Quarta-feira, 22 de Dezembro de 2010

sexo, sexualidade, dúvidas e buscas

 

A sexualidade ainda é um assunto muito difícil de falar com leveza. Existe uma linha muito ténue entre o adequado e o vulgar, as pessoas ainda não conseguem lidar com a própria sexualidade, na verdade, ainda confundem sexualidade com sensualidade. É bem verdade que uma pessoa sensual lida melhor com a própria sexualidade, mas existe também aquelas que não têm sensualidade nenhuma e vive uma sexualidade exagerada, libertina e inconsequente.

Vejo na nova geração uma "liberdade sexual" maior que as meninas da época da minha adolescência, quero dizer que, sinto que os jovens vivenciam sua sexualidade com menos tabus. O que ainda não sei é se a percepção do que venha ser uma sexualidade saudável está bem esclarecido na "cabecinha" dessas "crianças".

Mulheres que estão entre 30 e 50 anos, tiveram uma educação sexual ainda muito repressora. Grande parte foi educada para ter sexo apenas depois do casamento, que sexo era "sujo" e de que os homens eram apenas grandes "aproveitadores" e, que ter uma vida sexual sendo solteira era "cair na boca do povo". Eu mesma vivi uma adolescência vigiada sexualmente, numa época onde o culto ao corpo teve sua explosão.

Hoje esse culto está voltado para o "corpo perfeito" no lugar da saúde e peso ideal, mas isso é outro assunto. Mas no que diz respeito ao corpo, continuamos tão confusos como no meio e no fim do século passado. Ainda esbarramos nos conceitos pré-estabelecidos pelos valores de nossos pais e os valores que a nova sociedade tem tentado estabelecer nos dias de hoje.

Nos permitiram a sentir e a dizer que sentimos "tesão", mas só pode ser por nossos "homens" e, eles ainda desejam uma "dama" na sociedade e uma "safada" na cama, mas ainda não sabem o que pensar como suas mulheres assumem esses papéis. Por que? Porque nós mulheres continuamos machistas na educação de nossos filhos homens, e fazemos pior com nossas filhas, estamos passando mensagens dúbias, mensagens muito parecidas com as que foram passadas às nossas mães.

Exatamente nesse momento de transição de comportamento sexual é que nos encontramos. Uma transição que já dura décadas, e na minha percepção durará algumas ainda. Sei que em algum tempo as mulheres saberão exatamente que comportamento emitir para ser considerada sensual, quais atitudes adequada para uma "dama" e para a "safada" sem perder o prazer de ter prazer, de seduzir e ser seduzida, de amar e ser amada. Porque nesse momento o q existe é uma confusão de pensamento, uma distorção do que é saudável e o que é nocivo nos comportamentos sexuais.

Uma mulher sensual é percebida por muitos como "fácil", e muitas mulheres realmente usam sua sensualidade de forma inadequada, utilizam o poder de sedução sem critérios pessoais, sem se preocuparem com consequências emocionais e sociais. Muitas devem se perguntar, por que devo me preocupar com que os outros pensam? Realmente não deve se preocupar, mas deve se lembrar que é uma pessoa que vive em sociedade, e que como mulher profissionalmente ativa o comportamento é prioridade, portanto é preciso ter cuidado sim de como "os outros" te percebem.

Estamos vivendo uma transição no comportamento sexual feminino. Não sabemos como nos comportar e nem mesmo como pensar, diferentemente das comportamentos bem estabelecidos no começo do século passado, onde todos sabiam quem eram as "boas moças" e as "moças de vida fácil" - deselegantes esses conceitos. O que quero dizer é que, sabíamos exatamente como nos comportarmos para sermos consideradas "damas"ou "putas". E hoje? Hoje vejo mulheres "comportadas" que trabalham como garotas de programa, e conheço outras muito sensuais cheias de grandes restrições quanto a sexualidade. 

Como psicoterapeuta de relacionamento e de sexualidade, sinto-me engatinhando no que se refere a compreensão do que é adequado e satisfatório para orientação e condução de meus pacientes. Como pesquisadora do comportamento sexual humano, sinto-me em extâse com tantas nuacias a serem estudadas. Como mulher sensual vivo a dualidade de interpretação por parte da sociedade, como mulher que ama um homem viril e sedutor vivo o desejo de fazê-lo feliz - e para isso devo ser uma "safada", e a mulher serena, doce e equilibrada que se faz necessário num relacionamento.

Temos um longo caminho pela frente, não sei como as coisas vão se definir, nem mesmo sei se viverei para ver esse novo comportamento estabelecido. Sei apenas que nesse processo de aprender um novo comportamento sexual teremos muitas dúvidas e muitas buscas.

 

Via Psicóloga LU



publicado por olhar para o mundo às 21:03 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

DEOLINDA - Novo disco ac...

Orq. Gulbenkian & Orq. Ge...

UHF no Cineteatro Munici...

Bar ACERT - Café-Concerto...

Tsunamiz - I Don't Buy It

Biruta - DATAS em JULHO -...

Itinerário do Sal - ópera...

Junho traz concerto de Pe...

Sarah Nery edita EP homón...

Candeio apresentam novo s...

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

Related Posts with Thumbnails
blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...
Posts mais comentados