Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um olhar sobre o Mundo

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Um olhar sobre o Mundo

08
Out12

Sexo, Não finja que está a gostar!

olhar para o mundo

Não finja que está a gostar!

 

Pode sair-lhe caro

 

Se fingir que fica excitada com algo que não a excita durante a relação sexual, em breve o sexo vai transformar-se num pesadelo. Exprima os seus desejos! 

Tem de revelar os seus desejos ao seu parceiro

 

O objectivo do bom sexo é deixar-se levar e ter em conta os desejos do seu parceiro, sendo que o seu parceiro tem também em conta os seus desejos e faz tudo o que a excita. É por isso que não é boa ideia ficar em silêncio e pensar que o seu parceiro vai achar que os seus desejos são estranhos ou que a vai julgar. As mulheres costumam ter mais problemas com este tipo de situações. 

Têm medo que os homens passem a vê-las como prostitutas, o que implica que não as vejam como futuras esposas. Esta situação é naturalmente indesejável porque as priva de ter prazer e faz com que passem a sentir que falta sempre algo no sexo. Por outro lado, os homens têm medo que as suas parceiras digam que não, que achem que os seus desejos são depravados ou que reajam mal. 

É sempre importante falar sobre estas questões e é por isso que aconselhamos que mostre, assim que possível, e de forma amável e agradável, o que quer, o que gostava de experimentar, o que acha que falta fazer e quais são as suas fantasias. Mesmo que a reacção inicial seja algo turbulenta, não desista e continue a explicar, ou então espere por uma ocasião mais apropriada, encarando a partilha dos seus desejos de forma diferente. 

Os preconceitos devem ser deixados à porta do quarto

 

A maioria dos preconceitos são completamente desnecessários e provavelmente vão rir-se deles mais tarde. São apenas fruto da sua imaginação e deixarão de existir se falar honestamente sobre eles com o seu parceiro. As mulheres são normalmente preconceituosas em relação ao sexo anal, esperma, garganta funda, sexo mais brusco e alguma dominação marota, por exemplo. 

Os homens não sabem como exprimir estes desejos adequadamente e por isso não os revelam, tornando-se muitas vezes infelizes e insatisfeitos com a sua vida sexual. Caros senhores, um dos maiores erros que podem cometer é trair a vossa parceira só por estarem convencidos que ela não gostaria de experimentar certas coisas. Deve perguntar-se primeiro se chegou alguma vez a dizer-lhe o que quer fazer. 

Se já o fez, analise a forma como lhe perguntou. Foi suficientemente persistente, fez as coisas certas sem a forçar a nada? Uma palavra gentil resulta sempre bem, só tem de ser paciente, especialmente se a sua parceira não for muito experiente neste tipo de assuntos ou um pouco conservadora. 

Tácticas para realizar os seus desejos mais secretos

 

Comece com uma abordagem astuta e assim não vai insultar a sua parceira, para que ela não ache que está insatisfeito com a sua vida sexual e que só consegue satisfazer-se através das suas fantasias. Também aconselhamos as mulheres a não seguirem essas linhas de raciocínio para não ficarem com a sensação que os seus parceiros já não têm interesse no sexo normal e que só ficam excitados com as coisas que ainda não fizeram com eles. 

Caras senhoras, não se trata disso; o conceito é semelhante ao da sobremesa, um ingrediente adicional para apimentar o sexo. Estas são coisas que os vossos parceiros gostam e que as querem fazer ocasionalmente. O mesmo também se aplica a si. Deve falar ao seu parceiro sobre os seus desejos e não tenha medo que ele a passe a olhar para si da forma errada. Por exemplo, diga-lhe que quer que lhe faça mais sexo oral, estendendo-o ao ânus, que gostava de experimentar sexo em público e muito mais. Não tenha vergonha dos seus desejos. 

Não os reprima e comece a fantasiar com outra pessoa. O seu parceiro só pode realizar os seus desejos se os revelar. Como já dissemos anteriormente, revelar os seus desejos exige paciência e uma abordagem e experimentação gradual. É melhor deixar que as coisas aconteçam espontaneamente e no calor da paixão. 


Retirado de Sapo Mulher

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D