Quinta-feira, 16.04.09

Nunca é tarde

 

 Shigeo Tokuda é o “nome de guerra” do actor pornográfico mais velho do Japão. Aos 75 anos, Tokuda não revela o seu nome verdadeiro porque a família não sabe da sua carreira na indústria do cinema pornográfico.

Nos últimos 16 anos, Tokuda participou em mais de 300 filmes pornográficos. Nalguns dos filmes em que participou, segundo a Agência Reuters, chegou a fazer sexo com mulheres mais jovens do que a sua filha, mas já passou por parceiras de várias faixas etárias, como a actriz porno mais velha do Japão, Fujiko Ito, de 72 anos.

Com 16 centímetros de vitalidade, Tokuda começou a fazer filmes porno aos 59 anos porque quis “contestar a ideia de que as pessoas comuns não fazem sexo”.

Os seus últimos filmes incluem títulos como “Proibidos os cuidados a idosos”, com a frase promocional “Não se envergonhe de envelhecer”.

Tokuda já tinha trabalhado como empregado de escritório numa agência de viagens e acabou por dedicar-se ao cinema pornográfico depois de se ter convencido, numa conversa com um produtor de cinema, de que poderia melhorar as tramas dos filmes pornográficos. Costuma interpretar papéis de cavalheiro e mestre na arte do amor.

O septuagenário disse à AFP que, para ficar em forma, vai a pé para todo o lado e faz uma dieta ovolactovegetariana. E até nem gosta de comer peixe por ser “muito trabalhoso tirar as espinhas”. Tem como hobbies a fotografia e cantar temas tradicionais japoneses. Afirma-se no seio de uma família feliz, com a mulher, dois filhos e um neto.

Tokuda revelou que a sua mulher suspeita de que ele faz papéis secundários em filmes pornográficos, mas que nunca falou do assunto com ele. A filha, no entanto, apanhou-lhe um argumento e perguntou ao pai até quando ia continuar a fazer aquilo. “Eu encerrei o assunto permanecendo calado”, contou Tokuda à AFP.

A população japonesa, como a portuguesa, está a envelhecer rapidamente: um em cada cinco japoneses tem mais de 65 anos. Os filmes da indústria porno no Japão fazem cerca de 20 mil milhões de dólares por ano naquele país e a pornografia com actores mais velhos ocupa cerca de 20 a 30% do mercado.

Ryuichi Kadowaki, presidente da distribuidora dos filmes de Tokuda, espera que esta categoria de filmes pornográficos com idosos “cresça ainda mais”. E está a tentar exportar a marca da distribuidora, Ruby, para o mercado externo – Estados Unidos e Europa.

 

Via DN



publicado por olhar para o mundo às 22:25 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Nunca é tarde .....

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...