Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um olhar sobre o Mundo

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Um olhar sobre o Mundo

19
Jun09

As várias formas de amar!

olhar para o mundo

Amo como ama o maor

 

 amor s. m. s. m. pl.

amor (ô)(latim amor, -oris)
s. m.
1. Sentimento que induz a obter ou a conservar a pessoa ou a coisa pela qual se sente afeição ou atracção.
2. Paixão atractiva entre duas pessoas.
3. Afeição forte por outra pessoa.
4. O próprio ser que se ama. (Usado também no plural)
5. Acto sexual.
6. Brandura, suavidade.
7. Paixão ou grande entusiasmo por algo.

amores s. m. pl.
8. Namoro.
9. Tempo próprio para amar.


 

Normalmente a palavra Amor é utilizada para se referir a uma ligação emocional com alguém, que esteja disponível para receber esse sentimento amoroso e alimentá-lo para lhe dar continuidade, ou seja, fazer a manutenção da relação.

Mas Amor desdobra-se em vários significados, desde o Afecto, a Compaixão, a Atracção (sexual ou outra), a Líbido, a Paixão, o Desejo, a Conquista, etc. e assume várias formas.
Há o amor físico, aquele que nos arrebata de forma intensa, ocupando todos os recantos do nosso corpo e mente; o amor platónico, que existe num mundo paralelo do nosso cérebro e que temos como o amor ideal, aquilo que realmente desejamos, sem qualquer interesse ou espectativa; o amor materno, que não preciso de explicar, todos conhecem os sacrifícios de que uma mãe é capaz, por amor a um filho. Depois temos, não menos importantes, mas com a importância na medida do que cada um lhes atribui, o amor a Deus, o amor à Vida e outros amores.
Seja qual for o Amor que se sente (e podemos sentir vários no mesmo espaço temporal e até com a mesma pessoa), esse sentimento nem sempre exige reciprocidade. Exemplo disso são os amores em silêncio, em que um Ama sem que o outro saiba.

 
 
Quando amamos alguém, amamo-lo por tudo o que para nós representa, seja a sua forma de pensar, forma de (re)agir e que deixa que a amemos. O Amor, abstracto como é, deve ser encarado de todas estas formas e não simplesmente no aspecto romantico que lhe é atribuído.
Todos nós necessitamos de ser amados e de sentir Amor. Não importa em que fase da vida estejamos. Importa sim, amar e ser amado.
Amar esperando algo em troca é por alguns considerada uma forma prática de amar. Prática no sentido de que quem ama avalia todas possibilidades antes de embarcar nesse amor. Se achar que a relação tem pernas para andar, avança. Senão, simplesmente desiste sem sequer tentar. Chama-se Pragma a este tipo de Amor (do grego, "prática", "negócio") .
Outro tipo de Amor é o Philia, que em grego, significa altruísmo, generosidade. É aquele Amor que chega por vezes a ser doentio, em que a pessoa que Ama coloca o amado em primeiro plano em tudo, sempre, esquecendo-se dela própria. dedica-se de corpo e alma, e no meu entender perde um pouco do seu "eu".

 
Storge... É o nome da divindade grega da amizade. Este Amor vem da confiança mútua, da partilha e da cumplicidade. Dizem os entendidos que o "romance" se inicia de uma forma tão lenta e gradual, como se subissem uma escadaria, que nenhum dos dois consegue afirmar quando se iniciou. Não é o físico que importa. Não é um Amor escaldante e escandaloso, mas feito de afectos, calmo.

O Amor não deve ser entendido como algo completamente adquirido, sob pena de se extinguir, senão depois, o que nos resta?
O Amor é sim, uma fonte inesgotável de força, que nos faz querer esperar pelo dia seguinte, ou pelo próximo abraço, ou o próximo desafio.
O Amor que sentimos reflecte-se nas pessoas, nos animais, nas causas que abraçamos, naquilo que fazemos.
 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D