Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um olhar sobre o Mundo

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Um olhar sobre o Mundo

13
Mar09

Nasceu para salvar a vida do irmão

olhar para o mundo

 Javier é ainda um bebé de colo mas já salvou a vida do irmão mais velho, Andrés. A transfusão de sangue do cordão umbilical do primeiro bebé geneticamente seleccionado em Espanha foi bem sucedida, ajudando o irmão a vencer uma forma de anemia congénita.

“O pequeno Andrés logrou superar a enfermidade, graças à transfusão de sangue do cordão umbilical do irmão”, revelou a Junta da Andaluzia, em Espanha. Javier, de cinco meses, nasceu em Outubro fruto de uma fertilização “invitro” de um embrião limpo do defeito genético que afectava o irmão mais velho.

O transplante de medula, efectuado a 23 de Janeiro no Hospital Virgem do Rocio, em Sevilha, permitiu a André superar a doença, uma  beta-talassemia maior, a forma mais grave de anemia devido a uma anormalidade dos genes da hemoglobina.

Andrés, que de momento faz apenas visitas de rotina ao hospital, já não precisa das transfusões sanguíneas que antes o mantinham vivo. “Podemos falar de cura da doença, dado que há aproximadamente um mês e meio que a criança não necessita submeter-se a uma transfusão”, disse fonte do hospital Virgen del Rocío de Sevilla, citada pelo jornal “Voz de Galícia”, em Espanha.

"Aceitou o transplante perfeitamente", disse em conferência de imprensa um dos médico responsáveis pelo procedimento, José María Pérez Hurtado. “Andrés está muito contente. Recuperou o gosto de brincar, de comer. Isto mudou-lhe a vida”, disse a mãe das crianças, em declaração à Rádio Nacional Espanhola, reproduziras pela Agência France Press.

"Os sonhos realizam-se, mas há que ter fé e trabalhar muito”, argumentou Guillermo Antiñolo, director da Unidade de Genética, Reprodução e Medicina Fetal do hospital Virgen del Rocío. "Queremos deixar uma mensagem clara: esta técnica tem muitas possibilidades de êxito para enfermidades muito concretas, de base genética. Para as leucemias, por exemplo, as possibilidades reduzem para metade", acrescentou, em declaração ao jornal “El Mundo”.

 

Via Diario de Noticias

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D