Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um olhar sobre o Mundo

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Um olhar sobre o Mundo

16
Jun10

Como ver o Mundial sem o barulho das vuvuzelas

olhar para o mundo

 existe um filtro para eliminar o som da vuvuzela na televisão

 

Sound designer alemão criou filtro que neutraliza barulho das vuvuzelas durante astransmissões televisivas do Mundial-2010

 

 

Clemence Schlieweis desenvolveu um filtro áudio para neutralizar obarulho das vuvuzelas durante as transmissões dos jogos do Mundial 2010.

sound designer tirou um sample (amostra) do barulho das vuvuzelas e criou um ficheiro de som inverso com a mesma amplitude do som original. Schlieweis conta que utilizou o filtro durante "o jogo entre a Alemanha e a Austrália, no domingo à noite, e funcionou perfeitamente".

Para funcionar correctamente, o ficheiro mp3 do filtro deve serreproduzido perto das colunas do televisor, que levará a que os dois sonsse cancelem mutuamente.

O filtro está disponível para download no site de Clemence Schlieweis, por €3.

 

 

FIFA recusa proibir vuvuzelas nos estádios

 

vuvuzela tem sido alvo de críticas da parte de treinadores, jogadores, árbitros e jornalistas, dado que o barulhodificulta o seu trabalho.

Joseph Blatter, presidente da FIFA, já veio a público afirmar que não vai proibir as vuvuzelas nos estádios, porque reflectem o "ritmo e o som" de África.

09
Jun10

Calem-me essas vuvuzelas!

olhar para o mundo

Os treinadores queixam-se que não conseguem dar indicações aos jogadores. Os jogadores queixam-se que não conseguem ouvir os treinadores. Os árbitros queixam-se que não se conseguem ouvir uns aos outros. Os jornalistas queixam-se que não conseguem falar para as redacções. Há mesmo quem se queixe que a coisa pode provocar ataques de elefantes. Os médicos dizem que pode causar surdez. E agora chegou a vez do público se queixar: é insuportável ter a sensação de estar durante duas horas num engarrafamento. O som contínuo de vespeiro das malditas vuvuzelas não é apenas massacrante. Torna imperceptível as reacções do público a cada remate, golo, falhanço. Quem teve a ideia de tornar isto no “som de marca” deste Mundial não destesta apenas futebol. Odeia a humanidade. Se isto continua corremos o risco de assistir à primeira enxaqueca à escala global da história deste planeta. É com todo o respeito pelas tradições locais que deixo aqui um apelo: calem essas vuvuzelas! Aquilo só pode fazer mal ao ambiente.

 

 

Via Arrastão

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D