Domingo, 20.03.11
Produtora australiana estreia filme através de BitTorrent

 

 

Uma produtora australiana resolveu distribuir um dos seus próximos filmes de forma gratuita através de BitTorrent. Veja o vídeo

A ideia partiu da produtora Distracted Media que pretende estrear «The Tunnel», um filme de terror cujo cenário é um conjunto de túneis abandonados que existem na realidade em Sidney, através deste sistema de partilha de ficheiros, numa edição gratuita, refere o portal TorrentFreak.

O lançamento do filme, que também vai contar com uma versão paga em DVD, distribuída pela Paramount, está previsto para dentro de dois meses e é visto como a primeira vez que um filme estreia através do sistema BitTorrent, bastante associado à pirataria de conteúdos.

Em declarações ao portal TorrentFreak o produtor Enzo Tedeschi afirma que «desde o primeiro dia que defendemos que The Tunnel não apoia ou condena a pirataria, mas antes tenta incorporar a utilização legítima do peer-to-peer na nossa estratégia de distribuição internacional».

A estreia de «The Tunnel» está marcada para o próximo dia 19 de Maio, num computador e não numa sala de cinema.

 

 

Via Sol


publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 04.02.11

 

Morreu Maria Schneider

 

A história de um affaire sexual entre dois desconhecidos num apartamento parisiense, com momentos de nudez frontal e várias cenas de sexo explícito (entre as quais a célebre "cena da manteiga", alegadamente improvisada durante a rodagem por iniciativa de Brando), causou escândalo e foi vista por não pouca gente como um filme "pornográfico". Em Portugal, o filme foi proibido pela censura e apenas se estreou após o 25 de Abril, criando longas filas à porta do cinema São Jorge. 

Não por acaso, Último Tango em Paris data do mesmo ano do fenómeno Garganta Funda, que parecia reflectir a nova liberdade artística e social que pontuava a década. No entanto, tal como Linda Lovelace, a vedeta de Garganta Funda, Maria Schneider, que se assumiria bissexual em 1974, foi tanto emblema como vítima dessa década de excessos, incapaz de construir uma carreira para lá do papel-charneira que a lançara. 

Apesar de ter já participado em alguns filmes, estreando-se em 1970 em Madly, de Roger Kahane, ao lado de Alain Delon e Mireille Darc, Schneider (que assumiu o apelido da mãe, Marie-Christine Schneider, e não do pai, o actor Daniel Gélin) trabalhara essencialmente como modelo. Tinha apenas 19 anos quando rodou Último Tango em Paris, substituindo Dominique Sanda, para quem Bertolucci concebera o filme mas que engravidara entretanto. 

Mais tarde, a actriz renegaria o filme, considerando-o o grande erro da sua vida. Em várias entrevistas, afirmaria que Bertolucci, "um bandido e um chulo", se aproveitara dela e de Brando. O jornal The Guardian cita-a dizendo que "nunca se deve tirar a rou- pa para um homem de meia-idade que diz que está a filmar arte"; o realizador italiano responderia que ela era demasiado jovem para ter a noção do que realmente se passara no plateau. Daí para a frente, Schneider recusar-se-ia a filmar cenas de nu, perturbada por não ser vista como uma actriz séria, mas apenas como um símbolo sexual. 

Na sequência do seu abandono das rodagens de Calígula, de Tinto Brass, em 1976, para dar entrada num hospital psiquiátrico, por problemas com droga e uma tentativa de suicídio, qualquer embalo que a sua carreira tivesse ganho com a sua participação em Profissão: Repórter (1975), de Michelangelo Antonioni, foi totalmente perdido. Ao longo dos anos seguintes, Maria Schneider continuou a trabalhar irregularmente em papéis pequenos e produções maioritariamente europeias, a mais notória das quais Noites Bravas (1992) de Cyril Collard. O seu último filme foi Cliente (2008), de Josiane Balasko.


Via Público



publicado por olhar para o mundo às 19:05 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Quinta-feira, 06.01.11

 

quemais eu quero, adultério

 

 

 

"Que Mais Quero Eu" ("Cosa Voglio di Più") é um filme italiano sobre adultério e as implicações que este teve na vida dos envolvidos.

O realizador, Sílvio Soldini, diz que é o seu primeiro filme inspirado numa história verídica, que a ideia lhe surgiu do caso de uma amiga, empregada de escritório, o que o remeteu para um contexto familiar, social e cultural muito específico.

A protagonista do filme, Anna (Alba Rohrwacher), vive nos arredores de Milão com o seu companheiro. Trabalha numa agência de seguros e diz-se realizada com o que faz. Parece ter cumprido tudo o que esperavam de si e ter uma vida satisfatória.

O nascimento da sobrinha faz crescer as expectativas de ela própria vir a ser mãe, uma perspetiva que faz crescer em si o sentimento de ter uma existência demasiado rotineira, desprovida de paixão.

Luxúria,  adrenalina e frustração

 

A sensação de insatisfação leva-a a insinuar-se perante Domenico (Pierfrancisco Favino), um atraente fornecedor de escritório que lhe surge à porta, surpreendendo-se a si própria com a sua capacidade de iniciativa.

Trocam números de telemóvel, sms, marcam um encontro e, após algumas hesitações de ambos (Domenico diz-lhe logo ter família e filhos), acabam a ter sexo num motel.

A luxúria e adrenalina da relação "ilícita" depressa começa a ser acompanhada pela frustração de todas as limitações que a situação acarreta, deixando-os profundamente divididos, com esse "algo mais" que ambos procuravam naquele envolvimento a revelar-se incompatível com o resto das suas vidas.

"Quando o cinema se debruça sobre este tema fá-lo frequentemente ocultando tudo o que existe no seu redor. Os personagens são, no fundo, livres no sentido em que não encontram quaisquer dificuldades. Centram-se assim apenas na sua história de amor e no seu adultério. Com os meus argumentistas, quis mostrar, pelo contrário, personagens reais", referiu o realizador Sílvio Soldini.

 

 

Via Expresso



publicado por olhar para o mundo às 21:03 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Terça-feira, 10.08.10

O 3d chegou à Pornografia

 

Um grupo de realizadores de Hong Kong afirma estar a filmar aquele que irá ser o primeirofilme pornográfico em 3D.

Chama-se “3-D Sex and Zen: Extreme Ecstasy” e tem estreia prevista para Maio do próximo ano. O mercado europeunorte-americanoasiático já mostraram interesse na transmissão deste filme.

O filme é baseado num dos clássicos da literatura chinesa eróticaThe Carnal Prayer Mat” (O Tapete da Oração Carnal) de Li Yu, e de acordo com o “Sunday Morning Post”, retrata a vida de um jovem que entra no submundo do erotismo depois de se tornar amigo de um príncipe. Não faltam orgias e cenas sexo bastante gráficas.

O produtor, Stephen Shiu reconhece que muito dificilmente as autoridades chinesas permitirão a exibição do filme, no entanto avançou que já tem acordos de exibição no JapãoCoreia do Sul e nalguns canais pagos em Hong Kong.

realizador Italiano Tinto Brass também já mostrou interesse em fazer um “remake” em 3D do seu filme erótico de 1979 Caligula, enquanto a Hustler anunciou que vai produzir uma versão erótica em 3D do famoso Blockbuster Avatar.

 

Via ionline



publicado por olhar para o mundo às 21:00 | link do post | comentar

Quarta-feira, 23.06.10

Hellen Mirrem nua

Aos 65 anos, a actriz inglesa Helen Mirren, galardoada com um Óscar, deixou-se fotografarnua numa banheira. O motivo é o seu novo filme, "Love Ranch"

 

 

Hellen Mirren está a promover o seu novo filme, "Love Ranch", sobre o primeiro bordel norte-americano. Neste contexto deu uma entrevista à New York Magazine e deixou-se fotografar em topless por Jurgen Teller. Sem pudores nem complexos com a idade.

A actriz de 65 anos, vencedora de um Oscar pelo filme "A Rainha", afirma na entrevista à New York que  mantém a rebeldia. "Continuo a ser a menina bem comportada que quer ser a rapariga mal comportada", afirma Mirren.

Em "Love Ranch", Mirren interpreta o papel de Grace Botempo que dirige um bordel nos anos 70. O filme foi realizado pelo marido da actriz, Taylor Hackford, e estreia dia 30.

 

Via Expresso



publicado por olhar para o mundo às 22:05 | link do post | comentar

Sexta-feira, 11.06.10

Contemplado com seis prémios no Festival de Locarno, entre os quais os de Melhor Primeiro Filme e Melhor Actriz, "Nada Pessoal" ("Nothing Personal") é um filme sobre uma relação entre duas pessoas que, apesar de pouco ou nada saberem da vida uma da outra, desenvolvem entre si uma forte ligação emocional.
Nunca chegamos a saber grande coisa do passado de ambas as personagens. Quando o filme começa ela (interpretada por Lotte Verbeek), uma jovem ruiva que parece ter 20 e tal anos, anda à boleia por uma zona remota da Irlanda. Ele (Stephen Rea) vive isolado na sua casa. A determinada altura fala-lhe na morte da sua mulher, mas ela rapidamente o trava, dizendo-lhe não estar minimamente interessada.
Uma canção por pergunta
A condição que coloca, quando ele lhe propõe que trabalhe para si a troco de comida, é que não haverá perguntas. Entre a atitude inóspita, a-social, que ela denota, e a solidão mais ou menos voluntária em que ele parece ter optado por viver, encontram uma sintonia que leva a que, gradualmente, as barreiras se vão esbatendo.
Quando ela está mais uma vez prestes a entrar em ruptura, ele propõe que para cada pergunta pessoal que lhe coloque, seja penalizado, cantando uma canção. Mas a determinada altura acaba por ser ela a não cumprir a regra que criara.
Urszula Antoniak, a realizadora polaca a residir na Holanda, rodou o filme nas chuvosas paisagens de uma ilha irlandesa. Em entrevista à "Cineuropa", disse que quis situar a história a um nível muito básico das relações humanas, fugindo à abordagem hollyodesca em que os espectadores saberiam as motivações das personagens, de modo a poder compreendê-las e sentir empatia. "Não quis manipular a audiencia dessa forma, mas antes lançar-lhes um desafio", explicou.

 



publicado por olhar para o mundo às 21:00 | link do post | comentar

Sábado, 08.05.10

Afinal não há Messias 3D

 

Fomos alertados pelos nossos leitores sobre a veracidade desta notícia. Foram usadas várias fontes, não só brasileiras, como também inglesas. Depois de investigarmos, concluímos que os vários sites tiveram como base um jornal brasileiro que publica notícias falsas. A notícia gerou bastantes comentários nas redes sociais. Agradecemos, desde já, a atenção e alerta dos leitores.

 

Depois de um ano numa base militar no Iraque, Erick Jhonson chegou a casa e teve a surpresa da sua vida: a mulher, Jennifer Stweart, deu à luz um bebé durante a sua ausência. Mas o insólito não termina aqui. O casal de raça branca deu à luz um bebé negro. Mas Jennifer rapidamente encontrou uma explicação para o sucedido. A mulher de 38 anos garantiu ao marido que a criança foi concebida enquanto assistia a um filme pornográfico em três dimensões.
“Não vejo porque desconfiar dela. Os filmes em 3D são muito reais. Com a tecnologia de hoje tudo é possível”, disse Erick, que assumiu a criança.
Jennifer explicou que foi ver um filme porno em 3D com as amigas. “Um mês depois de ver o filme comecei a sentir enjoos e o resultado está aí. Vou processar o cinema e os produtores”, afirmou. “Ainda bem que o meu marido acredita em mim e sabe que eu sou fiel”, acrescentou.

 

Via Ionline



publicado por olhar para o mundo às 10:00 | link do post | comentar

Quarta-feira, 06.01.10

As cenas de sexo do filme avatar.. só em DVD

 

 No filme, Jake Sully (Sam Worthington) "acasala" com Neytiri (Zoe Saldana) debaixo da árvore mágica. Os dois partilham um profundo e significativo olhar amarelo e dão um longo beijo . Acha estranho que espécies extra-terrestres se beijem como os terráqueos? Pois. Adiante. Depois do beijo o filme avança rapidamente para a manhã seguinte deixando a pertinente dúvida "mas afinal como é que eles fazem?". Numa entrevista de grupo, a actriz Zoe Saldana explicou o que ficou por ver e parece que a cauda que os Na'vi, usam para quase tudo, também serve para o fantástico mundo do sexo alienígena.

Para saber (e ver) tudo ao pormenor, terá de esperar pelo lançamento do filme em DVD, já que o próprio James Cameron prometeu a inclusão da cena cortada da versão lançada nos cinemas.

Leia a notícia original aqui.



publicado por olhar para o mundo às 14:45 | link do post | comentar

Sábado, 12.12.09

 

Megan Fox muda radicalmente de papel no filme Jennifer's Body. A actriz de'Transformers' interpreta o papel de Jennifer Check, uma líder de claque que  é possuída por um espírito demoníaco. A partir daí, começa a matar rapazes a torto e a direito. JáAmanda Seyfried é a boazinha do filme, esforçando-se por salvar a cidade da fúria da amiga.

Megan Fox em Jennifer's Body

Mas é claro que é Megan - e o seu corpo -  o grande pólo de atracção deste filme de terror, principalmente desde que se sabe que a actriz vai aparecer em topless.

Megan Fox em Toplesse em Jennifer's Body

A realização está a cargo de Karyn Kusama, enquanto o argumento é da responsabilidade deDiablo Cody, vencedora de um Óscar em 2007 pelo filme 'Juno'.

 

 

 

 

Via Activa



publicado por olhar para o mundo às 20:09 | link do post | comentar

Quarta-feira, 02.12.09

Tiana, a princesa negra da disney

 

 O primeiro presidente dos EUA afro-americano foi eleito em Novembro de 2008. Passados 12 meses, surge a primeira princesa negra da Disney. A Tiana é uma jovem princesa de origem africana que tem o sonho de abrir um restaurante em New Orleans, a capital do Jazz. Trata-se da primeira princesa negra criada pela Disney e surge no novo filme de animação “The Princess and the Frog” (A Princesa e o Sapo), que se estreia este mês.

 

Depois de Ariel, Jasmine ou Cinderella, eis que surge Tiana. Desenhada à mão pelos criativos da Disney, esta nova princesa já causou alguma polémica nos EUA. Em Abril deste ano, o filme foi acusado de ser preconceituoso porque a protagonista começou por se chamar Maddy, nome parecido com Mammy, com que os americanos se dirigiam às escravas. A Disney também foi acusada de se ter aproveitado da obamania, apesar de o projecto ter sido iniciado muito antes da eleição de Barack Obama.
A famosa apresentadora Oprah Winfrey dá voz a uma das personagens secundárias do filme, mas Tiana é interpretada por Anika Noni Rose. Já o príncipe por quem Tiana se apaixona é interpretado pelo brasileiro Bruno Campos.  
Ouça aqui a banda sonora do filme criada por Randy Newman, já nomeado para Óscares por filmes como "Toy Story".

O filme chega dia 4 de Fevereiro às salas de cinema portuguesas.

Veja o vídeo de apresentação

Via Ionline

 



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Domingo, 29.11.09

Angelina Jolie em cenas escaldantes com Johnny depp

 

Acalmem-se os fãs dos casais Jolie-Pitt e Depp-Paradis.  As cenas de que falamos ainda não aconteceram e será tudo ficção: a actriz Angelina Jolie e o actor Johnny Depp vão contracenar no filme “The Tourist” e o buzz à volta do filme já promete cenas quentes entre os dois.

A informação é avançada pela revista Life & Style. O argumento do filme, que ainda não tem data de estreia marcada, prevê cenas dignas de bolinha vermelha entre os dois, considerados várias vezes como o homem e a mulher mais bonitos do mundo.
A cena entre Casa Manson (a personagem de Jolie) e Frank Taylor (Depp) – que a revista garante que não será curta – vai acontecer no duche e termina com um beijo intenso. Detalhes já avançados referem mesmo que Depp aparecerá em posições que vão deixar as fãs mais resistentes à beira do colapso.

Leia a notícia original aqui

Via Ionline



publicado por olhar para o mundo às 15:17 | link do post | comentar

Segunda-feira, 07.09.09

Angelina Jolie Nua

 

 Primeiro foi o beijo na boca numa mulher. Agora aparece como chegou ao mundo. Assim está Jolie em “Gio”  

Depois da imagem do beijo na boca entre Angelina Jolie e Elizabeth Mitchell,  Juliet de "Lost", mais cenas do filme "Gia" apareceram na interpreta.

 Nas fotos publicadas pelo tabloide inglês "The Sun" Angelina aparece nua, no papel de uma modelo que contraiu sida ao usar uma seringa com sangue contaminado, tendo morrido aos 26 anos, em 1986. O filme foi censurado em 1998 e, só agora está a ser exibido.

 

Via DN



publicado por olhar para o mundo às 21:08 | link do post | comentar

Sábado, 09.05.09



Via Os livros que ninguém quis dar a ler



publicado por olhar para o mundo às 15:45 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Produtora australiana est...

Morreu Maria Schneider, a...

"Que Mais Quero Eu": O ad...

Sexo: Chegaram os filmes ...

Helen Mirren nua

"Nada Pessoal": Os amante...

Grávida americana do 3D f...

As cenas de sexo do Avata...

Megan Fox em Topless

Tiana, a princesa negra d...

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

Related Posts with Thumbnails
blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Você precisa de serviços de hacking? Então entre e...
Você precisa de serviços de hacking? Então entre e...
Olá a todos, você está precisando de serviços de h...
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Posts mais comentados