Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Um olhar sobre o Mundo

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Um olhar sobre o Mundo

09
Jan11

Valsa da meia-noite na Alunos do Apolo

olhar para o mundo

Valsa da meia noite e muito mais

 

A par do concerto de Ano Novo, a valsa vienense é famosa mundialmente. Em Janeiro arranca a temporada dos mais belos bailes. Por cá, na escola Alunos de Apolo, em Gaia, formámos par para aprender os passos da valsa. Está aberta a pista.

«A valsa foi das primeiras danças a juntar homem e mulher a menos de cinco centímetros», diz José António Gomes. Dançarino há 20 anos, o professor do Clube de Danças de Salão de Gaia - Alunos de Apolo prepara-se para mais uma aula dedicada à valsa: vienense e inglesa. Através da sua história vais facilmente identificar o que as distingue, além do país de origem.

Johan Strauss foi quem celebrizou a valsa vienense, inspirada nas danças camponesas tradicionais austríacas e desenvolvida depois por outros compositores. Era uma dança em quadrilha, famosa nas cortes. Já Isabel I é a responsável pelo nascimento da valsa inglesa. Numa festa de aniversário da rainha de Inglaterra, a Áustria quis presenteá-la com a sua dança típica. A monarca gostou tanto que quis aprender os passos, mas como eram muito rápidos pediu à orquestra para tocar um pouco mais devagar. Assim surgiu a valsa inglesa!

 

A diferença está precisamente no ritmo. «A valsa vienense é mais rápida, logo permite menos variações de passos. Quanto à inglesa, é mais lenta, pelo que aumenta as variantes dos movimentos corporais», explica o professor.

Está na altura de passarmos da teoria à prática. Alinhados, os pares adoptam a postura correcta: costas direitas, cotovelos ao nível dos ombros, pernas ligeiramente flectidas, cabeça levantada e pescoço esticado. «A postura não é necessária para que os passos saiam perfeitos. Mais do que a posição do corpo, é preciso interiorizar a dança, imaginá-la à sua época e contexto», diz.

A valsa inglesa rege-se por três tempos e o primeiro é o mais forte:«Um... dois, três», exemplifica José. O passo base da valsa chama-se Closed Change e consiste em três fases: o primeiro passo marca a direcção; o segundo é lateral ao primeiro; e o terceiro junta os pés e troca de peso ou de perna. Se o primeiro pé a avançar for o direito, temos um Right Closed Change. Se começarmos com o pé esquerdo, então já estamos a fazer um Left Closed Changed.

Só se considera um passo de dança quando a troca de peso acontece. Concretizado o passo, a figura que fazemos no chão é um rectângulo e se fizermos com os dois pés então já desenhamos um 'oito''.

 

Para o Marco, de 12 anos, a dança fá-lo sentir-se «maior». Já a sensação para Raquel, de 11, é de «espaço». Formam par há dois anos e contam inúmeros títulos: campeões nacionais de danças latinas, vencedores do ranking 2010 e da Taça de Portugal e vice-campeões nas mesmas categorias nas danças clássicas (onde se inclui a valsa).

Aceleramos o ritmo e a valsa vienense custa mais a entrar nos pés. Mais novos que o par anterior, a Nélia e o André concordam: «A valsa vienense é mais difícil». O professor pára a música para dar um conselho: «Não vale a pena correr, respirem». A música recomeça e os pares retomam os rodopios pelo salão, desta vez com mais leveza.

O Fábio e a Vânia, a Daniela e o Celso são um pouco mais velhos que os demais colegas e preferem o samba, o jive e a rumba, mas todos têm em comum o gosto pela dança e a maioria ambiciona tornar-se profissional. Pelo que vimos, vão no bom caminho... Um, dois, três...

ALUNOS DE APOLO GAIA

R. DA BÉLGICA, 2318 A 
CANIDELO
VILA NOVA DE GAIA

TEL. 919 839 237/ 918 534 203

WWW.APOLOGAIA.COM

 

 

Via Sol

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D