Quarta-feira, 5 de Maio de 2010

Futebol e lingerie

 

A pouco mais de um mês do início do Mundial de Futebol, na África do Sul, a revista Vanity Fairapresenta uma produção especial dedicada ao acontecimento. "Playing for the world" - Jogar para o Mundo, é o nome da produção fotográfica.

Pela lente de Annie Leibovitz, as maiores estrelas do futebol mundial vestem cuecas das cores das respectivas bandeirasCristiano Ronaldo não fez a coisa por menos: ele e Drogba estão nacapa da revista norte-americana, numa produção fotográfica que conta ainda com estrelas como o brasileiro Kaká ou o camaronês Samuel Eto'o.

Com as cores nacionais literalmente estampadas na lingerie, antes que comece a confusão entre estádios, equipamentos, selecções...e o primeiro jogo a sério, a 11 de Junho.

 



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Terça-feira, 4 de Maio de 2010

Livro sobre a vida sexual de Ghandi

 

Obra está a provocar sensação, mas autor diz que entender a sexualidade do 'mahatma' é crucial para compreender a personalidade.

Passados 62 anos da sua morte, Mohandas K. Gandhi continua a fascinar os leitores em todo o mundo. Mas uma nova biografia do mahatma ("grande alma") está a causar sensação na Índia e Reino Unido, por abordar a sexualidade do fundador da Índia moderna.

Em inglês, o título do livro é Gandhi, Naked Ambition (Gandhi, Ambição Nua), mas a ideia do autor, o historiador Jad Adams, não foi a de contar episódios picantes da vida sexual do mahatma, mas tentar explicar a personalidade.

Gandhi casou aos 13 anos e sabe-se que a sua mulher, Kasturba, não era feliz. O ambicioso político fez um voto de castidade antes dos 30 anos e, afirma Adams, não há razões para duvidar que o voto foi cumprido. Obcecado com a pobreza, a roupa minimalista, o vegetarianismo e a abstinência sexual, o criador da política de não-violência fez experiências na área sexual que os seus contemporâneos acharam radicais. A tese do livro é a de que estas obsessões foram uma distracção do essencial.

Gandhi criou comunidades, ashram, onde havia separação entre homens e mulheres. As pessoas dedicavam-se totalmente ao projecto e uma das obrigações era a castidade, mesmo entre casais. Para provar a possibilidade de viver sem sexo, o próprio Gandhi submetia-se a estranhas experiências que chocaram os dirigentes do movimento independentista, incluindo Jawaharlal Nehru, o primeiro presidente da Índia. Gandhi dormia frequentemente nu ao lado de mulheres jovens ou com as mulheres de outros membros do ashram, os quais não podiam dormir com as própria mulheres (isso causou protestos).

Estas situações eram testes para Gandhi provar que o impulso sexual podia ser dominado, impulso esse que o mahatma considerava possuir tremenda força. Segundo explica Adams, citado no Times of India, Gandhi escreveu muito sobre sexo e tinha uma concepção de sexualidade que incluía apenas a penetração e não a mais complexa experiência erótica. Quem participava no movimento nacionalista, afirma o autor, "deviam viver em perfeita castidade, adoptar a pobreza, seguir a verdade e cultivar a coragem".

Segundo o historiador, em diferentes partes da vida, várias coisas obcecaram Gandhi: "Quando foi estudante em Londres, foi o vegetarianismo. Na África do Sul, os esforços para permanecer casto e a criação de comunidades ideais foram mais importantes para ele do que o seu trabalho com os comerciantes indianos".

 

Via DN



publicado por olhar para o mundo às 21:00 | link do post | comentar

Papa em Lisboa .. confusão instalada

 

Dezenas de estradas cortadas. Estacionamentos interditos. Condicionamentos no Metro e ruas sem caixotes do lixo e ecopontos. Esta é a Lisboa que Bento XVI não vai ver quando chegar, no dia 11 de Maio, mas será a cidade em reboliço com que os lisboetas terão de lidar.

O plano de segurança da visita do Papa a Lisboa (10 e 11 de Maio) e ao Porto (14 de Maio) foi apresentado, ontem, na direcção nacional da PSP. As estimativas da polícia apontam para que, durante os dias da visita de Bento XVI, saiam à rua 200 a 300 mil fiéis em Lisboa e 150 a 200 mil no Porto. O dispositivo de segurança, garante a PSP, está a ser preparado "há largos meses", mas mesmo assim a polícia escusa-se a revelar o número de efectivos destacados para a operação. "Serão em número suficiente para garantir a segurança", limitou-se a dizer o director nacional, Oliveira Pereira. Quer em Lisboa quer no Porto, os pontos altos da visita, em termos de segurança, são as missas - no Terreiro do Paço e nos Aliados. Mas os trajectos que Bento XVI fará em Papa Móvel, a 30 km/h, também vão merecer "atenção especial" por parte da polícia. Contas feitas, em Lisboa e no Porto, Bento XVI fará um total de 46,1 quilómetros por via terrestre - em Papa Móvel e em carro fechado "tipo limusine". 

lisboa Em casos urgentes de socorro, os fiéis devem dirigir-se, recomenda a PSP, à 2ª esquadra, na rua do Arsenal. Nos dias 11 e 12, o trânsito estará cortado em todas as artérias - em ambos os sentidos - à hora a que Bento XVI passar. Os condutores devem estudar percursos alternativos. 

Também o estacionamento será proibido nas laterais aos percursos tomados pelo Papa. Em breve começarão a ser distribuídos panfletos com um aviso: os carros estacionados nas zonas condicionadas serão autuados ou rebocados, caso não sejam retirados no prazo previsto pela polícia. Além disso, o trânsito pedonal e automóvel será cortado na Avenida Luís Bívar (junto à Nunciatura Apostólica) - excepção feita para moradores. 

Os caixotes do lixo, ecopontos e outro mobiliário urbano vão desaparecer de todas as ruas gradualmente, a partir do dia 9. E o metro também não escapa aos constrangimentos, com a linha entre a Baixa-Chiado e Santa Apolónia encerrada no dia 11, até às 21h30. No Terreiro do Paço são esperadas 100 mil pessoas para assistir à missa, às 18h15. O Papa será vigiado por nove câmaras. No Tejo, a Polícia Marítima não deixará aproximar qualquer embarcação e a Força Aérea só deixará voar um helicóptero - que transportará a equipa de repórteres de imagem. Seis ecrãs gigantes instalados na Praça do Município, no Terreiro do Paço, na Rua Augusta e no Terminal dos Barcos (Praça do Comércio) transmitirão a missa em directo.

porto e Fátima No Porto, vão estar de serviço 93 câmaras de vigilância usadas, normalmente, no controlo do tráfego. À semelhança do que acontece em Lisboa, as ruas utilizadas pelo Papa serão cortadas ao trânsito, entre as 9 e as 13h00 do dia 14, prevendo-se o encerramento da Ponte do Infante - restam, como alternativa, as pontes do Freixo e da Arrábida. Em Fátima, as operações são coordenadas pela GNR, estando envolvidos cerca de 800 elementos na operação - os detalhes só serão revelados no final da semana.

Via ionline


publicado por olhar para o mundo às 15:46 | link do post | comentar

Letra
Tocas no rosto enquanto o ar não sai 
Inspiro sem medo do acto que vem 
Envolvo os pés com as mãos 
Do toque nasce a nossa ilusão 

Desenhas os risos de um novo medo
Que o peito demonstra sem qualquer sossego
Faz tempo que a culpa se foi 
Ficámos de pensar só depois 
Do erro.

Já pouco nos resta fechar os olhos 
Escondemos actos sem qualquer receio ou angústia 
Que nos prende a vontade de sentir 
O corpo com prazer

Rasgas-me a roupa sem qualquer pudor 
Enquanto buscas o ar pela boca
Passeias o teu cheiro no meu corpo 
Por entre os braços misturo tudo 
Após o prazer ficaremos mudos 
Sem saber
Se é por uma noite 

Grito o teu nome sem saber 
Como será o amanhã
Foi um sonho real
Por uma noite



publicado por olhar para o mundo às 12:00 | link do post | comentar

O que muda nos impostos em Portugal

 

O novo orçamento altera as regras para o IRS e IMT. Em parceria com a sociedade de advogados PLMJ, o i apresenta as alterações que estão em vigor desde 29 de Abril. Veja ao lado o guia completo

 

IRS

Regime simplificado

Fixa-se um limite único de 150 mil euros para efeitos do enquadramento no regime simplificado de tributação. Tal limite tem como consequência o fim da diferenciação entre o volume de vendas e o valor bruto dos restantes rendimentos da categoria dos rendimentos profissionais e empresariais.

Rendimento mínimo

Elimina-se o rendimento tributável mínimo de 3150 euros (em 2009) que tem servido de base ao apuramento do imposto devido em sede de categoria B.

Actos isolados

Para efeitos de inserção na categoria B, consideram-se agora rendimentos provenientes de actos isolados os que não resultem de uma prática previsível ou reiterada, independentemente da percentagem que os mesmos representem no cômputo total dos rendimentos do sujeito passivo. Clarifica-se que os rendimentos decorrentes da prática de actos isolados ficam sujeitos ao regime simplificado ou ao regime de contabilidade organizada, em função do respectivo valor. É eliminada a aplicação do regime de determinação do rendimento tributável dos actos isolados aos rendimentos da categoria B cujo valor não exceda metade do valor total dos rendimentos brutos englobados pelo contribuinte e, no respectivo ano, não tenham ultrapassado o valor anual do salário mínimo nacional mais elevado, no caso de vendas, ou metade do valor anual do salário mínimo nacional mais elevado, nos restantes casos.

Recibos verdes

Prevê-se a possibilidade de emissão de recibo verde em formato electrónico.

Rendimentos prediais de anos anteriores

Consagra-se, relativamente aos rendimentos prediais, o mecanismo de atenuação do efeito decorrente da eventual subida de escalão de tributação em resultado da concentração, num dado ano, de rendimentos desta categoria, o qual já existe para os rendimentos de trabalho dependente e de pensões.

Reporte para trás

Além disso, alarga-se o número de anos a que podem ser imputados os rendimentos respeitantes a anos anteriores - de quatro para seis anos.

Deficientes

Mantém-se, ainda em 2010, o regime de isenção, de 10%, relativo aos rendimentos de trabalho dependente, do trabalho independente e de pensões, com o limite de 2500 euros, auferidos por deficientes.

Doações de imóveis

Reforça-se a norma antiabuso em matéria de alienação de imóveis adquiridos por doação isenta de imposto do selo: nestes casos, e para efeitos da determinação da mais- -valia decorrente da alienação dos imóveis adquiridos por doação, considera-se como valor de aquisição o valor patrimonial tributário do imóvel fixado até dois anos antes da concretização da doação.

Data das declarações

São alterados os prazos de entrega das declarações de IRS: a partir de Janeiro de 2011, quem receba exclusivamente rendimentos de trabalho dependente ou de pensões entrega a declaração de rendimentos até final dos meses de Março (suporte de papel) ou Abril (via internet); já os sujeitos passivos titulares de outras categorias de rendimentos entregarão a declaração até final dos meses de Abril (suporte papel) ou Maio (via internet).

Data das liquidações

As datas-limite para a emissão das liquidações de IRS passam a ser de 30 de Junho, para os rendimentos do trabalho dependente e/ou pensões, e de 31 de Julho, nos restantes casos.

Dispensa de declarações

Fica dispensado da entrega de declaração de rendimentos quem receba rendimentos de trabalho dependente de valor inferior a 4104 euros.

Taxas liberatórias
Inflação estimada para 2010, nos seguintes termos: os rendimentos sujeitos a retenção liberatória passam a ser tributados à taxa de 20%, em vez de alguns rendimentos serem tributados entre 15% e 35%. Assim, passarão a ser tributados à taxa de 20% os rendimentos auferidos por não residentes, designadamente os derivados de contratos que tenham por objecto a cessão ou utilização temporária de direitos de propriedade intelectual ou industrial, da locação de equipamento agrícola e industrial, comercial ou científico, certas prestações de serviços, royalties e alguns incrementos patrimoniais (indemnizações que visem a reparação de danos não patrimoniais, de danos emergentes não comprovados e de lucros cessantes, bem como as importâncias auferidas em virtude da assunção de obrigações de não concorrência).

Englobamento

Adicionalmente, prevê-se a possibilidade de os residentes englobarem qualquer um dos rendimentos que tenha sido sujeito a tributação à referida taxa liberatória, opção 3 que até agora existia apenas para alguns rendimentos.

Taxas especiais

Alarga-se o âmbito de aplicação da taxa especial de 20% à generalidade dos rendimentos de capitais devidos por entidades não residentes, quando não sujeitos a retenção na fonte a título liberatório, designadamente o resultado da partilha, rendimentos auferidos no âmbito da associação em participação ou à quota e ganhos decorrentes de operações de swaps cambiais, swaps de taxa de juro e divisas e de operações cambiais a prazo.

Deduções à colecta

As deduções à colecta indexadas ao salário mínimo nacional aumentam 5,6%; as restantes deduções aumentam apenas marginalmente, o que se deverá traduzir num desagravamento ligeiro.

Energias renováveis,níveis térmicos e automóveis eléctricos

Cria-se uma dedução à colecta autónoma, de 30%, com o limite de 803 euros, para os encargos ambientais relativos a equipamentos de energias renováveis, a obras que contribuam para a optimização dos níveis térmicos de edifícios e, por último, a veículos automóveis sujeitos a matrícula, exclusivamente eléctricos ou movidos a energias renováveis não combustíveis. As deduções mencionadas só podem ser efectuadas uma vez em cada período de quatro anos.

Computadores 

Revoga-se a dedução à colecta correspondente a 50% dos montantes despendidos com aquisição de computadores para uso pessoal, incluindo software, aparelhos de terminal, bem como equipamento relacionado com aparelhos de banda larga da nova geração.

Business angels

Prevê-se a possibilidade de os sócios das sociedades por quotas unipessoais (investidores de capital de risco), os investidores informais das sociedades veículo de investimento em empresas com potencial de crescimento (certificadas no âmbito do programa compete) e os investidores informais em capital de risco a título individual (certificados pelo IAPMEI, no âmbito do programa FINICIA) beneficiarem da dedução à colecta de IRS, do próprio ano, em montante correspondente a 20% do valor investido realizado (por si ou pela sociedade por quotas unipessoais ICR de que sejam sócios), até ao limite de 15% daquela.

Dívida pública

O governo fica autorizado a criar benefícios fiscais relativos a instrumentos de dívida pública, através da consagração de dedução à colecta de IRS de 20% dos valores aplicados nesse ano, por sujeito passivo com relações familiares com o jovem beneficiário e de regime fiscal mais favorável de tributação do resgate das importâncias aplicadas em instrumentos de dívida.

 

Via Ionline



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Segunda-feira, 3 de Maio de 2010

himenoplastia - ou reconstrução do hímen - não é só uma cirurgia plástica para salvar a vida de mulheres submetidas a culturas machistas, é uma cirurgia plástica para esconder a falta de honestidade das mulheres e aperfeiçoar a estupidez masculina.

Quando penso que já nada me choca nas diferenças constantes entre homens e mulheres, eis que me surge sempre mais um tema. E o tema é ainda mais relevante quando são as próprias mulheres que se sujeitam voluntariamente a essa discriminação alegando as razões mais absurdas do planeta. Talvez seja eu que tenha os meus conceitos trocados. Talvez.

 

O tema foi-me inicialmente apresentado como uma cirurgia que salvava vidas. A abordagem foi qualquer coisa como "realmente ao que se têm de sujeitar as mulheres muçulmanas por terem nascido numa sociedade tão retrógrada! Há mulheres que são mortas ou rejeitadas da própria família por já não serem virgens e que são obrigadas a submeterem-se a cirurgias para recuperar a dignidade". Por uns momentos apeteceu-me voltar a escrever sobre estas sociedades machistas que tratam as mulheres de forma indigna, mas confesso que essa vontade me passou logo a seguir. Quando descobri que na nossa própria cultura "ocidental e evoluída" acontecem coisas bem piores.

A himenoplastia - ou reconstrução do hímen - não é só uma cirurgia plástica para salvar a vida de mulheres submetidas a culturas machistas, é uma cirurgia plástica para esconder a falta de honestidade das mulheres e aperfeiçoar a estupidez masculina.

O ritual do sangramento da virgem

O hímen não é nada mais do que uma pequena membrana que se encontra no interior da vagina das mulheres e que, supostamente, qualquer mulher que não tenha tido relações sexuais com penetração deverá ter intacta. Digo supostamente porque há uma dezena de outras razões para uma mulher não ter hímen, como a prática desportiva desde criança ou mesmo ter simplesmente nascido sem a membrana. Acontece que, culturalmente, foi associado que quando a "desfloração" ocorre, esta deverá ser acompanhada pelo derramamento de sangue (oriundo obviamente do rompimento da membrana) e que deixa o macho satisfeito por ter sido o primeiro a possuir aquela fêmea. Acontece também que, segundo os médicos, mesmo mulheres que são virgens e que mantém o hímen intacto podem não sangrar (se a membrana for muito fina) ou sangrar tão pouco que o acto passará despercebido. Ora temos a confusão armada! É que macho que é macho tem de ter uma virgem para desflorar na noite de núpcias. E então como é que vai mostrar o lençol manchado de sangue aos amigos?

Virgindade, conceito do século passado? Talvez não!

Estou certa que, tal como eu, muitas pessoas devem pensar que hoje em dia, esta questão da virgindade já não é sequer tema. As mulheres iniciam a vida sexual cedo, tal como os homens, e está tudo mais preocupado com as doenças sexualmente transmissíveis ou com a gravidez em adolescentes do que com o facto da pobre noiva ser virgem ou não. Até as Noivas de Santo António já não precisam de ser virgens (sim, parece que as coitadas eram sujeitas a um exame médico)! Mas afinal, parece que isto não é bem assim.

Segundo alguns artigos que li, inclusive um recentemente publicado pela BBC, as mulheres que procuram este tipo de cirurgia não são só as muçulmanas que temem pela vida, depois de um pequeno "momento apaixonado". Muitas mulheres sujeitam-se a esta cirurgia pois não são capazes de admitir que, "sim senhora já tiveram parceiros sexuais e fazem com o seu corpo o que bem entenderem e quem não gostar pode seguir o seu caminho". São uma espécie de "boazinhas encapotadas", uma espécie de "bulímicas sexuais" que não têm coragem de admitir que comeram o bolo de chocolate e que agora o tentam vomitar à força toda para se manterem magras.

Surgem comentários (e desculpas) como "eu tive 10 vezes relações sexuais com o meu antigo namorado, mas sei que foi um erro e gostava muito de voltar a ser virgem" ou "tive relações sexuais com o meu namorado mas agora descobri que gosto de outro e não tenho coragem de lhe dizer que já não sou virgem" ou pior ainda "eu e o meu namorado decidimos ser virgens até ao casamento, mas eu estive de férias na República Dominicana e já não voltei virgem". Tudo isto é só desonesto e completamente idiota.

Infelizmente parece que ainda existem muitas mulheres que não sabem fazer uso da liberdade que têm e se agrilhoam a si próprias. A virgindade não está no corpo! Está na cabeça, no coração - e até na consciência - de cada uma.

Via A vida de Saltos Altos



publicado por olhar para o mundo às 21:00 | link do post | comentar


Dia internacional da liberdade de imprensa



publicado por olhar para o mundo às 14:14 | link do post | comentar

Letra
Quem é quem 
Pé ante pé na noite fechada 
Para deixar presa a hiena esfomeada 
Dos olhos escapa um brilho cruel 
Matar a fome é o seu papel 

O comboio de chibos avança com o trigo 
E trazendo armas prontas fixas no seu tejadilho 

Uma cor de sangue o sol derrama 
Enquanto Nasce 
Enquanto Nasce o horror 
Na terra Africana 

Num fechar e olhos cercam a aldeia 
Todos à caça na sua alcateia 
As gentes fogem ainda estremunhadas 
Rapidamente são apanhadas 

Não há quem lhes escape 
Não há quem resista 
São os Senhores da Guerra 
Essa raça maldita 
Procuram prazer num jogo mortal 
Ficamos sem saber 
Quem é o homem, quem é o animal 


Quem é quem 
Nesta selva sangrenta 
Quem é quem 
Neste dia violento 
Quem é quem 
Deixando um rasto com um toque de dor 
Quem é quem 
Por aqui passaram os filhos do ditador 

Uns sem pai de uma mãe esfomeada 
A lei do mais forte é lhes sempre aplicada 
As malas foram as suas primeiras letras 
As facas do mato as suas canetas 
Com elas escrevem uma história de terror 
Com brasas, cobre e gritos de dor 


Quem é quem 
Pergunta a hiena 
Fervendo o sangue 
A correr nesta arena 


Quem é quem 
Nesta selva sangrenta 
E a milícia de sangue sedenta 
Quem é quem 
Neste dia violento 
Mulheres e crianças são o seu movimento 
Quem é quem 
Deixando um rasto com um toque de dor 
Quem é quem 
Por aqui passaram os filhos do ditador 

Quem é quem 
Quem é quem



publicado por olhar para o mundo às 12:00 | link do post | comentar

Luta de bárbaros

 

Via Henricartoon



publicado por olhar para o mundo às 10:00 | link do post | comentar

A palavra crise pouco dirá a quem vive em crise desde que vive? “Quem é muito pobre quer lá saber da crise!”, prega Esmeralda Mateus, presidente Associação de Moradores do Bairro de Aldoar, na zona ocidental do Porto. A reformada diz isto e logo o desdiz: “E se, com essa crise, acabam com o rendimento social de inserção [RSI]? De quê que esta gente vai viver?”

Há muito desocupado encostado às paredes limpas do bairro construído há 41 anos para alojar quem vivia nas barracas. “Não arranjam trabalho”, legenda Cecília Pinto, atrás do balcão do bar associativo, contas enegrecidas pelos fiados. A filha dela está com 20 anos e não vai além de umas horitas num infantário. “Tirou o 9.º ano. Fez um esforço, mas tirou-o, com a graça de Deus. Afinal, não sei para quê!”

Uma espécie de calvário é percorrido por quem não consegue entrar no mercado de trabalho ou dele sai e esgota subsídio de desemprego e subsídio social de desemprego sem conseguir reempregar-se. O RSI pode, então, surgir como única forma de atenuar a severidade da pobreza. Esmeralda Mateus não quer que se pense que a mais polémica prestação social é alguma fartuna: “Uma pessoa sozinha recebe 187 euros e isso para que dá? Onde estão as voltas de ouro que antes se viam ao pescoço? Foram vendidas ou estão no prego! Ainda bem que a canalha, agora, tem almocinho na escola! Todas as noites há gente a vasculhar os caixotes do lixo ao pé do supermercado!”

As notícias chegam pelo televisor incrustado na parede – sempre ligado na TVI: falam nas descidas do rating, nas turbulências na bolsa, nas pressões do Fundo Monetário Internacional e do Banco Central Europeu, das medidas do Plano de Estabilidade Económica. Já nem as ouvem – é como se ali estivesse a professora do Charlie Brown a pronunciar frases incompreensíveis. Apesar de trazerem cortes no subsídio de desemprego, fiscalizações nas prestações sociais.

O tema deste momento é o tema de qualquer momento: sobreviver. E isso, agora, pode ser abalado com o aumento das rendas decretado pela câmara. Cecília pagava 32 euros por um T3 e passou a pagar 54. A crise dela é essa. Está nervosa, muito nervosa. Tem de pagar contas correntes de renda, luz, água e contas atrasadas de renda, luz, água. E, como ela, muitos vizinhos do bairro – alvo de recuperação no exterior e nas zonas comuns. Alegra-a o marido ter arranjado trabalho nas obras, em Espanha: “Uma pensão de invalidez de 200 euros que eu tenho! Ou pagava contas ou comprava comida! Não pagava, que os meus filhos têm de comer.” Mas não se sente segura: “Aquilo em Espanha também não está bom. A qualquer altura o podem mandar embora.”

Talvez a sua grande inquietação não seja, afinal, muito diferente da da classe média que com ela se cruza na freguesia. Diana Peres, engenheira civil de 25 anos, está preocupada com “a falta de emprego” e convencida de que “a verdade ainda não foi toda revelada”. José Fernando – fogueiro que a crise no têxtil atirou para a reforma antecipada – mata o tempo num minúsculo café comprado pelo filho, empregado no sector automóvel: “Se ele ficar desempregado, vem para aqui.”

Ana Cristina Pereira
Público
30/04/10

 

Via Meninos de ninguém



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Domingo, 2 de Maio de 2010

 

 

Prepare-se para sentir tudo a que tem direito com os segredos a seguir:

 

• Imagine muita bobagem - "Pensar em sexo (em coisas que já fez, está louca para experimentar ou acha que nunca se atreveria a realizar) aumenta a excitação e predispõe ao orgasmo", garante a terapeuta Laura Berman, diretora do Berman Center de Chicago, especializado na saúde sexual feminina.

 

• Dê o fora nas distrações - Qualquer coisa que desvie sua atenção do que está acontecendo na cama é um sabotador do clímax, pois a impede de se concentrar nas sensações eróticas.

 

• Quebre o gelo - O grande segredo de um espetacular êxtase é estar relaxada. por isso, peça a seu homem que a presenteie com uma massagem caliente antes do sexo e concentre-se nas reações de seu corpo.

 

• Respire fundo - Inspirar profundamente contraindo a região pélvica potencializa o fluxo de sangue para lá e melhora o controle muscular. Resultado: um orgasmo glorioso.

 

Via 180 Graus



publicado por olhar para o mundo às 22:58 | link do post | comentar

Letra
Una noche de resaca al tratar de despertar
note que por el ombligo me empezaba a desinflar
que mi cuerpo se arrugaba como un papel vegetal
e iba pasando, que curioso, al estado gaseoso.
y tras la metamorfosis me senti mucho mejor
era un aire gris oscuro y con bastante polucion
se notaba en cualquler caso que era aire de ciudad
que si bien no es el mas sano. lo prefiere el ser humano.
Aire, soñe por un momento que era aire
aire. oxigeno. nitrogeno y argón
sin forma definida ni color
fui aire volador.
como yo soy muy consciente hasta en esta situacion
decidi ser consecuente con mi nueva dimension
y probe a ser respirado por la que duerme a mi lado
sin entrar en pormenores yo se hacer cosas mejores.
como no me satisfizo la experiencia sexual
se me inflaron los vapores. me converti en huracan
di unas tres o cuatro vueltas y a la quinta me canse
este cuarto es muy pequeño para las cosas que sueño.
Aire. soñe por un momento que era aire
aire. oxigeno, nitrogeno y argón
sin forma definida ni color
fui aire volador.
Y lo siento por mi novia y el cristal que me cargue
me escape por la ventana y en picado me lance
pero tuve mala suerte y cuando iba a remontar
me volvi otra vez humano. no falteis al funeral.
Aire, soñe por un momento que era aire
aire. oxigeno, nitrogeno y argón
sin forma definida ni color
fui aire volador.



publicado por olhar para o mundo às 12:00 | link do post | comentar

para os fãs de Lost

 

rede norte-americana ABC, que transmite a sérieLost”, está a preparar um evento especial, dedicado aos fãs da série, que se vai realizar no dia 13 de Maio – dez dias antes da exibição do últimoepisódio de “Lost” que vai para o ar no dia 23 de Maio.

Nesta festa, vão estar presentes alguns membros do elenco, como Nestor Carbonell (Richard Alpert), Michael Emerson (Bem Linus) e Jorge Garcia (Hurley Reyes).

“Lost Live: The Final Celebration” vai acontecer na Universidade da Califórnia e contará com a presença do compositor da banda sonora da série, Michael Giacchino, que irá orientar umaorquestra que vai interpretar o tema da série.

Para alegria dos admiradores de “Lost” será, ainda exibido o penúltimo episódio da série, “What They Died For”. O último capítulo está guardado no segredo dos deuses, mas já se sabe que será umespecial de 4 horas.

Um dos momentos mais especiais será aquele em que os fãs vão poder interagir com osprodutores da série, Damon Lindelof e Carlton Cuse.

 

Via ionline



publicado por olhar para o mundo às 10:00 | link do post | comentar

Sábado, 1 de Maio de 2010

Sexo desenfreado. É esta a invulgar receita do ministro luso-brasileiro da Saúde do executivo de Lula da Silva para prevenir a hipertensão. A doença afecta um em cada quatro brasileiros e os últimos indicadores não são animadores

 

Esta segunda-feira, o ministro da Saúde do Brasil, José Gomes Temporão, apresentou dados oficiais sobre a hipertensão no país sul-americano e encontrou uma forma curiosa de incentivar os brasileiros a combater a doença.

Para além de recomendar o consumo de cinco peças de fruta por dia, a prática de exercício físico e a medição regular da pressão arterial regularmente, o ministro recomendou ainda aos brasileiros que tenham relações sexuais cinco vezes por dia, uma vez que o sexo pode ser visto como uma agradável forma de exercício.

«Além de comer cinco peças de fruta por dia, recomendaria fazer sexo cinco vezes ao dia. Dancem, façam sexo, percam peso!», sugeriu o ministro, nascido em 1951 em Monção, Portugal.

A hipertensão afecta todos os sectores da sociedade brasileira e está em acentuada subida, revelam os mais recentes indicadores.

 

Via Sol



publicado por olhar para o mundo às 21:00 | link do post | comentar

 

Letra
tonto el que no entienda

cuenta una leyenda

que una hembra gitana

conjuró a la luna hasta el amanecer

llorando pedía

al llegar el día

desposar un calé



tendrás a tu hombre piel morena

desde el cielo habló la luna llena

pero a cambio quiero

el hijo primero

que le engendres a él

que quien su hijo inmola

para no estar sola

poco le iba a querer



estribillo

luna quieres ser madre

y no encuentras querer

que te haga mujer

dime luna de plata

que pretendes hacer

con un niño de piel

hijo de la luna



de padre canela nació un niño

blanco como el lomo de un armiño

con los ojos grises

en vez de aceituna

niño albino de luna

maldita su estampa

este hijo es de un payo

y yo no me lo callo



estribillo



gitano al creerse deshonrado

se fue a su mujer cuchillo en mano

¿ de quién es el hijo?

me has engañao fijo

y de muerte la hirió

luego se hizo al monte

con el niño en brazos

y allí le abandonó



estribillo



y las noches que haya luna llena

será porque el niño esté de buenas

y si el niño llora

menguará la luna

para hacerle una cuna

y si el niño llora

menguará la luna

para hacerle una cuna.

 



publicado por olhar para o mundo às 12:01 | link do post | comentar

 

Letra
Nada tienen de especial

dos mujeres que se dan la mano

el matiz viene después

cuando lo hacen por debajo del mantel.



Luego a solas sin nada que perder

tras las manos va el resto de la piel

un amor por ocultar

y aunque en cueros no hay donde esconderlo

lo disfrazan de amistad

cuando sale a pasear por la ciudad.



Una opina que aquello no está bien

la otra opina que qué se le va a hacer

y lo que opinen los demás está demás.



Quien detiene palomas al vuelo

volando a ras del suelo

mujer contra mujer.



No estoy yo por la labor

de tirarles la primera piedra

si equivoco la ocasión

y las hallo labio a labio en el salón

ni siquiera me atrevería a toser

si no gusto ya sé lo que hay que hacer

que con mis piedras hacen ellas su pared.



Quien detiene palomas al vuelo

volando a ras de suelo

mujer contra mujer.



Una opina que aquello no está bien

la otra opina que qué se le va a hacer

y lo que opinen los demás está demás.



Quien detiene palomas al vuelo

volando al ras del suelo

mujer contra mujer.

 



publicado por olhar para o mundo às 12:00 | link do post | comentar

Os peixes que comem mulheres

 

Sabe que há peixes que literalmente comem as mulheres vivas? E mais, deixam-nas melhor do que estavam.

 

Estes peixes, conhecidos por garra rufa ou doctor fish , alimentam-se de tecidos orgânicos mortos. Os Japoneses (só podiam ser eles mesmo) aproveitaram-se desse magnífico dote aquático para criarem uma nova tendência no tratamento dos pés.  Pelos vistos é o último grito no que toca a senhoras optarem pelos doctor fish em vez do alicate comum da pedicura.

Os garra rufa são actualmente utilizados em spas ou salões de beleza, portanto, tanto são úteis na saúde como na estética. Eles comem toda a pele morta dos pés, eliminandocalosidades, calécias e calos, cutículas e até mesmo verrugas.

ncrível é ver estes peixes a aproximarem-se dos pés (ou da parte do corpo que necessita de uma revitalização)aos milhares e vê-los a devorar literalmente os seus pezinhos.

A vida de saltos altos - Peixes que comem as mulheres vivas (vídeo)

Infelizmente ainda não existem spas com estes peixinhos em Portugal, mas já os pode encomendar para os ter no seu aquário. Depois, é só meter lá os pezinhos e dizer adeus ao seu alicate, esfoliante ou às visitas à sua pedicura.

Mais, este trabalho é de borla e os peixinhos também agradecem.

Quem já experimentou conta maravilhas, ainda por cima, o facto de os pequenos peixes fazerem cóceguinhas é bastante divertido.



publicado por olhar para o mundo às 10:00 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

DEOLINDA - Novo disco ac...

Orq. Gulbenkian & Orq. Ge...

UHF no Cineteatro Munici...

Bar ACERT - Café-Concerto...

Tsunamiz - I Don't Buy It

Biruta - DATAS em JULHO -...

Itinerário do Sal - ópera...

Junho traz concerto de Pe...

Sarah Nery edita EP homón...

Candeio apresentam novo s...

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...
Posts mais comentados