Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um olhar sobre o Mundo

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Um olhar sobre o Mundo

23
Set10

O triunfo do Chico-espertismo: na Faculdade sem terminar o Liceu

olhar para o mundo

Não restam dúvidas que o mundo é dos espertos. E Portugal tem dado um contributo importante. Tempos houve em que mudámos o mundo a bordo de uma Nau. Agora é mais fácil, temos o Novas Oportunidades. Perguntem ao Tomás.

 

 

No que toca à esperteza saloia ninguém nos dá lições. Portugal é uma espécie de extensão europeia da América latina à beira mar plantado. É só apanhar o barco e navegar. Aqui tudo é possível. E com os exemplos que nos chegam de quem tem responsabilidades, o que poderemos exigir? O chico-espertismo está instituído.

Expresso contou-nos esta semana a história de Tomás. Um rapaz que como tantos outros apenas queria uma oportunidade. A diferença é que enquanto os outros estudavam para a merecer o Tomás foi-se inscrever no Centro de Novas Oportunidades de Esposende. E bem. Foi esperto. Há quem compre pneus novos e quem prefira recauchutar.Há os que efectivamente estudam alguma coisa os que fazem parte processo de maquilhagem educativa em cursoJá conhecíamos o "jornalismo travestido" agora temos "o acesso ao Ensino Superior travestido".

O Tomás, que havia desistido da escola porque a Matemática era uma pedra no sapato, descalçou-se em Esposende e em meia dúzia de meses acabou o 12º ano com a pedra na mão. Como? Frequentou dois módulos (saberes fundamentais e gestão). No primeiro provavelmente ensinaram-lhe a apertar os sapatos e no segundo a gerir a semanada. Mas resultou. Parabéns. Mais um para a lista de sucessos do Ministério.

Mas o mais "divertido" foi que com esta manobra o Tomás acabou por ser oficialmente, segundo as listas do Ministério do Ensino Superior, o aluno com a mais alta nota de candidatura do país: 20 valores. Virou-se o feitiço contra o Ministério da Magia. Estou a imaginar o Tomás com a pedra na mão e um rafeiro atado a um baraço, os dois a olharem para a pauta: "está a ver Einstein? Quem é que é esperto? Olha-me sé para estes totós todos..." Terá dito o génio ao canídeo. Resta agora saber quantos entraram no Ensino Superior nas mesmas condições. Graças ao maravilhoso Novas Oportunidades.

"Acabou por entrar na faculdade, no curso de Tradução, na Universidade de Aveiro. Como a sua média não tem em conta as notas do secundário - que não terminou - e baseia-se apenas no exame nacional de Inglês, o único que teve de fazer para entrar em Tradução e onde conseguiu nota máxima" conta o Expresso. Pelo meio Tomás ainda tentou Biologia mas teve 7,4 de nota. Pois é... "como ocorre a gametogénese e mais não sei o quê, cenas bué complicadas meu...foi mau"

Penso nas pessoas da idade do Tomás que se privaram de milhares de outras coisas da sua juventude para estudarem (e bem) e poderem escolher o curso que pretendiam frequentar, muitas delas ainda com o amargo de boca do insucesso, e no que pensarão e sentirão ao ler esta notícia. E só lhes posso dizer uma coisa para as animar: ponham os olhinhos no Tomás, porque este rapaz ainda chega a Primeiro-Ministro.

 

Via 100 Reféns

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D