Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Um olhar sobre o Mundo

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Um olhar sobre o Mundo

06
Mai09

Os milagres do transplante de medula!

olhar para o mundo

Qual é a probabilidade de encontrar um dador de medula óssea 100% compatível com o seu bebé de dez meses, a quem foi diagnosticada uma leucemia linfoblástica aguda de tipo B com apenas seis semanas de vida? Baixa mas não impossível.

Este é o caso de Rodrigo, um bebé madeirense que encontrou numa cidadã alemã uma medula 100% compatível, através do banco internacional de dadores. Agora o bebé e os pais, Pedro e Orvídia Sousa, preparam-se para mais um desafio: o transplante marcado para o dia 29 de Maio.

"O transplante será uma nova batalha, com todos os riscos que acarreta em termos de recuperação, pois os valores imunitários vão estar baixos. Basicamente a medula do Rodrigo vai ser destruída e será substituída por células sãs que irão comandar o sistema imunológico, e que esperamos consigam eliminar qualquer célula cancerígena que ainda haja no seu corpo", explicou Pedro Sousa.

A luta de Rodrigo começou em Agosto de 2008 quando, após diagnosticada a doença, viajou da Madeira até Lisboa para dar entrada no Instituto de Oncologia Português (IPO). Não havia histórico em Portugal de um caso de leucemia linfoblástica num bebé tão pequeno - um mês e meio - e os técnicos de saúde do IPO tiveram que recorrer a ajuda internacional. A resposta veio de especialistas da Holanda, e o tratamento que Rodrigo fez foi igual ao tratamento que outro menino com as mesmas características faria noutro lugar do mundo.

Depois de vários ciclos de quimioterapia e algumas complicações, os pais decidiram lançar um repto à população madeirense para que o maior número de pessoas possível se inscrevesse no centro de dadores, já que a semelhança genética entre ilhéus poderia aumentar as probabilidades de Rodrigo encontrar alguém compatível.

Finalmente veio o "abençoado telefonema" por que tanto os pais ansiavam e a dadora, encontrada não na Madeira mas na Alemanha. Descobrir um dador não parente 100% compatível com o Rodrigo foi "o óptimo", e a esperança "fortaleceu-se", porque na maioria das vezes as compatibilidades conseguidas são de 90%, ou 95%, sendo que até mesmo os irmãos podem não ser compatíveis.

"O transplante será um passo importante para o Rodrigo ficar bem e para podermos regressar à Madeira", disse o pai do bebé, que, depois de nove meses em Lisboa com o filho e a esposa, já chama a esta cidade 'casa'.

"Neste momento, o Rodrigo está em casa, em Lisboa, faz um ano a sete de Julho. Tem sido um 'fortalhão' e todos os dias o demonstra. Apesar de estar a fazer medicação, que é um ciclo de quimioterapia de manutenção para o transplante, tem se aguentado bem".

A campanha para encontrar um dador de medula para o Rodrigo já deixou um legado "precioso": quatro mil novos potenciais dadores inscritos na Madeira, onde este número não ultrapassava a centena e meia; a alteração de procedimentos no Centro Hospitalar do Funchal para acelerar o processo de doações; o aceleramento no processo de verificação de compatibilidade; e uma mensagem de esperança para todos aqueles que estão a passar por este processo.

 

 

Longa vida para o Rodrigo

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D