Sábado, 09.04.11
EUA vão passar a emitir alertas de terrorismo nas redes sociais
 
Os alertas de terrorismo emitidos pelas autoridades norte-americanas vão passar a ser feitos também através do Facebook e do Twitter

A informação está a ser avançada pela Associated Press, que cita documentos do Departamento de Segurança Interna dos EUA.

De acordo com estes documentos a proposta faz parte de um novo sistema de alerta para eventos de terrorismo, que deverá ser lançado no próximo dia 27 de Abril.

No âmbito do novo sistema de alerta as autoridades norte-americanas consideram que as redes sociais como o Twitter e o Facebook devem ser utilizadas para emitir mensagens de alerta«sempre que seja apropriado».

Um dos objectivos deste novo sistema é simplificar a comunicação deste tipo de informação, considerado por muitos como bastante vago, dada a importância da questão.

Este sistema de alerta vai substituir o actual, criado na sequência dos ataques de 11 de Setembro, que vai acabar, entre outros aspectos, com os códigos coloridos para definir o nível de alerta, que passam de 10 para 2 níveis.

 

Via Sol



publicado por olhar para o mundo às 09:45 | link do post | comentar

Quinta-feira, 07.04.11
Idosa acusada de cortar o acesso à Internet na Arménia

 

 

Uma mulher de 75 anos foi detida na Geórgia por ter cortado o acesso à Internet na Arménia durante algumas horas

O caso teve lugar no passado dia 28 de Março, quando foram registados problemas nos cabos oriundos da Geórgia que garantem o acesso à Internet na Arménia, refere a BBC.

 

Os problemas resultaram de uma avaria nos cabos, o que deixou a Arménia sem acesso à Internet durante algumas horas.

 

Uma investigação levada a cabo pelas autoridades da Geórgia identificou uma idosa de 75 anos como a culpada pela falha.

 

De acordo com um porta-voz do Ministério do Interior da Geórgia a idosa admitiu ter sido a responsável pelos danos nos cabos, que terão sido provocados quando tentava roubar cobre dos cabos.

 

As autoridades libertaram entretanto a idosa, que terá agora de ir a julgamento e corre o risco de vir a ser condenada a uma pena de três anos de prisão.

 

Via Sol



publicado por olhar para o mundo às 08:25 | link do post | comentar

Quarta-feira, 23.03.11
Hackers conseguiram aceder ao iPhone de Scarlett e roubar-lhe uma fotografia em que ela aparece totalmente nua
 
 
O FBI está a investigar uma série de roubos de fotografias comprometedoras de estrelas de Hollywood. Depois de terem sido divulgadas através da Internet imagens da jovem Vanessa Hudgens sem roupa, agora é a vez de Scarlett Johansson ver imagens suas despida a circularem pela Web.
 
Hackers conseguiram aceder ao iPhone de Scarlett e roubar-lhe uma fotografia em que ela aparece totalmente nua (Lucas Jackson/Reuters)

A primeira vítima daquilo que se julga ser uma rede de hackers foi a estrela dos filmes “High School Musical”, Vanessa Hudgens, que já fez queixa à polícia federal norte-americana.

A jovem actriz apresentou queixa depois de ter percebido que andavam a circular online fotografias suas que estavam guardadas no seu telemóvel pessoal. Os hackers terão tido acesso remoto ao seu smartphone e terão transferido as suas fotografias mais comprometedoras para a Web.

Vanessa Hudgens já tinha sido alvo de um golpe semelhante, há dois anos, depois de se terem igualmente publicado umas imagens em que aparecia igualmente nua. Este incidente quase lhe custou a carreira, uma vez que Hudgens trabalha com a cadeia Disney, que tolera com dificuldade este tipo de episódios, já que é uma cadeia destinada a crianças.

Depois de Hudgens, chegou agora a vez de Scarlett Johansson. Hackers conseguiram aceder ao iPhone da actriz e roubar-lhe uma fotografia em que ela aparece totalmente nua.

Miley Cirus, Selena Gómez e Jessica Alba são outras das famosas a quem terão igualmente sido roubadas fotografias, embora ainda não estejam a circular na Web, refere o “El País”.

As últimas informações dão conta que o FBI já está perto de apanhar os responsáveis por estas violações de privacidade.

Os peritos têm alertado para o risco que representam os chamados smartphones, que são como pequenos computadores susceptíveis de serem “assaltados” por piratas informáticos, que conseguem facilmente aceder às pastas de fotos armazenadas no aparelho.

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 08:03 | link do post | comentar

Quinta-feira, 17.03.11
Bruxelas prepara novas regras para proteger privacidade dos cibernautas
 
A Comissão Europeia está a preparar um novo conjunto de regras para proteger a privacidade dos cibernautas. A anterior legislação comunitária sobre a matéria tem 16 anos

A revelação foi feita pela comissária Viviane Reding, responsável pela Agenda Digital, num discurso proferido hoje, onde adiantou que pretende apresentar uma nova proposta sobre a privacidade na Internet nos próximos meses.

O objectivo da proposta é aumentar a regulação sobre a forma como os dados dos utilizadores são utilizados por parte das empresas de serviços on-line, como o Facebook ou o Google.

As medidas previstas incluem a possibilidade de obrigar as empresas do sector a permitirem que os utilizadores retirem a sua informação pessoal dos sites ou a disponibilização de informação clara sobre a forma como os dados pessoais dos cibernautas é utilizada, avança a agência Reuters.

 

Via Sol



publicado por olhar para o mundo às 08:01 | link do post | comentar

Terça-feira, 15.03.11
 
O Facebook proíbe a utilização do site por menores de 13 anos. E avisa que contas em nome de crianças abaixo desta idade serão eliminadas em caso de denúncia.

Não é difícil encontrar no Facebook crianças de sete, dez ou 12 anos. E há até pais que criam um perfil para bebés acabados de nascer. Mas a política da empresa criada por Mark Zuckerberg é muito clara: «O Facebook exige que as pessoas tenham, pelo menos, 13 anos para poder criar uma conta».

O aviso está nos termos e condições do site e deixa mesmo um alerta: «Fornecer informações falsas para criar uma conta constitui sempre uma violação da nossa Declaração de Direitos e Responsabilidades. Isso inclui contas registadas em nome de crianças com idade inferior a 13 anos por pessoas com mais idade».

Como a empresa não tem maneira de controlar todos os perfis, convida os utilizadores a denunciarem contas de menores de 13 anos. «Eliminamos de imediato a conta de qualquer criança com idade inferior a 13 anos», explica o Facebook no site onde disponibiliza um formulário para estas denúncias.

Tito Morais, criador do site Miúdos Seguros na Net - que já conta com mais de oito mil seguidores no Facebook - admite que é difícil manter fora das redes sociais «os miúdos da geração Magalhães, que têm entre seis a dez anos, mas já têm computadores com ligação à internet».

Morais explica que a idade mínima para ter conta nas redes sociais para adultos decorre de uma lei americana de protecção de menores na net, a Children s Online Privacy Protection Act, mas diz que há alternativas ao Facebook e ao Hi5. «Há pelo menos sete redes sociais criadas especificamente para crianças, com níveis de segurança e controlo parental muito superiores aos das redes dos adultos».

Para quem não conseguir ou não quiser tirar as crianças do Facebook, Tito Morais dá alguns conselhos. «É importante que os pais sejam seguidores das contas dos filhos nas redes sociais e, caso eles sejam menores de 13 anos, que tenham mesmo as suas passwords de acesso». Ensinar os filhos a pedir autorização antes de aceitar um pedido de amizade e evitar jogos e aplicações sem as mostrar primeiro aos pais são outras sugestões.

«O Facebook até pode ser uma boa ferramenta para aproximar os pais dos filhos e envolver a família, mas é muito importante que haja regras», defende o especialista.

Jocelyn Ovalle, da empresa de segurança informática BitDefender, aconselha os progenitores a estarem perto dos menores enquanto estes estiverem nas redes sociais. «É importante que se sentem, de vez em quando, com os filhos para navegar na internet, explicando-lhes os perigos que podem encontrar». Sempre que não puderem estar fisicamente ao lado das crianças, «podem confiar num software de controlo parental como o que inclui o BitDefender Internet Security, que pode ser configurado e controlado através da internet e que permite aos pais saber a que páginas acederam os filhos e impedi-las de acederem às que considerem ser inadequadas».

 

Via Sol



publicado por olhar para o mundo às 14:33 | link do post | comentar

Quinta-feira, 03.03.11
 
 
Depois de muitos rumores acaba de ser apresentado o novo iPad. A única surpresa acabou mesmo por ser a presença de Steve Jobs, que subiu ao palco para mostrar ao mundo o iPad 2. A 25 de Março deverá estar à venda em Portugal
 

A grande surpresa da cerimónia foi a entrada em palco de Steve Jobs, que esteve de baixa recentemente, e foi recebido com uma enorme ovação.

O patrão da Apple justificou a presença na cerimónia ao afirmar que«estivemos a trabalhar neste produto durante algum tempo e não queria perdê-lo».


Com lançamento previsto para o próximo dia 11 de Março, inicialmente apenas nos EUA, o novo tablet da Apple tem como principais características um processador dual-core A5, que apresenta o dobro da rapidez face à versão anterior, câmara frontal e na parte traseira e o facto de ser mais fino e mais leve do que o seu antecessor.

 

A nível de software, o novo iPad surge com o sistema operativo iOS 4.3 que integra uma funcionalidade através da qual os utilizadores podem aceder aos conteúdos do iTunes que têm no PC directamente no tablet, e com o FaceTime, a aplicação de videoconferência já disponível para o iPhone e que passa a estar também presente no iPad.

 

O iPad 2, que vai surgir em branco e em preto, vai ser comercializado a partir de 499 dólares, o mesmo preço da actual versão, e o modelo mais caro custará 829 dólares.

 

Depois do lançamento nos EUA o novo iPad vai ser lançado em mais 26 países no próximo dia 25 de Março, lote que já inclui Portugal.

 

Via Sol



publicado por olhar para o mundo às 08:01 | link do post | comentar

Quarta-feira, 02.03.11
 
A Microsoft vai disponibilizar a partir do próximo dia 23 de Março o Windows Intune

O Windows Intune é uma solução para a gestão centralizada de redes de PC s em ambiente Cloud.

Esta solução é o primeiro produto da iniciativa Cloud Power da empresa, que tem como objectivo «democratizar e simplificar o acesso a esta nova forma de consumir tecnologia por organizações de todo o tipo e dimensão».

A Microsoft refere em comunicado enviado à imprensa que «o Windows Intune foi concebido como uma solução abrangente de gestão de PC s que vai ao encontro das necessidades típicas de gestão de redes mais ou menos complexas que organizações de todos os tipos e dimensões possuem, exactamente devido à sua imensa flexibilidade e ao facto de actuar em ambiente «Cloud»».

«O serviço Windows Intune proporciona uma protecção ponto a ponto, gestão actualizada, inventário de hardware e software assistência remota, entre outras funcionalidades através de uma única consola de base Web», adianta a empresa, que refere ainda que «a subscrição deste serviço, para além de uma solução anti-malware, permite ainda que as organizações uniformizem o Sistema Operativo do seu parque de PC s através do direito de Upgrade para a versão Windows 7 Enterprise, a mais completa versão do Windows 7».

 

Via Sol



publicado por olhar para o mundo às 08:01 | link do post | comentar

Sábado, 26.02.11
 
 
 
A Google lançou uma nova funcionalidade no motor de pesquisa que permite ajudar os cibernautas a encontrarem receitas de culinária. Veja o vídeo

Denominado Recipe View o motor de busca encontra-se por enquanto apenas disponível nas versões japonesa e norte-americana do Google.

Para acederem às receitas os utilizadores têm de escolher o termo que pretendem pesquisar na caixa de pesquisa do motor de busca e clicar na funcionalidade recipes , que surge na barra lateral.

A lógica é semelhante à dos vários serviços de pesquisa dedicados que surgem nessa mesma barra, onde é possível pesquisar por imagens, notícias ou vídeos sobre um determinado assunto.

Para os adeptos da culinária que pretendam reduzir ainda mais os resultados das buscas, nessa área é ainda possível definir termos como o tempo que demora um determinado prato a cozinhar ou a quantidade de calorias.

 

 

Via Sol

 



publicado por olhar para o mundo às 13:49 | link do post | comentar

Domingo, 02.01.11

Ciência e tecnologia, o que será 2011

 

Para quem se lembra de ver, numa TV a preto e branco, o homem chegar à Lua, pode parecer loucura o que aí vem. Ver uma T-shirt transformada num ecrã de imagens ou assistir à descoberta de um planeta semelhante à Terra já não são só hipóteses. Estão mesmo para acontecer. Já este ano

 

TECNOLOGIA

01 iPad 2, PlayBook e PalmPad 
A segunda geração do iPad será anunciada já no início de 2011 e deverá estar nas lojas no final do primeiro trimestre. Os rumores apontam para que já inclua duas câmaras, porta USB e um novo processador. Depois do sucesso estrondoso da primeira versão, contra as expectativas iniciais dos analistas, também a Research in Motion (BlackBerry) e a HP irão lançar-se neste mercado. ARIM vai começar a vender o PlayBook, que terá nas empresas o grande alvo, e a HP prepara-se para anunciar o primeiro tablet – a que o mercado chama PalmPad – com o sistema operativo webOS, proveniente da compra da Palm. O Goldman Sachs espera que só em 2011 sejam vendidos perto de 55 milhões de tablets.

 

02 iPhone 5 e dual-core
iPhone 5 já está a ser testado e se for mantida a tradição está cá fora entre Junho e Julho. O telemóvel da Apple terá uma nova arquitectura de antena, para resolver os problemas do iPhone 4, com um processador mais rápido (1,2 GHz) mais memória e armazenamento e um ecrã ligeiramente maior. Uma vez que continua a ser a referência da nova geração de smartphones, o lançamento será muito aguardado. Além disso, espera-se para este ano um surto de smartphones com processador dual-core, depois de a LG ter lançado o primeiro do género há poucas semanas. Os chips com dois "cérebros" vão abrir caminho a telemóveis com mais poder do que alguns PC.

 

03 Portáteis com dois ecrãs
Fala-se disto há anos, mas nunca pegou verdadeiramente. No entanto, 2011 é o ano em que os portáteis com dois ecrãs podem ter sucesso. A Toshiba experimentou o conceito com o Libretto W105 e esperam-se mais lançamentos no Consumer Electronics Show, que arranca na próxima semana em Las Vegas.

 

04 Portáteis com Chrome OS

Este ano poderá marcar o início do fim do domínio mundial do Windows. Até agora, nem os sistemas operativos open-source (tipo Linux) nem o da Apple (Mac OS) fizeram estragos no reinado do Windows. No entanto, o novo sistema Chrome, que está em beta e a ser testado no portátil-pilotoCr-48, é a terceira via mais credível das última décadas. Os primeiros portáteis com Chrome começam a ser vendidos no segundo trimestre e serão fabricados pela Acer e pela Samsung. AGoogle espera que o destino seja o mesmo do Android, que relegou o Windows Mobile para o fundo da tabela. 

05 HTML5
A guerra entre a Apple e a Adobe por causa do Flash (plataforma mais usada para as animações nos sites) criou espaço para que se discutisse à séria o HTML5 – que muitos acreditam poder substituir o Flash na próxima geração de conteúdos web. Em 2011 estão criadas as condições para que os programadores se virem para esta linguagem, alegadamente mais fiável e menos problemática do que o Flash.

 

06 Loja de aplicações para MAC
A próxima quarta-feira é o dia marcado para o arranque da primeira loja de aplicações para computadores, no sentido mais clássico do aparelho. A Mac App Store da Apple representa o arranque de uma nova forma de distribuição de software para computadores, da mesma forma que a loja de aplicações para o iPhone mudou totalmente o tipo de software que se pode instalar num telemóvel e inaugurou um novo e lucrativo mercado para programadores. Ainda não se sabe quantas aplicações ou de que tipo estarão presentes, mas é muito provável que este seja o fim da instalação de software com recurso a suportes físicos, tipo CD ou USB. Vai haver uma aplicação para tudo.

 

07 Superfícies interactivas
É uma tecnologia revolucionária e tem assinatura portuguesa: a YDreams lança em Maio a sua spinoff Interactive Surfaces, com sede na Alemanha, e promete transformar qualquer superfície – sim, qualquer uma, de T-shirts e mesas a papel de jornal – em ecrãs com imagens. Segundo António Câmara, CEO da YDreams, é tudo baseado em química e demorou quase três anos a desenvolver e a patentear.

 

08 Quarta geração móvel
Vodafone já anunciou que vai começar a implementar o 4G na Alemanha e que todo o país estará coberto no final do ano, com base no LTE (long term evolution). Apesar de ainda não haver telemóveis compatíveis, o início dos investimentos deverá impulsionar os fabricantes – mesmo que a comissária europeia com a tutela da agenda digital, Neelie Kroes, já tenha admitido que o 4G só se vai massificar na Europa em 2013. Por outro lado, também os Estados Unidos têm já vários projectos a decorrer com 4G, da Sprint e agora da Verizon.

 

09 Televisões com internet
As televisões com ligação web já andam por aí, mas agora é que vão chegar os serviços e os conteúdos adequados para justificar o investimento. Com ou sem o lançamento oficial da plataforma Google TV, que é basicamente transportar o melhor da Google para a televisão, espera-se já para os próximos meses uma avalancha de novos serviços e conteúdos exclusivos para as televisões com internet. Talvez seja desta que a tão falada convergência entre a televisão e o computador se concretize.

 

10 Near-field communications
Ok, a Nokia brincou a isto nos últimos anos mas ninguém lhe ligou nenhuma. A NFC é uma tecnologia sem fios de alcance curto que permite trocar informações entre aparelhos. Por exemplo, um telemóvel com chip NFC pode aceder ao menu de um restaurante passando com o visor em cima do nome; basta que este esteja codificado. O NFC tem condições para rebentar agora porque a nova versão do Android suporta chips NFC e os fabricantes já estão a preparar a novidade.

 

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

CIÊNCIA

01 Descobrir uma irmã Terra
À hora destas previsões já foram descobertos 515 planetas fora do sistema solar. Nos cálculos do investigador Samuel Arbesman, de Harvard, dado o ritmo das descobertas, há uma probabilidade de 82% de se encontrar um planeta como a Terra no final deste ano. Até ao momento, o candidato mais promissor foi anunciado em Setembro. O Gliese 581 g está na chamada "zona habitável" da sua estrela – no limite de distância para poder ter água líquida – mas terá temperaturas negativas e o triplo da massa da Terra. Mais do que encontrar planetas no espaço – afinal eles abundam e existirá no universo o triplo das estrelas que se pensava – é preciso ter a sorte de apontar na direcção certa para achar a equivalência perfeita.

 

02 Turistas espaciais
Basta recordar a saga que está a ser enviar o Discovery pela última vez ao espaço (e o vaivém já voou 38 vezes) para justificar a introdução que se segue. Se tudo correr bem, a primeira nave espacialcomercial deverá cruzar o espaço este ano. A garantia é do presidente da agência de viagens espacialVirgin GalacticWill Whitehorn. Já há 390 turistas com lugar reservado e os bilhetes custam 200 mil dólares. Entretanto, e reparadas todas as avarias, o Discovery só deverá partir depois de Fevereiro.

 

03 Epidemias resistentes
Os casos de tuberculose em Londres aumentaram 50% na última década. O alerta foi lançado na "Lancet" e dá conta de novas estirpes entre a população prisional e sem-abrigo com hiper-resistência às terapêuticas. Em 2010, o isolamento de superbactérias provocadas por uma mutação no geneNDM-1, que as torna resistentes à maioria dos antibióticos, voltou a alertar para os riscos do seu consumo excessivo e para a rápida circulação das epidemias deste século.

 

04 Genoma para que te quero
Acredita-se que 85% das doenças genéticas podem ser determinadas por uma pequena porção do genoma, o exoma, responsável por codificar proteínas. Se sequenciar todo um genoma continua a custar mais de 5 mil euros e ainda demora quatro meses, restringir a procura a apenas 2% fica mais barato e produz resultados mais rápidos que possibilitarão desenvolver diagnósticos e tratamentos para doenças raras, menos escrutinadas pela indústria. Em 2011 está também previsto que termine oProjecto 1000 Genomas: a maior base de variações genéticas humanas, feita a partir de 2500 amostras de diferentes populações, incluindo a ibérica.

 

05 Telescópio grande e gelado
Chama-se Cubo de Gelo e está sediado no Pólo Sul. A construção do maior telescópio de neutrinos do mundo, na estação norte-americana de Amundsen-Scott, ficou concluída a 18 de Dezembro e promete em 2011 as primeiras observações. Custou mais de 200 milhões de euros e tem um detector de partículas a 1400 metros de profundidade. Explicar a matéria negra é uma das ambições dos investigadores.

 

06 Dilemas matemáticos
Dos problemas teóricos em aberto, o mítico (se for dado às coisas da computação) P=NP tem o desfecho profetizado para 2011. Nas lides computacionais há problemas fáceis e outros que aparentam ser mais difíceis (são precisas mais operações para os resolver). O que os investigadores não sabem é se os problemas que aparentam ser difíceis o são mesmo, e assim N seria diferente de NP... ou o contrário. Implicações: reboliço informático e pano para mangas para os teóricos. Confuso? Então, profetizamos nós: não vencerá o prémio de um milhão de dólares que o Clay Mathematics Institute promete à mente mais iluminada.

 

07 Células de embriões
A medicina regenerativa está a ganhar um novo fôlego. Depois de oito anos de entraves nos meandros da política norte-americana, o primeiro ensaio clínico com células estaminais derivadas de embriões foi para a frente em 2010. A biotecnológica Geron, sediada na Califórnia, iniciou um plano de tratamentos para validar o tratamento de lesões da coluna. Um segundo ensaio para testar um tratamento a uma doença hereditária que provoca cegueira durante a infância também já foi aprovado pela FDA.

 

08 Controlar o vírus da sida
O caso do paciente de Berlim – o homem a quem foi possível reverter uma infecção com VIH depois de transplantes de medula – poderá não passar de uma prova de conceito. Mas cada vez há mais boas notícias entre os investigadores que combatem a sida. O uso de medicamentos anti-retrovirais como profilaxia mostrou resultados positivos em diferentes ensaios clínicos, do gel vaginal aos comprimidos. Revelou-se eficaz em mais de metade dos casos.

 

09 Vacina contra a malária
A primeira vacina contra a malária, destinada a crianças, poderá chegar no final do ano. Apesar de ainda não ser perfeita, os anticorpos que têm vindo a ser de-senvolvidos pela GlaxoSmithKlineprevinem metade das infecções. A farmacêutica ainda não fixou o preço da vacina mas diz que os lucros não excederão os 5%. Em África, a doença ainda mata uma criança a cada 45 segundos. Um dos objectivos do milénio é reduzir a mortalidade infantil dois terços até 2015.

 

10 Compre já um carro voador
Se é adepto dos avanços mais futuristas, vá a Terrafugia.com. A star-up fundada por dois engenheiros do Instituto de Tecnologia de Massachusetts promete entregar os primeiros carros voadores em 2011. Para guiar/pilotar um Transition terá de ter carta/licença para pilotar ultraleves. A vantagem, dizem eles, é que abastece numa bomba normal e dá para estacionar na garagem. O preço ainda não está fechado: paga 10 mil dólares de sinal e a factura final deverá estar entre os 200 mil e os 250 mil dólares.

 

Via ionline



publicado por olhar para o mundo às 14:14 | link do post | comentar

Sexta-feira, 24.12.10

O ipad, uma das descobertas da década

 

Novos planetas: Um sistema solar muito parecido com o nosso

Uma equipa internacional de caçadores de planetas extra-solares (entre os quais os portugueses Alexandre Correia, da Universidade de Aveiro, e Nuno Santos, do Centro de Astrofísica da Universidade do Porto) descobriu este ano, a 127 anos-luz de nós, um sistema solar composto por sete planetas que é o mais parecido com o nosso sistema solar descoberto até agora. Um dos seus planetas é provavelmente rochoso e pouco maior do que a Terra; um outro, também rochoso, será semelhante a Saturno. Os outros cinco são gasosos como Neptuno. Todos eles giram em torno de uma estrela chamada HD 10180, na constelação da Hidra. Desde 1995 já foram detectadas centenas de planetas extra-solares e 15 sistemas solares com pelo menos três planetas. 

O primeiro planeta extra-solar de sempre foi descoberto por Michel Mayor e Didier Queloz, do Observatório de Genebra, na Suíça (que também integram esta equipa). Os resultados foram anunciados em Agosto e publicados a seguir na revista Astronomy and Astrophysics. É, porém, quase certo que o planeta mais semelhante ao nosso não alberga vida (nem passada, nem presente), uma vez que se encontra demasiado perto da sua estrela para isso ser possível. Por Ana Gerschenfeld (AG)

Vida artificial: Fabricar uma bactéria em laboratório

Este ano, Craig Venter e a sua equipa, do J. Craig Venter Institute, nos EUA, publicaram um resultado que vinham anunciando há bastante tempo: tinham conseguido criar, em pratinhos de laboratório, a primeira forma de vida artificial.

Antes disso já tinham fabricado cópias do genoma de uma bactéria natural, Mycoplasma micoides, utilizando versões sintéticas dos componentes de base do ADN, disponíveis no comércio. E também já tinham mostrado que as células de uma outra espécie bacteriana, Mycoplasma capricolum, parecida mas diferente, eram capazes, se fossem previamente privadas do seu próprio genoma, de "adoptar" e portanto de reproduzir o genoma natural de Mycoplasma micoides. Agora, os cientistas conseguiam realizar a terceira etapa do seu programa: fazer com que as células de Mycoplasma capricolum adoptassem o ADN artificial de Mycoplasma micoides, criando assim microrganismos com um património genético totalmente artificial. 

O trabalho não foi fácil: na primeira tentativa, não aconteceu nada. E, ao longo de meses, a equipa teve de eliminar os erros de código que impediam que o genoma artificial funcionasse, corrigindo literalmente letra a letra o ADN (que continha um milhão de "letras"). Exactamente como os autores de software que, para fazer funcionar um programa de computador, precisam de fazer o debugging do código informático.

Quando os resultados foram publicados, em Maio, na revista Science, houve quem dissesse que isto equivalia a fazer de Deus. Mas não é bem assim. Venter e os seus colegas não criaram vida de raiz - o que continua a ser impossível de fazer. Para reproduzirem o ADN artificial que tinham construído, recorreram à maquinaria celular, extremamente complexa, de uma bactéria já existente. 

Claro que isso não significa que não se deva reflectir sobre as implicações éticas e de segurança que as criações deste tipo podem vir a colocar. Aliás, os cientistas congratularam-se por esse aspecto do problema ter sido sempre uma das suas grandes preocupações em todo este processo.

Quanto a aplicações futuras do resultado, elas podem ir desde a invenção de algas produtoras de biocombustíveis inéditos à geração de bactérias capazes de fabricar novas vacinas e medicamentos. E talvez outras coisas que ainda ninguém imaginou. A.G.

Nova forma de vida: A bactéria que gosta de arsénio

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 10:00 | link do post | comentar

Quarta-feira, 15.12.10

troquei o meu marido por um iPad

Por mais incrível que possa parecer, troquei o meu marido por um iPad. Hoje sou uma mulhermais feliz, já que o iPad tem muitas mais qualidades do que a maioria dos homens alguma vez terá.

Foi amor à primeira vista, pelo menos da minha parte. Quando o conheci achei-o logo fascinante. Cheio de classe e cheio de graciosidade. Características que o tornam único.

Antes dele eu já era apaixonada pelo iPhone. Para ser franca, era acusada constantemente pelo meu marido que o estava a trair com o iPhone. Talvez com alguma razão, pois e é certo que não o largava e que ocupava grande parte do tempo com ele.

No entanto, na realidade não passava de um simples amante para passar o tempo. Até porque o iPhone não me preenchia por completo. Tinha algumas limitações, como o tamanho, por exemplo.

Agora com o iPad tudo é diferente. Agora sim, posso dizer de boca cheia: "Senhor meu marido, praticamente já não preciso de si". O iPad tem tudo o que preciso para me realizar. Ou pelo menos quase tudo.

Por que me apaixonei pelo iPad

 

As razões são muitas. São tantas que quase se torna difícil enumerar.

Ele é lindo. Tem muita classe. É único. Possui uma enorme leveza de espírito. É versátil e sobretudo inteligente. Muito inteligente. Vai sempre direto ao assunto e por isso não precisa de rodeios. É sincero e fiel: O meu, é mesmo só meu!

Além de inteligente, possui uma enorme cultura em várias áreas. Tantas quanto eu quiser que tenha.

E são temáticas específicas e variadas, com aplicações muito reais em áreas como: Entretenimento, informação, ciências, utilidades, saúde e mais... muito mais. Como se isso não bastasse, o meu iPad dá-me sempre todas as notícias em cima da hora ao longo do dia.

Ele guia-me a qualquer sítio direitinho. Aconselha-me que roupa devo vestir e dá-me diariamente a previsão do tempo. Conta-me histórias, mostra-me filmes, dá-me música e até, imaginem, me declama poesia.

E a paciência dele? É uma coisa por demais. Responde-me sempre a todas as questões e tira-me todas as dúvidas. Nunca reclama comigo por eu perguntar o mesmo mais do que 100 vezes e, além disso, adapta-se sempre às minhas necessidades.

Permite-me fazer alterações naquilo que eu quiser e nunca me diz que está cansado ou saturado. Ele não precisa de descanso. Só de alimento rápido de vez em quando, pois carrega-se em menos de uma hora.

Aceita as roupas que eu lhe quiser vestir, não tem mau hálito e não precisa de tomar banho.

Mas acima de tudo isto está uma a qualidade que me fez realmente passar completamente da cabeça e me leva a apaixonar loucamente por ele, ao ponto de achar que me pode levar ao altar: É altamente sensível ao toque.

 

Via A vida de saltos Altos



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Sexta-feira, 03.12.10

O Androide é para meninos

 

Um estudo realizado pela Nielsen conclui que as mulheres preferem o iPhone ao Android, ao contrário dos homens que gostam mais do sistema operativo da Google.

 

A companhia de estudos de mercado revela que, na União Europeia, 32,6% dos homens com intenção de comprar um smartphone vai adquirir um com o software Android e só 22,8% das mulheres manifesta a mesma intenção. Na hora de comprar um telemóvel inteligente, o iPhone está na lista de compras de 30,9% das mulheres e 28,6% dos homens.

 

O Blackberry consegue praticamente o empate: 12,5% das mulheres e 12,8% dos homens optará por este aparelho na hora de escolher um novo telemóvel.

 

Via Ionline



publicado por olhar para o mundo às 08:03 | link do post | comentar

Domingo, 14.11.10

O email do Facebook

 

Project Titan deverá arrancar na próxima segunda-feira. A informação foi avançada, esta sexta-feira, pela TechCrunch, que define o serviço de e-mail do Facebook como o rival que vai destruir oGmail.

Muitos dos utilizadores da rede social utilizam-na preferivelmente ao e-mail considerado comum. O site Business Insider considera que, se o “@facebook.com” resultar numa plataforma de correio electrónico mais fácil que as já existentes, tendo em conta que a página principal da rede social é já a primeira página de browser e ponto de partida para toda a navegação, a nova competência do Facebook pode destronar o Gmail, YahooHotmail como os serviços preferenciais de e-mail.

Em termos financeiros, poderá significar uma queda abrupta nas receitas da Yahoo e da AOL, que geram um número muito grande de visitas diárias reflectidas na quantidade de publicidade colocada no site. Se os utilizadores deixarem os serviços de correio electrónico destes dois servidores, as empresas que neles publicitam podem ter de pensar duas vezes antes de o fazer.

 

Via Ionline



publicado por olhar para o mundo às 10:57 | link do post | comentar

Segunda-feira, 08.11.10

Google, 115 anos dos raios X

 

Google está a celebrar os 115 anos da invenção do raio X com um logótipo novo. Os Doodles, como são conhecidas estes logos alterados, são a maneira do motor de busca assinalar efemérides.
Os raio X foram descobertos em 1895, por um físico alemão chamado Wilhelm Roentgen
Roentgen descobriu os raios por acaso e chamou-lhes X precisamente por desconhecer a sua origem. Antes de experimentar usar o raio num humano, o físico usou os raios em objectos inanimados. E quando chegou a vez de perceber o que faria a uma pessoa, Roentgen pediu… à sua esposa que expusesse a sua mão. Só mais tarde os cientistas descobriram que a exposição prolongada e desprotegida a estes raios pode provocar lesões graves

 

Via ionline



publicado por olhar para o mundo às 19:36 | link do post | comentar

Sexta-feira, 24.09.10

Carris aposta na internet nos autocarros

 

A partir de hoje, é possível aceder à Internet quando se viaja por Lisboa de autocarro, uma medida que a Carris quer alargar a toda a cidade ainda este ano para convencer mais gente a usar os transportes públicos.

A Carris apresentou hoje, dia da mobilidade, 30 novos autocarros articulados que permitem aceder à Net quando se viaja pela capital, com acesso livre, a partir de computadores ou telemóveis.

Para já a Net está disponível na carreira 36, entre o Cais do SodréOdivelas, e na 745, que liga Santa Apolónia ao Prior Velho, mas a previsão é que os “Net Bus” percorram ainda este ano, progressivamente, toda a cidade.

O objetivo, segundo José Silva Rodrigues, presidente da Carris, é aproximar o “tempo psicológico” que demoram para um passageiro as viagens de autocarro do “tempo real” do percurso e pretende ser mais um ponto a favor dos transportes públicos na luta contra o carro individual.

“O inimigo é o carro. Os transportes públicos não podem roubar clientes uns aos outros, mas trabalhar em conjunto para resgatar utentes ao transporte individual”, disse, por seu lado, o secretário de Estado dos Transportes, Carlos Correia da Fonseca.

O secretário de Estado, representantes da Carris e jornalistas viajaram entre os Restauradores e oOriente num dos novos “Net Bus”.

A aquisição destes 30 novos autocarros, que contribuem para o processo de renovação da frota que a empresa iniciou em 2003, custou 11 milhões de euros, mas o secretário de Estado salientou que, apesar da contenção, este gasto é necessário.

“A travagem dos investimentos não pode ser feita de um modo cego, porque há investimentos mais importantes do que outros. Há uns que contribuem para trazer as pessoas para o transporte público, para diminuir a utilização do automóvel, para satisfazer melhor as necessidades de acessibilidade e de mobilidade das populações”, disse Correia da Fonseca, salientando que “o Estado não é suficientemente rico para assegurar todos esses desejos muito legítimos dos cidadãos”.

Para melhorar a informação prestada ao público, a Carris está a aplicar placas com leitura em Braille, em relevo, nas 1900 paragens da cidade com a informação do código SMS ao minuto, que permite ao utente saber quanto será o tempo de espera até ao próximo autocarro e espera ter os percursos das carreiras disponíveis em versão áudio (CD).

A Internet a bordo dos “Net Bus” resulta de uma parceria entre a Carris e a TMN.

 

Via Ionline



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Terça-feira, 14.09.10

O famoso boneco Mario foi criado por Shigeru Miyamoto. Inicialmente, era conhecido por jumpman, mas quando no escritório da Nintendo nos EUA se discutia um nome melhor para o personagem, a reunião foi interrompida pelo seu proprietário, Mario Segale. Assim se batizou o canalizador mais conhecido de sempre.

Super Mario Bros consta do livro do Guinness como o jogo de maior sucesso de todos os tempos. Atualmente, conta com vendas globais de mais de 40 milhões de unidades.

Em 1993 foi adaptado ao cinema, com o mesmo nome. Porém o filme não teve o mesmo sucesso do jogo, chegando mesmo a ser considerado um dos piores filmes adaptados de videojogos.

Edição especial assinala aniversário

 

Para assinalar o 25.º aniversário a Nintendo vai lançar uma edição comemorativa em exclusivo para a Wii.

Esta edição, denominada "Super Mario Bros. 25th Anniversary Edition", vai incluir os primeiros 4 jogos lançados para a Nintendo Entertainment System (NES): Super Mario Bros., Super Mario Bros. - the Lost Levels, Super Mario Bros. 2 e Super Mario Bros. 3. Tudo na mesma caixa, onde podem encontrar ainda um CD de música e um DVD com a história da personagem.

O preço estipulado é de €30, mas a informação é a de que vai ser comercializado apenas no Japão. Não existe qualquer data relativa ao exterior.

 

 

Via expresso



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Terça-feira, 07.09.10

O Zomm encontra o seu telemóvel

 

Se tiver perdido o seu telemóvel, o Zomm alerta-o.

O pequeno aparelho, lançado esta segunda-feira, foi anunciado como “a primeira trela invisível para o seu telemóvel” e funciona através de Bluetooth.

O Zomm lança um alerta sonoro e vibra se deixar o telemóvel a mais de 30 metros. Esse alerta pode também avisá-lo se tem chamadas ou mensagens escritas (SMS).
Henry Penix, co-fundador da empresa homónima que lançou o Zomm, explica que “os telemóveis têm tanta informação pessoal e comunicações internas de empresas que para a maioria das pessoas perder o telemóvel é um verdadeiro pesadelo”.
O Zomm permite ainda atender chamadas durante a condução e tem um alarme de pânico que, além de ruidoso para demover um possível atacante, acede ao número de emergência, programável conforme a região, carregando simplesmente num botão
O Zomm vai estar à venda nas lojas Best Buy nos Estados Unidos e custa pouco mais de 62 euros.

 

 

Via ionline



publicado por olhar para o mundo às 14:10 | link do post | comentar

Sexta-feira, 03.09.10

 

Ping

 

A Apple anunciou ontem uma nova rede social baseada em música. Ping chega com iTunes 10

 

O que é que os seus amigos andam a ouvir? A Apple responde à pergunta com o PingSteve Jobs, o líder da empresa, diz que esta será uma rede onde "o Twitter encontra o Facebook e o iTunes", mas no fundo é mais uma mistura de last.fmFacebook. O Ping virá incluído no iTunes 10, a versão do media player lançada ontem, onde o CD desaparece do logótipo "porque a venda de músicas digitais ultrapassa já as vendas em CD", justifica Jobs na conferência transmitida a partir de S. Francisco, nos EUA. 

Os 160 milhões de utilizadores do iTunes (contando apenas os que têm cartões de crédito registados) são agora convidados a criar um perfil e partilhar os seus estados, vídeos e fotografias, mesmo que não estejam directamente ligados com música. O serviço mostra-lhe também um top com as dez músicas mais ouvidas pelo seu círculo de amigos, bem como uma lista de concertos, muito semelhante aos eventos do Facebook, onde pode dizer ao mundo que vai assistir a um espectáculo.

Jobs anunciou também a renovação completa da linha de iPods. O iPod Shuffle - o mais pequeno de sempre - volta à forma quadrangular e o nano ganha um ecrã multitoque. A maior modificação chega ao iPod Touch, que agora é mais fino e ganha as funcionalidades do último iPhone: uma câmara HD atrás e o "Retina display", bem como uma câmara frontal para fazer chamadas de vídeo entre iPods e iPhones em locais que tenham rede wireless. O iPad irá receber funcionalidades multitarefa em Novembro com o iOS 4.2, o sistema operativo dos dispositivos móveis Apple. 

A nova geração da Apple TV foi também ontem anunciada. Os filmes e séries passam a ser alugados, mas não estão disponíveis em Portugal devido aos direitos de utilização. Marco Dinis Santos

 

Via ionline



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Sexta-feira, 30.07.10

 

Perito em segurança quis apenas mostrar que o Facebook não protege devidamente os seus500 milhões de utilizadores ao tornar públicos dados pessoais de mais de 100 mil.(Veja como defender-se em vídeos no final do artigo)

 

 

Facebook,dados pessoais à solta na net

Dados pessoais de mais de 100 mil utilizadores do Facebook circulam livremente pela Internet, constituindo uma nova arma de arremesso para todos aqueles acusam a popular rede social de não proteger devidamente as informações inseridas pelos utilizadores.

 

Os dados foram compilados por Ron Bowes, um perito em segurança, que desenvolveu uma pequena aplicação que, saltando de perfil em perfil, recolhe as informações que os utilizadores do Facebook não protegeram de olhares indesejados.

Note-se que este site permite colocar as informações constantes dos perfis acessíveis apenas aos amigos ou aos amigos dos amigos, mas muitos utilizadores não procedem a este tipo de configurações. Ora, sempre alguém se regista no Facebook, algumas destas informações ficam acessíveis a qualquer pessoa.

 

Ataque iminente

 

Os dados agora tornados públicos incluem apenas o endereço (URL), nome e identificador único de cada utilizador, mas em declarações à BBC, Simon Davies da Privacy Internacional, garante que seria possível recolher, da mesma forma, informações tais como o endereço de correio eletrónico, números de telefone e até moradas.

 

A mesma fonte recordou ainda que o Facebook foi alertado por diversas vezes para a possibilidade de um ataque deste tipo, mas que nada terá feito.

"É inconcebível que uma empresa com centenas de engenheiros não tenha conseguido evitar um ataque com esta magnitude, podendo concluir-se que o Facebook foi negligente", afirmou Simon Davies.


O que diz o Facebook

 

Numa declaração enviada para a BBC, o Facebook assegura que os dados agora divulgados desta forma já podiam ser livremente acedidos online.

"As pessoas que usam o Facebook são donas da sua informação e têm o direito de partilhar o que querem, com quem querem e quando querem", pode ler-se na declaração.

"Neste caso, informações que os utilizadores concordaram tornar públicas e que foram compiladas por um perito, já estão disponíveis no Google, Bing e noutros motores de pesquisa, tal como no Facebook", afirmam os responsáveis pela rede social do momento frequentada por mais de 500 milhões de internautas.

"Não foram tornados públicos dados privados", garantem as mesmas fontes.

 

 

 

 

Via Expresso



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Sexta-feira, 16.07.10

Fira cola.. os usos mais improváveis

 

Para resolver problemas de rede no iPhone 4
A falha de recepção no iPhone 4 pode ser resolvida de forma simples. ?Pode não ser bonito, mas funciona?, escreve Mike Gikas no blogue Consumer Reports. A falha é causada pela localização, no lado inferior esquerdo, do conector da antena, que fica oculto pela mão do utilizador e pode causar a perda de ligação em zonas com menor cobertura de rede. Colando um pedaço de fita-cola na zona do conector resolve o problema de uma forma mais barata que a bolsa protectora e mais confortável que a sugerida por Steve Jobs: ?Peguem-lhe de outra maneira?.

 

Para fotografar a Terra do espaço
Enquanto a NASA gasta quase 400 milhões de euros em voos vaivém, que envolvem cerca de 1500 pessoas e coloca em risco alguns astronautas, Robert Harrison faz o mesmo com um balão meteorológico, uma máquina fotográfica digital e fita-cola. Custo por voo: cerca de 600 euros.
Harrison, um engenheiro informático de West Yorkshire, Reino Unido, sabia que ia conseguir algumas boas fotos, mas nunca imaginou poder ver ?a curvatura da Terra, a linha azul da atmosfera ou a escuridão do espaço?, disse à ABCnews.

 

Para prender propulsores espaciais
Em 2006, durante a missão do vaivém Discovery, estavam planeadas três saídas ao exterior da nave. Um dos equipamentos dos astronautas nestes ?passeios? é uma espécie de mochilapropulsora que leva o astronauta de volta se o cabo que o liga ao vaivém tiver problemas. O astronauta Piers Sellers sugeriu que se usasse uma fita-cola especial, que mantém as propriedades em temperaturas extremas, para segurar melhor a mochila ao corpo depois de quase a ter perdido num dos ?passeios?. 
Já na missão Apolo 13 o uso espacial da fita salvou vidas, quando os astronautas a utilizaram para unir tubagens de ar danificadas

 

Em primeiros socorros
Quando se pensa num estojo de primeiros socorros, um rolo de fita-cola não é dos objectos mais imediatos, mas pode ser necessário. Em casos de feridas perfurantes ao nível dos pulmões ? um ferimento de bala, por exemplo ? há perda de pressão pulmonar, o que impossibilita a respiração. De facto, a inspiração e expiração só são possíveis através de um jogo de variação de pressão. A primeira coisa a fazer se se deparar com uma ferida que faz ruídos de sucção ou ?assobia?, é tapá-la: Fita-colaserve perfeitamente.

 

Durante tempestades
É comum ver, nas zonas onde está prevista a ocorrência de um furacão, grandes X de fita-cola nas janelas. Durante uma tempestade violenta, além de quebrar as janelas, há a possibilidade dos pedaços saírem a voar com uma força comparável à das bombas de fragmentação. Colando fita-cola em X nas janelas, não se evita que os vidros partam, mas evita que estilhacem.

 

Via Ionline



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Segunda-feira, 21.06.10

Colheres de pau em vias de extinção

 

Até há cerca de 20 anos era rara a família que, em Benfeita, no concelho de Arganil, não tinha pelo menos um colhereiro, mas hoje já quase não há, ali, quem faça colheres de pau

 

A concorrência de ligas metálicas e, sobretudo, do plástico, reduziu, de forma acentuada, a procura do utensílio, que também teve como adversário a deficiente interpretação de normas legais.

A legislação não proíbe as colheres de madeira, mas condiciona a sua utilização em função do estado de conservação, diz, à agência Lusa, um técnico da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), admitindo, porém, que «pode ter passado a falsa ideia» de que é um utensílio proibido nos restaurantes e estabelecimentos similares.

Mas a agonia das colheres de pau de Benfeita começou muito antes da publicação daquela legislação. Teve início quando a concorrência do plástico lhes impôs uma luta desigual.

«Nas décadas de 70 e 80» do século passado,«ainda havia muita gente que vivia disto», particularmente nas aldeias de Pardieiros, Luadas, Enxudro, Sardal e mesmo na sede da freguesia, recorda o presidente da Junta de Benfeita, Alfredo Oliveira Martins.

As colheres de pau de Benfeita eram como que um ícone da freguesia, do concelho e até da Beira Serra, constituindo mesmo «uma receita importante para a economia local», acrescenta o autarca.

«As colheres de plástico», nos mais diversos e sedutores feitios, tamanhos e cores, «tiraram a venda a estas», lamenta Acácio Duarte, 77 anos, um dos dois últimos colhereiros de Luadas.

«Comecei nesta arte, com o meu pai, quando tinha 16 ou 17 anos», conta à Lusa o artesão, que«praticamente já não faz colheres», em pinho, como manda a tradição de Benfeita.

«As ferramentas já ganharam ferrugem», desabafa, exibindo os instrumentos com que, durante anos, moldou «colheres de todos os tamanhos».

As suas colheres chegavam «ao país inteiro», através de intermediários, que forneciam «todo o tipo de feiras» e estabelecimentos comerciais, «alguns até bem finos».

«Isto parece que terminou». Com as colheres de pau«já não se tira ordenado», por mais pequeno que seja, garante Acácio Duarte.

Já «não há quem queira aprender a fazer colheres».

Mas, «mesmo quem sabe, teve de procurar outra coisa», afirma José Pinheiro, 38 anos, ex-colhereiro e, agora, artesão de xisto.

José Pinheiro, colhereiro desde os 15 anos, deixou«as colheres pelos 23/24 anos» de idade – «davam pouco e comecei a trabalhar no xisto», justifica.

«De dia fazia colheres, à noite peças em xisto», pois, já nesse tempo, «tinha de arranjar maneira de complementar o ordenado», explica à agência Lusa o artesão de Luadas.

A maior parte dos colhereiros de Benfeita abandonaram por completo, no entanto, o artesanato.

«São raros os que se mantém na profissão» e, em grande parte dos casos, já só através da cestaria de verga. Mas também esta actividade, diz o presidente da Junta de Benfeita, começa a caminhar para a extinção.

 

Via SOL



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Sábado, 29.05.10

Onde comprar um Ipad

 

Ontem já havia um cliente à porta da loja da Apple em Sydney, Austrália, e em Londres as primeiras pessoas começaram a chegar de madrugada. Tudo para serem os primeiros a comprar o iPad, que chega hoje a seis países europeus, Japão, Canadá e Austrália, depois de alguns atrasos e muita expectativa. 

Mas para os fãs portugueses da Apple, a espera continuará a ser incerta. Não há data confirmada de lançamento em Portugal, apenas rumores de que chegará depois do Verão ou só no Natal. Também se falou de um acordo com a Vodafone, mas tudo ficou no limbo dos rumores. Na Europa, os felizardos são Espanha, França, Itália, Alemanha, Suíça e Reino Unido. 

Conclusão: quem quiser comprar hoje um iPad terá de apanhar um avião para ir buscá-lo. E nem sequer vale a pena pedir àquele amigo que está nos Estados Unidos para mandar um pelo correio; na maioria das lojas o tablet continua esgotado e com listas de espera. Das duas uma: ou é sintoma de um sucesso acima de todas as expectativas, ou a Apple encurtou propositadamente os stocks para dar esta sensação de loucura. 

Tendo em conta a proximidade, Espanha parece o mercado mais lógico para ir buscar um exemplar do novo tablet, até por ser o país europeu onde o iPad será mais barato. Madrid é a solução mais em conta, cerca de 80 euros por bilhete de avião, e também a mais rápida, com um voo de uma hora. Em Espanha não há Apple Stores, por isso escolha uma loja entre as que estão autorizadas, como Fnac, El Corte Inglés, K-Tuin, Benotac, Ademac, MediaMarkt ou Icon Planet. A versão mais barata é Wi-Fi de 16 gigas e custa 479 euros (a de 32 gigas custa 579 euros e a de 64 gigas custa 679). Se a sua escolha for 3G, então 16 gigas ficam por 579 euros, acrescentando sempre 100 euros às versões seguintes.

No entanto, não poderá aceder às tarifas especiais de dados lançadas pela Vodafone, Movistar e Orange, e ainda que todo o software pré-carregado estará em espanhol. 

London calling
Se preferir dar um salto ao Reino Unido, o melhor será esperar uns dias, porque já não encontra bilhetes de avião abaixo dos 140 euros para Londres. Ou então, optar por ir para Birmingham ou Bristol, que custarão algo como 80 a 90 euros. Todas as 27 lojas oficiais da Apple estão abertas uma hora mais cedo, a partir das oito da manhã. E ainda será possível pôr as mãos no tablet "messiânico", como tem sido chamado, em 139 lojas da Currys, Dixons, Thur e PC World. Os preços variam entre 429 libras (503 euros) para a versão Wi-Fi mais básica e 699 libras (820 euros) para a melhor versão 3G. Vale a pena? Só se for para ver ao vivo o caos que um lançamento da Apple normalmente produz em terras de Sua Majestade. 

Valor
A chegada do iPad à Europa acontece dois dias depois de a Apple se ter tornado na maior empresa tecnológica de Wall Street, com uma valorização bolsista de 181 mil milhões de euros, destronando a arqui-rival Microsoft (178,6 mil milhões de euros). Um feito histórico: há dez anos, a Microsoft valia 35 vezes mais que a Apple.



publicado por olhar para o mundo às 10:00 | link do post | comentar

Terça-feira, 25.05.10

O criador do Facebook em cartoon

A chuva de críticas que se abateu sobre as definições de privacidade do Facebook vai ter resultados já esta semana, quando a maior rede social da net revelar novas modificações na protecção dos utilizadores. Uma das principais diferenças será a concentração das definições num único sítio, uma espécie de página mestra de controlo, com o objectivo de simplificar o processo. Foi isto que disse ao Finacial Times Simon Davies, do grupo lobista Privacy International, que tem estado em contacto com o Facebook nos últimos dias. 

"Está a ser feita uma revisão fundamental na forma como a empresa aborda a privacidade", garante Davies, que indica alguns detalhes do novo sistema: o utilizador poderá escolher se partilha o conteúdo apenas com amigos, amigos de amigos ou todos. Actualmente, é preciso escolher uma destas definições para dezenas de categorias (informações pessoais, de contacto, ligações, vídeos, fotos, etc). 

A simplificação poderá responder às queixas de que é demasiado complexo proteger um perfil na rede, mas claramente os grupos defensores da privacidade e os reguladores que estão a pressionar o Facebook querem mais. Muito mais. É que a grande polémica está centrada na funcionalidade de "personalização instantânea", que partilha automaticamente informações dos perfis com sites fora do Universo do Facebook. Por exemplo, uma rádio online saberá de imediato que o perfil X ou Y gosta de certa banda (até agora, os parceiros confirmados são a rádio Pandora, o site de reviews Yelp e Microsoft Docs) . Segundo explica Davies, o Facebook tentará tornar mais fácil sair desta personalização instantânea. O problema, como sempre, é que a esmagadora maioria dos utilizadores nunca mexe nas definições que vêm por defeito nas redes. E ao contrário dos grandes rivais, o Facebook tem sido acusado de ser demasiado permissivo nesse aspecto. 

As críticas já vêm de antes, mas nunca como agora a rede fundada pelo então quase adolescente Mark Zuckerberg esteve sob tanta pressão, com escrutínio do congresso norte-americano, Fedetal Trade Commission e até de grupos ligados à Comissão Europeia. 

E não se trata apenas de uma exposição exagerada dos perfis, da política de privacidade que é mais longa que a constitução dos Estados Unidos ou da complexa tarefa de proteger todos os aspectos do perfil. Há também acusações de que o Facebook "facilita" informações dos seus utilizadores a sites terceiros e principalmente a anunciantes. Isto mesmo constou de uma denúncia enviada há dias à FTC pelo professor de Harvard Benjamin Edelman, segundo a qual clicar num anúncio alojado no Facebook revela ao anunciante o nome ou ID de utilizador de quem clicou. 

O desafio de Zuckerberg é encontrar o equilíbrio entre a satisfação dos seus utilizadores, que estão perto dos 500 milhões em todo o mundo, e o apetite dos anunciantes e das empresas que se querem associar ao fenómeno (com aplicações, jogos, ligações directas...). Na semana passada, o jovem de 26 anos assinou um acordo histórico com a Zynga,empresa que inventou o jogo FarmVille e que tinha ameaçado tirá-lo do Facebook caso Zuckerberg se tornasse demasiado ganancioso. 

Por outro lado, o Facebook tem provado ser muito mais capaz de transformar notoriedade em receitas que o Twitter, mas menos tacto com os utilizadores. O MySpace, destronado pelo Facebook em 2008, já aproveitou esta onda de protestos simplificando as definições de privacidade e piscando o olho aos milhares de cibernautas que ameaçam desistir do Facebook nas próximas semanas.

 

Via ionline



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Quinta-feira, 22.04.10

O segredo do novo Iphone

 

Se fosse com outra empresa, o episódio não teria chamado a atenção de ninguém. Mas trata-se da Apple e do novo iPhone, que pode ser revelado em Junho. Por isso, a novela do blogue que pagou cinco mil dólares por um protótipo, publicou fotos e agora terá de o devolver à Apple está a correr a internet como um rastilho. Será um golpe de marketing? Não é que a Apple precise, mas este episódio marca o arranque da contagem decrescente para a quarta versão do iPhone.

A história começa com umas fotos exclusivas publicadas segunda-feira pelo reconhecido blogue de tecnologia Gizmodo, garantindo que se tratava do novo iPhone. Um modelo elegante, como os anteriores, mas com imensas novidades (esperadas, diga-se, tendo em conta o novo sistema operativo iPhone 4.0). Além de uma câmara na parte da frente, para videochamadas, tem flash para fotos, botões metálicos, ecrã mais pequeno mas com melhor resolução, bateria 16% mais duradoura e mais três gramas de peso. 

O Gizmodo refere que o iPhone 4 foi encontrado num bar de Redwood, Califórnia, e que pagou bem ao bar para obter o aguardado protótipo. Mas a Apple vê as coisas de outra forma e escreveu uma carta ao blogue dizendo que o iPhone 4 foi "roubado" e que o quer de volta. O Gizmodo diz que vai aceder ao pedido, mas pede à Apple que "não seja muito dura" com o engenheiro de 27 anos que o perdeu. Se for um golpe publicitário, o mais provável é que o empregado receba um bónus.

 

Via Ionline



publicado por olhar para o mundo às 10:39 | link do post | comentar

Quarta-feira, 14.04.10

Os melhores programas gratuitos da internet

 

Suite de produtividade


1 - Openoffice.org 3.2: Fácil de descarregar para o PC, tem uma interface simples e extras que não se encontram nas versões online. 
2 - Lotus Symphony 1.1.: É a melhor opção para quem está habituado ao Microsoft Office, com destaque para a folha de cálculo. 
3 -Google docs: Não se instala no PC, mas também pode ser usado offline, bastando para isso activar essa opção. Está cada vez mais completo.
4 - Acrobat: O “free plan” é limitado mas inclui o básico: processador de texto, folha de cálculo, apresentações e colaboração. 
5 - Zoho: Rivaliza com a Google no número e qualidade de aplicações online.

 

Antivírus


1 - AVG 9 Antivirus Free Edition: Talvez o mais popular dos gratuitos. Barra vírus e as actualizações são automáticas.
2 - Avira Antivir 9 Free Edition: Está no topo das preferências dos especialistas e tem como ponto positivo um centro de controlo para o utilizador.
3 - Avast 5: Esta versão tem uma interface diferente, é mais rápida e inclui um “modo vídeojogo”.
4- Spybot – Search & Destroy: É dos melhores em anti-spyware gratuito. 
5 -BitDefender 10: Não tem protecção em tempo real, o que o torna mais fraco, mas o motor de procura de vírus é bastante bom.

 

Limpeza do computador


1- Active@ HD Monitor: Considerado um dos melhores na monitorização do disco rígido. 
2- Ashampoo WinOptimizer 2010: Apropriado para quem quer uma ferramenta de limpeza fácil e simples de usar.
3- Comodo System Cleaner: Tem mais opções de limpeza, que podem ser agendadas periodicamente.
4- CCleaner Óptimo: para encontrar os “restos” de aplicações e inutilidades que tornam o PC mais lento.
5- CleanMem: É um dos que se instalam e se esquecem. Faz o seu trabalho nos bastidores.

 

Busca no Desktop


1- Copernic Desktop Search Home: Procura a informação desejada dentro de documentos, emails e anexos de mensagens. Tem aplicação móvel para iPhone e BlackBerry.  
2- Everything: A sua mais-valia é ocupar muito pouco espaço e ser bastante rápido a encontrar os ficheiros que se procuram.  
3- DocFetcher: Localiza facilmente palavras-chave, mas apenas em documentos (não fotos, vídeos ou outros).
4 -Google Desktop 5: Dispensa apresentações: é o Google para dentro do PC.  
5- Locate32: Tem menos funcionalidades, mas é mais rápido que o Windows Search. 

Multimédia


1- Miro Video Converter: Para converter qualquer tipo de vídeo em mp4, para usar no iPhone, iPod, etc. A mais-valia é a facilidade de uso. 
2- Photoscape: A interface é diferente, mas oferece muitas ferramentas além das básicas do Picasa ou do Photofiltre. 
3- CDBurnerXP: A vantagem é suportar todos o tipo de formatos, de Blu-ray a HD-DVD, e ser mais fácil de usar que outros (como o ImgBurn).
4-Audacity: Para editar vídeo e áudio sem gastar um tostão. Bom substituto para o Adobe Audition.
5- Sauerbraten CTF Edition: Vídeojogo que faz lembrar o Unreal Tournament em versão gratuita.

Sistemas operativos
Qualquer computador traz sistema operativo de raiz, mas se alguém estiver descontente com o Windows e não quiser um Mac... pode escolher uma alternativa open-source:
1- Ubuntu: Já é um clássico entre os sistemas Linux. Muito parecido com o Windows.
2 -Jolicloud: Baseado em Ubuntu Netbook Remix, tem como ponto a favor a facilidade de instalação.
3- Open SUSE: Talvez o sistema com maior apoio ao cliente, por ser desenvolvido pela Novell.
4 -Slackware: Um dos mais antigos (1993). É estável e simples.



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Quarta-feira, 07.04.10

O ipad.... um sucesso.

 

Se as previsões arrojadas dos analistas estiverem certas, a Apple vendeu mais de meio milhão de iPads no primeiro fim-de-semana de lançamento nos Estados Unidos. Os stocks não esgotaram e não foi preciso controlar as filas de consumidores com helicópteros, mas os números são bem superiores aos que eram apontados inicialmente - cerca do dobro. 

Só no sábado, revelou ontem a Apple, foram vendidas 300 mil unidades do portátil tablet que é simultaneamente um leitor de livros electrónicos. E quando a empresa de Steve Jobs faz um comunicado dois dias depois de uma estreia, podemos ter a certeza de que as coisas correram bem. 

"É uma óptima sensação ter lançado o iPad no mundo - vai mudar as regras do jogo", escreveu Jobs no comunicado de imprensa emitido ontem. "Os utilizadores do iPad descarregaram, em média, mais de três aplicações e um livro electrónico nas primeiras horas de utilização", revelou.

Apesar das dúvidas de muitos críticos, principalmente quanto às lacunas técnicas do aparelho e à ausência de espaço num mercado sobrelotado de smartphones e portáteis, as perspectivas dos analistas são agora melhores que em Janeiro, quando o iPad foi recebido com uma ponta de desilusão. Ontem foram vários os analistas que subiram para mais de 300 dólares o preço futuro estimado (preço-alvo) para as acções da Apple, um valor bem acima dos 235 dólares que valiam na semana passada e dos 200 registados no dia do anúncio do iPad. Desde que tirou o iPhone do bolso, em Janeiro de 2007, Steve Jobs já viu o valor das acções da sua empresa valorizarem quase 150%. 

Futuro

O sucesso do iPad vai ser testado nos próximos meses, quando surgir a segunda versão do aparelho, com Wi-Fi e 3G, e der entrada numa dezena de mercados europeus e asiáticos. Para já, os sinais são positivos. A consultora Piper Jaffray subiu as previsões de vendas de 2,8 para 5,5 milhões de unidades em 2010. A iSuppli aponta para 20,1 milhões de iPads em 2012. Até a conservadora Forrester Research espera que a Apple venda três milhões de iPads no primeiro ano. 

Nenhum outro tablet sequer chegou perto destes números. Mas também nenhuma outra empresa consegue ter publicidade gratuita, pessoas a acamparem três dias antes à porta das lojas e clientes eufóricos para serem recebidos com salvas de palmas. A estreia do iPad, como a do iPhone, poderia ter sido confundida com uma edição dos Globos de Ouro, tal era o espectáculo à sua volta. 

"O lançamento do iPad diz menos do seu sucesso e mais da proeminência da Apple na nossa cultura, escrevia ontem o analista Charlie Wolf, da Needham & Co., numa nota aos clientes citada pelo MarktWatch. "O iPad é um aparelho de que ninguém precisa, mas que toda a gente quer", concluiu. Este será o grande desafio de Steve Jobs: criar um mercado onde ele não existe. 

As enchentes nas lojas da Apple e da BestBuy no sábado foram uma prova de que a Apple mantém a aura de culto - e os números talvez fossem maiores se muitas lojas não tivessem fechado no domingo de Páscoa. Com 3100 aplicações já disponíveis na App Store, há cada vez mais empresas a anunciarem ofertas específicas, como a Marvel e a Walt Disney. Além disso, o iPad não é só para geeks. Shannon Evans, uma norte-americana do Michigan, disse à "PC World" que comprou o tablet para levar para a missa. O primeiro livro que comprou na iBook Store foi, é claro, a Bíblia.

 

Via Ionline



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Sexta-feira, 02.04.10

os sapos podem prever terremotos

 

Os sapos são sensíveis à ameaça de terramotos cinco dias antes de estes ocorrerem, conclui um estudo feito por cientistas da Open University, em Milton Keynes (Reino Unido).

O estudo, divulgado no "Journal of Zoology", uma revista científica de referência mundial, foi noticiado na imprensa britânica e abrangeu uma população de sapos em fase de acasalamento no Lago de San Ruffino, no centro de Itália.

O comportamento dessa população foi analisado antes, durante e depois do terramoto de magnitude 6,3 na escala de Richter que abalou a cidade de Áquila a 6 de Abril de 2009, matando uma centena de pessoas e deixando mais de 50 mil desalojadas.

Fuga em massa

 

Apesar de o lago se localizar a 74 km do epicentro deste sismo, cerca de 96% dos machos da colónia de sapos abandonaram o lago cinco dias antes de ele ocorrer, tal como a maioria dos casais, e procuraram locais mais elevados, onde o risco de derrocadas e inundações é mais reduzido.

Os cientistas da Open University não conseguem explicar o fenómeno, que não se deve a outras causas como, por exemplo, uma mudança repentina do estado do tempo. Mas confirmam que a alteração de comportamento dos sapos coincidiu com movimentações na ionosfera, a camada electromagnética superior da atmosfera terrestre.

E alguns investigadores admitem que estas movimentações podem estar ligadas à libertação do solo de radão, um gás radioactivo (comum nas regiões graníticas do Norte de Portugal), ou a ondas gravitacionais entre as várias camadas da atmosfera, tudo isto pouco antes de ocorrer um sismo.

Libertação de radão e de partículas carregadas são um aviso?

 

Rachel Grant, bióloga da Open University, explicou ao diário britânico "The Guardian" que "os sapos e os anfíbios em geral são muito sensíveis a alterações na química do ambiente", e admite que a libertação de gases e partículas subatómicas com carga eléctrica "pode ter sido detectada pelos sapos". Embora não se saiba ainda como.

Em 2003, um cientista japonês divulgou um estudo que concluía que o número de cães que ladrava muito aumentava cerca de 18% em média nos meses que precediam um terramoto.

No dia 17 de Março, a Universidade de Lisboa organizou uma conferência no Museu Nacional de História Natural sobre o tema "Afinal os sismos podem ou não prever-se?", que contou com a intervenção de alguns dos mais destacados especialistas portugueses nesta área.

Na altura estava ainda bem presente na memória das centenas de pessoas que encheram o anfiteatro do museu os sismos devastadores do Chile e do Haiti, mas os cientistas foram claros: podem determinar-se as zonas de risco e conhecem-se sinais precursores, desde alterações dos níveis dos poços até à libertação de radão.

Mas não é possível prever a magnitude, a localização e a data de um sismo, com os instrumentos, as tecnologias e o nível de conhecimento que temos hoje.

 

Via Expresso



publicado por olhar para o mundo às 10:14 | link do post | comentar

Quarta-feira, 31.03.10

O 4G está a chegar

 

Descarregar o "Estado de Guerra" para o telemóvel em dois segundos, ver três canais em alta definição ao mesmo tempo ou participar numa conferência de vídeo em tempo real com a máxima qualidade. Estas são algumas das coisas que vai poder fazer quando a quarta geração (4G) chegar aos telemóveis e às placas de banda larga para portáteis, em 2011. 

"É a fibra no móvel", simplificava ontem Alfredo Baptista, administrador da PT, durante aquela que foi a primeira demonstração pública de 4G em Portugal. Feita pela operadora móvel do grupo, TMN, a demonstração será seguida de testes-pi-loto em Portugal e no Brasil já nos próximos meses. Tudo está a ser feito com apoio de sete parceiros-chave - Cisco, Alcatel-Lucent, Nokia Siemens Networks, Motorola, Ericsson, Huawei e ZTE. São os maiores players do mercado e vão permitir à TMN ser uma das primeiras empresas no mundo a avançar. 

O 4G está a ser desenvolvido desde 2004 e, na verdade, chama-se LTE (que significa Long-Term Evolution), uma evolução natural do 3G. "O LTE tem a particularidade de ser um standard já estabilizado, que será adaptado por todos", explicou Alfredo Baptista, adiantando que se trata de "um salto qualitativo". Por ser em tecnologia IP (protocolo internet) e não na tradicional TDM, será verdadeiramente possível a tão falada convergência fixo-móvel. 

Além disso, a adopção mundial vai acabar com as diferenças de tecnologia móvel entre as várias zonas do globo - GSM na Europa, CDMA na América, W-CDMA no Japão. Porque tem uma arquitectura diferente, é possível adaptar o hardware existente nas redes das operadoras e pô-lo a funcionar em 4G, bastando modificar o software. Antes, o hardware de segunda geração só funcionava com software de segunda geração e o mesmo para o 3G. Resultado: as operadoras não terão de fazer migrações complicadas e disruptivas do serviço para passar a oferecer velocidades estonteantes.

Não é um exagero. Em Portugal, já há ofertas de 100 megas nas ligações fixas, mas a média ronda os oito a dez megas. Com a LTE, estamos a falar de 100 megas no telemóvel ou portátil: muito mais que os actuais 7,2 megas da 3,5G. E não se ficará por aqui. "O débito vai evoluir para 300 megas e depois para um giga", adiantou Alfredo Baptista. Com base na nova infra-estrutura e capacidade da rede, as operadoras vão poder oferecer muito mais serviços. Os clientes da PT que têm MEO, por exemplo, poderão aceder a tudo no portátil ou telemóvel tal e qual fariam se estivessem em casa. Com a mesma qualidade e rapidez. 

Por outro lado, a latência será muito mais baixa (o tempo de trânsito da informação). Isto é particularmente importante para jogar videojogos online, já que quem tiver as conexões de resposta mais rápida ganhará vantagem. Além disso, a arquitectura diferente permite que o débito que chega às estações-base não dependa da largura de banda. 

O que falta

A tecnologia já está madura, mas ainda não estão reunidas todas as condições necessárias. É preciso que haja cada vez mais telemóveis e placas de banda larga para o LTE. Depois, falta que a Anacom lance o leilão para atribuir o espectro - a LTE funciona nas frequências 2,6 GHz e 800/900 MHz. Estas últimas, o chamado dividendo digital, ficarão livres quando a televisão analógica for desligada, em 2012. 

Os preços não deverão ser muito diferentes dos já praticados. A massa crítica vai permitir preços razoáveis, até porque haverá lugar a maior integração de serviços e pacotes. Na primeira oferta comercial de LTE, lançada pela sueca Teliasonera em Dezembro de 2009, os clientes pagam 60 euros por 30 megas (embora a oferta vá até aos 80).

 

Via ionline



publicado por olhar para o mundo às 09:49 | link do post | comentar

Quinta-feira, 18.03.10

Carro supersónico mais rápido que um caça

 

A equipa de engenheiros que está a construir o carro mais rápido do mundo já terá encontrado uma solução para o maior problema que tinha entre mãos: evitar que o veículo descole, tal como um avião, quando ultrapassa a barreira do som (1.225 kms/h), noticiou a BBC .

"Quando atingimos Mach 1.3 já conseguimos fazer com que parte anterior do carro não perca contacto com o solo", afirmou o director técnico do Bloodhound SSC, o veículo que deverá bater o actual recorde do mundo de velocidade atingindo os 1.610 kms/h no segundo semestre de 2011 na África do Sul.

"Até agora, enfrentámos grandes problemas. A estrutura aerodinâmica conseguia levantar até 12 toneladas e o veículo pesa, no máximo, 6,5 toneladas, o que lhe permitia voar", declarou à BBC John Piper.

Intel determinante


A entrada no projecto da Intel terá sido determinante para a resolução deste problema, asseguram os cientistas. Como?

Os super-computadores disponibilizados pela gigante norte-americana da electrónica permitiram simular 55 arquitecturas diferentes em apenas oito semanas. Antes da Intel, a equipa de design levou 18 meses a estudar 11 configurações.

O actual recorde do mundo velocidade foi estabelecido em 1997. O Thrust SuperSonic Car atingiu 1.228 kms/h.

 

 

 

Via Expresso



publicado por olhar para o mundo às 08:02 | link do post | comentar

Quinta-feira, 18.02.10

Transiberiano já está online

 

A viagem de comboio mais famosa do mundo já está online. A Google Rússia criou um site a partir do qual pode fazer a viagem virtual de nove mil quilómetros entre Moscovo e Vladivostok.

O vídeo cobre os seis dias de viagem do Transiberiano num lugar à janela enquanto a viagem de se desenrola em tempo real. Pode escolher se quer acompanhar as paisagens russas com o ruído das rodas nos carris, canções populares da Rússia ou ainda da leitura de clássicos russos como o "Guerra e Paz" de Tolstoi.

"Nós queríamos mostrar a beleza do nosso país. O Transiberiano é o cartão-de-visita único da Rússia. A ideia é trazer a viagem a pessoas que possam ter já pensado em fazê-la, mas que nunca a chegaram a marcar", explicou ao Guardian Alla Zabrovskaya, porta-voz da Google Rússia.

Veja como começa a viagem:

 

 

Via Ionline



publicado por olhar para o mundo às 15:09 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

EUA vão passar a emitir a...

Idosa acusada de cortar o...

Rede de “hackers” divulga...

Bruxelas prepara novas re...

O Facebook proíbe a utili...

Novo iPad em Portugal a p...

Microsoft anunciou Window...

Google lança funcionalida...

Ciência & Tecnologia. O q...

Ciência e tecnologia made...

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

Related Posts with Thumbnails
blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...
Posts mais comentados