Segunda-feira, 14.06.10

O facebook e as provas para o divórcio

 

“O facebook é uma grande fonte de provas”, afirmou Ken Altshuler, advogado especializado em divórcios e que utiliza a rede social para descobrir provas sobre traições entre casais.
Uma mulher contratou o célebre advogado para que tomasse conta do seu processo de divórcio. A razão para se querer divorciar relacionava-se com o problema de alcoolismo do marido, problema esse que era negado pelo próprio.

Era a palavra de um contra o outro, até o Ken Altshuler intervir no caso e descobrir fotografias do marido, no facebook, a beber cerveja. Foi a prova suficiente para que ganhasse o caso em tribunal.
Lee Rosen é também advogado e defende que é cada vez mais difícil resguardar a informação pessoal e que cerca de um quarto dos seus casos de divórcio baseiam-se em dados disponíveis em redes sociais.
Os especialistas em divórcios alertam as pessoas que estão em situação de separação, para que tenham mais atenção com as informações que publicam na rede.



publicado por olhar para o mundo às 13:40 | link do post | comentar

Sexta-feira, 12.03.10

Curso para sogras

 

Para prevenir crises conjugais, uma arquidiocese italiana decidiu abrir um curso na cidade de Udine, no norte de Itália, para ensinar sogros e sogras a não interferir na vida de casado dos seusfilhos.

Em três aulas, uma vez por semana, sogros podem participar gratuitamente e terão o apoio de psicólogos para aprenderem a não interferir na vida de casado dos seus filhos.
Segundo pesquisas feitas em Itália, a intromissão dos pais na vida dos filhos é uma das principais causas de divórcio no país.
O curso será agora levado a outras cidades italianas.

 

Via Ionline



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Quarta-feira, 29.07.09

 Divorcio, deixa-me lá medir a barriga a ver se posso casar!

 

 

 

Ora deixe-me la medir a barriga

 

Ele há coisas fantásticas. Descobri (eu sei que vou atrasada, que isto é assim há muito tempo, mas acho que nunca é tarde para nos deslumbrarmos com as maravilhas legais) que, após o divórcio, as pessoas têm que cumprir o chamado "prazo internupcial" antes de se poderem casar outra vez. Esse prazo, prestem bem atenção que esta é a parte boa, é de 180 dias para os homens e 300 para as mulheres. Não é preciso ser muito esperto para perceber que 300 dias são 9 meses, isto é, o tempo de gestação de um bebé. Ou seja, o senhor legislador, homem com certeza, estava muito preocupado com o facto de haver mulheres, essas devassas, essas galdérias, que quisessem casar-se com um pobre homem inocente ocultando uma gravidez anterior. Que eu nem sei como é que se oculta uma gravidez de seis meses, mas, pronto, o senhor legislador lá há de ter as suas razões. Para que não haja dúvidas, há um ponto qualquer na lei que explica que "a mulher que pretenda celebrar novo casamento antes do decurso do prazo internupcial" deve apresentar um "atestado de médico especialista em ginecologia-obstetrícia comprovativo da situação de não gravidez". Eu já nem falo da humilhação que é uma mulher ter que ir pedir ao médico, olhe, escreva aí por favor que eu não estou prenha. É que até pode dar-se o caso de ela ter engravidado entretanto do homem com quem vai casar. Ou vivemos ainda todos no tempo em que as relações sexuais e essas porcarias obscenas só acontecem no seio (adoro esta expressão) do casamento? Mas aquilo que realmente é escandaloso é: porque é que esse período entre-casamentos é diferente para homens e mulheres? A mulher tem que ter comprovativo médico. Agora que o homem tenha, durante aqueles 180 dias de liberdade ou ainda no período do casamento, engravidado uma meia dúzia de mulheres não interessa nada. Estava só a tentar curar a sua mágoa, tadinho. E, além do mais, se elas não tomavam a pílula ou se não quiseram fazer um desmancho, isso é lá problemas delas, que o senhor legislador não tem nada a ver com isso. E ainda há quem me fale em igualdade. 
Isto faz-me cá uma comichão. Está para além da minha certamente curta capacidade de compreensão. 
2 mil e quantos? Antes de cristo, só pode.
 
Via A gata Christie

 



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Sexta-feira, 17.07.09

Cientistas explicam: porque acaba um casamento?

 

Um estudo realizado por uma Universidade Australiana revela o que faz com que um casal fique junto ou se separe, e descobriram que o amor nem sempre é o mais importante. 

A idade de um casal, relacionamentos prévios e fumar são factores que influenciam o final de um casamento. São as conclusões do estudo em que foram analisados cerca de 2500 casais, entre 2001 e 2007. 
O estudo também concluiu que maridos que são nove anos mais velhos do que as respectivas mulheres são duas vezes mais propícios ao divórcio, assim como aqueles que casaram antes do casal completar 25 anos.
As crianças também influenciam o relacionamento: um entre cinco casais (20%) que tiveram crianças antes do casamento - seja de um relacionamento anterior ou do mesmo relacionamento - separam-se, comparados com apenas 9% dos casais sem crianças nascidas antes do casamento. 
Mulheres que desejam crianças muito mais do que os seus parceiros também são mais propensas a situações de divórcio. 
Os indivíduos que estão no segundo ou terceiro casamento têm 90% mais hipóteses de se separarem do que aqueles que estão num primeiro casamento. 
O dinheiro também é importante: 16% dos inquiridos que indicaram serem pobres, ou onde o marido (e não a mulher) estava desempregado,  disseram que se separaram, comparado com apenas 9% dos casais com boa situação financeira. 
Casais nos quais um parceiro fumava e o outro não também eram mais propensos a divórcios.

 

Via ionline

 

Hummmm esta gente não tem mais nada que fazer... algo util por exemplo!



publicado por olhar para o mundo às 07:24 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

O poder do facebook també...

Curso para sogras introme...

Há Posts fantásticos:Ora ...

Porque acaba um casamento...

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

Related Posts with Thumbnails
blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...