Terça-feira, 10.04.12
Kevin SystromKevin Systrom (DR)

É sempre com alguma admiração que lemos as histórias de sucesso dos maiores inovadores do mundo dos computadores e da Internet. Quando ficamos a saber que Bill Gates, Steve Jobs, Mark Zuckerberg, Michael Dell ou Jack Dorsey, criador do Twitter, não chegaram a concluir uma licenciatura, muitos não conseguem sequer evitar um sorriso malandro no canto da boca.

 

Mas agora há um novo tipo na cidade, candidato a um lugar no olimpo dos deuses da tecnologia, e cujo passado desafia a ideia do geniozinho que nasceu para ser um empreendedor de sucesso: chama-se Kevin Systrom e acabou de vender a sua criação, o Instagram – a aplicação para telemóveis de partilha de fotografias com filtros profissionais mais popular do momento – por mil milhões de dólares (764 milhões de euros). Isso mesmo. Mil. Milhões. De dólares. O comprador foi o Facebook, a rede social criada por um desses multimilionários que tinham mais que fazer do que prestar atenção ao que os professores diziam.

Os caminhos de Kevin Systrom, Mark Zuckerberg e Jack Dorsey cruzaram-se em meados da década passada, numa altura em que o Facebook dava os primeiros passos e o Twitter era ainda uma incógnita em 140 caracteres.

Em 2004, um ainda adolescente e ainda estudante universitário Mark Zuckerberg mostrava-se interessado por uma aplicação chamada Photobox, desenvolvida por um outro aluno da Universidade de Stanford chamado Kevin Systrom. "Eu notei que havia um problema: na universidade, muitas pessoas tiravam fotografias e enviavam enormes ficheiros Zip através da rede de correio electrónico de Stanford. Isso não fazia sentido: deveríamos ter um sítio em que toda a gente poderia pôr as suas fotos e descarregar as que quisesse”, recordou Kevin Systrom, em declarações ao site da revista de tecnologia e design Fast Company

Systrom recordou que Zuckerberg foi directo ao assunto: “Quando me encontrei com o Adam [D’Angelo] e o Mark [Zuckerberg], eles perguntaram-me: ‘Nós também estamos a trabalhar numa cena sobre fotografias, não queres falar connosco sobre o Facebook?’”

A ideia parecia aliciante, mas a personalidade mais cautelosa de Kevin Systrom entrou em cena. Hoje em dia, olhando para trás, o novo milionário da tecnologia admite sentir alguma mágoa: “Infelizmente decidi que queria continuar a estudar. É uma daquelas decisões que me fazem olhar para trás. Adorava ter feito parte do crescimento do Facebook, mas eu tinha acabado de conhecer aqueles tipos”.

Depois de ter dado uma nega a Mark Zuckerberg, Systrom foi estagiar três meses para umastartup chamada Odeo, em 2006, onde um jovem chamado Jack Dorsey não deixava de pensar numa forma de pôr meio mundo em contacto através de 140 caracteres – Kevin Systrom acabou por fazer parte do nascimento do Twitter e é mesmo um dos poucos utilizadores que usa o seu nome próprio (@Kevin).

Mas nem o interesse de Zuckerberg, nem o estágio com Dorsey parecem ter feito despertar o jovem empreendedor que havia em Kevin Systrom. Depois da cobiça do Facebook e da passagem pelo Twitter, Systrom trabalharia ainda alguns anos na Google, antes de lançar o Instagram com o brasileiro Mike Krieger, em 2010.

Apesar de tudo – principalmente depois do anúncio da compra da empresa por mil milhões de dólares –, Systrom faz um balanço positivo das escolhas que foi fazendo ao longo da sua vida: “Toda a gente tem uma história sobre o facto de ter tido a oportunidade de trabalhar na empresa X, Y ou Z. Em Stanford, tive a oportunidade de acompanhar muitas inovações e de conhecer algumas das pessoas mais inteligentes, que estavam a desenvolver as coisas mais incríveis. Quando finalmente eu próprio consegui fazer uma dessas coisas, senti que fazia todo o sentido”, cita a Fast Company.

A empresa que desenvolve a aplicação Instagram foi comprada pelo Facebook por mil milhões de dólares (em comparação, a Yahoo pagou 35 milhões de dólares pelo Flickr, em Março de 2005). A notícia foi avançada pelo próprio Mark Zuckerber, na segunda-feira, numa mensagem publicada na sua página. “Estou entusiasmado por partilhar a notícia de que chegámos a acordo para comprar o Instagram e que a sua equipa vai fazer parte do Facebook”, escreveu Zuckerberg. O patrão do Facebook garante que a ideia é desenvolver a aplicação de fotografias como uma aplicação independente e não integrá-la na rede social, mantendo todas as suas características actuais, incluindo a possibilidade de partilha de imagens com outros serviços como o Tumbrl ou o Twitter, por exemplo.

 

Via Público

 



publicado por olhar para o mundo às 20:04 | link do post | comentar

Quinta-feira, 24.03.11
UE foi alvo de ataque cibernauta

 

 

A União Europeia (UE) revelou esta quarta-feira que foi alvo de um ataque virtual à Comissão e ao seu Serviço de Acção e Serviço Externo (SASE), na véspera da realização da cimeira de Bruxelas.
 

De acordo com a BBC, a comissão europeia está a avaliar as consequências e riscos do ataque em termos de fugas de informação.

O site euobserver.com revelou que foram encontradas «provas que a Comissão e o SASE estão a ser alvos de um ataque virtual de larga escala».

 

Segundo uma fonte da EU, o objectivo primordial será prevenir «a transmissão desautorizada de informação», pois apesar da UE«ser regularmente atacada, este é um ataque de grande escala».

 

A mesma fonte adiantou que a UE já procedeu ao encerramento do acesso externo de e-mail e do acesso à Intranet.

 

O ataque surge na véspera da cimeira em Bruxelas, onde vai ser debatida a futura estrutura da UE e a estratégia económica a adoptar face ao conflito na Líbia.

 

Em Dezembro de 2009 o Ministério das Finanças Francês foi igualmente alvo de um ataque cibernauta, que na altura almejava retirar informações relacionadas com o G20 e assuntos da economia internacional.

 

O ataque afectou mais de 150 computadores do Ministério, entre os 170 mil existentes.

 

Via SOL



publicado por olhar para o mundo às 08:03 | link do post | comentar

Domingo, 20.03.11
Produtora australiana estreia filme através de BitTorrent

 

 

Uma produtora australiana resolveu distribuir um dos seus próximos filmes de forma gratuita através de BitTorrent. Veja o vídeo

A ideia partiu da produtora Distracted Media que pretende estrear «The Tunnel», um filme de terror cujo cenário é um conjunto de túneis abandonados que existem na realidade em Sidney, através deste sistema de partilha de ficheiros, numa edição gratuita, refere o portal TorrentFreak.

O lançamento do filme, que também vai contar com uma versão paga em DVD, distribuída pela Paramount, está previsto para dentro de dois meses e é visto como a primeira vez que um filme estreia através do sistema BitTorrent, bastante associado à pirataria de conteúdos.

Em declarações ao portal TorrentFreak o produtor Enzo Tedeschi afirma que «desde o primeiro dia que defendemos que The Tunnel não apoia ou condena a pirataria, mas antes tenta incorporar a utilização legítima do peer-to-peer na nossa estratégia de distribuição internacional».

A estreia de «The Tunnel» está marcada para o próximo dia 19 de Maio, num computador e não numa sala de cinema.

 

 

Via Sol


publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 18.03.11
Google obrigada a retirar vídeo pornográfico de professora

 

 
Em França, a Google foi obrigada a retirar um vídeo pornográfico de uma professora da lista de resultados das pesquisas

A decisão foi tomada por um tribunal de Montpellier, alegando a professora que o vídeo foi efectuado quando tinha 18 anos e colocado na Internet sem a sua autorização.

 

Na queixa que apresentou a professora alegou que ao efectuar buscas pelo seu nome ou usando a expressão «escola de Laetitia», através do Google, o primeiro resultado que aparecia era o citado vídeo.

 

A queixosa, que é identificada como Marie C., considera que tal situação configura um atentado à sua vida privada, assim como pressupõe um tratamento inadequado dos dados pessoais, podendo prejudicar a sua imagem se tal vídeo chegar ao conhecimento dos seus alunos e colegas.

O tribunal considera que deve, neste caso, existir o direito ao esquecimento e que o argumento da Google de que se trata de um acto de censura não pode ser atendido, uma vez que está em causa o respeito pela vida privada de uma pessoa.

 

Via Sol


publicado por olhar para o mundo às 08:01 | link do post | comentar

Sexta-feira, 28.01.11

quase um terço da humanida de está online

 

Os números são avassaladores: mais de 2,8 mil milhões de pessoas em todo o mundo estão ligadas à Internet. Ou seja, quase um terço da Humanidade - um total de 6,8 mil milhões de pessoas - está online. Mas estes números parecem pequenos quando comparados com a taxa de penetração dos telemóveis: 70% em todo o mundo.

 

“No início de 2000 havia apenas 500 milhões de subscritores de serviços de telemóvel em todo o mundo e 250 milhões de utilizadores de Internet”, indicou aos media o secretário-geral da ITU (International Telecommunications Union), a agência da ONU responsável pelas telecomunicações, Hamadoun Toure. No início de 2011, estas cifras multiplicaram-se por dez no caso dos telemóveis, chegando aos 5000 milhões, e multiplicaram-se por oito no caso da Internet (2000 milhões). 

Em contrapartida, as linhas de telefone fixas diminuíram, pelo quarto ano consecutivo, estando agora abaixo dos 1,2 mil milhões.

A maioria dos internautas (57%) vive hoje em países emergentes, como a China e o Brasil, indica ainda a ONU. 

Sabe-se também que nos países árabes o número de utilizadores de Internet atingiu os 88 milhões, o que significa o dobro dos utilizadores no espaço de cinco anos.

Ainda segundo a ITU, em 82 países (dos 192 reconhecidos oficialmente pela ONU), há actualmente planos oficiais para o desenvolvimento da banda larga, que poderá vir a melhor os serviços de e-governo, nomeadamente nos sectores da saúde, da educação e da descentralização.

Em cerca de metade destes países o acesso à rede através de banda larga é considerado um serviço universal, como a electricidade, e noutros é mesmo considerado um direito legal dos cidadãos.

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 08:03 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Quinta-feira, 20.01.11

Todas as edições da Playboy no iPad

 

Hugh Heftner, fundador e administrador da Playboy anunciou na sua conta do twitter que todo o arquivo histórico da revista irá estar integralmente disponível no iPad, sem censura, já em Março.
A Playboy já dispunha de uma aplicação na App Store da Apple, mas com os conteúdos censurados. A aprovação de aplicações que implicassem nudez sempre foi recusada pela Apple e os contornos deste acordo ainda não são conhecidos.

 

Via Ionline



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Terça-feira, 10.08.10

O 3d chegou à Pornografia

 

Um grupo de realizadores de Hong Kong afirma estar a filmar aquele que irá ser o primeirofilme pornográfico em 3D.

Chama-se “3-D Sex and Zen: Extreme Ecstasy” e tem estreia prevista para Maio do próximo ano. O mercado europeunorte-americanoasiático já mostraram interesse na transmissão deste filme.

O filme é baseado num dos clássicos da literatura chinesa eróticaThe Carnal Prayer Mat” (O Tapete da Oração Carnal) de Li Yu, e de acordo com o “Sunday Morning Post”, retrata a vida de um jovem que entra no submundo do erotismo depois de se tornar amigo de um príncipe. Não faltam orgias e cenas sexo bastante gráficas.

O produtor, Stephen Shiu reconhece que muito dificilmente as autoridades chinesas permitirão a exibição do filme, no entanto avançou que já tem acordos de exibição no JapãoCoreia do Sul e nalguns canais pagos em Hong Kong.

realizador Italiano Tinto Brass também já mostrou interesse em fazer um “remake” em 3D do seu filme erótico de 1979 Caligula, enquanto a Hustler anunciou que vai produzir uma versão erótica em 3D do famoso Blockbuster Avatar.

 

Via ionline



publicado por olhar para o mundo às 21:00 | link do post | comentar

Sábado, 03.07.10

O facebook começa a cansar

 

Um em cada cinco adolescentes está farto do Facebook, revela um inquérito feito pelo site de jogos roiworld.com a 600 adolescentes entre os 13 e os 17 anos de idade. Esta faixa etária começa a demonstrar sinais de fadiga, e diz já não utilizar o serviço ou estar a perder o interesse.
Do grupo que decidiu abandonar o Facebook, 45% diz ter perdido o interesse, 16% desiste porque os pais também têm conta, 14% diz que há demasiados adultos na rede e 13% estão preocupados com a privacidade da sua informação pessoal.
Apesar destes dados o inquérito revela que o Facebook ainda é a rede social mais popular entre os adolescentes - 78% tem um perfil criado e 69% acede regularmente ao serviço. O YouTube vem em segundo com 64%, seguindo-se o Myspace e o Twitter, com 41% e 20% respectivamente. 
O estudo também demonstrou que os jogos no Facebook são uma das principais razões pela qual os adolescentes se mantêm nesta rede social – jogam durante metade do tempo que passam nesta rede social. 43% afirma já ter gasto dinheiro com estes jogos, seja na compra de moeda virtual, ou num dos mais variados produtos ou serviços que é possível adquirir hoje em dia.

 

Consulte o estudo completo aqui

 

Via ionline



publicado por olhar para o mundo às 10:00 | link do post | comentar

Segunda-feira, 12.04.10

Os computadores e o mundo em que vivemos

 

....mudam-se as vontades...

 

Adaptação para a ERA DIGITAL:

1. A pressa é inimiga da conexão.

2. Amigos, amigos, senhas à parte.

3. A arquivo dado não se olha o formato.

4. Diz-me que chat frequentas e te direi quem és.

5. Para bom provedor uma senha basta.

6. Não adianta chorar sobre arquivo deletado.

7. Em briga de namorados virtuais não se mete o mouse.

8. Hacker que ladra, não morde.

9. Mais vale um arquivo no HD do que dois baixando.

10. Mouse sujo se limpa em casa.

11. Melhor prevenir do que formatar.

12. Quando um não quer, dois não teclam.

13. Quem clica seus bons ares multiplica.

14. Quem com vírus infecta, com vírus será infectado.

15. Quem envia o que quer, recebe o que não quer...

16. Quem não tem banda larga, caça com modem.

17. Quem semeia e-mails, colhe spams.

18. Quem tem dedo vai a Roma.com

19. Vão-se os arquivos, ficam os back-ups.

20. Diz-me que computador tens e direi quem és.

21. Uma impressora disse para outra: Essa folha é sua ou é impressão minha ? .

22. Aluno de informática não cola, faz backup.

23. Na informática nada se perde nada se cria. Tudo se copia... E depois se cola.

 

Via Crónicas de Munique e algo mais

 



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Quarta-feira, 07.04.10

Ipad pirateado em menos de 24 horas

 

Um membro da equipa da Dev-Team, que já tinha ficado conhecida por quebrar a segurança doiPhone logo após o lançamento, conseguiu piratear o iPad menos de 24 horas depois de o novo produto da Apple ter sido lançado.

O objectivo do pirata era aceder a todos os arquivos e pastas do iPad para instalar aplicações de terceiros não autorizadas pela Apple, tal como modificar as que já estavam instaladas.

O pirata até tem provas do êxito, com um vídeo alojado no YouTube onde é possível ver o processo.

 

 

Via ionline



publicado por olhar para o mundo às 10:37 | link do post | comentar

Domingo, 04.04.10

Ela: Já reparaste naquele giraço que ultimamente tem aparecido por cá?
Eu:
Sim, já tinha visto. Simpático?
Ela:
Se é simpático não sei. Mas chama-se Vasco, tem 37 anos, trabalha como consultor, gosta de equitação e vê lá bem: também esteve no Peru o ano passado como eu. Tem fotos fabulosas!
Eu:
Mas já saíste com ele?
Ela:
Não. Mas já lhe cusquei o Facebook todo, é claro!

É oficial: as mulheres que me rodeiam (e pelos seus relatos, também as que as rodeiam a elas) andam armadas em Sherlock Holmes da Internet. Antes de qualquer encontro, usam o Google como arma de pesquisa. Basta um nome... et voila! Chega-se ao perfil no Facebook, à página do Twitter, ao currículo no Linked In, ao blogue das confissões pessoais, a documentos profissionais em formato PDF que acabam invariavelmente escarrapachados na Internet.

 

Guerra emocional online
Guerra emocional online

Instala-se a paranóia e vejo mulheres que sempre tive como inteligentes e maduras a caírem nas malhas das redes sociais, numa busca fria e calculista por informações. Profissões, idades, grupos de amigos, signos astrológicos (obviamente!): Um mar infindável de informação à distância de um clique... e das curiosidades mais aguçadas. Para quê um primeiro encontro de descoberta, quando se pode não correr riscos, sabendo tudo por antecipação em frente a um computador? "Ridículo", diria eu. "Também o fazes", diriam os que me conhecem.

 

Tudo se descobre... mesmo o que preferiamos não saber

 

Muito se critica o voyeurismo... mas a palavra privacidade parece estar a perder o sentido rapidamente. Nem mesmo os que protegem os seus perfis com as opções de anonimato escapam ilesos. Enfim, no mundo virtual tudo se acaba por descobrir... mesmo aquilo que preferíamos não saber.

Na "guerra emocional online" deixam-se comentários com duplo sentido. Músicas com recadinhos escondidos. Fotografias que, propositadamente, poderão provocar ciúmes. Há, claro, também a solidariedade entre amigas: "descobri com quem é que ele anda a sair... fizeram-lhe um tag numa foto em que ele estava com ela", já ouvi eu umas quantas vezes. Ou melhor ainda: "Ele mentiu-te! Não viste que o amigo comentou que afinal tinham estado a ver a bola em casa do não sei quantos naquela noite?".

Será um sinal da profunda insegurança das mulheres? Simplesmente curiosidade? Ou quem sabe... pura futilidade? Perguntei a um homem o que achava disto e resposta apanhou-me desprevenida: "Não te preocupes... Nós fazemos exactamente o mesmo". E esta, hein?

 

Via A Vida de saltos altos



publicado por olhar para o mundo às 10:18 | link do post | comentar

Sábado, 05.12.09

Portateis cada vez mais baratos em Portugal

 

 Menos de 600 euros. É a primeira vez que o preço médio dos computadores portáteis vendidos em Portugal fica abaixo desta fasquia, marcando uma nova era na massificação da informática. Os números são da Toshiba portuguesa e significam que nunca se compraram tantos portáteis a preços tão reduzidos. E a tendência veio para ficar. 


"Em 2007, o preço médio de venda era de mil euros", disse ontem o director de marketing da Toshiba, Jorge Borges, durante a apresentação do quarto observatório do mercado feito pela empresa.

Este ano, a queda do preço médio atingiu um valor recorde de 20%. Porquê? a explicação está no programa e-escolas e no sucesso dos netbooks (miniportáteis low-cost), que pressionaram os preços em baixa e obrigaram a concorrência a reposicionar-se. 

Os consumidores agradeceram e acorreram às lojas, o que se traduziu num crescimento de 30% do mercado - sem o efeito do e-escolas e do e-escolinhas (Magalhães), esta subida teria sido de apenas 6%. Este valor mesmo assim não seria mau, em ano de crise, de várias eleições e de espera pelo novo sistema operativo da Microsoft, o Windows 7. Feitas as contas, vão vender-se mais de 1,3 milhões de portáteis em 2009. 

"Vivemos um paradigma diferente dos outros mercados: temos de vender mais produto com mais qualidade e por menos dinheiro", resumiu João Amaral, director-geral da Toshiba, que este ano também irá bater o recorde e vender 300 mil portáteis. A retrospectiva não deixa margem para dúvidas. Se em 2002, 20% dos portáteis vendidos custavam mais de dois mil euros, hoje essa fatia é inferior a 1%. Os portugueses baixaram a barreira psicológica para os mil euros e é aqui que se concentram 60% das vendas. 

Nesta guerra de preços, o consumidor sai claramente a ganhar. Não só porque consegue bons produtos por menos dinheiro, mas também porque há mais gamas disponíveis: além dos portáteis convencionais, já é possível optar por um ultra-portátil, um netbook e futuramente por um smartbook. Esta é a grande novidade do mercado para 2010: um cruzamento entre o smartphone e o netbook, que dará origem a um aparelho ainda mais barato que os portáteis low-cost (que custam entre 250 e 400 euros), mas com funcionalidades acrescidas em relação ao smartphone. Segundo as palavras de Jorge Borges, serão "aparelhos concebidos para aceder a informação na net, mais limitados que o netbook". 

A Toshiba acredita ainda que um dos impulsionadores desta nova espécie será o Chrome, sistema operativo que a Google vai tirar do forno já no início de 2010. Trata-se de um software leve, desenhado especialmente para portáteis de baixo custo, em que o acesso permanente à internet é a principal funcionalidade. Justificará a tendência para que cada consumidor venha a ter dois ou três equipamentos portáteis, tal como acontece hoje com os telemóveis, e que a base instalada de portáteis em funcionamento ultrapasse já os três milhões.

 

Via ionline



publicado por olhar para o mundo às 15:31 | link do post | comentar

Quinta-feira, 23.04.09


I-Movix SprintCam v3 NAB 2009 showreel from David Coiffier on Vimeo.

Via A espuma dos dias



publicado por olhar para o mundo às 14:00 | link do post | comentar

Quarta-feira, 11.03.09

Via, Missanga Azul



publicado por olhar para o mundo às 16:17 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

O criador do Instagram ac...

UE foi alvo de ataque cib...

Produtora australiana est...

Google obrigada a retirar...

Quase um terço da Humanid...

Todas as edições da Playb...

Sexo: Chegaram os filmes ...

Adolescentes começam a fi...

Mudam-se os tempos ....

iPad foi pirateado em men...

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

Related Posts with Thumbnails
blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Você precisa de serviços de hacking? Então entre e...
Você precisa de serviços de hacking? Então entre e...
Olá a todos, você está precisando de serviços de h...
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Posts mais comentados