Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um olhar sobre o Mundo

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Porque há muito para ver... e claro, muito para contar

Um olhar sobre o Mundo

03
Out09

Pera ái... então e os preliminares?

olhar para o mundo

Pera aí.. e os preliminares? 

 

Uma luta de boxe tem doze assaltos de três minutos cada. Se o combate se estender por todo esse tempo, a vitória será por pontos ou empate. Péssimo resultado para a platéia - geralmente quase toda masculina -, que espera ansiosamente por um nocaute, com um dos pugilistas arremessados ao chão. Não é diferente quando o assunto são as preliminares. Para os homens, quanto menos elas demorarem, melhor. Já as mulheres torcem para que as carícias, beijos e palavras de incentivo sejam tão extensas quanto uma partida de futebol, com dois tempos de 45 minutos e, se possível, prorrogação. A pesquisa Global Better Sex Study, realizada com 12,5 mil pessoas e apresentada no Congresso Europeu de Urologia do ano passado, mostra que no esporte em que elas e eles jogam no mesmo time - o sexo - as mulheres têm reclamado dos parceiros. Apenas 36% das entrevistadas declararam estar satisfeitas com o desempenho deles. Mas, afinal, o que transforma tantos companheiros de partida em adversários?

As diferenças entre os equipamentos de jogo, o pênis e o clitóris, ajudam a desvendar a resposta. Durante a fase de excitação, esses dois órgãos responsáveis pelo prazer recebem uma grande quantidade de sangue. Se no masculino ele chega na forma de um rio caudaloso, no feminino deságua como um riacho. "O clitóris e o pênis são como uma esponja por dentro, cheios de cavidades para receber o sangue. Só que a 'esponja' feminina é pelo menos três vezes menor do que a masculina", explica a ginecologista Carolina Ambrogini, coordenadora do projeto Afrodite, de estudos da sexualidade feminina, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Por isso as mulheres precisam de mais tempo para se animar e de uma maior variedade de estímulos (o corpo humano oferece cerca de 1,5 mil pontos sensíveis!). Para elas, os ouvidos são zonas erógenas importantíssimas. Palavras sugestivas e elogios aceleram a "correnteza". Os homens são mais visuais (não é à toa que no geral preferem transar de luz acesa). Basta o sujeito colocar os olhos em alguém para que o interesse de seu pênis entre em estado de alerta. O clitóris, diferentemente, por ser pequeno, tímido, quase escondido, demanda uma relação, digamos, mais cara a cara. Precisa ser estimulado diretamente. Além disso, a testosterona, o hormônio do tesão, aparece em maior volume (dez vezes mais!) no organismo masculino do que no feminino - só no período de ovulação sua quantidade aumenta na mulher, favorecendo a excitação.

 

Via Gloss

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D