Quinta-feira, 15.04.10



publicado por olhar para o mundo às 12:00 | link do post | comentar

Quarta-feira, 14.04.10

 

 

 

Letra

 

Trago a fisga no bolso da tras
e na pasta o caderno dos deveres
Mestre-escola, eu sei la se sou capaz
de escolher o melhor dos dois saberes

o meu pai diz que o sol i que nos faz
minha mae manda-me ler a licao
mestre-escola, eu sei la se sou capaz
faz-me faltaouvir outra opiniao

eu ati nem sequer sou mau rapaz
com maneiras ati sou bam mandado
mestre-escola diga la se for capaz
pra que lado i que me viro. pra que lado?

trago a fisga no boslo da tras
e na pasta o caderno dos deveres
Mestre-escola, eu sei la se sou capaz
de escolher o melhor dos dois saberes



publicado por olhar para o mundo às 12:00 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Terça-feira, 13.04.10

 

Letra
Alguém já me disse
Qu´esta vida são dois dias
Toca a despachar
A festa vai começar
Alguém trouxe pão
Alguém trouxe vinho
Nós trazemos música
Outros o carinho
...
Tu faz-te ao caminho

Acendam as luzes
Acendam as fogueiras
Aticem essas brasas
Retirem as cadeiras
Quero esta festa toda decorada
Com fitas de cores
E gente animada

Ouviu-se o foguete
estalando no ar
Rebentamos com a música
Quero tudo a saltar
Sorriso bem aberto
as duas mãos ao ar
Tu chega-te mais perto
Ensina-me a dançar

Menina bonita
Sentada lá no canto

Deve estar à espera
D´alguém que vem de longe
D´alguém que se atrasou
Deve estar a chegar
Ela alisou a roupa
E sorri com o olhar 

E tomaram-se nos braços
E voltaram-se no ar
E dançaram toda a noite
E acabaram por se amar
sorriso bem aberto
as duas mãos ao ar
Tu chega-te mais perto
Ensina-me a dançar

E a rapaziada
Parece já cansada
vamos todos lá abaixo
Trazê-los de mãos dadas
E podem começar
Outra vez a saltar
Outra vez a pular
A festa vai continuar
E já pode vir pra cima
As duas mãos ao ar
A vida são dois dias
E eu já sei dançar

E tomaram-se nos braços
E voltaram-se no ar
E dançaram toda a noite
E acabaram por se amar

 



publicado por olhar para o mundo às 12:00 | link do post | comentar

Segunda-feira, 12.04.10

 

Letra
A vida vai torta
Jamais se indireita
O azar persegue
Esconde-se á espreita

Nunca dei um passo
Que fosse o correcto
Eu nunca fiz nada 
Que batesse certo 

Refrão:
Enquanto esperava no fundo da rua
Pensava em ti e em que sorte era tua 
Quero-te tanto...(quero-te tanto)
Quero-te tanto...(quero-te tanto)

Do modo que a vida
È um circo de feras
E os entretantos
São as minhas esperas

Nunca dei um passo 
Que fosse o correcto
Eu nunca fiz nada
Que batesse certo

Refrão:
Enquando esperava no fundo da rua
Pensava em ti e em que sorte era a tua
Quero-te tanto...(quero-te tanto)
Quero-te tanto...(quero-te tanto)


publicado por olhar para o mundo às 12:00 | link do post | comentar

Sexta-feira, 09.04.10

Letra

Quando uma rosa morre
Outra cresce em seu lugar
Para onde o rio corre
Não é sempre o mesmo mar.

O sentido é um desvio
E a verdade um acidente
Não é sempre o mesmo rio
Não é sempre a dor que sente.

Quando uma rosa morre
Outra lua se anuncia
Não é sempre a mesma luz
Nem o mesmo fim do dia.

O sentido é um desvio
E a verdade um acidente
Não é sempre o mesmo rio
Não é sempre a dor que sente.

Quando uma rosa morre...

 



publicado por olhar para o mundo às 12:00 | link do post | comentar

Quinta-feira, 08.04.10

Letra
Infelizmente não encontrei a letra desta musica Fantástica do João Aguardela e dos Sitiados



publicado por olhar para o mundo às 12:00 | link do post | comentar

Quarta-feira, 07.04.10

Letra
Esta vida de marinheiro está a dar cabo de mim
Raparaparaparaparaparaparim

Esta vida de marinheiro está a dar cabo de mim
Raparaparaparaparaparaparim, hey!

Esta vida de marinheiro está a dar cabo de mim
Raparaparaparaparaparaparim

Foi no porto de Lisboa, a beber e a cantar
Conheci um marinheiro de quem vos vou falar
Valente marinheiro, nascido em noite de tempestade
Era só uma garrafa que deixou pela metade
Fugindo com aguardente, nenhum deixou pensar
Escolheu ser marinheiro mas não sabendo enjoar
E assim foi navegando pelos lados do Sodré
Mas dentro de uma garrafa nunca mais se perde o pé

Esta vida de marinheiro está a dar cabo de mim
Raparaparaparaparaparaparim

Esta vida de marinheiro está a dar cabo de mim
Raparaparaparaparaparaparim, ha!

Esta vida de marinheiro está a dar cabo de mim
Raparaparaparaparaparaparim

Há quem navegue de porto em porto, navegue de bar em bar
Há quem procure fazer fortuna, eu procuro naufragar
Telefonei p'ra Tóquio só p'ra te ouvir cantar
Pensei que a tua voz me pudesse animar

Esta vida de marinheiro está a dar cabo de mim
Raparaparaparaparaparaparim

Esta vida de marinheiro está a dar cabo de mim
Raparaparaparaparaparaparim

Há quem navegue de porto em porto, navegue de bar em bar
Há quem procure fazer fortuna, eu procuro naufragar
Telefonei p'ra Tóquio só p'ra te ouvir cantar
Pensei que a tua voz me pudesse animar
Telefonei p'ra Tóquio só p'ra te ouvir cantar
Pensei que a tua voz...

Yiii-ha! Yahoo! Hahaha! Yiii-ha!

Esta vida de marinheiro está a dar cabo de mim
Raparaparaparaparaparaparim

Esta vida de marinheiro está a dar cabo de mim
Raparaparaparaparaparaparim

Esta vida de marinheiro está a dar cabo de mim
Raparaparaparaparaparaparim

Esta vida de marinheiro está a dar cabo de mim
Raparaparaparaparaparaparaparaparaparaparaparim!



publicado por olhar para o mundo às 12:00 | link do post | comentar

Sábado, 03.04.10



publicado por olhar para o mundo às 12:00 | link do post | comentar

Sexta-feira, 02.04.10

Letra

Ela sorriu 
E ele foi a trás
Ela despiu-o 
E ela o satisfaz
Passa a noite 
Passa o tempo devagar
Já é dia já é hora de voltar

Aqui ao luar 
Ao pé de ti 
Ao pé do mar 
Só o sonho fica 
Só ele pode ficar

Aqui ao luar 
Ao pé de ti 
Ao pé do mar 
Só o sonho fica 
Só ele pode ficar

Ela sorriu 
E ele foi a trás
Ela despiu-o 
E ela o satisfaz
Passa a noite 
Passa o tempo devagar
Já é dia já é hora de voltar

Aqui ao luar 
Ao pé de ti 
Ao pé do mar 
Só o sonho fica 
Só ele pode ficar

Aqui ao luar 
Ao pé de ti 
Ao pé do mar 
Só o sonho fica 
Só ele pode ficar

Aqui ao luar 
Ao pé de ti 
Ao pé do mar 
Só o sonho fica 
Só ele pode ficar

Aqui ao luar 
Ao pé de ti 
Ao pé do mar 
Só o sonho fica 
Só ele pode ficar

Só o sonho fica 
Só ele pode ficar

Só o sonho fica 
Só ele pode ficar

Só o sonho fica 
Só ele pode ficar



publicado por olhar para o mundo às 12:00 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Música Portuguesa do dia:...

Música Portuguesa do dia:...

Música Portuguesa do dia:...

Música Portuguesa do dia:...

Música Portuguesa do dia:...

Música Portuguesa do dia:...

Música Portuguesa do dia:...

Música Portuguesa do dia:...

Música Portuguesa do dia:...

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...
Posts mais comentados