Segunda-feira, 31 de Dezembro de 2012

Quantas vezes você já ouviu dizer que o sexo na gravidez "cutuca" o bebê? E que mulheres grávidas são só mães e não mulheres? E em quantas besteiras desse tipo você acreditou?

 

Mulheres grávidas sentem tesão, têm vontade de fazer sexo e — se não há sangramento ou risco de trabalho de parto prematuro — devem fazê-lo! Algumas pesquisas dizem que 50% das mulheres perdem o desejo sexual durante a gravidez, 40% mantém o mesmo de antes e 10% tem um aumento na libido. Então você não deve se sentir estranha em nenhum desses grupos!

 

É importante lembrar que as mudanças que acontecem no seu corpo fazem com você se sinta insegura e torna tudo mais difícil. "A gravidez se assemelha a adolescência nessa questão da insegurança", explica a ginecologista obstetra e Coordenadora do Programa de Saúde Integral do Adolescente da Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo, Albertina Duarte Takiuti, que nos ajudou a desvendar os segredos desse momento tão especial — e diferente — na vida de um casal.

 

A primeira coisa que você e seu parceiro precisam é conhecer seu corpo. O pênis não chega ao útero — "só se o homem tivesse o pênis em formato de anzol" - e, mesmo que chegasse, não machucaria o bebê. Albertina explica que o útero é como uma pêra e o cabinho da fruta, que seria o colo do útero, fica para baixo, em direção a vagina, é endurecido e só 'amolece' com muitas contrações. "O útero é como o nariz, você pode passar a mão nele sem machucar a parte interna". Assim fica fácil de entender, né?

 

Para que a relação seja prazerosa para o casal é necessário ter calma. Você, mesmo que esteja com mais libido, pode não estar acostumada com as transformações físicas e sentir-se um pouco insegura é normal. As preliminares vão servir para relaxar, deixar o corpo sem tensões e conseguir deixar a musculatura da vagina pronta para o sexo.

 

O carinho é importante durante toda a relação, e o uso de camisinha também. Pois é, você pensou que durante a gravidez poderia deixá-la de lado, mas a verdade é que seu corpo está mais aberto a infecções e doenças, então, caso haja alguma possibilidade do seu parceiro ter outras parceiras, é melhor não arriscar.

 

Em relação às posições, não há segredo: você precisa se sentir confortável e segura. Nada de inventar malabarismos que a deixe sem estabilidade, o que você mais precisa nesse momento é um bom apoio.

 

E com esse apoio você pode fazer qualquer posição. Olha só essas dicas:

 

Papai e mamãe


Se você colocar uma almofada no fim das costas para ficar mais confortável, o homem pode ficar inclinado em frente a você, sem deixar o peso sobre seu corpo, mas na mesma posição de antes.

 

Você por cima


É uma posição perfeita porque é você quem controla a profundidade, mas pode se tornar cansativo por causa do peso da barriga. Nada a impede de mudar de posição depois de um tempo!

 

De frente


Vocês também podem sentar-se de frente para o outro, você sobre ele, com as pernas enlaçadas na cintura do parceiro. A barriga não atrapalha porque você pode jogar o corpo para trás.

 

De ladinho


Essa é uma daquelas posições que não dão nenhum trabalho e podem ser feitas da mesma maneira de antes da gravidez. Lembre-se de tocar seu próprio clitóris para facilitar o orgasmo.

 

De quatro


Se você se sentir confortável com a barriga pendendo, aproveite! Essa também é uma posição que fica igual antes. E, como na posição de ladinho, lembre se tocar seu clitóris!

 

Dica!


Se você está louca para ter um parto normal, vou te contar uma curiosidade muito importante: o esperma tem uma substância que ajuda seu corpo na hora do parto, as contrações e tudo mais, então, nos últimos meses você pode, e deve, fazer muito sexo. Curtiu?

 

O sexo durante a gravidez pode ser totalmente diferente de tudo o que você já viveu. Além do lado do orgasmo, há a questão do casal estar mais unido, sentir-se mais próximo e conseguir dividir e comemorar a pequena vida que está chegando. É um momento único, não deixe passar sua chance!

 

* Se mesmo com essas dicas você ainda não sentir vontade de fazer sexo, fique tranquila. A maior parte dos homens também sente queda na libido. Foque a energia sexual de vocês para o cuidado da criança que está chegando, a troca de carinhos entre você e seu parceiro e aprenda a ter outros tipos de prazer, como o da companhia, do amor não físico e das conquistas familiares. O cansaço físico e as limitações que você sente são normais e devem ser encaradas dessa forma. Seja feliz à sua maneira, sempre.

 

 

retirado de Preliminares



publicado por olhar para o mundo às 18:28 | link do post | comentar

Sábado, 15 de Dezembro de 2012
Sexo a três relatos de um casal

Foto: Eyecandy Images/Corbis

 

Conforme a intimidade aumenta, mais forte fica nos parceiros a vontade de realizar aquelasfantasias guardadas a sete chaves. Com jeitinho e muita conversa, é possível concretizar os mais variados fetiches e torná-los até mais prazerosos do que a nossa mente podia imaginar.

 

E um dos desejos que povoa a mente de alguns casais é o sexo a três. A ideia de dividir a parceira ou o parceiro com um desconhecido pode parecer inconcebível para uns, mas não para Fernando, 48 anos, e Fátima de 42, conhecidos como Casal Pimenta. Casados há 14 anos, sem filhos, eles provaram o ménage depois de uma conversa que durou quase um ano. O resultado foi bom e agora eles tornam prática corriqueira.

 

"Era uma fantasia minha. Queria vê-la com outro homem, ver tudo o que não conseguia quando estava com ela, afinal ninguém transa de olhos totalmente abertos ou vê as reações do parceiro cem por cento", conta Fernando. Ele lembra que o anúncio do desejo causou muita estranheza e surpresa em Fátima, mas, com o tempo, ele foi percebendo que esse passou a ser da esposa também.

 

"Conversávamos sobre o assunto enquanto fazíamos sexo, normalmente imaginando a presença de outro homem conosco e o que poderia acontecer. Percebia que ela se excitava muito e ia se soltando em relação ao meu pedido", lembra. Após procurar uma terceira pessoa pela internet, o ato se consumou e o casal saiu muito satisfeito. Fernando garante que a relação na cama melhorou e muito com a experiência. A rotina não existe mais e as partes se conhecem melhor sexualmente.

 

Depois disso, Fernando e Fátima foram conhecer um clube de swing e gostaram. Passaram a frequentá-lo mensalmente, depois quinzenalmente e logo semanalmente. Em menos de um ano participaram e ganharam um concurso de festas liberais. Atualmente promovem festas em alguns clubes liberais do Rio. "Fazemos festas semanalmente no Pimentas Clube e mensalmente um encontro privê no Motel Shalimar", divulga o marido.

 

Fernando pensa que o sexo a três foi praticado sem traumas posteriores porque ele e Fátima desfrutam de um relacionamento bem estável. "Swing e ménage não combinam com casais em crise. Tem que haver uma segurança muito grande por trás disso para não se correr o risco de o casamento arruinar depois", afirma. "Nós nos amávamos acima de tudo e estávamos cientes de que haveria um caminho de volta, caso a experiência fosse desastrosa.", completa.

 

Quando o assunto é traição, Fernando declara: com essa abertura no casamento dele com Fátima não há necessidade disso, uma vez que eles podem sempre fazer juntos o que grande parte dos casais fazem escondidos dos parceiros. "Se você e seu companheiro têm a liberdade de variar de vez em quando com o outro sabendo, porque fazer escondido? Não há razões para ser infiel", afirma, "Mas é preciso muita cumplicidade e confiança entre o casal, para a fantasia não virar neurose ou motivo de perseguição."

 

Fernando comenta ainda que a prática do sexo a três envolve três etapas: a curiosidade, a vontade e a coragem. A vontade dá e passa e transformá-la em realidade requer diálogo para estabelecer confiança e limites do que pode ou não ser feito. "A coragem surgirá quando o casal tiver bem claro que isso é apenas uma ‘pimenta’ na relação, que não dependem disso para serem felizes ou se amarem", lembra. E finaliza: "Se entenderem que a questão não é ter mais prazer, mas sim de dar mais prazer para seu parceiro, aí então será perfeito."

 

Retirado de Terra



publicado por olhar para o mundo às 22:46 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

DEOLINDA - Novo disco ac...

Orq. Gulbenkian & Orq. Ge...

UHF no Cineteatro Munici...

Bar ACERT - Café-Concerto...

Tsunamiz - I Don't Buy It

Biruta - DATAS em JULHO -...

Itinerário do Sal - ópera...

Junho traz concerto de Pe...

Sarah Nery edita EP homón...

Candeio apresentam novo s...

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

Related Posts with Thumbnails
blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...
Posts mais comentados