Domingo, 23 de Janeiro de 2011

5 dicas masculinas para arrasar na cama

 

Intimidade é bom mas nem sempre tudo corre as mil maravilhas. A visão masculina do sexo é menos afetiva do que a feminina. E é aí que as coisas se complicam: o desentendimento e a insegurança surgem e podem prejudicar o encontro amoroso. 

Como existem diferenças entre as expectativas da mulher e do homem em relação ao sexo, o melhor é cada um tentar compreender as necessidades do parceiro. Nesta hora, o melhor é conversar mesmo que apesar de anos de relacionamento haja uma barreira quando o assunto é sexo. 

"Homens têm mais facilidade em separar sexo de afetividade. Isso não é um defeito e não deveria ser visto como um problema. Pelo contrário, a objetividade pode ser a peça-chave para uma relação mais prazerosa", explica Aílton Amélio da Silva, professor de comunicação não-verbal e relacionamento amoroso da Universidade de São Paulo (USP) e autor do livro Relacionamento Amoroso (Ed. Publifolha). 

Veja a seguir a seleção de cinco atitudes masculinas que podem ajudar os casais a se darem bem na cama. As dicas foram selecionadas com a ajuda do profissional e da psicóloga Arlete Gavranic, especialista em educação e terapia sexual (SP). 

1 - Ele não liga para as imperfeições do corpo

A ideia de que uma ruga, uma gordurinha a mais ou mesmo uma estria vão interferir no desejo ou performance sexual deles é um verdadeiro mito. Eles não foram educados para se prender a detalhes. De acordo com Aílton, "o homem vê a mulher como um conjunto: rosto, seios, pernas, bumbum. Por isso não repara em pequenos defeitos". 

Aprendizado: o certo é abstrair defeitos e focar a atenção no prazer do casal. "Para isso é preciso gostar de si. Não é o corpo que chama a atenção do parceiro, mas a sensualidade da fêmea", diz Arlete. "Enquanto a beleza é sinônimo de capacidade reprodutiva para a mulher, ao homem importa apenas o sexo", conclui. Feche os olhos, sinta as mãos dele em sua pele e concentre-se (apenas!) nas sensações que esse toque lhe proporciona. Quanto mais segura você estiver, maior o prazer. 

2 - Ele quer transar, mesmo após uma briga

Que mulher nunca recebeu um convite de ir para a cama após uma briga por uma bobagem? Isto acontece porque o homem tem grande facilidade em separar a relação afetiva da sexual e ponto. "Os homens guardam menos rancor, seus desejos têm mais importância do que o desentendimento em si", afirma Aílton. 

Aprendizado: a mulher deve aprender a ser mais objetiva. "Ela deve saber dizer ‘não gostei, não concordo, vamos conversar e fazer diferente daqui pra frente’. Resolvido o problema, por que não o sexo, que é um ótimo jeito de fazer as pazes?" 

3 - Ele espera atingir o orgasmo em todas as transas

Ao contrário das mulheres, homens querem atingir o orgasmo em todas as relações. "A mulher dá mais valor ao durante do que o homem, por isso muitas vezes não se incomoda se o orgasmo não vem", diz Arlete. A ejaculação, na opinião de Aílton da Silva, é mais do que sensação de plenitude para o homem - a capacidade de chegar ao orgasmo é sinônimo de masculinidade: "Para o homem, o orgasmo é crucial. Ele precisa disso para provar que é viril". 

Aprendizado: a primeira coisa a fazer é assumir que você merece chegar lá assim como seu parceiro. "Se inicia uma relação sexual com a convicção de que tem direito ao prazer, isso ajuda você a mostrar suas reais necessidades ao parceiro, facilitando sua capacidade de alcançar o orgasmo", explica Aílton. Arlete ressalta que produtos de sex shop, como fantasias e vibradores, podem ajudar: "Mas só funciona se os produtos são erotizados dentro da cabeça da mulher. Ou seja, ela tem que se sentir competente para fazer dos brinquedos uma forma de chegar ao prazer". 

4 - Ele larga tudo por sexo

Em meio a tantas obrigações - casa, filho, trabalho - a mulher quase nunca prioriza o sexo. Já o mesmo não acontece com o homem que é capaz de parar tudo por uma transa. A mulher foi criada para ser mãe e dona de casa nunca para ser a esposa sensual, cheia de tesão. Sem contar que as mulheres relacionam o sexo ao romantismo. "Enquanto o homem quer somente o ato, a mulher precisa vivenciar um contexto, mesmo após anos de relacionamento", explica o professor. 

Aprendizado: ganhe mais tempo para você, divida as tarefas de casa e dos filhos com o parceiro. "Enquanto a mulher não tiver certeza de que tudo está sob controle, ela não se permitirá ter tempo para o sexo. Se houver a colaboração do parceiro nos afazeres domésticos ou em atividades como buscar os filhos na escola, ela ficará liberada mais cedo das suas funções e poderá se doar aos momentos de prazer como esposa", sugere Arlete. No lado psicológico, mais uma vez a fantasia sexual pode ajudar. Com o parceiro, faça de atividades rotineiras, como colocar a roupa para secar ou lavar louça, o ambiente ideal para realizar uma fantasia erótica. 

5 - Ele fala o que quer

O homem não tem pudor nenhum de dizer o que deseja. Ele costuma verbalizar durante a transa o que espera. Já "elas acham que pedir algo implica que o parceiro não está sendo bom o suficiente", ressalta Aílton. O problema é que então também passam a esperar que os homens interpretem seus sinais para realizar seus desejos - é a velha fantasia do príncipe que salva a mocinha, e que não cabe na realidade. "Hoje o casal constrói tudo junto, o crescimento profissional e pessoal dos dois está interligado. A mulher deve trazer isso ao sexo", sugere o professor. 

Aprendizado: falar, falar e... falar sempre! Problemas de relacionamento se resolvem numa boa conversa. "O diálogo é importante, mas as palavras devem ser escolhidas com cuidado, pois homens se ofendem, se sentem inseguros", ressalta Aílton. E se você é daquelas que não se imagina pedindo ao parceiro o que gostaria que ele fizesse, tente demonstrar. Coloque a mão dele onde você deseja que ele a toque, faça sons que indiquem que está gostando, troque de posição se não curtir algo... Outra abordagem são recadinhos por escrito. Arlete garante que o jogo de sedução atiça o homem e ajuda as mulheres a pedir algo específico. "Escrever ‘Gosto quando você faz isso’, ou ‘Que tal assim?’, é um jeito de revelar suas preferências e, para muitos casais, representa uma forma de erotismo", diz a psicóloga.

 

Via Bonde



publicado por olhar para o mundo às 21:03 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

DEOLINDA - Novo disco ac...

Orq. Gulbenkian & Orq. Ge...

UHF no Cineteatro Munici...

Bar ACERT - Café-Concerto...

Tsunamiz - I Don't Buy It

Biruta - DATAS em JULHO -...

Itinerário do Sal - ópera...

Junho traz concerto de Pe...

Sarah Nery edita EP homón...

Candeio apresentam novo s...

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

Related Posts with Thumbnails
blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...
Posts mais comentados