Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Um olhar sobre o Mundo

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Um olhar sobre o Mundo

27
Fev12

A atleta mais sexy do mundo é uma lançadora (e despe-se...)

olhar para o mundo
Para além de duas saltadoras que fazem furor no campeonato sexy, há Leryn Franco: lançadora que é top model e foi ao Miss Universo (foto D.R.)


Yelena Isinbayeva parecia morta e enterrada, mas afinal não. Nos Jogos Olímpicos de Pequim ainda cumpriu o seu destino, ganhou. Depois disso, em Berlim-2009 e em Daegu-2011 estrondosos fiascos impediram-na de fazer o que já fizera em Helsínquia-2005 e Osaka-2007: levar a medalha de ouro dos Campeonatos do Mundo – e de ambas as vezes saiu da pista amachucada em lágrimas. (Pelo meio, passara por um ano sabático – para recompor o corpo e a cabeça, disse ela, não bastou...) 

Descoberta de Ronaldo no Mónaco e a nova vida onde a ginástica a escorraçou
Por essa altura, vivia no Mónaco – e treinava-se em Fórmia com Vitaly Petrov, o mago que construíra o mito que Sergey Bubka é. Ao chegar lá descobriu a paixão pelo futebol – e logo encontrou o seu ídolo: Cristiano Ronaldo. A desilusão fê-la dar volta à vida. Há menos de um ano largou Petrov, regressou a Volgogrado e a Yevgeny Trofimov, treinador que lhe abriu caminho ao paraíso quando a escorraçaram da ginástica olímpica por ser alta de mais – e quinta-feira em Estocolmo saltou 5,01 metros, recorde mundial em pista coberta, o 28º da sua carreira...

(Darya Klishina) A saltar sem vara, a mais bela russa desde Anna Kournikova
Não, Isinbayeva não precisava de tanto para se tornar no que já deve ser: a maior atleta mundial de toda a história. E legião de fãs mais acirrados ainda lhe juntam outro ponto: ser a saltadora mais sexy do Planeta. Isso é que provavelmente não é...

E provavelmente não é porque nos saltos há Darya Klishina. Que em Paris-2011 roubou a Naide Gomes a medalha de ouro nos Europeus de pista coberta – quando já era vice-recordista mundial de juniores no comprimento e dela já se falava como a mais bela atleta russa mais bela desde Anna Kournikova. 

Se a Mattel fizesse Barbie atleta teria a cara e o corpo de Darya Klishina 
Quando ela explodiu a mais de sete metros, cronista escreveu no The Telegraph: «Se a Mattel quisesse criar versão atlética da sua Barbie teria, certamente, a cara e o corpo de Darya». Ah! Isinbayeva nunca aceitou sequer negociar proposta para posar nua (chegou a correr rumor de que a Playboy poderia dar-lhe um milhão de dólares para a estrelar nas suas páginas, mas que o seu agente lhes cortou cerce a hipótese) e o ensaio mais artístico que fez só o fez porque foi desafiada por um ícone da fotografia, o alemão Thomas Buchwalder. 

Fez ensaio nua só com véu e juntou-se a Sharapova, Woods e Nadal... 
Estudante de marketing na Universidade de Moscovo, fechou a licenciatura com tese cujo título não deixava nenhuma margem de dúvida: A Atleta Profissional como um Produto de Propaganda no exemplo de Darya Klishina. Estudou-se a ela própria, concluiu que a sensualidade também pode ser forma de rendimento – e fez fotos em lingerie para revista russa e também arrastou esse seu à Sport Illustrated em fato de banho. (E mal passou os sete metros, entregou a gestão da sua carreira à IMG, a empresa americana que trata da carteira de alguns principais desportistas mundiais (e não só), de Boris Becker a Rafael Nadal, de André Agassi a Roger Federer, de Anna Kournikova a Maria Sharapova, de Ian Thorpe a Tiger Woods, de Justin Timberlake a Tyra Banks.)

(Allison Stokke) O fenómeno que nasceu de foto no blog de um amigo 
Claro, pelas imagens lá de baixo vê por que Isinbayeva não pode ser a saltadora mais sexy do mundo. E vê-se mais, vê-se que provavelmente nem sequer é a saltadora à vara mais sexy do Mundo porque no salto à vara há Allison Stokke – que está a meio metro dela em marca. 

Até meados de 2007, era uma discreta esperança de um colégio de Newport, na Califórnia – apesar de já ter conseguido o melhor resultado americano sub-16. (Dois anos antes, numa competição falhara o colchão – e ao cair, desamparada, sobre o cimento do rebordo da pista, fraturou uma perna. Mas nem isso a afastara do sonho...) Um amigo tinha um blog – e pôs lá foto dela a preparar um salto, ajeitando o cabelo, sorrindo. Virou fenómeno – num abrir e fechar de olhos. 

Ameaça do pai com medo do assédio, não a fotos sensuais (e nua então...)
Tinha 17 anos e não gostou de ver a imagem dela a passar, viral, por uma imensidão de sites e blogs, a sua conta no My Space invadida por gente em desvario – pedindo-a até em casamento: «É incrível, trabalho tanto para ter sucesso no atletismo, ninguém nota... Olham para uma fotografia minha e é uma loucura...» (OK, mas foi por causa disso, que, logo depois, recebeu bolsa de estudo para Berkeley, para a famosa California University – e foi, feliz e ontente, tirar sociologia.)

Sem perca de tempo, o pai, advogado, ameaçou sites e blogs mais ousados na apreciação da filha, e deixou claro o aviso: «Se, por causa das imagens de Allison que espalharem notarmos qualquer espécie de assédio ou perseguição, são todos processados» - e alguns retiraram de pronto as fotos dela. Era inevitável: de várias revistas saltaram convites para ensaios sexies – e ela a nenhum deu resposta, continua a não dar... (E nua, então, que ninguém se atreva, parece bradou o pai a sete ventos.)

(Leryn Franco) Afinal há outra, é top model e dividiu com Irina a Sports Illustrated
Pois, é verdade: já não nos saltos, mas nos... lançamentos ainda há Leryn Franco. Tem 30 anos, representou o Paraguai nos JO de Atenas e de Pequim (onde saltou para a ribalta por causa da notícia de um fugaz romance com o sérvio Novak Djokovic, o tenista que jogara torneio com uma camisola do... Benfica, lembram-se?) – e vai a caminho dos de Londres.

Em 2006, três anos depois de se estrear numa grande competição internacional, os Mundiais de Paris, participou no concurso Miss Universo – e lançou calendário em poses sensuais que arrasou o mercado nacional. 

A Ask Men colocou-a entre as 99 Mulheres Mais Desejadas do planeta, ganhou ainda mais fama como modelo de lingerie – e em 2100 a Bleacher Report pô-la em primeiro lugar na lista das 100 Atletas Mais Quentes de Todos os Tempos. Meses depois, a SI abriu-lhe as páginas da edição de fatos de banho em que a capa foi... Irina Shayk, namorada de Cristiano Ronaldo.

 

Retirado de A Bola

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D