Quarta-feira, 25 de Maio de 2011

Conheça o poder da lingerie sensual

 

Mulheres em geral adoram a beleza e sofisticação de lingeries sensuais. Peças em renda, com cortes minúsculos, detalhes em veludo, cetim, estampas provocativas são alguns dos detalhes que fazem parte deste importante aliado patra sedução.

 

Mais do que despertar os desejos do seu parceiro, a lingerie sensual tem um papel importante na auto-estima da mulher. Usando uma lingerie bonita a mulher se sente mais solta e ainda mais mulher, tornando a relação com seu parceiro ainda mais prazerosa.

 

Na hora de escolher uma lingerie o mais importante é que você goste dela e se sinta bem usando-a. As cores são variadas mas as mais encontradas são a branca, preta e vermelha.

 

Se você estiver um pouco acima do peso não se sinta inibida na hora de usar lingerie. Ela embeleza todo tipo de mulher e com certeza fará muito bem para você.

 

Um outro quesito importante e torna-se um ótimo aliado à lingerie sensual é o cenário. Capriche e decore o ambiente com velas, rosas, aromatizantes e deixe sua noite ainda mais sensual e romântica.

 

Via Dicas de Mulher



publicado por olhar para o mundo às 16:40 | link do post | comentar

Domingo, 22 de Maio de 2011

Dicas, livros para apimentar o sexo

 

Você tem vergonha de ler algo sobre sexo? Gosta de romances “apimentados”?


Quando seu relacionamento não vai muito bem, pensa em ler para se inspirar e descobrir novas histórias?

Esse tipo de leitura é tão antiga quanto a literatura, mas mesmo com o passar dos anos, ainda existe um tabu sobre o hábito de ler sobre sexo. Segundo psiquiatras, os livros que tratam do tema desmistificam e podem até deixar a leitora mais solta.

 

E por que não experimentar?

 

De acordo com a psiquiatra Carmita Abdo, coordenadora do projeto de sexualidade da USP, existem obras excelentes para estimular as mulheres, que vão desde a pornografia até o leve erotismo. Porém, Carmita alerta para a existência de livros ruins. “Não é o fato de ser literatura sexual que precisa falar sobre pornografia”, diz ela.

 

Uma boa dica para quem quer começar a ler histórias picantes é o livro “A casa dos Budas Ditosos”, de João Ubaldo Ribeiro. Provocador, o escritor conta a vida de uma senhora que desde jovem experimenta várias aventuras sexuais. Uma homenagem sugestiva para as mulheres.

 

Outra dica é o livro de poemas do autor Carlos Drumonnd de Andrade “O Amor Natural”, considerado o mais ousado do poeta. Com ele, o leitor se entrega ao amor de uma forma pornográfica e bem picante.

 

Já o romance “Lolita”, de Wladimir Nabokov, chegou a ser rejeitado por várias editoras por conter uma forte história de amor entre um professor já maduro e sua aluna de apenas onze anos.

 

A polêmica escritora Cassandra Rios também deixou obras fortes e sensuais, focadas na maioria das vezes no lesbianismo. Entre elas estão “A paranóica” e “Volúpia do pecado”.

 

“Amante de Lady Chatterley”, de D. H.Lawrence, é outro livro forte e cheio de histórias picantes. De maneira elegante, o autor convida as leitoras a viverem um caso de adultério extremamente sensual.

 

Faça a sua lista de leitura para os próximos meses e bom proveito, em todos os aspectos !

 

Via Vila dois



publicado por olhar para o mundo às 10:07 | link do post | comentar

Quinta-feira, 19 de Maio de 2011

 

As boas raparigas não sobem na vida...

 

Calma, não tirem conclusões precipitadas, é só o título de um dos vários livros de Lois P. Frankel, psicóloga e profissional experiente em coaching, na área de recursos humanos que mostra quais os erros mais comuns cometidos por nós no ambiente de trabalho.

 

Basicamente é um manual indicado para todas nós, sobretudo as mais ambiciosas, que querem subir na vida, mas que muitas vezes não sabem bem porque não saem da "cepa torta".    

 

Segundo Lois P.Frankel, nós, mulheres, cometemos bastantes erros dentro da esfera laboral, que nos impedem de ascender na carreira, e que nos levam a não entender, porque é que outras há que, mesmo muitas vezes não tendo qualidades tão exímias como nós, depressa escalam na hierarquia empresarial.

 

Meninas, nada de pensamentos obscenos, todas temos qualidades e defeitos (não caiam nos erros dos homens, que têm um achaque ao ver uma mulher na casa dos 30 com um descapotável topo de gama - esta anda a dormir com o chefe, ou, deve ter sido dado pelo marido...mas adiante).

 

Nesta obra, a autora analisa uma série de comportamentos típicos -101 no total - cujas consequências podem ser desastrosas. A parte boa é que para todos eles, sugere o antídoto adequado, apresentando de um de um lado o erro e do outro a solução. 

 

Não tivesse a feira do livro acabado ontem e dizia-vos para lá passarem a comprá-lo à hora do almoço.

Workaholicas incluídas

E se acha que é por trabalhar horas sem fim que vai agradar mais ao chefe, desengane-se, se abdica constantemente da sua vida pessoal e familiar, se está sempre com medo de ofender os outros, se recua sem questionar, saiba que pode estar nesse tipo de atitudes um verdadeiro travão de mão para o seu sucesso.

 

Não, não se trata de ser uma megera, trata-se de ver com frontalidade. No livro basta responder ao questionário inicial, e fazer uma auto-avaliação, sobre a sua forma de ser e de estar no seu trabalho. E sim, é um livro de auto-ajuda, mas se temos dúvidas, porque não havemos nós de procurar nos livros respostas. Antes isso que gastar rios de dinheiro com psicólogos e psiquiatras, aos quais recorremos já no apelidado fim de linha emocional.

Marketing pessoal

Será que a forma como me vejo é diferente da forma como sou percepcionada pelos outros? Possivelmente sim! E agora, será que é desta forma, exactamente, que quer ser avaliada?

 

O marketing pessoal ajuda-nos a trabalhar as nossas melhores características e a disfarçar as nossas fragilidades. Cada vez mais, e apesar do local de trabalho de trabalho ser o lugar onde passamos mais tempo, não estamos ali propriamente para desenvolver amizades e expor tristezas. Para isso temos a família e os amigos, trabalho é trabalho, apesar de devermos manter um ambiente de boa disposição e companheirismo.

 

Não se esqueça: grande parte das vezes que vamos ao supermercado somos influenciados pela publicidade, e pelas características e confiança que temos nos produtos, porque não haveria de ser assim nas entrevistas de emprego?

 

Promova-se e publicite-se, sem ser arrogante, prepotente ou dissimulada, esqueça a passividade e não tenha medo de arriscar. Certamente que desta forma o lugar já é seu!

 

Via A vida de saltos altos



publicado por olhar para o mundo às 21:57 | link do post | comentar

Quarta-feira, 11 de Maio de 2011
França põe bolinha vermelha em Rihanna e Enrique Iglesias [com vídeos]
O órgão regulador para a comunicação social francesa proibiu a exibição antes das 22h dos mais recentes vídeos de Enrique Iglesias e Rihanna, devido à pesada carga erótica das películas.

Segundo a imprensa francesa, que cita o Conselho Superior do Audiovisual, os videoclipes do cantor romântico espanhol Enrique Iglesias e da cantora pop de Barbados Rihanna «podem ferir a sensibilidade do público mais jovem» e são por isso comparados a «anúncios de linhas eróticas».

 

O órgão regulador deliberou que os vídeos S&M de Rihanna e Tonight  de Iglesias só podem ser exibidos depois das 22h, mesmo nos canais exclusivamente dedicados a música, como o MCM.

 

No primeiro vídeo, igualmente censurado em 11 países, que serve como suporte a uma canção já de si carregada de referências sexuais, Rihanna é vista a simular o uso de brinquedos eróticos. No segundo, Iglesias participa numa orgia simulada enquanto canta o tema Tonight, cuja letra contém obscenidades na versão não censurada.

 

 

Rihanna - S&M - versão +18

 

 

 

Enrique Iglesias - Tonight (I'm Loving You) - versão editada

 

Via SOL

 

 



publicado por olhar para o mundo às 09:38 | link do post | comentar

Quinta-feira, 5 de Maio de 2011
Entre quatro paredes vale tudo


Sexo não é tabu para todo mundo não! E essa história de que entre quatro paredes vale tudo não é clichê. Há muita gente por aí que deixou de lado o padrão do certo e errado imposto pelas gerações passadas e não tem mais medo de revelar o que gosta e o que não gosta, o que quer e o que não quer fazer.

 

Mas desde que seja entre quatro paredes...

 

Ana é publicitária, tem 30 anos e já começa dizendo que não lembra quantos anos tinha quando se masturbou pela primeira vez. "Faço isso desde que me conheço por gente", revela. "Sozinha, com suas fantasias e a garantia absoluta de que mais ninguém saberá o que aconteceu é o cenário perfeito para transar com você mesma, conhecer seu corpo, seu ritmo... se descobrir".

 

A publicitária afirma que, às vezes, curte uma coisa mais selvagem, com tapas e palavrões, e outras vezes curte algo mais romântico, lento e com voz baixa. "Não há porque fazer um manual do sexo. É necessário se conhecer para saber respeitar os seus limites e o seu tempo. Mas sem preconceito, ansiedade ou culpa. O que vale sempre é gozar e ver o outro (ou os outros) gozar".

 

Eduarda, artista plástica de 29 anos, acredita entre quatro paredes vale tudo, tudo mesmo. "Uma vez fui ao motel com um casal de amigos (casados). Confesso que foi alucinante, diferente, mas não sou lésbica e nem gosto de mulheres", afirma. "Nós usamos fantasias, brincamos com a mente dele, fizemos sexo com ele, o seduzimos e o deixamos se sentir o cara, já que estava transando com duas!", conta.

 

Para quem não quer inovar tanto, a artista plástica dá outras dicas: "Acho que podemos brincar com a mente dos homens, como contar histórias quentes de algum casal conhecido e imaginar diferentes situações - sexo junto com eles ou somente com ela - enfim, aonde a imaginação chegar!", conta. "Assistir a filmes pornôs na hora do ato deixa o homem excitado na maioria das vezes", sugere.

 

Marcela Vieira, estudante de 19 anos, disse que vale variar de posições e apostar em fetiches, como algemas, chicotes, fantasias, máscaras e camisolinhas sensuais. "Outra opção são as brincadeirinhas tipo os dadinhos", completa. Ah, e nem pense que a diversão com doce de leite é coisa de BBB não. E mais: dá para incluir um bom toque de romantismo.

 

"Uma vez meu namorado fez uma surpresa no motel. Fui ao banheiro e ele me trancou lá. Quando abriu a porta, havia um caminho lindo de flores, com morangos, leite moça, doce de leite... Brinquei muito com esses docinhos", lembra feliz.

 

Via Vila Dois



publicado por olhar para o mundo às 12:40 | link do post | comentar

Terça-feira, 3 de Maio de 2011

sexo e fantasias

 

São desejos ou impulsos exteriorizados inicialmente através da imaginação onde muita coisa é permitida e pouquíssima censura faz parte desse enredo. Algumas até não poderiam passar pelas fronteiras da imaginação pois seria quase um absurdo e um abuso colocá-las em prática. Quem sabe a medida normalmente é o dono de tal fantasia e o senso crítico consigo e com o outro em experimentar nova alternativa. 

Assim, muitas delas são transformadas em realidade e outras tantas servem de estimulo para o relacionamento sexual ou porque a relação está morna ou porque tem-se vontade de incrementar um pouquinho mais. 

Dessa forma, sua função principal nada mais é do que permitir que certos desejos sexuais de difícil satisfação para a realidade, possam se realizar. 

Muitas das fantasias são ousadas do jeito que são pois ignora os limites que ela encontraria do outro lado de qualquer cabeça: a aids e seu risco, a mulher do melhor amigo, normas, moral, censuras... Tudo isso vai pro espaço! 

Por isso mesmo, talvez seja tão perigoso e arriscado colocar todas as fantasias em prática. Querer nem sempre é poder e às vezes mais saudável é quem percebe essa barreira e não se machuca ultrapassando os limites do que acha que seja válido dentro de uma relação. 

Ou seja, pense antes de agir. Use o senso crítico e avalie as conseqüências. Caso surja sinais de alerta, contenha-se pois pode ser melhor que a fantasia continue no imaginário pessoal. Se o sinal estiver verde, pode seguir em frente e libere-se para por em prática o que antes fazia parte do virtual. 

Imaginação e responsabilidade, duas palavras que combinam perfeitamente em qualquer contexto.

Retirado de Spiner



publicado por olhar para o mundo às 18:55 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

DEOLINDA - Novo disco ac...

Orq. Gulbenkian & Orq. Ge...

UHF no Cineteatro Munici...

Bar ACERT - Café-Concerto...

Tsunamiz - I Don't Buy It

Biruta - DATAS em JULHO -...

Itinerário do Sal - ópera...

Junho traz concerto de Pe...

Sarah Nery edita EP homón...

Candeio apresentam novo s...

arquivos

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

Related Posts with Thumbnails
blogs SAPO
subscrever feeds
comentários recentes
Moro no Porto gosta de saber se há este tipo de cu...
Olá Boa tarde eu ultimamente não sinto prazer sexu...
Gente me ajudem nao sei oq fazer eu tenho meu mari...
joga na minha conta entaomano
Eu es tou dwsssssssssvzjxjshavsvvdvdvsvwhsjdjdkddd...
Quero fazer uma pergunta referente ao tema e é pro...
fala comigo
Essa papelaria em Queijas da muito jeito chamasse ...
ai mano to nessa como faz???
Gostaria de saber oque fazer quando a criança nega...
Posts mais comentados