Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Um olhar sobre o Mundo

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Um olhar sobre o Mundo

05
Mar10

A inteligência e os tachos

olhar para o mundo

Saber cozinhar aumenta a inteligência

 

Cozinhar fez crescer o cérebro humano pelo menos 20%, durante a evolução do homem, na mesma proporção em que diminuiu o intestino humano. Desde que o Homo erectus deixou de comer os alimentos crus, há 1,8 milhões de anos, a digestão é mais rápida. Em consequência, o intestino foi ficando menor, deixando espaço para que a energia se desenvolvesse noutros órgãos: o cérebro cresceu e a inteligência aumentou. Esta é a conclusão do estudo de vários cientistas de Harvard e Alabama, nos EUA, e de Liverpool no Reino Unido.


De acordo com o estudo, a digestão de alimentos crus é mais lenta. Cozinhar elimina algumas células da comida, permitindo que o estômago faça menos esforço para decompor a comida nos nutrientes de que o nosso corpo precisa. "Libertou-se energia que pôde ser usada para desenvolver a inteligência. Um cérebro maior significa um intestino mais pequeno", revelou Peter Wheeler, professor da Universidade de John Moores, em Liverpool.

Tudo começou com o primata mais antigo conhecido, o australopitecos, que saltou das árvores para a savana africana, introduzindo na sua alimentação animais que lá pastavam. A inclusão da carne, que concentra uma grande quantidade de energia, na dieta dos nossos antepassados e uma eventual queda acidental de um naco no fogo - e consequente conhecimento de que o repasto é delicioso -, foram determinantes na evolução do homem. Resta a pergunta: se nunca tivéssemos cozinhado, seríamos hoje a espécie mais evoluída?

 

Via Ionline

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D