Sexta-feira, 08.04.11

"Mas estamos a brincar com o povo português?". A dúvida é de José Gomes Ferreira neste pequeno vídeo e provavelmente um reflexo do sentimento da grande maioria dos cidadãos nos tempos que correm. A única diferença é que este homem, com uma intervenção na SIC que quanto a mim foi a todos os níveis brilhante, é especialista em Economia e não teve papas na língua. Cortou a direito. Acabou educadamente com um: "peço desculpa...entusiasmei-me".


Pois meu caro José por mim pode continuar assim.De desculpas e mentiras estamos nós fartos. Entusiasme-se homem! Pode crer que o seu entusiasmo será o de muitos que o ouvem, e que certamente gostariam de falar mas infelizmente não podem ou não têm como. A sua voz tem e terá sempre um eco forte, descanse. Mais analistas houvesse como o senhor, descomprometidos, sem paninhos quentes e a conversa habitual da treta, do chove e não molha, palavras gastas, inócuas e bolorentas para boi dormir. Se todos denunciassem o que vêem, que lhes entra pelos olhos, que sabem mas que não ousam apontar talvez fossemos um país diferente. O seu dedo tocou na ferida.Estou farto de politólogos, historiadores, filósofos e sociólogos a falarem de Economia em prime-time. É como ouvir o Zé Cabra a cantar Sinatra ou um jardineiro a falar de geopolítica. Um desespero.

 

Na mouche caro José. Os meus sinceros parabéns.

 

 


publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Domingo, 19.12.10

Alegre tem dois amores que em nada são iguais, um é o PS e o outro é o Bloco de esquerda. No meio o candidato-poeta. Fragilizado, refém dos apoios e não sabendo lidar com a situação, partiu para o disparate.

Manuel Alegre tem feito uma "triste" figura. De cabeça perdida, algo desorientado entre a mulher de sempre (o PS) e a amante desde Janeiro (Bloco de Esquerda), o poeta optou por lançar atoardas em todas as direcções, pegando em situações que nada têm a ver com política e com o cargo de Presidente da República para atacar de forma mesquinha o mais do que provável vencedor da corrida eleitoral. Uma campanha a todos os títulos desastrosa de Alegre. Verdadeiramente suicida.

Desde os cantos dos Lusíadas a historietas da PIDE e fichas de bom comportamento entregues ao antigo regime,tudo tem valido para Alegre atacar Cavaco espalhando a sua fanfarronice habitual. Nada acrescenta. Mostra-serefém por não poder combater um PS decadente que aparentemente o apoia (não se sabe bem onde nem como, ou António costa já pode ser considerado líder do PS?) e incapaz de ter um discurso descolado de uma rebeldia descabida que já nem lhe assenta bem na idade e contraditória com o estado de coisas.

Alegre está a disparar os seus últimos cartuchos políticos. Uns dias de braço dado com a mulher (PS) outros dias em modo rebelde com a amante (Bloco) na traseira da mota. Até finalmente calçar as pantufas políticas.

Em relação à obra de Luís Vaz de Camões, alusão patética com que Alegre pretendeu rebaixar o actual Presidente (que tem passado a campanha mudo, não se sabe se a conselho de Henrique Raposo que esta semana lhe dedicou a crónica "Cale-se, dr. Cavaco Silva, cale-se") a única associação coerente que se poderá fazer entre o número de cantos dos Lusíadas (são dez) e estas Presidenciais é que deve ser mais ou menos o mesmo número de votos que Manuel Alegre irá conseguir obter nas urnas.

Em relação a estes dois candidatos, os únicos "presidenciaveis", estão bem um para o outro, porque são ambos um deserto de ideias.


Via 100 reféns



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 04.10.10

Ontem, depois de ouvir o Primeiro-Ministro no debate quinzenal lembrei-me deste vídeo do youtube que por aí circulou. Já só falta vê-lo fazer esta acrobaciaHilariante. Veja.

O debate de ontem não acrescentou grande coisa. Corrijo: não acrescentou nada. Malabarismo atrás de malabarismo. A uma pergunta simples e directa reponde-se com três insinuações. Umas graçolas à moda do largo do Rato, uns submarinos para aqui, umas pensões da PT para ali e fica tudo baralhado.

Se entrasse um ministro nu a correr por uma ponta do hemiciclo e saísse enrolado num fardo de palha pela outra provavelmente ninguém acharia estranho no meio de tanto surrealimo e irrealismo. Mas pelo menos sempre se saía um bocadinho do registo habitual.

É que palha por palha, e para variar um pouco, preferia ver um destes senhores a ficar enrolado nela. E não sermos sempre nós os enrolados a carregar o fardo. Veja o vídeo. Imagine o resto.

Via 100 Reféns



publicado por olhar para o mundo às 10:35 | link do post | comentar

Quinta-feira, 22.07.10

governo não passa cheques-bebé. Os duzentos euros que prometeram aos papás pelo nascimento de um filho não existem. Nem se sabe se vão existir. Um cheque mais "careca" que alguns bebés.

 

 

O parto dos cheques-bebé deste governo pode vir a ser bem mais difícil do que foi o das mamãs, que agora esperam já de filho nos braços pelos duzentos euros prometidos. Depois de uma ecografia realizada ao governo eis a causa do atraso da medida anunciada com pompa na AR: "crise internacional".

Eu começo a achar que nas próximas eleições legislativas deveria existir no boletim de voto a opção "crise internacional" num quadradinho. Assim quem quisesse votava novamente em quem verdadeiramente nos governa - a crise internacional - e o PS livrava-se de uma vez dos problemas que tem de enfrentar e dos quais não tem culpa alguma. Porque no fundo este governo é apenas uma triste barriga de aluguer da crise internacional. Mas fica a sugestão: sempre podem anunciar que o cheque vai ser entregue pelo Pai Natal e quando as pessoas em Dezembro reclamarem perguntam-lhes se ainda acreditam nessas coisas.

Por este andar quando o cheque for finalmente (se alguma vez for) disponibilizado aos pais do "bebé", este já terá completado 33 anos e estará também ele à espera de receber dois cheques-bebé. Mas vá lá, não desanimem. E enquanto esperam pelo cheque ouçam esta musiquinha do Marquinhos Satã para descontrair.

 

 

Via 100 Reféns



publicado por olhar para o mundo às 13:44 | link do post | comentar

Sexta-feira, 11.12.09

Casamento Gay

 

 O governo deverá aprovar a proposta para instituir o casamento entre homossexuais no próximo conselho de ministros.

O líder parlamentar do PS confirmou ao i estar à espera de poder agendar a discussão da proposta de lei para o princípio de 2010. “Será discutida em Janeiro, ficará marcada na primeira conferência de líderes a seguir à sua chegada”, disse Assis.

PSD e CDS prometem chumbar o projecto de lei e já admitiram avançar com a proposta de uma união civil para homossexuais como alternativa ao texto do governo.

Via ionline



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Quarta-feira, 30.09.09

Nós também não queremos mais polémicas

 

 O primeiro-ministro, José Sócrates, disse hoje que não quer alimentar “mais polémicas” no chamado “caso das escutas”. Questionado pelos jornalistas quanto à comunicação de ontem à noite do Presidente da República, José Sócrates afirmou que a posição do Partido Socialista foi já expressa ontem pelo Ministro da Presidência, Pedro Silva Pereira. “Qualquer outro comentário seria contribuir para esta polémica que desgasta as instituições”, disse Sócrates, à margem da inauguração de uma auto-estrada em Cascais.

 

Via Público

 

Haj alguém que não queira deitar mais achas para esta fogueira, é que com a guerra que está instalada, quem mais tem  a perder é sempre o país... meus senhores, tenham juízo.... 




publicado por olhar para o mundo às 13:38 | link do post | comentar

Segunda-feira, 28.09.09

A vitória fantástica ..e o emplastro

 

Via HenriCartoon 



publicado por olhar para o mundo às 14:30 | link do post | comentar

Domingo, 30.08.09

Uniões sexuais fortuitas... humor

 

A maioria do Partido Socialista aprovou ontem, com os votos do PCP e do Bloco de Esquerda, a lei que regula a situação jurídica das pessoas em "união sexual fortuita, independentemente do sexo". Foi um debate agitado na Assembleia; esquerda e direita acabaram divididas; PSD e CDS votaram contra. Os social-democratas acusaram os socialistas de querer "regulamentar a liberdade de convivência sexual, inscrita na Constituição". Já os socialistas censuram o "conservadorismo desta direita atávica", cega a "realidades sociais em emergência como a união sexual fortuita".
O facto mais surpreendente foi todavia a abstenção de cinco deputados do PS, liderados por Vitalino José Seguro, que apresentaram uma declaração de voto contra "a descaracterização e bloquização do código genético do PS". Nas galerias na Assembleia, alguns casais em "união sexual fortuita" pelo menos desde a véspera também assistiram ao debate. Saíram satisfeitos. "Já não somos párias sociais. Temos mais regras e deveres, mas mais liberdade."

 

Sónia Catarina Mendes disse ao i que "há cada vez mais pessoas a escolher a união sexual fortuita como forma de vida: achamos que o poder político não pode ignorar o que se passa na sociedade". Sobre as medidas da lei, a deputada referiu: "Queremos pôr cobro ao actual vazio legal, atribuindo direitos a estas pessoas, sobretudo às mulheres, muitas vezes vítimas de ludíbrios e falsas promessas." Sandra Drago, deputada do Bloco de Esquerda, concorda. "As uniões sexuais fortuitas têm aumentado no nosso país, devido à abertura nos costumes, mas há problemas que o legislador tem de acautelar - gente que não telefona no dia seguinte, que não partilha despesas com hotéis, etc."
A lei que irá ser agora enviada para a promulgação de Cavaco Silva estabelece medidas para dar mais "justiça" e "transparência" às "uniões sexuais fortuitas". A partir de agora, antes de começarem uma "união sexual fortuita" as pessoas serão obrigadas a fazer uma declaração de intenções, por escrito. As questões patrimoniais também são tidas em consideração. Se uma das partes da "união sexual fortuita" não contactar a outra nos dois dias seguintes ao início da "união", objectos ou haveres esquecidos na residência de uma delas passarão automaticamente para a propriedade da vítima.
Recordemos que a lei sobre as "uniões sexuais fortuitas" vem na sequência de outras leis "de costumes" aprovadas pelo PS neste fim de legislatura: educação sexual no pré-escolar, lei da coabitação temporária e o novo regime das escapadelas ao almoço. Leis que o PS optou por agrupar neste Verão antes eleições de 27 de Setembro.

 

Via ionline

 

Não fosse estarmos no mês de Agosto e os deputados estarem todos a banhos e bem longe da assembleia e acrediatavamos que o texto era real.



publicado por olhar para o mundo às 11:30 | link do post | comentar

Sexta-feira, 31.07.09

Incentivo À natalidade ou À banca?

 

Quem sabe devido à pressa na apresentação do programa, o PS parece ter-se enganado na paginação da já famosa conta poupança, no valor de 200 euros, por cada nascimento. Aparecendo nas políticas sociais, como uma proposta para incentivar a natalidade, tudo indica que a intenção mesmo seria mesmo apresentá-la no pacote de incentivos à banca. De acordo com os números do ano passado, 20 milhões de euros a tranferir do Orçamento de Estado para os cofres da banca. Todos os anos. Só podendo ser mobilizados pelos destinatários daqui a 18 anos, são 360 milhões “em caixa” antes dos bancos autorizarem o primeiro levantamento. Não há como olhar para esta medida que não como um generoso empréstimo do Estado à banca. Para os pais sempre fica um consolo. Quando a criança atingir os 18 anos, os 450 euros que em princípio estarão na conta - se o banco não se lembrar de cobrar comissão de serviço - sempre devem dar para pagar um almoço para toda a família. Talvez então se recordem de José Sócrates com outros olhos. A política é uma actividade tão ingrata.

 

Via Arrastão



publicado por olhar para o mundo às 11:15 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Vídeo: haja alguém com 't...

Manuel Alegre, entalado e...

Vídeo: entrar nu e sair e...

Sr. Primeiro-ministro: Qu...

Governo aprova casamento ...

Haja alguém que não deite...

A vitória fantástica...e ...

Uniões sexuais fortuitas....

Incentivo à natalidade ou...

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

Related Posts with Thumbnails
blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Você precisa de serviços de hacking? Então entre e...
Você precisa de serviços de hacking? Então entre e...
Olá a todos, você está precisando de serviços de h...
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo