Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um olhar sobre o Mundo

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Um olhar sobre o Mundo

28
Abr10

Hiperactividade e cafeina

olhar para o mundo

Hiperactividade e cafeina

 

Os cientistas já tinham concluído que o café tem propriedades que permitem prevenir algumas doenças neurodegenerativas, mas não havia estudos no âmbito de doenças como a hiperactividade e o défice de atenção. Até agora. Uma equipa de 15 investigadores do Centro de Neurociências da Universidade de Coimbra está a estudar os efeitos da cafeína no sistema nervoso central e prevê começar a realizar testes clínicos em crianças entre os nove e os 14 anos que tenham problemas como a hiperactividade e o défice de atenção.

Já foram recolhidos dados em modelos animais que "mostram a eficácia consistente da cafeína em casos de défice de atenção e hiperactividade", refere Rodrigo Cunha, líder da investigação. O investigador garante que serão administradas "cápsulas com uma libertação controlada de cafeína" para reduzir a probabilidade de ocorrerem efeitos tóxicos nas crianças. Acrescenta ainda que há "grupos crescentes de crianças incluídos para testar o benefício do consumo de pequenas doses de cafeína".

Rodrigo Cunha considera que o projecto "abre portas ao desenvolvimento de remédios mais selectivos e potentes que a própria cafeína, que, com doses muito mais baixas, imitem o que de bom faz aquela substância, anulando os problemas associados à toxicidade pelo consumo excessivo".

O estudo está a ser desenvolvido em cooperação com investigadores de Barcelona que já têm um vasto conhecimento na avaliação de crianças com este género de problemas.

 

Via ionline

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D