Segunda-feira, 31 de Maio de 2010

"Já devia ter morrido dez vezes. Reflecti muito sobre isto. É um milagre ainda estar vivo." A frase é de Dennis Hopper e foi dita numa das suas últimas entrevistas. No entanto, o actor não se referia ao cancro na próstata que lhe foi diagnosticado em Setembro de 2009 (a causa da sua morte, na manhã de sábado, há dois dias). Hopper falava da vida de excessos do "guru da contracultura enlouquecido pela droga", como lhe chamou o escritor Peter Biskind no livro "Easy Riders, Raging Bulls: How the Sex-Drugs-and-Rock 'n' Roll Generation Saved Hollywood", que revela os hábitos pouco saudáveis do actor nos anos 60 e 70: três gramas de cocaína por dia, 30 cervejas, alguma marijuana e muitas cubas libres. Vida e obra andaram quase sempre lado a lado nas quase seis décadas que Hopper dedicou ao cinema. A linha que separa as suas interpretações da realidade fora do ecrã parece por vezes demasiado ténue. Recordamos seis momentos marcantes da sua carreira. E vida.

Anos 50: "Rebel Without a Cause" Um papel menor, em 1955, que marcou a estreia de Dennis Hopper no cinema, ao lado de James Dean, o ídolo de quem se tornaria amigo. Nas filmagens, o jovem actor foi fotografado a ler o escritor russo Constatin Stanislavski. Uma reportagem de 1959 refere Hopper como um miúdo de 23 anos em início de carreira que se "levanta às dez da manhã, lê Nietzsche, visita galerias de arte, frequenta livrarias e vê filmes estrangeiros". 

Anos 60: "Easy Rider" O seu maior legado para o cinema americano. Dennis Hopper é a personagem central da lenda "Easy Rider": realizou, montou e interpretou. Nessa época já de consumo de drogas, o seu temperamento irascível fazia estragos e houve vários choques com o co-autor Peter Fonda. O filme custou 335 mil euros e rendeu 17 milhões de euros. 

Anos 70: "Apocalypse Now" Dennis Hopper é um inesquecível repórter fotográfico que enrola a língua a falar, sujo, despenteado e totalmente louco. Qualquer semelhança com a realidade não é pura coincidência. Nessa fase Hopper estava completamente afundado em drogas e álcool. Um programa de reabilitação em 1983 terá curado o actor. 

Anos 80: "Veludo Azul - Blue Velvet" O filme-referência nos papéis de vilão que se seguiram. Mais uma vez, não há coincidências. Quem o garantiu foi o próprio Hopper, numa entrevista que deu posteriormente confessando o pedido ao realizador David Lynch: "Tens de me deixar fazer de Frank Booth [vilão do filme] porque eu sou Frank Booth."

Anos 90: "Speed - Alta Velocidade" Ao lado de Sandra Bullock e Keanu Reeves, é um Dennis Hopper reabilitado e rendido à era dos blockbusters que aparece nos cinemas em 1994. Mesmo assim, a imagem de marca persiste : é o vilão, desta vez um bombista louco e ressentido.

Anos 00: "Elegia" Baseado num romance de Philip Roth, é um dos últimos filmes em que participa. O actor interpreta o papel de um artista nova-iorquino, remetendo-nos para a faceta artística de Hopper, que foi pintor, escultor e um visionário coleccionador de arte que no início de carreira de Andy Warhol lhe comprou dois quadros por 60 euros.

 


Via Ionline



publicado por olhar para o mundo às 14:10 | link do post

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
posts recentes

DEOLINDA - Novo disco ac...

Orq. Gulbenkian & Orq. Ge...

UHF no Cineteatro Munici...

Bar ACERT - Café-Concerto...

Tsunamiz - I Don't Buy It

Biruta - DATAS em JULHO -...

Itinerário do Sal - ópera...

Junho traz concerto de Pe...

Sarah Nery edita EP homón...

Candeio apresentam novo s...

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...
Posts mais comentados