Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um olhar sobre o Mundo

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Um olhar sobre o Mundo

04
Jun09

Bing censura sexo na net

olhar para o mundo

Bing censura sexo

 

O novo motor de pesquisa da Microsoft, Bing, a última arma de arremesso da empresa liderada por Steve Ballmer contra o Google , revela uma atitude no mínimo neurótica quando se trata de pesquisar conteúdo pornográfico.

Enquanto que os utilizadores nos Estados Unidos, Reino Unido e Austrália podem fazê-lo livremente e até ver na página de resultados conteúdo sexualmente explícito, na Índia, China e Alemanha, qualquer pesquisa com a palavra "sexo" devolve o seguinte resultado: "A pesquisa sexo poderá devolver conteúdo sexualmente explícito. Para obter resultados altere os termos da sua pesquisa". E o resto da página surge em branco.

Ao contrário do que acontece noutras versões do motor da Microsoft , como por exemplo na portuguesa, não é possível alterar as configurações de base no sentido de fazer com que o Bing devolva conteúdo de cariz pornográfico.

Na medida em que é extremamente fácil escolher uma outra versão para realizar uma pesquisa e desta forma evitar as restrições - um indiano poderá facilmente pesquisar como se estivesse nos Estados Unidos -, o que pretende afinal a Microsoft?

Satisfazer os governos, respeitando as diversas legislações em vigor é a razão apontada por diversos blogueres. Claro que a facilidade com se pode mudar de versão e desta forma contornar eventuais limitações, também é vista como uma falha técnica que a Microsoft terá reparar em breve.

Bing show porno

A possibilidade de pré-visualizar vídeos na página de resultados, funcionalidade apresentada como vantagem comparativa em relação ao Google, também está a suscitar polémica.

Com efeito, uma pesquisa na versão norte-americana utilizando como critério a palavra "sex" (sexo), devolve mais de dois milhões e meio de vídeos que poderão ser pré-visualizados sendo apenas necessário posicionar o rato sobre cada um deles.

Ora, tendo em conta a facilidade com que qualquer utilizador (crianças incluídas) poderá alterar as configurações dos filtros que limitam o acesso aos conteúdos considerados pornográficos, alguns peritos em segurança defendem que a Microsoft terá de fazer muito melhor para impedir o acesso de menores a este tipo de conteúdos.

 

Via Expresso

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D