Quarta-feira, 16.03.11

Vaticano cria contas de Facebook e YouTube para João Paulo II

 

Papa João Paulo II, falecido em 2005, tem agora contas no Facebook e no YouTube. Ambas as páginas são geridas pelo próprio Vaticano.

 

No Facebook, João Paulo II já tem mais de 14 mil seguidores. O canal no YouTube é actualizado pelo centro de arquivo de rádio e televisão do Vaticano que frequentemente publica conteúdo relacionado com Karol Wojtyła.

 

Papa João Paulo II será beatificado em Roma dia 1 de Maio.

 

Via Ionline



publicado por olhar para o mundo às 08:01 | link do post | comentar

Sexta-feira, 17.09.10

 

Anuncio de gelado com freiras

 

 

 

A imagem de uma campanha publicitária da marca inglesa, com nome italiano, Antonio Federici, mostra uma freira grávida a comer um gelado da marca, numa igreja, acompanhado com o slogan: "Concebido Imaculadamente".

Esta imagem foi divulgada em algumas publicações e, como é óbvio, no que trata a assuntos de religião as queixas não demoraram a aparecer. As revistas "The Lady" e "Grazia" receberam queixas dos seus leitores mas, aparentemente, foram poucas e não serão suficientes para retirar a publicidade porque apenas foram feitas... oito queixas.

No entanto, a ASA (Autoridade de Normas Publicitárias), que é a entidade reguladora para a publicidade do Reino Unido, já censurou a divulgação da imagem por esta sugerir o pecado, o que ofende os crentes católicos. Apesar da imagem já ter sido publicada há algum tempo, apenas ontem, coincidindo com a visita de Bento XVI, surgiu a notícia da ASA que proíbe a sua divulgação.

Mas a Antonio Federici não se importa com a polémica à volta da religião. Aliás, enfurecer os cristãos ingleses, ou pelo menos alguns dos membros da ASA, enquanto mostram as "tentações italianas proibidas", parece ser a sua campanha de marketing.

 

Campanhas com o mesmo tema

 

 

Anuncio de gelado com padres

Já antes as suas campanhas se focavam no mesmo tema: a sexualidade dentro da igreja. No ano passado, a marca inglesa mostrou num dos seus anúncios uma freira, com o gelado na mão, numa pose sedutora com um padre de tronco nu, acompanhados pelo texto "Cede à tentação". A polémica que envolveu esta imagem levou a que o anúncio fosse retirado.

 

 

Este ano a campanha da marca mostra, para além da freira "Concebida Imaculadamente", um outro anúncio com dois padres, um com o gelado na mão, o outro com a colher, e no texto lê-se "Acreditamos na Salivação". Sobre esta segunda imagem a ASA ainda está a investigar.

Reagir à decisão

 

Agora, e para aproveitar a visita de Bento XVI ao Reino Unido, os responsáveis pela campanha de marketing resolveram criar uma manobra de relações públicas de resposta à decisão da agência reguladora.

Pretendem alugar os espaços mais próximos da igreja de Westminster, onde o Papa irá celebrar uma missa, assim como os outdoors ao longo das avenidas que Bento XVI vai percorrer em Londres nestes dias e mostrar um novo anúncio, que apesar de não revelarem, acredita-se que não deverá desviar do tema do anúncio censurado.

Um porta-voz da marca inglesa revelou que a publicidadade que mostra a freira grávida, "não foi feita para coincidir com a visita do Papa. A ASA é que decidiu banir a imagem um dia antes da sua chegada. Não contribuímos para situação - a responsabilidade é toda da ASA "

 

Melhor Gelado do Mundo

 

A companhia de gelados Antonio Federici foi criada por três irmãos ingleses que, sabendo da sua herança italiana, pegaram numa receita familiar de 1896 para começar o seu negócio.

O sucesso foi reconhecido e, o ano passado, venceram o prémio de Melhor Gelado do Mundo.

Ámen.



publicado por olhar para o mundo às 10:00 | link do post | comentar

Sábado, 15.05.10

 

75 milhões de euros foi o que custou o circo todo... mas não há problema, agora aumenta-se o IVA e o IRS...e o pagode paga.... que falta de vergonha....

 



publicado por olhar para o mundo às 15:58 | link do post | comentar

Quinta-feira, 13.05.10

Maria beija a mão do demo.. o paspalvo olha

 

Eu sei.
Sei da menina de Olinda, de nove anos e trinta quilos, reiteradamente violada pelo padrasto, grávida de gémeos.
Sei do empenho posto pela Igreja para tentar impedir o aborto, apesar de a criança correr grave perigo de vida. Os médicos e a mãe foram excomungados. O violador foi apenas censurado.
Eu sei.
Sei dos 498 padres espanhóis que beatificaste, e sei que ao fazê-lo passavas enternecidamente as mãos pelo lombo do franquismo e emprestavas oxigénio à direita, que agora se prepara para crucificar Baltazar Garzón.
Eu sei.
Sei do levantamento da excomunhão a Williamson, bispo negacionista, branqueador do nazismo, "compagnon" de todos os que, todos dias, tentam embargar, vilipendiar, encapotar, uma das páginas mais vergonhosas da História da humanidade.
Eu sei.
Sei dos discursos homofóbicos e da condenação do divórcio, como se o céu só se ganhasse se se frequentasse o Inferno na terra; como se a graça só se alcançasse através da dor e sofrimento, prescindindo-se da vida.
Eu sei.
Sei do silêncio, da ocultação, da cumplicidade, da indiferença e, sobretudo, da crueldade de todos os crimes perpetrados por múltiplos e variados membros da Igreja.
Sei do encobrimento das denúncias das perversidades, pressinto a gritaria calada de todas as vítimas a estourar de aflição em noites de insónias, intuo o peso das memórias fantasmas que insistem em colar-se à pele.
Eu sei. Sabemos todos.
Mesmo aqueles e aquelas que se passeiam no glamour das recepções papais, e antes se passearam no glamour das recepções oficiais a abarrotar de cultura laica.
Todos sabemos de tudo, sendo que o tudo é demasiado grave para que tudo se esqueça. Principalmente nestes dias em que a crise parece adiada e os católicos parecem anjos imaculados.
Alice Brito



publicado por olhar para o mundo às 15:18 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Preservativos católicos

 

Via Henricartoon



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Terça-feira, 11.05.10

Habemus papa ... por entre as cinzas

 

Via Henricartoon



publicado por olhar para o mundo às 10:14 | link do post | comentar

Terça-feira, 04.05.10

Papa em Lisboa .. confusão instalada

 

Dezenas de estradas cortadas. Estacionamentos interditos. Condicionamentos no Metro e ruas sem caixotes do lixo e ecopontos. Esta é a Lisboa que Bento XVI não vai ver quando chegar, no dia 11 de Maio, mas será a cidade em reboliço com que os lisboetas terão de lidar.

O plano de segurança da visita do Papa a Lisboa (10 e 11 de Maio) e ao Porto (14 de Maio) foi apresentado, ontem, na direcção nacional da PSP. As estimativas da polícia apontam para que, durante os dias da visita de Bento XVI, saiam à rua 200 a 300 mil fiéis em Lisboa e 150 a 200 mil no Porto. O dispositivo de segurança, garante a PSP, está a ser preparado "há largos meses", mas mesmo assim a polícia escusa-se a revelar o número de efectivos destacados para a operação. "Serão em número suficiente para garantir a segurança", limitou-se a dizer o director nacional, Oliveira Pereira. Quer em Lisboa quer no Porto, os pontos altos da visita, em termos de segurança, são as missas - no Terreiro do Paço e nos Aliados. Mas os trajectos que Bento XVI fará em Papa Móvel, a 30 km/h, também vão merecer "atenção especial" por parte da polícia. Contas feitas, em Lisboa e no Porto, Bento XVI fará um total de 46,1 quilómetros por via terrestre - em Papa Móvel e em carro fechado "tipo limusine". 

lisboa Em casos urgentes de socorro, os fiéis devem dirigir-se, recomenda a PSP, à 2ª esquadra, na rua do Arsenal. Nos dias 11 e 12, o trânsito estará cortado em todas as artérias - em ambos os sentidos - à hora a que Bento XVI passar. Os condutores devem estudar percursos alternativos. 

Também o estacionamento será proibido nas laterais aos percursos tomados pelo Papa. Em breve começarão a ser distribuídos panfletos com um aviso: os carros estacionados nas zonas condicionadas serão autuados ou rebocados, caso não sejam retirados no prazo previsto pela polícia. Além disso, o trânsito pedonal e automóvel será cortado na Avenida Luís Bívar (junto à Nunciatura Apostólica) - excepção feita para moradores. 

Os caixotes do lixo, ecopontos e outro mobiliário urbano vão desaparecer de todas as ruas gradualmente, a partir do dia 9. E o metro também não escapa aos constrangimentos, com a linha entre a Baixa-Chiado e Santa Apolónia encerrada no dia 11, até às 21h30. No Terreiro do Paço são esperadas 100 mil pessoas para assistir à missa, às 18h15. O Papa será vigiado por nove câmaras. No Tejo, a Polícia Marítima não deixará aproximar qualquer embarcação e a Força Aérea só deixará voar um helicóptero - que transportará a equipa de repórteres de imagem. Seis ecrãs gigantes instalados na Praça do Município, no Terreiro do Paço, na Rua Augusta e no Terminal dos Barcos (Praça do Comércio) transmitirão a missa em directo.

porto e Fátima No Porto, vão estar de serviço 93 câmaras de vigilância usadas, normalmente, no controlo do tráfego. À semelhança do que acontece em Lisboa, as ruas utilizadas pelo Papa serão cortadas ao trânsito, entre as 9 e as 13h00 do dia 14, prevendo-se o encerramento da Ponte do Infante - restam, como alternativa, as pontes do Freixo e da Arrábida. Em Fátima, as operações são coordenadas pela GNR, estando envolvidos cerca de 800 elementos na operação - os detalhes só serão revelados no final da semana.

Via ionline


publicado por olhar para o mundo às 15:46 | link do post | comentar

Sexta-feira, 30.04.10


DIA 12 - Chega a Lisboa e vai festejar o título de campeão do Benfica;


DIA 13 - Segue para Fátima, onde irá pedir desculpas pelos erros dos árbitros;


DIA 14 - No último dia vai ao Porto agradecer a bondade dos portistas por de 5 em 5 anos deixarem o Benfica ser campeão.

 

Recebido via email



publicado por olhar para o mundo às 10:00 | link do post | comentar

Sexta-feira, 16.04.10

Será um vibradorSerá um vibrador?.. uma santinha.. um obséquio para o papa?

 

Por uns módicos 178 Euros...   hummmm aposto que não adivinham o que isto é?

 

Se tem dúvidas confira aqui:http://www.atlantis.pt/detail.aspx/Ndot;Sdot;%20Fátima/6528/



publicado por olhar para o mundo às 18:08 | link do post | comentar

Segunda-feira, 12.04.10

Ele quer prender o papa

 

Richard Dawkins, o militante ateu, está a planear uma emboscada legal para que o Papa Bento XVI seja detido por “crimes contra a Humanidade” durante a sua visita ao Reino Unido.
Para o efeito, o autor já consultou uma série de advogados de direitos humanos para que seja aberto um processo contra Ratzinger sobre o alegado encobrimento de centenas de crimes sexuais dentro da Igreja Católica. 
O escritor acredita que o Papa não poderá invocar imunidade diplomática contra um eventual mandato de detenção, na medida em que ele não é um chefe de estado reconhecido pelas Nações Unidas.
Dawkins, autor de “A Desilusão de Deis”, acusa o Santo Padre de encobrir de forma descarada o abuso sexual de menores dentro da comunidade católica: “Quando os seus sacerdotes são apanhados decalcas na mão, o instinto deste homem é encobri-los e evitar escândalos. E depois que se lixem as vítimas”.

 

Via ionline



publicado por olhar para o mundo às 15:38 | link do post | comentar

Terça-feira, 06.04.10

Abusos sexuais na igreja, há quem queira processar o Papa

 

Bento XVI deverá visitar o Reino Unido em Setembro, mas a sua passagem pelo país não será pacífica. Um grupo de juristas britânicos está a avaliar a possibilidade de responsabilizar o Papa pelos crimes de abusos sexuais levados a cabo por padres. A imunidade de Bento XVI, enquanto chefe de Estado, está a ser analisada no sentido de descobrir se pode ser acusado segundo o "princípio de jurisdição universal" pelo encobrimento sistemático dos crimes.

Ontem, na Missa de Páscoa do Vaticano, Bento XVI limitou o tema que tem marcado as últimas semanas a uma levíssima referência aos casos que têm abalado as estruturas da Igreja. O momento de instabilidade vivido pela Igreja "requer mudanças profundas a partir das consciências, uma conversão moral e espiritual". Dirigindo a mensagem Urbi et Orbi para a guerra, violência e perseguições no mundo inteiro", o Papa fixou-se no s conflitos no Médio Oriente, nas drogas na América Latina, na desgraça das vítimas dos terramotos no Chile e Haiti e na crise financeira. Tudo serviu para afastar o discurso do tema dos abusos sexuais de padres a crianças.

Mais directo foi o arcebispo Vincent Nichols, líder da Igreja Católica na Inglaterra e País de Gales. "Temos reflectido profundamente sobre os nossos pecados, que são de enorme gravidade, reconhecendo a culpa e a necessidade de perdão", disse, aproveitando depois para criticar a forma como a Igreja tem sido tratada pelos media.

Depois da polémica causada pela comparação entre os ataques à Igreja pelos casos de abusos sexuais a menores e o antissemitismo, o pregador do Papa pediu, também ontem, publicamente desculpas. "Se contra a minha vontade feri a a sensibilidade de judeus e vítimas de pedofilia, lamento-o sinceramente", disse Raniero Cantalamessa.

 

Via Ionline



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Segunda-feira, 29.03.10

Quando era arcebispo de Munique, Joseph Ratzinger acompanhou o caso do padre pedófilo na Alemanha mais de perto do que se pensava, diz o “New York Times. Ratzinger recebeu um duplicado de um memorando dizendo que o padre, que acabaria por ser condenado por molestar menores numa outra paróquia e que tinha sido submetido a psicoterapia para ultrapassar o seu problema de pedofilia, voltaria ao trabalho pastoral dias depois de ter iniciado o tratamento.

 

Via Arrastão



publicado por olhar para o mundo às 11:28 | link do post | comentar

Quarta-feira, 10.03.10

 

 

 

Governo alemão acusa Igreja Católica de ter criado "muro de silêncio" sobre pedofilia

 

 

"Em muitas escolas havia um muro de silêncio que permitiu abusos e violência", disse a ministra Sabine Leutheusser-Scnarrenberger a uma rádio alemã, depois de denunciados novos casos de pedofilia em estabelecimentos de ensino da Baviera. A BBC noticiou anteontem que em 18 das 27 dioceses alemãs estão a ser investigadas alegações de abusos sexuais.


Os desenvolvimentos "assustadores", como lhe chamou, somam-se às denúncias, no mês passado, de abusos de mais de cem crianças em escolas jesuítas, o que levou à apresentação de desculpas pelo líder dos bispos alemães, Robert Zollitsch, que depois de amanhã se desloca ao Vaticano.

O primeiro dos mais recentes casos é o abuso de membros do coro infantil da diocese de Ratisbona numa fase que inclui o período em que foi dirigido por Georg Ratzinger, irmão do actual Papa. Nos últimos dias surgiram outras duas revelações: a de sevícias de padres da escola beneditina de Ettal, Munique, sobre uma centena de rapazes nas décadas de 1950, 70 e 80; e a denúncia de abusos na escola dos franciscanos capuchinhos de Burghausen, nos anos 1980. 

Na Áustria, foram também revelados presumíveis abusos em duas instituições religiosas, nos anos 1970 e 1980, e na Holanda a hierarquia católica anunciou ontem um inquérito "vasto, externo e independente" a quase 200 denúncias feitas este mês.

A maior parte das situações agora reveladas surgiram depois dos contactos mantidos no mês passado pelo Papa com o clero da Irlanda, quando Bento XVI se referiu à pedofilia como "um crime abominável" e "pecado grave". Muitos crimes já prescreveram e parte dos presumíveis autores morreram. 

Sabine Leutheusser-Scnarrenberger considera que o "muro de silêncio" foi motivado por uma directiva de 2001. "Mesmo os casos mais severos de abuso eram objecto de segredo papal e não deviam ser divulgados fora da Igreja", acusou, referindo-se a uma carta do então cardeal alemão Joseph Ratzinger, hoje Papa, em que determinava que o Vaticano devia ser informado dos "delitos mais graves".



Particularmente reprovável

A ministra encara a directiva como sinal de que as situações deveriam ser examinadas internamente, sem recurso à Justiça, e que só depois a Igreja sugeriria aos culpados que se entregassem. Esta leitura foi considerada "absurda" pelo bispo Stephan Ackerman, que disse ao diário Frankfurter Allgemeine Zeitung ser prática da Igreja "envolver os procuradores" nas investigações. 

A sucessão de denúncias levou, no entanto, o responsável católico a aceitar a ideia de uma "mesa-redonda", no próximo dia 23 de Abril, com líderes políticos, dirigentes protestantes e vítimas, para discutir o problema e eventuais compensações. "É um passo importante no objectivo comum de enfrentar o problema rapidamente", disse, citado pela Reuters, numa alusão a uma anterior proposta da titular da pasta da Família, Kristina Schroeder. A Igreja começou por rejeitar a ideia, alegando, como lembra a AFP, que não se tratava de "um problema específico" da instituição.

Numa reacção às sucessivas notícias, o porta-voz do Vaticano, padre Frederico Lombardi, elogiou ontem a "rapidez" e "determinação" das igrejas alemã, austríaca e holandesa face à "tormenta" da pedofilia. As conferências episcopais "mostraram vontade de transparência e, num certo sentido, aceleraram a revelação dos problemas convidando as vítimas a falar, mesmo que se tratasse de casos antigos", disse, citado pelo Serviço de Informação do Vaticano. "Concentrar apenas as acusações na Igreja leva a falsear a perspectiva", acrescentou, reconhecendo, porém, que os erros do clero são "particularmente reprováveis".

 

Noticia do Público



publicado por olhar para o mundo às 13:34 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Sábado, 26.12.09

Susana Maiolo, a mulher que empurrou o papa

Um clube de fãs da jovem que agrediu o Papa Bento XVI ao início da missa da meia-noite, no Vaticano, constitui-se hoje no site de socialização Facebook, provocando a indignação de políticos italianos.

O site "Susana Maiolo Fans Club" com o nome da ítalo-suíça de 25 anos aparentemente desequilibrada que rompeu quinta-feira à noite as barreiras de segurança para se aproximar do Papa e tombá-lo, juntou mais de 150 pessoas até esta tarde.

Os comentários são geralmente irónicos: um consagra-a "medalha de ouro nos Jogos Olímpicos por salto de obstáculos". Outro afirma que ela "tinha na mão uma estátua de São Pedro", referindo-se ao ataque de que foi vítima o chefe do Governo, Sílvio Berlusconi, a 13 de Dezembro, em Milão, com uma reprodução da catedral da cidade.

A iniciativa foi fortemente criticada por responsáveis políticos. Gianfranco Rotondi, ministro para a Actualização do programa do Governo, falou de "estupidez" que deve ser combatida e parada.

Um senador do partido de Berlusconi, Antonio Gentile, declarou que a constituição deste grupo "confirma a necessidade de uma intervenção legislativa". "Uma rede social não pode ser um lugar onde se celebra a violência", acrescentou.

Em Outubro, a justiça italiana abriu um inquérito após muitos apelos à morte do "Cavaliere" na Internet.

Via Ionline



publicado por olhar para o mundo às 09:52 | link do post | comentar

Quarta-feira, 16.12.09

A igreja e as suas parvoices!

 

 Um casamento entre alguém baptizado pela Igreja Católica e outra que não o seja é inválido, revelou hoje o Vaticano, depois de o Papa Bento XVI ter aprovado duas alterações ao Código de Direito Canónico.

O artigo 1986 do Código de Direito Canónico estabelece a partir de agora que "é inválido o matrimónio entre duas pessoas, uma das quais baptizada pela Igreja Católica ou nela integrada e outra que não seja baptizada."
Foi ainda modificado o artigo 1124: "o matrimónio entre duas pessoas baptizadas, uma das quais baptizada pela Igreja Católica e nela acolhida através do baptismo, e a outra integrada numa comunidade eclesiástica que não está em plena comunhão com a Igreja Católica não pode celebrar-sesem a autorização expressa de uma autoridade competente".

 

Via ionline

 

Quando é que esta gente aprende que assim não vai lá?



publicado por olhar para o mundo às 15:17 | link do post | comentar

Quinta-feira, 15.10.09

Saramago acusa Papa de cinismo

 

 O escritor José Saramago acusou hoje o papa Bento XVI de “cinismo” e defendeu que à “insolência reaccionária” da Igreja há que responder com a “insolência da inteligência viva”.


“Que Ratzinger tenha a coragem de invocar Deus para reforçar o seu neo-medievalismo universal, um Deus que jamais viu, com o qual nunca se sentou a tomar um café, demonstra apenas o absoluto cinismo intelectual da personagem”, disse Saramago em Roma, durante um colóquio com o filósofo italiano Paolo Flores D’Arcais, noticiou hoje o jornal italiano Il Fatto Quotidiano. 

O Prémio Nobel da Literatura 1998 encontra-se hoje na capital italiana para apresentar o livro “O Caderno”, em que estão compilados textos que escreveu entre Setembro de 2008 e Março deste ano no seu blogue, e reunir-se com amigos italianos, como a Prémio Nobel da Medicina 1986, Rita Levi Montalcini. 

Na conversa que manteve com Flores D’Arcais, Saramago assegurou que é um “ateu tranquilo”, mas que agora está a mudar de ideias. 

“Às insolências reaccionárias da Igreja Católica há que responder com a insolência da inteligência viva, no bom sentido, da palavra responsável. Não podemos permitir que a verdade seja ofendida todos os dias pelos presumíveis representantes de Deus na terra, a quem na realidade só interessa o poder”, afirmou. 

Segundo Saramago, interessa pouco à Igreja o destino das almas e o que sempre procurou é o controlo dos seus corpos. 

“A razão - acrescentou - pode ser uma moral. Usemo-la”. 

Inquirido sobre se a ausência de empenhamento de escritores e intelectuais pode ser uma das causas da crise da democracia, o escritor disse que sim, mas que não só, já que toda a sociedade está nessas condições e isso leva a uma crise de autoridade, da família, dos costumes, uma crise moral em geral. 

Saramago advertiu para o crescimento do "fascismo” na Europa e mostrou-se convencido de que nos próximos anos “atacará com força”. 

Por isso - sublinhou -, “temos de preparar-nos para enfrentar o ódio e a sede de vingança que os fascistas estão a alimentar”. 

“Apesar de ser claro que se apresentarão com máscaras pseudo-democráticas, algumas das quais circulam já entre nós, não devemos deixar-nos enganar”, frisou. 

Antes de Roma, Saramago esteve em Milão, Turim, Alba e Pontedera, onde se encontrou com os seus leitores e criticou o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi. 

Em declarações ao diário ex-comunista L’Unità, o escritor disse que Berlusconi é a “doença do país” e hoje, na conversa com Flores D’Arcais afirmou que o que mais caracteriza a esquerda, no plano internacional, é a “falta de ideias”. 

A direita, de acordo com Saramago, não precisa de ideias para governar e isso vê-se em Berlusconi, “que não tem nenhuma”, mas a esquerda, “se não tem ideias, não tem nada que oferecer aos cidadãos”. 

A visita de Saramago a Roma ocorre dias antes do lançamento do seu mais recente romance, “Caim”, em que o escritor se ocupa novamente da religião e que será simultaneamente editado em português (de Portugal e do Brasil), espanhol e catalão. 

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Terça-feira, 14.07.09

Papa proposto para nóbel da economia

 

Especialista propõe Bento XVI para Nobel de Economia

Sua encíclica denuncia os efeitos da queda da natalidade

ROMA, quinta-feira, 9 de julho de 2009 (ZENIT.org).- Em uma entrevista publicada pelo jornal italiano Corriere della Sera em 8 de julho, o economista Ettore Gotti Tedeschi, expoente dos maiores grupos bancários mundiais, indicou o Papa Bento XVI para o Nobel de Economia.

Segundo Gotti Tedeschi, o mérito do pontífice foi o de escrever claramente na encíclica Caritas in veritate que a crise econômica é filha da queda da natalidade.

Na entrevista, o banqueiro, que é também comentarista do jornal vaticano L’Osservatore Romano, explica que “o insuficiente crescimento econômico se deve à queda da natalidade nos países desenvolvidos (ainda que de modo diferente nos Estados Unidos e na Europa)”.

A queda dos nascimentos levou ao crescimento dos custos fixos, como os impostos, e a diminuição da economia e dos ativos financeiros, mas – afirma Gotti Tedeschi – “muitos analistas preferiram não aprofundar na causa ‘original’ da crise” porque “tocar no tema da natalidade é um tabu, é uma forma de negacionismo”.

“É um tema conotado como ‘moral’ – precisa o banqueiro –, e portanto não científico, quase estúpido, para fanáticos religiosos”.

Neste contexto, Gotti Tedeschi destaca que o Papa “foi o único que pôs em relação crise e queda da natalidade”, e precisamente por isto “merece o Nobel de Economia”.

Via Veritas...

 

São uns humoristas estes católicos romanos .....

 



publicado por olhar para o mundo às 13:17 | link do post | comentar

Sexta-feira, 27.03.09

 

 

Sem Comentários



publicado por olhar para o mundo às 23:16 | link do post | comentar

Quinta-feira, 26.03.09

O papa e o preservativo 

Via Anovis Anophelis



publicado por olhar para o mundo às 20:40 | link do post | comentar

Sexta-feira, 20.03.09

O para e o preservativo

 

Via HenriCartoon



publicado por olhar para o mundo às 08:51 | link do post | comentar

Quarta-feira, 18.03.09

A ruz da falta de vergonha da igreja

(Via http://arrastao.org/)

 

E você, quer fazer parte desta igreja da vergonha?

 



publicado por olhar para o mundo às 14:22 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Vaticano cria contas de F...

Anuncio de gelados com fr...

O papa €uros

Alice Brito: Eu sei ,,......

Pelo amor de deus!

E por entre as cinzas... ...

Bento XVI em Lisboa. Uma ...

Roteiro da visita papal

A ultima moda em design ....

Richard Dawkins: "eu vou ...

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

Related Posts with Thumbnails
blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...
Posts mais comentados