Domingo, 9 de Janeiro de 2011

Por que continuamos casadas?

 

Vocês fazem amor duas vezes por mês. Não acredite que o sexo é o elemento de sustensação de uma relação. Esse discurso é falido e ultrapassado. A boa convivência se baseia na reeducação alimentar, pilates e voluntariado social.

 

Dificilmente chegam a um consenso sobre  o argumento mais pífio sem antes passar por uma discussão azucrinante. As discussões são saudáveis e levam ao desenvolvimento do senso crítico e fuga do lugar do comum. Não tema, está no caminho certo.

 

Há uma antipatia mútua e pouco coibida entre ele e seus parentes. Espressar a opinião sobre uma tia inconveniente diante da mesma é demonstração de personalidade sincera e audaciosa. Ninguém quer um bananão do lado.

 

Excesso de trabalho, horas no computador, insistentes ligações ao celular não são álibis de uma traição. Se o seu marido não encontra tempo para a família é culpa das novas tecnologias que o transformou num escravo do mundo moderno.

 

Converter-se em uma mulher desleixada. Usar caçolão da vovó, deixar a perna cabeluda (pra não falar de outras partes) e o  cabelo seboso. É um protesto contra a ditadura da beleza. O homem deveria se orgulhar daquela que transgride a futilidade, supera a pressão de ser gostosa e e se liberta dos grilhões da vaidade.

 

Adoção de um programa de tolerância zero aos clichês domésticos como toalha molhada em cima da cama, cabelo no ralo e zapear freneticamente. É um controle de qualidade que se faz em qualquer empresa seja ela comercial ou matrimonial. Não confundir com falta de paciência.

 

Ler blogs sobre casamentos naufragados. Aqui há uma infinidade de razões para justificar essa atitude, menos a de que você está insatisfeita e infeliz. Vejamos algumas:

 

É uma maneira de se sentir bem com você mesma ao ver a desgraça alheia.

Engrossa a fila dos iconoclastas.

Casar é bom, mas rir dele é melhor ainda.

 

Via Porque continuamos casadas



publicado por olhar para o mundo às 10:00 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

DEOLINDA - Novo disco ac...

Orq. Gulbenkian & Orq. Ge...

UHF no Cineteatro Munici...

Bar ACERT - Café-Concerto...

Tsunamiz - I Don't Buy It

Biruta - DATAS em JULHO -...

Itinerário do Sal - ópera...

Junho traz concerto de Pe...

Sarah Nery edita EP homón...

Candeio apresentam novo s...

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...
Posts mais comentados