Domingo, 12.09.10

Alfama já não é só Fado

 

Esplanada Portas do Sol É dos espaços mais concorridos da zona de Alfama e do Castelo. Por estes dias a esplanada das Portas do Sol ganhou um novo colorido graças à dezena de oliveiras plantadas recentemente. Com a cidade de Lisboa como cenário, vale a pena sair mais cedo do trabalho para aproveitar os raios de Sol de Setembro enquanto prova um dos batidos ou sumos naturais tão afamados por aqueles lados. Os sofás pretos espalhados no terraço convidam à leitura, embalada pela música ao vivo - às quintas-feiras - ou pelos DJ que actuam ao fim-de-semana. Se a fome apertar, pode sempre pedir uma das muitas sandes - com pão feito na hora -, naquela que é uma das zonas mais turísticas da capital. Alguma vez lhe passou pela cabeça ser um estrangeiro em Lisboa? Aqui sim, é possível.

Largo das Portas do Sol, Santiago. Tel. 917 547 721 Sugestão: Salada de frango com pepino e gengibre

Esplanada Cerca Moura Poucos serão os lisboetas que não conhecem este espaço emblemático da capital. A esplanada Cerca Moura é uma das mais antigas de Lisboa. Na verdade, são dois espaços num só, já que do outro lado da rua existe uma segunda esplanada com vista para o bairro de Alfama e orio Tejo. Ideal para um fim de tarde bem passado entre amigos. Aberto até às duas da manhã.

Largo das Portas do Sol, 4. Tel. 218 874 859 Sugestão: Imperial e tosta mista

O Botequim O Botequim não é apenas um bar/restaurante. Situado no pitoresco bairro da Graça, as suas paredes escondem histórias antigas. Durante os anos 70 e 80 o espaço foi palco de inúmeras tertúlias literárias - e ponto de paragem obrigatório dos artistas da capital. Renascido este ano, é com a figura preeminente de Natália Correia que os clientes são agora recebidos, não estivéssemos nós num dos locais de eleição da poetisa e deputada. E a sua memória - e espírito - está bem presente no retrato que acolhe quem entra no salão. Restaurado, mas fiel à traça original - os tectos são trabalhados, o balcão clássico e com estatuetas espalhadas pela sala -, o novo Botequim transpira literatura - pertence à ex-editora Minotauro - e oferece uma carta recheada de petiscos e bebidas de provar e chorar por mais. Para os que procuram uma refeição mais substancial há alheira com tomate cereja e alecrim, carpaccio de muxama de atum, mas também coisas mais light, como a salada de búzios ou as tostitas de palhais com pesto de manjericão. Os preços estão ao alcance de praticamente todos os bolsos, não excedendo os 10€ por pessoa.

Largo da Graça, 79. Sugestão: Sangria de espumante e salada de ovas

Restaurante santo antónio de alfama Popular pelas suas entradas - as cascas de batata -, o restaurante Santo António de Alfama tem uma origem remota. Falamos da arquitectura e da história do edifício, que nos finais do século xix funcionava como espaço polivalente: na loja guardavam-se as montadas, no primeiro piso funcionava uma casa de pasto e no último punha-se a conversa em dia. Hoje o espaço pertence ao actor José Pedro Vasconcelos e oferece uma carta de almoços e jantares, além de um cardápio de vinhos bem composto. Saltam à vista o queijo brie panado com compota de framboesa e a morcela com puré de maçã. E isto é apenas o começo: aqui os bifes são dos pratos mais apreciados, da vazia grelhado ou do lombo. Como qualquer restaurante tradicional que se preza, não podia faltar o bacalhau, aqui gratinado com molho de tomate e brócolos.

Beco de São Miguel, 7. Tel. 218 881 328 

Sugestão: Cascas de batata

Supercalifragilistic No coração de Alfama está situado o restaurante com o nome mais impronunciável de sempre. O Supercalifragilistic, nome que apenas Mary Poppins sabia cantar. É um espaço recente, que fica a meio caminho entre um restaurante e um bar. Os pratos são passageiros - não há ementa fixa -, mas a clientela costuma gostar de mil-folhas de camarão com caril ou do empadão de bacalhau com batata-doce.

Rua dos Remédios, 98, Alfama. 

Sugestão: Cabrito

Cruzes Credo café aberto até de madrugada, com esplanada, o Cruzes Credo Café é um dos novos pontos de paragem obrigatória ali para os lados da Sé. Embora o aspecto do bar nos possa levar para outras coordenadas - os donos definem-no como uma espécie de leitaria de bairro aberta até tarde - à noite, a música e o ambiente chill out transformam-no num bar apetecível. Os preços são acessíveis, com imperiais a 1,50€ e o vinho a copo a 2,30€.

Rua das Cruzes da Sé, 29. Tel. 218 822 296 Sugestão: vinho a copo ou sangria

Tejo Bar A zona de Alfama e da Sé têm vindo a tornar-se uma óptima alternativa a um Bairro Altocada vez mais descaracterizado. Mas não é apenas de espaços novos que vive esta zona. O Tejo Bar é daqueles lugares antigos que vale a pena visitar. O mais certo é encontrar alguém a fazer uma jam session - há guitarras que qualquer um pode dedilhar - ou deixar-se encantar pelas muitas fotografias e discos antigos que preenchem as paredes. O ambiente é descontraído e familiar, e ali convivem pacificamente moradores da zona e artistas. 

Beco do Vigário, 1. Sugestão: Imperiais e vinho

Onda jazz Tal como o nome indica, aqui a música que toca mais alto é a de Nova Orleães, embora estejamos no berço do fado e, não raras vezes, as colunas debitem soul, flamenco e outras músicas do mundo. Regularmente palco de concertos de jazz, o bar recebe também espectáculos de dança e sessões de poesia musicada ao piano. Um espaço com aura de artista, instalado num antigo armazém de café e propriedade de um jornalista de francês especializado em jazz.

Arco de Jesus, 7. Tel. 218 883 242 

Sugestão: bebidas brancas

Bela Tem pouco mais de meio ano de existência, mas já é paragem obrigatória para um copo de vinho ao final da tarde a acompanhar uns petiscos à maneira, com tempero caseiro. Ao domingo há fados e à terça-feira recitais de poesia. 

Rua dos Remédios, 190

Sugestão: Sangria tinta

Santiago alquimista Há muito que os concertos e as festas do Santiago Alquimista romperam as fronteiras da capital. A casa costuma estar cheia para receber alguns dos mais promissores projectos musicais portugueses, mas também muitos nomes consagrados nacionais e estrangeiros. Para quem se passeia pela ruelas do Castelo, este é um dos espaços mais interessantes para um pé de dança. Com uma mezanine no primeiro piso, é perfeito para deitar as vistas ao palco sem braços e cabeças pelo meio. Aberto até às quatro da manhã.

Rua de Santiago, 19. Tel. 218 820 259 

Sugestão: concerto de The Wave Pictures, dia 23

Clube Ferroviário Perto de Santa Apolónia, paredes meias com a discoteca Lux, nasceu um dos bares mais badalados do momento. O Clube Ferroviário ganhou fama graças ao seu proprietário -Mikas, do Bicaense -, mas também à sua programação arrojada de concertos e DJ. Nascido das cinzas de uma associação recreativa, o Ferroviário tem noites para todos os gostos, do cinema ao ar livre às festas e performances de teatro. Nos intervalos da dança, nada como espreitar o imenso terraço, com uma vista divinal para o Tejo. Depois? Bem, depois é descarrilar até de madrugada. O Clube está aberto até às seis da manhã.

Rua de Santa Apolónia, 59. Tel. 218 153 196 Sugestão: Real Combo Lisbonense, quinta feira, dia 16

 

Via Ionline



publicado por olhar para o mundo às 10:03 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Alfama já não é só fado. ...

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...