Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um olhar sobre o Mundo

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Um olhar sobre o Mundo

11
Abr10

A mulher do amigo é homem...então e a filha?

olhar para o mundo

A mulher do amigo é homem, então e a filha?

 

Arranjou-a bonita, sim senhor. Se me tivesse perguntado antes, dir-lhe-ia que nem pensasse em tal coisa. Porque, não me venha cá com histórias, só nos envolvemos com quem queremos envolver-nos, e não há testosterona ou lindos olhos que nos desviem do que nos convém. O amor não é nem altruísta nem desinteressado.

Por outro lado, não há nenhum mal no relacionamento em si, pois, sendo os dois adultos, pouco interessa que um seja mais adulto que o outro; é a percepção que as pessoas têm, especialmente o seu amigo e pai da menina, que constitui um problema sério. Desde já lhe digo que ele, a não ser que seja muito à frente, não vai levar a coisa a bem, nem pouco mais ou menos. Se você andasse com a mulher dele, provavelmente sentir-se-ia menos traído. É assim a natureza do homem. 

Antes de mais, certifique-se de que ela gosta mesmo de si e não está apenas a querer chatear o pai, que lhe perdoará a ela mas nunca o desculpará a si.

Se realmente a coisa é séria, vai ter de falar a sós com ele, e o mais depressa possível (se a coisa não for séria, então é um inconsciente e não precisa de conselhos, nem os merece). Não espere que lhe perdoe e aceite a coisa, mas mostre um mínimo de dignidade e aguente estoicamente a cena desagradável que fatalmente irá ocorrer. Claro que lhe vai dizer que gosta muito dela, que lutou contra a aproximação e que se sente envergonhado, mas nada do que disser anula o facto de que anda a dormir com a sua querida filha, para quem ele queria o melhor - e o melhor certamente não incluía um companheiro de farra com idade para ser pai dela. Não tente sequer a conversa de continuarem amigos, pois quem vai decidir se continuam é ele, e decidirá que não. 

Aconselho-o a mudar de bairro e a só aparecer quando tiver um filho nos braços, um lar montado e uma dedicação canina estampada no rosto. Um dia, daqui a muitos anos, pode ser que ele aceite.

A amizade está perdida; veja se a está a trocar pelo verdadeiro amor, ou vai acabar sem uma nem outro.

 

Via Ionline

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D