinidade: "Para o homem, o orgasmo é crucial. Ele precisa disso para provar que é viril". 

Aprendizado: a primeira coisa a fazer é assumir que você merece chegar lá assim como seu parceiro. "Se inicia uma relação sexual com a convicção de que tem direito ao prazer, isso ajuda você a mostrar suas reais necessidades ao parceiro, facilitando sua capacidade de alcançar o orgasmo", explica Aílton. Arlete ressalta que produtos de sex shop, como fantasias e vibradores, podem ajudar: "Mas só funciona se os produtos são erotizados dentro da cabeça da mulher. Ou seja, ela tem que se sentir competente para fazer dos brinquedos uma forma de chegar ao prazer". 

4 - Ele larga tudo por sexo

Em meio a tantas obrigações - casa, filho, trabalho - a mulher quase nunca prioriza o sexo. Já o mesmo não acontece com o homem que é capaz de parar tudo por uma transa. A mulher foi criada para ser mãe e dona de casa nunca para ser a esposa sensual, cheia de tesão. Sem contar que as mulheres relacionam o sexo ao romantismo. "Enquanto o homem quer somente o ato, a mulher precisa vivenciar um contexto, mesmo após anos de relacionamento", explica o professor. 

Aprendizado: ganhe mais tempo para você, divida as tarefas de casa e dos filhos com o parceiro. "Enquanto a mulher não tiver certeza de que tudo está sob controle, ela não se permitirá ter tempo para o sexo. Se houver a colaboração do parceiro nos afazeres domésticos ou em atividades como buscar os filhos na escola, ela ficará liberada mais cedo das suas funções e poderá se doar aos momentos de prazer como esposa", sugere Arlete. No lado psicológico, mais uma vez a fantasia sexual pode ajudar. Com o parceiro, faça de atividades rotineiras, como colocar a roupa para secar ou lavar louça, o ambiente ideal para realizar uma fantasia erótica. 

5 - Ele fala o que quer

O homem não tem pudor nenhum de dizer o que deseja. Ele costuma verbalizar durante a transa o que espera. Já "elas acham que pedir algo implica que o parceiro não está sendo bom o suficiente", ressalta Aílton. O problema é que então também passam a esperar que os homens interpretem seus sinais para realizar seus desejos - é a velha fantasia do príncipe que salva a mocinha, e que não cabe na realidade. "Hoje o casal constrói tudo junto, o crescimento profissional e pessoal dos dois está interligado. A mulher deve trazer isso ao sexo", sugere o professor. 

Aprendizado: falar, falar e... falar sempre! Problemas de relacionamento se resolvem numa boa conversa. "O diálogo é importante, mas as palavras devem ser escolhidas com cuidado, pois homens se ofendem, se sentem inseguros", ressalta Aílton. E se você é daquelas que não se imagina pedindo ao parceiro o que gostaria que ele fizesse, tente demonstrar. Coloque a mão dele onde você deseja que ele a toque, faça sons que indiquem que está gostando, troque de posição se não curtir algo... Outra abordagem são recadinhos por escrito. Arlete garante que o jogo de sedução atiça o homem e ajuda as mulheres a pedir algo específico. "Escrever ‘Gosto quando você faz isso’, ou ‘Que tal assim?’, é um jeito de revelar suas preferências e, para muitos casais, representa uma forma de erotismo", diz a psicóloga.

 

Via Bonde



publicado por olhar para o mundo às 21:03 | link do post | comentar

Domingo, 07.11.10

Está provado, eles não as entendem

 

Segundo uma nova pesquisa, homens e mulheres geralmente têm ideias completamente diferentes sobre o que exatamente ocorre na cama.

O estudo foi realizado com 5.865 pessoas na faixa etária de 14 a 94 anos, e ressalta o fato preocupante de que homens e mulheres, jovens e velhos, e até mesmo casais que estão juntos há muitos anos, não falam sobre sexo.

Os resultados apontam que os homens superestimam se sua parceira teve um orgasmo, e subestimam a sua dor. Enquanto 64% das mulheres relataram ter um orgasmo, 85% dos homens disseram que suas parceiras tiveram um. Além disso, cerca de 30% das mulheres afirmaram que o sexo era muito doloroso e, presumivelmente, os homens não sabiam disso, ou então, sendo os cavalheiros que são, teriam parado.

Segundo os pesquisadores, as pessoas lidam suas limitações sexuais com medo. Os casais não falam de sexo nem quando o relacionamento está bem, e quando as coisas estão indo mal, a comunicação é ainda pior. As pessoas não se sentem confortáveis em falar sobre suas necessidades e desejos sexuais.

Isso pode ser devido a um comportamento enraizado. A partir do momento que meninos e meninas têm cerca de 5 anos, eles são segregados em grupos de mesmo sexo. Os meninos brincam com meninos, meninas com meninas, e a sociedade impõe a mesma segregação natural quando chega a hora de falar sobre nossos corpos.

Ainda hoje, a educação sexual muitas vezes acontece em aulas com pessoas somente do mesmo sexo. A mensagem enviada é que é tabu falar sobre coisas do sexo masculino com o sexo feminino e vice-versa, de que forma que, no futuro, os casais não trocam informações.

O que podemos fazer é ensinar meninos e meninas desde cedo o que significa ser um bom amigo, como funciona cada sexo, o que é amor, como ser um bom namorado e uma boa namorada. Conversas sobre sexo não devem ser apenas entre pais e filhos.

Depois de adultos, as pessoas precisam pensar o que está por trás da relutância em falar sobre sexo. Por exemplo, pesquisas com mulheres que têm uma condição que resulta em dor quando sua vulva é tocada ou estimulada sentem que não estão sendo boas esposas. Portanto, o problema não é a dor em si, mas o medo da própria auto-percepção.

Outro exemplo é a razão pela qual os homens pedem sexo oral. Não é apenas por causa da sensação física. O pênis tem um significado incrível para o homem. Mas as mulheres não podem ser responsabilizadas por não apreciar a situação. Ainda assim, se as mulheres fazem para agradá-lo, essa honra faz com que eles se sintam muito bem.

Da mesma forma, os homens precisam entender melhor o significado maior da sexualidade feminina. A melhor saída é, claro, conversar abertamente e com franqueza. Bem como experimentar coisas novas. Os casais também têm que aceitar quando um parceiro faz uma sugestão.

Com a comunicação, ambos os parceiros podem obter o tipo de experiência sexual que querem. Por mais desconfortável que seja, o caminho é, aos poucos, começar a demonstrar suas vontades e desejos e aumentar a comunicação na cama para um vida sexual melhor

 

 

Via HipeScience



publicado por olhar para o mundo às 21:02 | link do post | comentar

Quinta-feira, 03.06.10

Sexo, as dicas das profissionais

 

Se você perguntar para uma mulher que vende sexo a razão pela qual os homens a procuram, ela provavelmente dirá: "Ora, faço o que esposas e namoradas não ousam". Mas qual será, afinal, a tática? Yasmin, uma morena de 21 anos; Marcela, loira de 23; Ana, 29 anos e 1,75m; e Grazieli, de apenas 18 anos e 59 kg revelam seus segredos para enlouquecer o rapaz. Confira:

Preliminares
"Um bom jeito de iniciar uma transa é fazer uma massagem com óleo, começando nas costas e passando pelo corpo inteiro", aconselha Ana Paula. "Eles gostam bastante de strip-tease e massagem tailandesa (carícia que a mulher faz passando a vulva pelo corpo do homem)", diz Yasmim. Já Marcela aposta que falar bastante sacanagem é a melhor maneira de excitá-los. "Eles adoram ouvir besteira. O que não vale é falar de trabalho e de problemas." E todas as garotas concordam: os locais que eles mais gostam de ser acariciados são o bico do peito, entre o saco e o ânus e, claro, o pênis. Aí vale tudo: mãos, língua, boca... Aliás, o sexo oral é um dos mais pedidos. Como fazer um "profissional"? Tem de ser no pênis inteiro, ensinam elas.

Posições
Essas moças são cheias de energia. Juram que em uma relação trocam até quatro vezes de posição. As mais pedidas: de quatro, de lado, de pé e o famoso 69 (quando os dois fazem sexo oral ao mesmo tempo). O tal papai-e-mamãe não costuma agradar muito. "Eles preferem coisas mais salvagens", afirma Marcela.

Fantasias
Se investigarmos com os homens qual a principal fantasia deles, a maioria responderá: transar com duas mulheres ao mesmo tempo. No entanto, nossas entrevistadas revelaram outras predileções que os moços não topam partilhar com a esposa ou a namorada. Ana conta que é muito comum seus clientes pedirem para ela se vestir de homem e usar um vibrador ou o dedo para estimular a região anal deles. Grazieli diz que às vezes o próprio cliente leva o consolo. Marcela vai além: muitos adoram levar umas boas palmadas. Mas seja cuidadosa caso decida abordar seu parceiro sobre esses temas tão delicados. Eles costumam ficar envergonhados ou mesmo agressivos, pois temem que esses desejos afetem sua masculinidade. 

O que eles mais querem

Unanimidade: todas as "consultoras" afirmaram que nove de cada dez homens que as procuram querem fazer sexo anal. "Acho que as mulheres deles não topam por causa do tabu", explica Ana. "Alguns nem querem saber de sexo vaginal, pedem para chegar logo nisso." O assunto é polêmico. A ala feminina alega sentir dor e não ter prazer nenhuma com tal prática. A dica das profissionais é usar muito lubrificante e começar bem devagar (a mulher deve assumir o controle da situação a fim de não correr o risco de se machucar). Se mesmo assim não gostar, tudo bem. Entre duas pessoas que se querem, vale o que faz bem aos dois.

 

Via Abril.com



publicado por olhar para o mundo às 21:00 | link do post | comentar

Terça-feira, 09.03.10

As mulheres na cama também cometem erros

 

Se nós não gostamos de algumas coisas que eles fazem na cama, o certo é que os homens também têm razões de queixa. A única diferença é que não falam muito sobre isso. Pior, na maioria dos casos, resolvem a coisa por outros caminhos, errados e muito menos apropriados.

De repente, admiramos-nos e questionamos-nos sobre a razão pela qual eles já não nos desejam. E depois ficamos preocupadas! Essa é que é essa...

Se nós queremos ser tratadas como umas princesas, então devemos ter a capacidade de fazer com que eles nos vejam realmente como  princesas.

As 10 queixas mais frequentes dos homens em relação às suas parceiras sexuais

 

1 - Pedir para apagar a luz antes do acto sexual. Será que não percebem que os homens gostam de ver o que está a acontecer?!  Eles gostam de olhar para o nosso corpo nu. Não interessa o quanto seja gorda, magra, com celulite, com banhas ou  sem banhas. No momento sexual o seu peito(seja pequeno ou desproporcional), não tira o prazer a quem a ama. Acredite nisto, por favor!

2 - Não seja passiva! Os homens, apesar de gostarem de ter o controlo sobre a situação, também gostam que seja você a tomar a iniciativa. Procure-o, dite as regras do jogo, actue em vez de ficar ali com as pernas "naquela" posição, à espera de um milagre. Seja mais activa!

3 - Não se retraia! Eles afirmam que não há nada pior do que uma mulher retraída na cama, com vergonha, medos e dramas. Na cama vale tudo e nada agrada mais a um homem que uma mulher decidida e desinibida na hora "H".

4 - Conversar durante o sexo. Palavrinhas e palavrões associadas ao nosso prazer, SIM! Mas, POR FAVOR, nuncaconverse sobre assuntos que não são para ali chamados! Se o fizer porque se lembrou de alguma coisa muito importante, acaba logo com a excitação toda, percebe? Isso é porque estava a pensar no que não devia, em vez de aproveitar.

5 - Ter má vontade. Minhas caras, se se começa logo a despir com má vontade, então esqueça o assunto. Mais vale ser sincera e dizer que não está para aí virada, do que ter relações contrariada. Eles vão entender e até preferir não ter. Acredite!

6 - Cuidado ao acariciar. Não seja bruta ao tocar nas partes mais íntimas (testículos), pois são muito sensíveis e pode magoar à séria.

7 - Não o condene por ele não ter conseguido retardar o orgasmo. Às vezes acontece e pode não ser por egoísmo. Por vezes é simplesmente stress ou cansaço acumulado. Por outro lado, o facto de terem relações sexuais com pouca frequência contribui muito para a ejaculação mais rápida. 

8 - Diga-lhe o que lhe dá mais prazer. Acredite que os homens se sentem muito bem ao saberem que estão a conseguir conseguir satisfazer as suas parceiras.

9 - Não seja inoportuna! Dizer-lhe logo na cama que ele está com uma barriga cada vez maior, ou recordá-lo de algum defeito(tipo mau hálito por causa da cebola que comeu na salada do jantar), só vai fazê-lo sentir-se incomodado e pode cortar logo toda a inspiração do momento. 

10 - Não insista e pare de se mover. Nós mulheres depois de atingirmos um orgasmo recuperamos rapidamente. Já os homens precisam de mais tempo para se restabelecer porque a glande fica muito sensível.  Se continuarmos a mexer-nos (à procura da nossa meta), eles podem sentir dor. Por isso, tente permanecer imóvel por alguns instantes. Seja um pouco paciente até ele estar capaz de recomeçar.

Conclusão: 

 

Mesmo que você seja uma expert nesta matéria, não está livre de cometer algum destes erros. Estes ou outros não mencionados aqui podem apagar a chama da paixão para sempre. Por isso tem bom remédio, evite-os!

Ana Areal

Via A vida de saltos altos

 



publicado por olhar para o mundo às 20:53 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Quarta-feira, 21.10.09

Os pais e o sexo

 

 Vários amigos de ambos os sexos, portanto neste caso tanto pais como mães, dizem-me que os filhos também de ambos os sexos lhes contaram quando perderam a virgindade.

Embora cá em casa o sexo esteja longe de ser pecado ou tabu, nunca imaginei essa cena da/o filha/o a vir ter connosco para celebrar a primeira queca...
Eu própria nunca fiz a participação aos meus pais da minha estreia sexual, pois por muita intimidade e abertura que haja, os pais são sempre pais e não propriamente camaradas de café.
Embora falar de sexo com os filhos seja saudável, também não lhes quero violar a privacidade. Há uma linha divisória entre a familiaridade e a privacidade que não deve ser forçada, acho eu. É um direito dos próprios filhos e uma questão de respeito da parte dos pais.
Portanto, fiquei parva com essa onda de confidências em que os pitos e pitas contam logo numa nice aos pais que estiveram no truca-truca, sem recear o habitual questionário pedagógico que compete aos pais sobre se foram responsáveis, se foi sexo seguro, se não se precipitaram, se agora vai ser sempre a bombar.
Agora esclareçam-me se vocês foram a correr contar aos vossos pais a 1ª vez que tiveram sexo e se os vossos filhos, sobrinhos ou filhos dos amigos acham assim tão cool partilhar com os pais as suas cenas de marmelada!

 

Via Intervalo para café



publicado por olhar para o mundo às 13:23 | link do post | comentar

Quarta-feira, 22.07.09

 Espera-me na cama de Putin

 

Afinal Patrizia D'Addario não mentia. A prostituta de 42 anos garantiu que tinha visitado duas vezes o primeiro-ministro italiano na sua casa. Patrizia entregou as cassetes que provam os encontros ao procurador Giuseppe Scelsi, que são agora publicadas pela revista L'Espresso. São cinco gravações diferentes, que confirmam a história que Addario tinha revelado publicamente.

 

As cassetes, nas quais se ouve perfeitamente a voz de Berlusconi, demonstram que o primeiro-ministro mentiu quando disse que nunca tinha visto Patrizia.

Uma das visitas aconteceu dia 4 de Novembro, noite da vitória de Barack Obama. D'Addario passou a noite com Berlusconi, mas não recebeu dinheiro por isso, visto que o primeiro-ministro iria ajudá-la com um projecto urbanístico que se preparava para construir em Bari.

 

Conversa:

 

Depois de jantar com várias pessoas, Berlusconi fica sozinho com Patrizia, mostra-lhe um catálogo de jóias e convida-a e esperar por ele no quarto:

- Vou tomar banho. Esperas por mim no quarto se acabares primeiro?

- Que quarto? O de Putin?

- Sim, a de Putin.

 

No final da noite, Patrizia volta ao hotel onde estava alojada e grava uma conversa telefónica com Tarantini. Explica-lhe que não recebeu dinheiro e acrescenta:

- Depois disse-me que queria voltar a ver-me com uma amiga. Quer ver-me a fazer-lhe sexo oral. Juro-te, foi exacatamente isto que ele me disse.

 

Um pouco mais tarde, Berlusconi telefona a Patrizia:

- Hoje trabalhei muito, fui a uma inauguração.

- Eu também..eu não tenho sono, só perdi a voz

- Porque? Nem gritámos..

- Eu também não gritei, não sei porque perdi a voz..

- Sabes porquê? Porque tive que tomar banho dez vezes com água gelada com o calor que tinha!

- Trabalhei muito

Via Ionline



publicado por olhar para o mundo às 16:05 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Sexo, 5 dicas para eles a...

Sexo: Está provado, eles ...

Sexo, as dicas das profis...

as mulheres também comete...

MÃE, PAI, JÁ NÃO SOU VIRG...

Espera-me na cama grande ...

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

Related Posts with Thumbnails
blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...
Posts mais comentados