Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um olhar sobre o Mundo

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Um olhar sobre o Mundo

07
Abr10

iPad. O gadget de que ninguém precisa mas toda a gente quer

olhar para o mundo

O ipad.... um sucesso.

 

Se as previsões arrojadas dos analistas estiverem certas, a Apple vendeu mais de meio milhão de iPads no primeiro fim-de-semana de lançamento nos Estados Unidos. Os stocks não esgotaram e não foi preciso controlar as filas de consumidores com helicópteros, mas os números são bem superiores aos que eram apontados inicialmente - cerca do dobro. 

Só no sábado, revelou ontem a Apple, foram vendidas 300 mil unidades do portátil tablet que é simultaneamente um leitor de livros electrónicos. E quando a empresa de Steve Jobs faz um comunicado dois dias depois de uma estreia, podemos ter a certeza de que as coisas correram bem. 

"É uma óptima sensação ter lançado o iPad no mundo - vai mudar as regras do jogo", escreveu Jobs no comunicado de imprensa emitido ontem. "Os utilizadores do iPad descarregaram, em média, mais de três aplicações e um livro electrónico nas primeiras horas de utilização", revelou.

Apesar das dúvidas de muitos críticos, principalmente quanto às lacunas técnicas do aparelho e à ausência de espaço num mercado sobrelotado de smartphones e portáteis, as perspectivas dos analistas são agora melhores que em Janeiro, quando o iPad foi recebido com uma ponta de desilusão. Ontem foram vários os analistas que subiram para mais de 300 dólares o preço futuro estimado (preço-alvo) para as acções da Apple, um valor bem acima dos 235 dólares que valiam na semana passada e dos 200 registados no dia do anúncio do iPad. Desde que tirou o iPhone do bolso, em Janeiro de 2007, Steve Jobs já viu o valor das acções da sua empresa valorizarem quase 150%. 

Futuro

O sucesso do iPad vai ser testado nos próximos meses, quando surgir a segunda versão do aparelho, com Wi-Fi e 3G, e der entrada numa dezena de mercados europeus e asiáticos. Para já, os sinais são positivos. A consultora Piper Jaffray subiu as previsões de vendas de 2,8 para 5,5 milhões de unidades em 2010. A iSuppli aponta para 20,1 milhões de iPads em 2012. Até a conservadora Forrester Research espera que a Apple venda três milhões de iPads no primeiro ano. 

Nenhum outro tablet sequer chegou perto destes números. Mas também nenhuma outra empresa consegue ter publicidade gratuita, pessoas a acamparem três dias antes à porta das lojas e clientes eufóricos para serem recebidos com salvas de palmas. A estreia do iPad, como a do iPhone, poderia ter sido confundida com uma edição dos Globos de Ouro, tal era o espectáculo à sua volta. 

"O lançamento do iPad diz menos do seu sucesso e mais da proeminência da Apple na nossa cultura, escrevia ontem o analista Charlie Wolf, da Needham & Co., numa nota aos clientes citada pelo MarktWatch. "O iPad é um aparelho de que ninguém precisa, mas que toda a gente quer", concluiu. Este será o grande desafio de Steve Jobs: criar um mercado onde ele não existe. 

As enchentes nas lojas da Apple e da BestBuy no sábado foram uma prova de que a Apple mantém a aura de culto - e os números talvez fossem maiores se muitas lojas não tivessem fechado no domingo de Páscoa. Com 3100 aplicações já disponíveis na App Store, há cada vez mais empresas a anunciarem ofertas específicas, como a Marvel e a Walt Disney. Além disso, o iPad não é só para geeks. Shannon Evans, uma norte-americana do Michigan, disse à "PC World" que comprou o tablet para levar para a missa. O primeiro livro que comprou na iBook Store foi, é claro, a Bíblia.

 

Via Ionline

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D