Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um olhar sobre o Mundo

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Um olhar sobre o Mundo

21
Jun10

sexo, gordurinhas e desejo

olhar para o mundo

Sexo, gordinhas e desejo

 

Há um certo tempo, a relação entre disfunção erétilobesidade vem sendo estudada e os resultados das pesquisas  publicados em diversos meios de comunicação mostram que, infelizmente, é duas vezes e meia mais comum aparecer em homens acima do peso.

Toda vez que me deparo com algo nessa linha, sendo boato ou notícia, sempre tento imaginar quem fez o estudo e onde ele foi executado, se os responsáveis queriam provar algo ou se ele tem um direcionamento tendencioso contra pessoas que estão acima do peso.

Como um investigativo, paranóico e sempre desconfiado gordo, compartilho com vocês os dados de um estudo do British Medical Journal, que analisou mais de 12 mil moradores da França, na faixa de 18 e 69 anos. Esse pessoal foi dividido em três grupos: um composto por pessoas de peso normal (índice de massa corporal entre 18,5 e 25); outro por indivíduos com sobrepeso (entre 25 e 30); e um formado por obesos (acima de 30).

 

Primeiramente, os resultados mostraram uma relação inversa entre peso e número de parceiros, nos dois gêneros. Isso quer dizer que, quanto mais pesado, menor o número de pessoas com as quais se relacionaram intimamente. Confirmando o que a gente já andou discutindo aqui no Papo de Gordo, a tecnologia está à serviço dos rechonchudos. Entre os obesos, cerca de 17,8% encontraram sua cara-metade pela internet. Já entre os homens que estavam somente acima do peso, a taxa foi de 14%.

Claro que não há o menor problema em como os gordinhos andam conseguindo seus parceiros, mas como eles estão se protegendo durante as relações sexuais causa muita preocupação. Entre obesos com 18 a 29 anos, a taxa de doenças sexualmente transmissíveis, as DSTs, foi cinco vezes maior, embora eles tenham tido menos parceiras que os outros participantes da pesquisa que tinham peso mais baixo.

Agora a grande sacanagem: o desejo sexual anda fraco entre aqueles que têm uns quilinhos a mais. Duas vezes mais obesos relataram desinteresse. As queixas nessa área foram 25% maiores do que entre os mais magros.

Em defesa dos gordinhos, é importante dizer que, mesmo relevando elementos importantes do comportamento desses indivíduos, existem limitações para este estudo. Dentro da pesquisa, os obesos faziam parte do grupo menor e mais velho. Além de terem menos estudo e maior risco para doenças em comparação com os demais.

 

Via Papo de Gordo

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D