Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2010

Sexo e gravidez

 

Estudo do Hospital de Santa Maria mostra que a sexualidade na gravidez gera muitas dúvidas e que um quarto das mães temeu os efeitos da penetração.

 

Medo de magoar o bebé, receio de um aborto espontâneo e de um parto prematuro, redução do desejo, dor, dificuldades em ter lubrificação ou em atingir o orgasmo foram os problemas mais referidos pelas mães para durante a gravidez terem reduzido o número de relações sexuais. Ainda assim, 39 por cento das mulheres disseram que tiveram relações na semana antes do parto, segundo dados recolhidos por investigadores do Hospital de Santa Maria, em Lisboa. 


O estudo conduzido pela médica Joana Rocha Pauleta, do serviço de Obstetrícia, Ginecologia e Medicina da Reprodução do Hospital de Santa Maria, agora publicado no The Journal of Sexual Medicine, contou com 188 mulheres dos 17 aos 40 anos que deram à luz nesta unidade de saúde e permitiu concluir que 25 por cento das mulheres recearam que a penetração vaginal prejudicasse a gravidez. Três das participantes suspenderam mesmo as relações sexuais até ao momento do nascimento do bebé, apesar de os médicos insistirem que numa gravidez sem riscos as relações sexuais não trazem qualquer problema. 

Joana Rocha Pauleta sublinhou em declarações ao PÚBLICO que, apesar das dificuldades, 89 por cento das mulheres não sentiram necessidade de falar com o médico sobre o problema que estavam a ter. "Em geral as pessoas em Portugal têm muita dificuldade em abordar as dificuldades sexuais e são raras as doentes que vêm ter connosco por iniciativa própria. Há muito trabalho a fazer neste campo", admitiu. A médica contou também que foram bastantes as recusas em participar no estudo anónimo, pelo que "os resultados podem ser ainda mais elevados se partirmos do princípio que as pessoas mais abertas são as que responderam". 

A perda do desejo sexual foi outro dos factores apontados por 25 por cento das mulheres e 42 por cento responderam que se sentiram menos sensuais. No que diz respeito às diferenças por trimestre, o estudo - distribuído em 2008 às mães no dia em que tiveram alta da maternidade - permitiu perceber que foi no terceiro trimestre da gravidez que houve uma maior mudança na actividade sexual, com 55 por cento das mães a dizerem que reduziu. Ainda assim, dez por cento admitiram que tiveram mais relações nesta altura. O primeiro trimestre é aquele em que as mulheres dizem ter tido uma maior actividade (45 por cento), seguido do segundo trimestre (36 por cento). 

O sexologista Abel Santos defendeu que é importante explicar ao casal que a gravidez deve ser encarada com naturalidade, mas insistiu que "forçar a sexualidade é claramente negativo e pode pôr em causa as relações pós-parto", uma altura em que "passa a existir mais um membro da família que requer muita atenção dos pais e muitas noites sem dormir". E acrescentou: "É por estes e outros motivos que o casamento é uma aventura exigente a dois que requer muito empenho e amor para ser bem-sucedido".

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 21:07 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

DEOLINDA - Novo disco ac...

Orq. Gulbenkian & Orq. Ge...

UHF no Cineteatro Munici...

Bar ACERT - Café-Concerto...

Tsunamiz - I Don't Buy It

Biruta - DATAS em JULHO -...

Itinerário do Sal - ópera...

Junho traz concerto de Pe...

Sarah Nery edita EP homón...

Candeio apresentam novo s...

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

Related Posts with Thumbnails
blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...
Posts mais comentados