Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um olhar sobre o Mundo

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Um olhar sobre o Mundo

24
Set10

Sexo: Dez minutos é suficiente?

olhar para o mundo

Consta que dois minutos de sexo é "pouco", sete é "aceitável", dez é a duração "adequada" e treze é "desejável". Mais do que isso já "é demais", dizem os especialistas. (Vídeo no fim do texto)

Antes de qualquer dissertação sobre o tema, digo-vos já: Isto é tudo muito relativo! Depois da eterna discussão sobre a importância do tamanho no que diz respeito à "hora H", veio hoje parar-me à mão um estudo publicado este verão sobre a questão da duração.

 

Dizem os senhores pesquisadores da "Society for Sex Therapy and Research", nos Estados Unidos, que dez minutos é a duração ideal para uma relação sexual. Consta que dois minutos é "muito pouco", sete minutos é "aceitável", dez minutos é "adequado" e treze é "desejável". Mais do que isso já é - diria eu em bom português - uma maçada!

Quando leio estudos destes, pergunto-me frequentemente se as pessoas que os fizeram terão uma vida sexual satisfatória ou não... é que só quem não tem mais nada que fazer (e sim, refiro-me ao que estão a pensar) é que gasta tempo e dinheiro a investigar algo que não tem, nem nunca terá, uma fórmula perfeita.

Ora pensem comigo: Quantos de nós já ficámos com um sorrisinho de orelha a orelha depois de uma famosa (espero que não levem a mal o termo, mas acho que aqui podemos chamar as coisas pelos nomes) "rapidinha"? E quantos de nós também já não nos deleitámos com longuíssimos momentos de prazer, num género de jogos sem fronteiras sexuais que duram e duram? Haverá algum que seja melhor que o outro? Eu diria que não. Cada momento é um momento.

"Sexo é muito mais do que o coito"

 

Lembro-me de uma vez ter falado com o sexólogo Júlio Machado Vaz sobre isto e ele me ter dito o seguinte: "Felizmente o sexo é muito mais do que o coito. Aquilo que nós deprimentemente chamamos de preliminares é de extrema intimidade e faz parte do sexo. Um beijo apaixonado faz milagres". E para que ninguém tenha dúvidas, explicou-me que nas centenas de casais que já acompanhou a conclusão é geral: "Quantidade não significa qualidade".

Médicos e investigadores à parte, quem a sabe toda é mesmo o cantor Sting que em tempos disse numa entrevista: "Fazer amor pode durar um dia inteiro, desde a hora em que se dá um beijo de bom dia, a sair para jantar e ir ao cinema, até ao momento em que os dois corpos se encontram, por fim, debaixo dos lençóis". Eu não diria melhor

 

 

 

Via A vida de saltos altos

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D