Quarta-feira, 06.04.11
Berlusconi fez o negócio dos próximos 15 anos: colocou na mão de privados ao restauro do Coliseu romano
 

Coliseu romano, um dos monumentos mais visitados em todo o mundo, vai ficar nos próximos 15 anos em mãos de privados. Em troca da manutenção dos trabalhos de restauração do edifício milenar, o edifício em Roma vai ficar sob gestão do empresário Diego della Valle, dono da empresa de sapatos Tod's. O contrato é renovável e exclusivo e foi celebrado com o apoio do primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi.

Deste modo, Il Cavaliere abre portas a uma privatização do edifício, ao mesmo tempo que reforça relações empresariais com della Valle, que também é sócio dos armazéns Saks e na RCS, o grupo editor dono dos jornais Corriere della Sera El Mundo.

A restauração do anfiteatro romano custará 25 milhões de euros, mas o contrato inclui ainda a exclusividade de todos os direitos de imagem e ainda permissão de que o logotipo da Tod's passe a estar presente nas entradas e andaimes de obras a decorrer naquela que é considerada a área arquológica mais protegida em todo o mundo.

O acordo foi assinado a 27 de Janeiro, mas os termos exactos do contrato ainda não vieram a público.

 
Via Ionline


publicado por olhar para o mundo às 08:01 | link do post | comentar

Quarta-feira, 26.01.11

A tensão a que os escândalos sexuais estão a sujeitar o primeiro-ministro italiano teve ontem uma manifestação visível e pública. Silvio Berlusconi telefonou para um programa de televisão, onde se discutia o caso que envolve Ruby Rubbacuori, e insultou o apresentador: “Um programa nojento, dirigido de forma desprezível, vil e repugnante”.

 

Ruby, como se apresenta a jovem "dançarina exótica", terá sido uma das mulheres levadas para as festas privadas nas mansões do "Cavaliere" e, segundo o Ministério Público, manteve relações sexuais com o primeiro-ministro quando era ainda menor. Entretanto disse – e depois desmentiu – ter pedido cinco milhões de euros a Berlusconi em troca do seu silêncio.

“Ouvi argumentos falsos, desfasados da realidade, uma reconstrução muito longe da verdade”, atirou o primeiro-ministro italiano no comentário via telefone que interrompeu o normal decurso de L'Infidele, dirigido por Gad Lerner. O jornalista tentou várias vezes cortar o discurso a Berlusconi, com perguntas ou mesmo com comentários, mas não conseguiu parar o chefe de Governo.

“Já insultou bastante. Porque não vai antes falar com os juízes em vez de insultar?”. Lerner provocava Berlusconi, que se furta a audiências em tribunal recorrentemente. No entanto, a agressividade manteve-se e o jornalista convidou à moderação: “Como também é meu primeiro-ministro, peço-lhe que modere os termos em que fala”. Berlusconi não parou, chamou ao programa “prostíbulo televisivo” e tratou as mulheres em estúdio como "essas ditas senhoras", o que levou o apresentador a apelidá-lo de "mal-educado".

O programa é exibido na LA7, uma estação de televisão que Berlusconi não controla. Nas emissões de canais de que é dono já se viram entrevistas à própria Ruby (Canal 5) e Sabina Began (Sky TG 24), também acusada de frequentar as festas na residência de Arcore, nos arredores de Milão – ambas defenderam Il Cavaliere.

Nicole Minetti, antiga higienista dentária que Berlusconi nomeou conselheira regional da Lombardia, é a alegada proxeneta da rede, quem coordenaria a presença das jovens naqueles eventos. O primeiro-ministro também a defendeu em directo: “Nicole Minetti é uma pessoa maravilhosa, inteligente, preparada e séria”.

Corriere della Sera adianta que esta não foi a primeira vez que Silvio Berlusconi pretendeu interromper um programa em directo. A 18 de Janeiro, tentou fazer o mesmo em Ballarò, emitido na Rai 3, mas o apresentador, o jornalista Giovanni Floris, impediu a entrada no ar do primeiro-ministro, segundo o diário italiano. 

Desta vez, a oposição acusou o primeiro-ministro de "ter ultrapassado todos os limites". "O seu 'blitz televisivo' foi uma demonstração violenta da sua inadequação política e moral", disse Rosy Bindi, presidente do Partido Democrático, a maior formação da esquerda italiana

 

 

 

 

Via Público


publicado por olhar para o mundo às 19:10 | link do post | comentar | ver comentários (4)

Domingo, 13.12.09

Berlusconi Esmurrado

 

 Silvio Berlusconi, primeiro-ministro italiano, foi hoje atingido no rosto com um murro e conduzido ao hospital de San Raffaelle, na cidade de Milão.

Tudo aconteceu depois de um comício na praça do Duomo e enquanto Berlusconi estava a dar autógrafos. Um homem conseguiu ultrapassar os seguranças, esmurrou o primeiro-ministro e deixou-o com um lábio cortado e o queixo ensaguentado.

Berlusconi foi depois colocado no automóvel pelos guarda-costas, enquanto o agressor era detido.

Embora ainda não esteja confirmado, as primeiras informações indicam que o agressorsegurava uma réplica do Duomo, o edifício mais emblemático de Milão. A recordação é vendida em todos os quiosques da zona.

Segundo o jornal italiano "Corriere della Sera", um pequeno grupo de manifestantes gritava slogans e assobiava enquanto Silvio Berlusconi dava autógrafos.

Nessa altura, terá dito aos seus apoiantes: "Pintam-me como um monstro, eu não acho que seja - em primeiro lugar porque sou bonito, em segundo porque sou boa pessoa".

 

Via Ionline



publicado por olhar para o mundo às 21:39 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Quarta-feira, 22.07.09

 Espera-me na cama de Putin

 

Afinal Patrizia D'Addario não mentia. A prostituta de 42 anos garantiu que tinha visitado duas vezes o primeiro-ministro italiano na sua casa. Patrizia entregou as cassetes que provam os encontros ao procurador Giuseppe Scelsi, que são agora publicadas pela revista L'Espresso. São cinco gravações diferentes, que confirmam a história que Addario tinha revelado publicamente.

 

As cassetes, nas quais se ouve perfeitamente a voz de Berlusconi, demonstram que o primeiro-ministro mentiu quando disse que nunca tinha visto Patrizia.

Uma das visitas aconteceu dia 4 de Novembro, noite da vitória de Barack Obama. D'Addario passou a noite com Berlusconi, mas não recebeu dinheiro por isso, visto que o primeiro-ministro iria ajudá-la com um projecto urbanístico que se preparava para construir em Bari.

 

Conversa:

 

Depois de jantar com várias pessoas, Berlusconi fica sozinho com Patrizia, mostra-lhe um catálogo de jóias e convida-a e esperar por ele no quarto:

- Vou tomar banho. Esperas por mim no quarto se acabares primeiro?

- Que quarto? O de Putin?

- Sim, a de Putin.

 

No final da noite, Patrizia volta ao hotel onde estava alojada e grava uma conversa telefónica com Tarantini. Explica-lhe que não recebeu dinheiro e acrescenta:

- Depois disse-me que queria voltar a ver-me com uma amiga. Quer ver-me a fazer-lhe sexo oral. Juro-te, foi exacatamente isto que ele me disse.

 

Um pouco mais tarde, Berlusconi telefona a Patrizia:

- Hoje trabalhei muito, fui a uma inauguração.

- Eu também..eu não tenho sono, só perdi a voz

- Porque? Nem gritámos..

- Eu também não gritei, não sei porque perdi a voz..

- Sabes porquê? Porque tive que tomar banho dez vezes com água gelada com o calor que tinha!

- Trabalhei muito

Via Ionline



publicado por olhar para o mundo às 16:05 | link do post | comentar

Domingo, 07.06.09

Saramago e berlusconi

 

“Uma coisa perigosamente parecida com um ser humano, uma coisa que dá festas, organiza orgias e manda num país chamado Itália”, foi assim o começo do artigo de opinião que o Nobel português da Literatura, José Saramgo, escreveu para o diário espanhol “El País” sobre o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi.


O título do artigo de Saramago é “A coisa Berlusconi” porque segundo o escritor “não vejo outro nome que lhe poderia dar”. 

“Esta coisa, esta enfermidade, este vírus ameaça ser a morte moral do país de Verdi se um vómito profundo não o conseguir arrancar da consciência dos italianos, antes que o veneno acabe corroendo as veias e acabe destroçando o coração de uma das mais ricas culturas europeias.”

Saramago alega que os valores mais básicos da convivência humana são pisados pelo primeiro-ministro italiano e define-o como um delinquente, palavra que, segundo o escritor, tem em Itália o valor mais negativo de toda a Europa. 

O Nobel acusa Berlusconi de, para além de desobedecer a leis, criar outras para “salvaguardar os seus interesses públicos e privados, de político, empresário e acompanhante de menores” – numa clara referência às últimas notícias sobre o político italiano –, acrescentando que “há muito que a coisa Berlusconi caiu na mais completa abjecção”.

“Este é o primeiro-ministro italiano”, escreve Saramago, realçando que o seu comportamento vai manchar a música de Verdi, a acção política de Garibaldi e a Itália do século XIX, que foi um guia espiritual da Europa. E lança uma questão aos cidadãos de Itália: “Será que os italianos acabarão por permiti-lo?”

Berlusconi tem estado envolvido em vários escândalos nos últimos tempos. Primeiro foi o divórcio da mulher que o acusou de de ter relacionamentos com menores. Mais recentemente o jornal espanhol “El País” publicou fotografias de uma festa na mansão "Cavalieri" com mulheres em topless à beira da piscina e um homem nu – o antigo primeiro-ministro da República Checa, que já veio dizer que a fotografia era uma montagem. O primeiro-ministro italiano também foi acusado de utilizar aviões do Estado para transportar convidados para festas privadas.

 

Via Publico



publicado por olhar para o mundo às 11:22 | link do post | comentar

Quarta-feira, 06.05.09



O primeiro ministro italiano cometeu nova gafe durante a visita à região de Abruzzo atingida por um sismo de magnitude de 6,7 na escala de Richter, que causou perto de trezentos mortos. Segundo o jornal italiano o episódio aconteceu no dia 25 de Abril no momento da fotografia de grupo quando Silvio Berlusconi perguntou à assessora, Lia Beltrami, se a podia apalpar. “Posso palpare la signora?”, questionou o primeiro ministro. Esta gafe está a suscitar nova polémica em Itália apesar de Silvio Berlusconi também ser conhecido além fronteiras pelo politicamente incorrecto.

 

Via DN



publicado por olhar para o mundo às 13:47 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Berlusconi privatiza Coli...

Berlusconi insulta aprese...

Berlusconi esmurrado

Espera-me na cama grande ...

Saramago, a coisa e berl...

Posso palpare la signora?

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

Related Posts with Thumbnails
blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...
Posts mais comentados