Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um olhar sobre o Mundo

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Um olhar sobre o Mundo

11
Mar11

Quando a fantasia sexual vira traição?

olhar para o mundo
Quando a fantasia sexual vira traição


Tirar os pés do chão e pensar em outros homens - sejam eles celebridades ou amigos próximos - nem sempre é sinal de que a fidelidade ao seu parceiro está sendo deixada de lado.

 

Se analisarmos as fantasias pelo lado bom, ela ajuda a apimentar a relação e a melhorar o envolvimento com o parceiro.

 

Na verdade, as fantasias são mais comuns do que se imagina. "Pode ser algo até saudável. Quando a fantasia for esporádica não representa ameaça para a relação. O problema surge quando uma pessoa passa a querer realizar esse desejo com outra pessoa que não a parceria, o que muda totalmente o quadro", alerta o psicólogo e psicoterapeuta Marcelo Toniette.

Ter uma fantasia não significa necessariamente uma atração. A fantasia remete-se mais a um aspecto subjetivo, sendo que a atração já parte para algo mais físico, mais intenso. "Desse modo, fantasiar é imaginar, criar mentalmente situações que nos gerem sensações das mais diversas. Cada pessoa tem uma forma e intensidade própria de praticá-la. E utilizar este recurso pode fortalecer ainda mais a intimidade e a felicidade do casal", garante o psicoterapeuta.

 

E quando a mulher para de fantasiar e passa a sentir atração física por outro homem, já é indício de que algo não anda bem no relacionamento. Segundo o especialista, a traição, de certo modo, acontece antes mesmo de uma atração física por outra pessoa. "Muitas vezes essa atração surge quando a relação já está desgastada, ou mesmo atravessa um momento de crise, e os parceiros não se dão conta de que é longa a distância entre eles", comenta.

O psicólogo diz ainda que quando este distanciamento não é resolvido por ambos, um dos parceiros procura uma alternativa - entrega-se à atração por outra pessoa como meio de encontrar a satisfação - quebrando o contrato de fidelidade firmado no início do relacionamento.

 

"A atração sexual por outra pessoa mostra que já passou da hora de o casal procurar novas possibilidades que favoreçam a relação". E esclarece: "Quando se percebe um aumento na frequência e na intensidade da atração, o casal precisa tomar fôlego e lidar com a situação, a fim de encontrar formas de fortalecer a relação, caso este seja o desejo dos dois. Caso contrário, é preciso analisar se este não é momento certo de cada um trilhar caminhos distintos", orienta Toniette.

 

Via Vila Dois

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D